Semana #15 do CLM8: Merfolk Company
19/12/2016 18:00 / 4,287 visualizações / 9 comentários

 

Olá, tudo bem?

 

Companhia Agrupada é uma das cartas com mais impacto no Modern nos últimos tempos, quase todo aggrio em algum momento tentou usar ela, a capacidade de gerar card advantage com tanta qualidade é sensacional na hroa de bater midranges e controles. A lista de hoje aplica isso, ela é do Jonata R. Didona, da A Guilda Colecionáveis,d e Piracicaba/SP.

 

Jogador

Jonata R Didona

Visitas

4437

Código Fórum

[deck=476991]

 

O Merfolks é baseado em presença de mesa, isso não é novidade, grande parte do sucesso do deck é com seus lords e como eles interagem com as outras criaturas. Companhia Agrupada ajuda muito nessa filosofia, já que a carta, basicamente, te garante sempre coisas novas na mesa.

 

Meu problema nesse plano é que você, para fortalecer a Companhia Agrupada, usa o mínimo de mágicas, e eu não gosto de um deck que só coloca criaturas na mesa e pronto, por mais que Reejerey Sirenideo te dê a chande de interferir no jogo do oponente um pouco, boa parte dos eu jogo é colocar o máximo de peixes na mesa e bater, sem counters ou remoções para qualquer ameaça do oponente, que poderia te travar. 

 

Mares em Expansao, em compensação, joga bem nesse plano puro agressor, ele pode te dar o tempo necessário para vencer. Mas ainda sim, essa "passividade" para custar caro.

 

Se você gosta só de fazer criaturas e atacar, a lista do Jonata é muito boa, algumas até usam Tassa, Deusa do Mar, já que devoção não vai faltar, e a deusa garante mais criaturas imbloqueáveis que o Tritao Soberano.

 

Vou ficando por aqui, até mais!


Ruda

TAGS:  CLMModern

Rudá Andrade dos Reis (VIP STAFFRuda)
Aficionado por decks azuis agressivos, mas que não dispensa um bom Siege Rhino nas horas vagas, está no Magic desde 2003, em Flagelo. Em 2012 começou escrever sobre Magic e não parou mais, sendo que em 2015 se tornou Editor da Ligamagic.
Redes Sociais: Facebook, Twitter

ARTIGOS RELACIONADOS

Os 16 Macro arquétipos do Magic - pt2

Linear Aggro!


Road to CLM: Começando a revolta.

Listas, listas, listas!


Os Bans no Modern

Gitaxian e Troll, fora.


Road to CLM: Pós RPTQ

Conclusões após o último grande Modern de 2016.


Semana #15 do CLM8: Humans Rush

Standard: Humans Rush, por Lirol Jou Esotico Filho.

MTG Cards

Magic Place



Comentários

Ops! Você precisa estar logado para postar comentários.

Mop_Coldheart (20/12/2016 13:39:00)

O splash pra branco é muito mais fácil graças ao tribal land. Mas considero um erro o splash pra Path, já que é contraproducente com spreading seas. Um splash pra branco seria pra melhorar o side, já que oferece hate pra quase qualquer ameaça do formato. Se vale a pena ou não, já são outros 500...

Ps: Como o burn deu uma diminuída, eu vejo hoje o vermelho como melhor opção de splash dentre todas as cores, dando acesso a blood moon, raio e izzet staticaster. Melhorando assim algumas das matchs ruins dos peixes. (Embora eu jogue de mono e prefira assim)

Aaubry (20/12/2016 13:05:59)

Já pensei e não vejo sentido em splashar para company. Vai tomar muito dano de land por uma simples carta que não ganha o jogo, nao melhora seus matchs ruins. Essa base de land é zoadassa. 6 manas verdes é muito pouco. E tomar uma média de 4 a 5 de dano por partida trazendo fetch land para colocar 1 carta só, não vale a pena. Mesmo motivo de não valer splashar pro branco.
Merfolk é muito bom pela linearidade e não complexidade da sua base de mana. Isso permite voce atingir os pontos fracos dos oponentes.

le_siqueira (20/12/2016 12:16:50)

cade imagem fantasmal bicho?

le_siqueira (20/12/2016 12:16:13)

Seu danadinho

VIP USER OURO jonhwell (20/12/2016 11:19:05)

Joguei com uma lista parecida a um tempo atras e fiz 4x0 mas não utilizei o master of waves, por conta da curva.

ArmySpy (20/12/2016 11:15:02)

Concordo com quase tudo... Mas o principal ponto é a instabilidade de Mana... Mesmo tendo 6 fontes verdes, as check podem acabar travando na mão, e sendo pior que as fastlands, que eu consideraria nesta lista. De resto, usar 19 lands com uma curva maior que a habitual para o merfolk (que joga com 4 cmc4, e assim tem 6) parece mais arriscado, alem do fato dos outros pontos citados nos coments... Acredito que o deck por não ter as main removal sofra uma pressão ainda maior do meta zoo e infect...
E as CoCo tem muita chance de erro, considerando ter 13 cartas não lands que não são buscaveis por ela... Lista arriscada literalmente.

Jayme_Neto (20/12/2016 11:01:10)

Acho Company uma carta muito arriscada, já fiz alguns testes e a chance de company para 0 é muito grande, e concordo com as analises abaixo, o deck fica inconsistente.

slambrer (20/12/2016 07:36:36)

Também não gostei da lista. Os Collect Company enfraquecem o Reejerey Sirenídeo em "combar". Collect Company não traga tanto valor assim ao deck que em pouco tempo explode e oblitera seus oponentes. Essa lista perde trick importante, como devolver criaturas à mão do oponente.
Mas valeu a inovação, espero que lhe dê ótimos resultados futuros.

Mop_Coldheart (19/12/2016 23:32:13)

Achei a lista meio esquisita. Pra começar, sem tutor pra mana verde e com risco considerável de abrir de check + mutavault. O deck já se sai bem contra midrange e muito bem contra control, tritão sofre principalmente contra hyper aggros/combo como infect e affinity. Deixa a base de mana muito mais frágil, diminuir a estrela do deck (MoW) e jogar com 6 cards de custo 4 numa lista com 19 lands sem nenhum ramp. Acho que inovar é bacana, mas pra melhorar problemas existentes e não pra criar novos. =/

Ou seja, diminui uma das grandes vantagens do deck ( grande estabilidade de mana), e não melhora matchups desfavoráveis.