O mundo do marketing no Magic
21/04/2017 15:40 / 1,471 visualizações / 0 comentários

 

Cartas com design distintos, muita variação dos personagens e um toque artístico profissional que torna o Magic: The Gathering ainda mais especial para quem joga. 
A beleza visual do jogo está longe de ser algo casual que os criadores utilizaram como algo secundário. O design e a variedade enorme dos estilos das cartas é, também, uma estratégia de marketing.

60 cartas e cinco cores diferentes de acordo com as manas: branco, azul, verde, preto e vermelho. O jogo de Magic, em sua essência, é um prato cheio para o marketing que os profissionais que cuidam da parte visual do jogo aproveitam muito bem.
"Olhe para o Magic hoje. Há personagens negros em um mundo de mitologia grega. Nós passamos um ano estudando a cultura asiática. Há mulheres guerreiras, mulheres magas e mulheres duendes. Quem você for, você pode se ver no jogo", comenta Hugh McCullen em entrevista à revista Forbes, diretor de comunicação da Wizards of the Coast, empresa que cuida da parte de distribuição do jogo.

Para McCullen, é o cenário perfeito para criar um mundo de cosplay em que os fãs exploram o mundo de Magic através de fantasias que se tornam reais. "O mercado do cosplay é algo que vem crescendo cada vez mais, ainda mais nos Estados Unidos", comenta o diretor.

Todos os anos nos famosos Grand Prix ao redor do mundo os fãs aproveitam a oportunidade para se fantasiar dos personagens de Magic. Em um dos lugares em que há maior tradição disso é em Las Vegas, quando o mundo do jogo é representado muito bem com fantasias que ganham vida. O mercado não é só norte-americano, e no Brasil há lojas que exploram bem o mercado de produtos, como a MTG Brasil Domain Games.

Por mais que o mundo artístico das cartas seja muito bem representado nos cosplays e, consequentemente, nas lojas do mundo todo, o lado visual dos jogadores profissionais de Magic não estão no mesmo ritmo dos fãs. No Magic, durante os torneios mais relevantes, geralmente não há muita extravagância nas roupas, algo diferente como no poker, por exemplo, no qual os jogadores utilizam estratégias diferentes no visual para poder levar alguma vantagem sobre o oponente.

Mas isso pode estar perto de mudar. "Há alguns jogadores que vão para as partidas vestidos de personagens das cartas, e isso é ótimo também para o marketing", comenta Jack McDavid, diretor de comunicação do Magic.
Art Levitch, designer que cuida da parte de história do Magic, afirma que um dos objetivos da parte visual do jogo é criar uma identificação com os jogadores. "É um mundo imersivo. Você pode se identificar muito bem com o que acontece na mesa, e ver as pessoas fazendo cosplay das cartas é algo gratificante", comenta o designer.

A arte do Magic não é algo fixo, pois vem mudando consideravelmente desde o começo da história do jogo, que surgiu no início da década de 1990. Terese Nielsen, uma das designers de carta, afirma que o conceito está evoluindo nos últimos anos. "É gratificante ver como as cartas estão ficando mais democráticas. Agora, por exemplo, há muito mais mulheres nelas do que há 20 anos", afirma a artista.

O mercado feminino está em ascensão no Magic. De acordo com Mark Rosewater, designer-chefe do jogo, em 2015 pesquisas apontavam que as mulheres compunham 38% das pessoas que compareciam aos eventos.
Com mais de 12 milhões de jogadores no mundo, o crescimento do Magic é acompanhado pelo aumento da popularidade e do gosto dos jogadores pelos personagens que estão representados. E isso é mérito dos criadores e dos designers, que fizeram um mundo perfeito para o marketing.


LigaMagic (VIP STAFF LigaMagic)
Maior site especializado em Magic: The Gathering.
Nossa meta é trazer o máximo de conteúdo para todos os jogadores e aumentar cada vez mais a comunidade de jogadores apaixonados por este jogo.
Redes Sociais: Facebook, Instagram, Twitter
LigaMagic App

ARTIGOS RELACIONADOS

Report top4 CLM7

Edson Zerbinatti fala sobre o BW Tokens.


As Recentes Grandes cartas do Modern

5 Cartas lançadas recentemente que mudaram o formato.


E agora, Modern?

Análise da nova Banlist do formato.


Oath of the Gatewatch: Um primeiro olhar

Cartas reveladas que podem ter impacto no construído.


A História do Ciclo de Rath (Bloco de Tempestade)

Resumo baseado na obra literária Rath and Storm

MTG Cards



Comentários

Ops! Você precisa estar logado para postar comentários.