Com que deck eu vou #2???? AGGROS e AGGRO-COMBO by PoLaR
Por (Mais Artigos)
08/11/2012 09:37 - 4,502 visualizações - 30 comentários
Olá excelentíssimos cavalheiros e damas, como o passar do tempo os tem favorecido?
Hoje vamos continuar a série de artigos apresentando os decks mais usáveis no formato Legacy. (para ler meu artigo anterior sobre os combos que você deve conhecer CLIQUE AQUI)
E vamos falar sobre os Aggros, os puramente AGGROS e alguns decks  Aggro-combo.Para entender sobre a diferença entre arquétipos, um lindo escreveu algo sobre isso AQUI .
 
E lá vamos nós (lembrando que algumas pessoas podem ficar putinhas com a definição de alguns deck, achando que eles são mais do que eles são, e eu não ligo para vocês, se você achar realmente que o seu deck é um aggro control, fique a vontade para chamar ele assim, mas se você quiser entender o porquê de eu não achar isso, talvez o seu pequeno cérebro não resista e fuja com uma stripper porto-riquenha, e eu quero muito te poupar desse desconforto.
 
ZOO ou NAYA ZOO



 
É o deck mais agressivo que se pode imaginar, nada no deck remete a uma situação onde o jogo esteja controlado, com o zoo, tudo tende ao caos. Abusando de criaturas de baixo custo e com um corpo (poder e resistencia) acima das demais criaturas na mesma curva de mana, sempre indo pra cima dos seus oponentes.
 
PRÓS
O deck começa a preocupar seus oponentes já no primeiro turno, pois se você não abrir de Mana gato, macaco ou Sushiman .
Tem bons matches contras decks rogues (decks que seu amiguinho inventou), então se for jogar em um campeonato pequeno é uma boa pedida.
É um deck fácil de ser jogado.
Finaliza o jogo em poucos turnos, e lida bem contra qualquer criatura "normal" existente no Magic (por normal entenda criaturas com custo de mana convertido menor que 6 manas).
 
CONTRAS
O deck tem partidas HORRÍVEIS contra combos de qualquer espécie, mesmo após o sideboard, não continua tendo muita vantagem.
Sofre um pouco (eufemismo on) para wasteland, pois para o deck funcionar bem, é necessário pelo menos 2 dual lands nos primeiros 3 turnos.
É um deck CARO, devido ao alto numero de dual lands (em média 6), fetch lands(entre 8 e 10) e goyfs (todos os permitidos).
 
GW Maverick



 
Mais um deck baseado em criaturas, não com poder de ataque tão agressivo como as usadas no Zoo, mas com efeitos que garantem que elas fiquem mais tempo na mesa , como a mãe ou que busquem poderosas ferramentas para finalizar o jogo (Uh Lady Gaga ). Muitos defendem que esse deck é uma aggro-control, mas se for comparado com os aggros-control, esse deck desempenha muito mal essa função, pois as Wastelands desse deck servem mais para aumentar o seu Knight of the reliquary do que realmente atrasar o seu oponente.

PRÓS
É o aggro mais consistente que pode existir, pois tem criaturas com efeitos relevantes mesmo no mid/late game.
O Cavaleiro do relicário é a MELHOR criatura do legacy, e nesse deck ele pode encontrar resposta pra quase tudo, pois como o deck tem uma base de mana melhor do que qualquer outro deck que possa utilizar essa criatura (tirando o infinity lands, mas eu não estou pensando em deck de controle por enquanto), se da ao luxo de usar utility lands (terrenos com alguma habilidade que não envolva exclusivamente gerar mana) como Maze, Karakas ou as wastelands.
É um deck que sempre se sai bem em um ambiente competitivo, se você me pedir um deck Tier 1 para montar, a primeira indicação sempre será o Maverick, pois mesmo que você não goste do deck, as cartas realmente caras jogam em diversos outro decks.
 
CONTRAS
Tem matches ruins comtra combos, mesmo com Thalias e Gaddock não consegue para a maioria dos combos a tempo.
Tem péssimos mulligans, e o deck costuma mulligar bastante, pois tem muitas cartas potencialmente mortas no main deck, caso você saiba de quê seu oponente está jogando ( por exemplo, pra que você quer um Qasali Pridemage contra um Burn, um Scavenging ooze contra um TES ou até uma scryb Ranger contra um combo qualquer, e por aí vai a lista), o que faz com que o deck tenha péssimos draws também no mid/Late game.
O deck normalmente demora para matar, então normalmente da tempo para seus oponentes acharem uma resposta para as suas ações, principalmente se o seu oponente utilizar remoções em massa. você pode ter um problema com isso, considerando que a única criatura que mata de verdade no baralho é o Relicário.
 
Bem, infelizmente não existem muitos mais deck puramente agros que mereçam destaque no ambiente legacy competitivo, caso eu tenha esquecido de algum, favor me avisem.
Agora então falemos de decks com característica aggro, mas com um pézinho entre os combos, principalmente porquê se alguém resistir ao "combo", dificilmente eles te vencerão o jogo.
 
BURN



 
É um deck que comba pela redundância, pois todas, TODAS, as cartas do deck tem como finalidade atacar diretamente seus pontos de vida, te colocando em uma perigosa tabuada do 3, com zilhares de milhares de raios, e só pra fechar a conta, tem soca um Fireblast na cara.
 
PRÓS
É um deck aburdamente Barato de se montar.
PoP é o Terror da galerinha que gasta 2 Mill reais com terrenos para montar seus decks, e é uma das cartas que torna inviável se montar qualquer baralho relevante de 4 cores no Legacy (e quem vier falando de TES, todos sabemos que ele é um combo que pode morrer pra PoP se não for rápido o suficiente)..
É um deck automático, você joga as cartas na mesa e ele ganha o jogo pra você, não é um deck fácil de se pilotar, é um deck de neandertal.
Como disse uma vez um amigo, o deck ganha do que tem que ganhar, e isso inclui goblins, merfolks, zoo, BGWs, Stoneblades e combos que demoram mais de 3 turnos para ganhar de você.
 
CONTRAS
Perde para cartas idiotas, como o Cálice do vácuo, trinisfera, espinho de ametista e pricipalmente linha de força da santidade.
Caso seu oponente chegue ao 4º turno com 10 + de vida, você não ganha mais o jogo.
O deck não consegue lidar com "zicas", caso se compre terrenos demais você perde, se compar de menos, perde, não tem a mínima chance de voltar pro jogo após 2 turnos seguidos de compras ruins.
 
 
AFFINITY



 
É um deck rápido, baseado em força numérica, e não necessariamente em qualidade de suas criaturas, ou você vai me dizer que criaturas 1/1 , 2/2 ou 0/2 são ótimas criaturas? Mas essas mesmas criaturas, quando equipadas com uma coisinha chamada Chapeamento craniano, se tornam ameaças sérias a segurança de nossos pontos de vida, pincipalmente, porque com esse equipamente vem um exército de outro artefatos de custo baixo (para não dizer 0) para aumentar um pouco mais a conta.
 
PRÓS
É um deck barato para se montar, mas é um pouco difícil de se achar as cartas.
É um daqueles deck que de repente ganha, não dando tempo para seus oponentes responderem ou tentarem controlar a mesa.
É virtualmente imune a counters e a descartes, pois usa muitas magicas no mesmo turno, e raramente sobrando cartas na mão após o 2º turno.
 
CONTRAS
Sofre pra hates, pois como eu disse, as criaturas do deck sozinhas não botam pressão, então se você perder as cartas chave do deck, como o chapeamento ou o Master of etherium , normalmente não consegue ganhar o jogo, e todo mundo tem alguma remoção de artefato no deck ou no sideboard.
Perde miseravelmente para combos em geral, inclusive o burn.
Perde pra cartas idiotas como trinisfera, Ato Pernicioso e sofre bastante pra wasteland.
  
Bem por hoje é só, e gostaria de deixar aqui uma menção honrosa ao Elfball, que é um Aggro-combo que sempre tem um louco jogando com ele e fazendo resultados relevantes em torneios regulares, mas como é um deck que eu não gosto(na verdade tenho asco a duas coisas na vida, baratas e elfos), e nunca procurei entender o porque de se jogar com eles, o que eu seié que é um combo que tenta entupir a mesa de criaturas, com ajuda de glimpse e elfos geradores de mana , mas pelo que percebi ao jogar contra o deck, é que ele normalmente perde se tomar remoção no primeiro elfo de mana que cair na mesa, mesmo se for um elfo de llanowar.

E se você, seu badernista, vier para São Paulo para o evento legacy que ocorrerá no próximo feriado, eu provavelmente estarei no bar mais próximo distribuindo autógrafos e um pouco de minha sabedoria milenar (só após a 3ª ou 4ª garrafa).

LigaMagic App



Comentários

Ops! Você precisa estar logado para postar comentários.

Magic_lages (11/11/2012 01:01:36)

storm passa o carro em cima de maverick. NAO TEM oq discutir. pros que acham q nao, Dread of Night mandou lembranças =)

Mav vs Omnitell é uns 70/30 pro Omnitell tb.

gahxd (09/11/2012 11:41:31)

isso sem mencionar um possivel aviano respondendo o tutor preto...

gahxd (09/11/2012 11:40:24)

ooze nao é morto contra combos, por exemplo trava o cara de usar IGG ou past in flames.... mas é logico que nao é a melhor ferramenta, mas falar que é morto tbm é demais... =/ e eu nao acho tao ruim a partida assim pro maverik, a menos é logico que o cara combe turno 1/2 nos 2 games....

Pode ser que eu seja bem ruim de ANT, mas eu estava testando o deck e um dos matchs que encontrei mais dificuldade de vencer foi maverik... wastelands, thalias e gaddock eh bem complicado...

bmmendes (09/11/2012 10:16:00)

Se vc joga de maveric e usa Angel's Grace, foi mal mais vc é o unico na terra então nem conta.

jackbastet (09/11/2012 10:14:16)


Tech nao eh padrao para comparacao e angels grace nao eh bom contra omnitell

karngolemdeprata (09/11/2012 09:49:20)

Quem disse qeu nao tem açao do primeiro turno... Eu uso Angel's Grace (3 sideboard) que fode 90% dos combos.

jackbastet (09/11/2012 09:02:17)

Sim o canadian vale a pena, apesar de ser dificil pilotar,
E caso vc nao se acostume a ele tem bastante carta q faz parte de uma lista de carta q todo jogador de legacy deveria ter( fow, braintor, goyf waste dual lands e fetchs com azul, e sao essas cartas q deixam o deck caro)

jackbastet (09/11/2012 08:58:06)

Brow vc sabe mulligar??
Isso eh o q eu disse qdo falei sobre saber MESMO jogar de combos( eu tbm n sei, mas cansei de Mulligar maos q combam no 3 pq tinha certeza pela cara do oponente q ele tinha algum hate na mao e abrir mao de 5 combado no 2 e entao o opp mosta a mao com thali e gaddock)

pinga (09/11/2012 02:15:58)

hmmmmm...
e vale a pena investir? vi que ta sempre nos top 8 gringos... tem algum artigo sobre?

malvescastro (09/11/2012 00:42:30)

Muito bom o artigo. Também senti falta de goblins.

E você podia trazer umas listas pra ilustrar melhor os decks. Eu, apesar do interesse, conheço pouco de legacy, acho que é um formato mais difícil de se penetrar.

Você tá fazendo um ótimo trabalho trazendo essas informações pros jogadores que não conhecem bem!

malvescastro (09/11/2012 00:22:03)

Muito bom o artigo. Também senti falta de goblins.

E você podia trazer umas listas pra ilustrar melhor os decks. Eu, apesar do interesse, conheço pouco de legacy, acho que é um formato mais difícil de se penetrar.

Você tá fazendo um ótimo trabalho trazendo essas informações pros jogadores que não conhecem bem!

the_endbringer (09/11/2012 00:13:46)

Essa é a galera q sabe q nem sempre dá pra combar nos turnos 1 e 2.
=p

jackbastet (08/11/2012 23:52:48)

Eh essa galera q toma grapeshot, achando que vc nao vai combar no 2

KasumiFox (08/11/2012 23:35:40)

bom post, polarzito =D
e sim, deck que nao tem descarte nem counter eh good match pra combo... n sei o q esse pessoal pensa da vida hoaeho

coringa26 (08/11/2012 22:36:46)

não acha merfolk um deck agroo control não?

jackbastet (08/11/2012 21:59:10)

Gobbos entra no arquétipo aggro control
D&T vai e volta, nao eh constante o suficiente para, na munha opiniao, se gastar dinheiro investindo, e aki eu falo sobre deck que vale a pena investir.

jackbastet (08/11/2012 21:56:57)

Canadian tbm eh um aggro control, em um sub sub aquetipo dos tempo decks

BROWBR (08/11/2012 19:16:06)

Poxa Otimo post , maneiro pacas !!!

pinga (08/11/2012 18:49:11)

Ótimo artigo!

Queria ler algo sobre o canadian, em qual arquétipo ele se encaixa?

Flw!

GiLsU (08/11/2012 17:32:13)

Faltou vc falar do leftball.dec...

jackbastet (08/11/2012 15:32:03)

Gobbos entra no arquétipo aggro control
D&T vai e volta, nao eh constante o suficiente para, na munha opiniao, se gastar dinheiro investindo, e aki eu falo sobre deck que vale a pena investir.

luizcelsojunior (08/11/2012 14:45:57)

kkkkkK descreveu meu deck de Burn 100% ta d parabens pelas análises!!

gianjunior (08/11/2012 14:40:44)

Vc esquece do Death & Taxes...

the_endbringer (08/11/2012 14:33:08)

Faltou os Goblins, de acordo com os Hatfields, que fizeram uma análise estatística do metagame dos últimos 3 SCG's, foi o deck aggro mais bem-sucedido deles.

the_endbringer (08/11/2012 14:30:18)

Po, falar que Maverick é ruim contra combo forçou a amizade né...
No G1 pode até ser, agora, tenta combar com 2, 3 hatebears na mesa.
Quando é 1 só até dá pra contornar de boa, agora quando são 2 ou mais fica complicado, e complica mais ainda com a Mamãe protegendo os hatebears.

zsabreuser (08/11/2012 13:31:00)

Faltou mencionar o famoso Fractius.dec heim? brinks hahah

Ah eh, e pensei que vc fosse falar do seu chamego, o Gobbos.

Primo_Itt (08/11/2012 13:22:34)

2010 ligou e pediu as canonistas de volta :/

Soydioalex (08/11/2012 12:49:51)

Tem aparecido diversos WW fazendo algum resultado nos Champs da Starcity, acho que valeria mencionar.

jackbastet (08/11/2012 12:21:34)

Mas nao tem nenhuma acao de turno 1 contra combos de storm, entao no g3(considerando que tudo esteja bem e vc perdeu o g1. Que eh o normal de se acontecer) o oponente pode tranquilamente no turno 2 que eh qdo TES, Belcher e reanimator podem combar sem medo( claro contra oponentes que saibam o que estao fazendo e saibam mulligar)

Other (08/11/2012 12:11:50)

Maverik é ruim contra combo? Não acho ein!? Além da Thalia ser muito boa principalmente em conjunto com o Gaddock! Fora que de side ainda entram as Canonistas. =P

É muito hatebear... hehehe