Decks da Semana #10 do CLM10: RG Madcaponza
01/12/2017 18:00 / 7,738 visualizações / 7 comentários

 

 

Olá, tudo bem?

 

Fechando essa semana, vamos com um baralho que sempre foi rogue, mas que vem se dandoa té que vem nesse Modern onde ser muito eficiente em um plano rápido, é o melhor plano. A lista é do Leonardo Maeda, da Caverna do Dragão, de Santos/SP.

 

Jogador

Leonardo Maeda

Visitas

7799

Código Fórum

[deck=740115]

 

O RG Ponza existe faz um bom tempo, é um deck que consegue gerar muita mana e ao mesmo tempo negar mana do oponente, a jogada, mana, Aves do Paraiso​, mana, Chuva de Pedras​, explica muito sobre como deck funciona. Nessa lista, o deck consegue acelerar com Aves do Paraiso, Elfo do Arvoredo, Propagacao da Utopia​ e Limo Acido de Mwonvuli, e nega recursos com o já citado Limo Acido de Mwonvuli​ (que carta, amigos!), Chuva de Pedras, Comando Primario (colocar permanente no topo), Fera Interior e ela, a clássica, Lua Sangrenta. Temos aqui esse núcleo do deck, eu acelero e te atraso. No mundo ideal, quando eu tenho acesso à 4 manas, você tem acesso à uma, e isso é uma vantagem sensacional em tempo.

 

Mas, não é só disso que é feito esse baralho, ele tem outars ferramentas de controle, kill condition e um combo que pode ser autowin contra algumas estratégias.

 

Na parte controle, Raio​ e Fogueira dos Malditos estão aqui mais como remoção do que para realmente matar o oponente. A Chandra, Chama da Rebeldia​ também pode ser pensada como uma remoção, mas eu prefiro ela mais como um ramp bom e um clock na mesa, porque um oponente atrasado não lida com planeswalker rápido, e Chandra pune.

 

E já falando de punir e vencer, Tita do Inferno​ é uma ótima maneira de finalizar, já que ele mata rápido (9 de dano por batida) e Toca do Lobo de Kessig​ também finaliza muito bem, obrigado.

 

Por fim, o combo, que foi um dos motivos desse deck ter crescido, já que match como Burn eram complicadas, Experimento Inconsequente​ e Emperion de Platina. Fazer turno três o Emperion é bem forte contra qualquer deck que não seja midrange/control e essa alternativa deixa o deck bem mais forte. Lua Sangrenta​ já te dá muitas vitórias de graça, e o combo pega um outro lado. Eu só discordo de usar 2 do nosso amigo 8/8, porque se estamos contra alguém que jpa lidou com o primeiro, me parece que o combo não é muito bom e é melhor ir negar recursos do oponente, logo, usaria fácil a quarta cópia de Chuva de Pedras​.

 

No side;

 

Colosso Camaleao contra o Grixis DS e tem quem goste contra BGx, mas Caminho para o Exilio​ é algo real;

Informantes de Cozinha​ contra o Burn e aggros pequenos;

Rastreador Incansavel contra qualquer match grind;

Calice do Vacuo contra qualquer coisa cheia de custos baixos, de Storm à Grixis DS, tem muito custo 1? GG;

Furia dos Deuses contra aggros e Dredge;

Rajada Fragmentadora um lindo beijo para o GW Auras;

Reliquia de Progenitus​, aquele grave hate que você resspeita;

Sois Escaldantes contra aggros pequenos (e fica a dúvida do porque não usar outra cópia de Furia dos Deuses​, esse Cycle é tão importante assim?);

Tempestade Estilhacadora, porque todo hate contra Affinity é pouco.

 

Vou ficando por aqui, até semana que vem!

 

Ruda

 

 

 

 


Rudá Andrade dos Reis (VIP STAFF Ruda)
Aficionado por decks azuis agressivos, mas que não dispensa um bom Siege Rhino nas horas vagas, está no Magic desde 2003, em Flagelo. Em 2012 começou escrever sobre Magic e não parou mais, sendo que em 2015 se tornou Editor da Ligamagic.
Redes Sociais: Facebook, Twitter
LigaMagic App

ARTIGOS RELACIONADOS

No Grind: TOP8 CLM e Chaveamento.

Report e discussão do sistema.


Decks da Semana #11 do CLM10: Selvala, Heart of the Wilds

Commander: Selvala, Heart of the Wilds, por Paulo Ferreira.


Decks da Semana #10 do CLM10: Scarab Temur

Standard: Scarab Temur, por Thiago Roberto Polidoro Pinto.


O Submundo do Modern - White Tron

Uma nova cor para um velho arquétipo!


Decks da Semana #9 do CLM10: Meren of Clan Nel Toth

Commander: Meren of Clan Nel Toth, por Thiago Felipe.

MTG Cards



Comentários

Ops! Você precisa estar logado para postar comentários.

bernardonas (03/12/2017 11:33:13)

Frank Lepore jogou com esse deck já faz um ano...sempre achei bacana!hehe

VIP OURO [sm]_Frejat (03/12/2017 10:45:47)

Derkarus, entendo sua posição com relação ao formato, mas não estou completamente convencido para com ela, concordo que no atual cenário os fair decks estão bastante mal posicionados, esse foi o seu argumento principal para eu repensar o formato, modern sempre foi um formato de estratégias lineares e opressivas, acredito que tenha sido por isso que entrei tão tarde nele, na realidade mais pela primeira característica do que pela segunda, mas qual seria um formato saudável para você? Seria o Legacy por exemplo?

Você defende o ban de alguma coisa ou o unban de alguma coisa para o Modern se tornar saudável na sua visão?

VIP STAFF sandoiche_13 (02/12/2017 15:24:30)

Mestre Maeda O Monstro do Deckbuilding quebrador de formatos, desde o BG Etergênito emplacando arquétipos aqui no Decks da Semana do CLM!

VIP OURO Derkarus (02/12/2017 08:33:47)

Mais um deck que precisa inserir elementos de combo e abandonar sua estratégia original, pois se você for apenas grindy, mid-range ou tempo no formato você é massacrado pelos Goldfishes de turno 3/4.

Uma pena... O formato "saudável" pune Fair decks e deixa unfair decks a torto e a direito, elementos "combo-ish" a torto e direito aparecendo e todo mundo festejando.

Parabéns pelo artigo. Gosto de acompanhar o formato pelos artigos de vocês, e todos eles mostram a mesma coisa: ou você Comba/Ganha/Locka na 3/4, ou você será combado/kickado na 3/4. Depois o povo reclamava do Splinter Twin...

Satyr_IX (01/12/2017 20:29:55)

Ele Consegue conjunrar de boas com os aceleradores de mana

Burghi (01/12/2017 19:23:29)

Já te ocorreu que o fato do segundo Golem pode ser porque se tu comprar o primeiro, os quatro madcap ficam sem uso?

Lmav (01/12/2017 18:49:14)

No ambiente que eu jogo aqui, não tem tanta necessidade de exilar os bichos pequenos, muito difícil aparecer um dredge, então, eu pessoalmente acho bom ter o sóis q caso a situação para utilizá-lo não seja boa, eu uso o cycle