Load or Cast
O Chão está se movendo!
Entenda o Lands Legacy.
22/03/2018 10:00 - 5.341 visualizações - 13 comentários
Load or Cast

 

Atualmente os decks que se destacam nos formatos Eternais usam o princípio criado por Alan Comer em 1997 chamado de Turbo Xerox: Decks com baixo número de terrenos e com cantrips azuis para gerar um card advantage virtual além de interações e ameaças de baixo custo. Exemplo desse deck são o que entram na categoria tempo, como Delver, Threshold e mais recentemente o Grixis Death Shadow no Modern. Para combater isso, uma das estratégias é ultrapassar o limite de respostas dele. E aqui entra o deck que vou falar sobre hoje, o Lands. Ele consegue pressionar os Turbo Xerox seja com Life from the Loam​, que acaba com as respotas do oponente, seja atacando a produção de mana e seu baixo número de terrenos, taxando com Wasteland/Ghost Quarter/Rishadan Port. Ou simplesmente finalizando o jogo rápido: Dark Depths e Thespian's Stage. Atacando pelos 3 pontos, o Lands se torna um dos decks mais fortes do legacy.
 
Tive contato com deck ao ver a lista de Sacha Thomsen no top 8 do Nacional Legacy da Alemanha em 2006. Chamado de “43 Lands” o deck usava a velocidade de Manabond e Exploration, sendo abastecidas por Life from the Loam e Mulch. No restante, apenas terrenos em suas funções: The Tabernacle at Pendrell Vale, Barbarian Ring, Maze of Ith, Rishadan Port, Wasteland, Nantuko Monastery, Mishra's Factory, Treetop Village.
 
Em sua Segunda Era o deck adotou uma postura Prison-Control usando cards como Intuition, Academy Ruins, Engineered Explosives, Smokestack, Oblivion Stone, Ensnaring Bridge. Essa versão era muito lenta, jogos terminando por falta de carta no deck, ou 1-2 manland atacando.
 
Com lançamento do Core Set 2014, foi alterada a regra de lendas de:
 
704.5k Se duas ou mais permanentes lendárias com o mesmo nome estiverem no campo de batalha, todas elas são colocadas no cemitério de seus donos. Esta é a chamada “regra de lendas”. Se somente uma daquelas permanentes é lendária, esta regra não se aplica.
 
Para:
 
704.5k Se um jogador controlar duas ou mais permanentes lendárias com o mesmo nome, aquele jogador escolhe uma delas e o restante é colocado no cemitério de seus donos. Esta é a chamada “regra de lendas”
 
Isso possibilitou ao início da Terceira Era do deck, Prison-Combo. A interação de Dark Depths​ com Thespian's Stage permitia o deck ser mais rápido, funcionando da seguinte forma:

1 – Copiar Dark Depths com a habilidade de Thespian's Stage;
2 – Com 2 copias de Dark Depths, uma com marcadores e outra sem, já que Thespian's Stage não copia os marcadores, é aplicado a regra de lendas.
3 – Sacrifica Dark Depths original, que contém os marcadores, deixando a cópia do Thespian's Stage
4 – Como não possui mais marcadores, é disparado a habilidade. Sacrifica e coloca Marit Lage.
 
Lands
5369 visualizações
17/03/2018
R$ 40.627,16
R$ 50.384,41
R$ 65.764,05
5369 visualizações
17/03/2018
Visualização:
Padrão
Cor
Custo
Raridade
Visual
CMC
Comprar Deck
Gerar Imagem
Mágicas (15)
4  Rotação de Culturas 5,40
4  Transação Aleatória 69,90
3  Fogo Punidor  0,29
4  Vida da Marga  42,49
Artefatos (4)
4  Mox de Diamante 1.855,00
Encantamentos (6)
1  Elo de Mana 21,99
4  Exploração 79,95
1  Vórtice Fundente 0,42
Terrenos (35)
1  Abismo Glacial17,75
4  Abismo Sombrio74,19
1  Arvoredo Resguardado7,48
1  Bosque Sereno0,10
4  Bosque dos Salgueiros Ígneos21,05
1  Contraforte Arborizado145,00
1  Copas do Horizonte98,10
1  Floresta0,00
1  Floresta Tropical Nebulosa163,72
1  Karakas175,00
2  Maze of Ith40,41
1  Pântano de Bojuka3,00
4  Palco Dramático6,90
4  Quarteirão Fantasma1,75
2  Taiga1.399,99
4  Terras Ermas125,00
1  The Tabernacle at Pendrell Vale22.000,00
1  Urzal Ventoso97,00
60 cards total

Sideboard (12)
1  Tumba Antiga210,00
1  Drop of Honey 5.129,99
1  Extração Cirúrgica 55,90
1  Preservador Silvestre 47,95
4  Esfera de Resistência 99,90
3  Garra Krosana  1,99
1  Song of the Dryads  40,00
 
Mana

3 Fetchlands que busquem floresta – não esqueça da Sheltered Thicket.
2 Taiga
1 Forest
4 Mox Diamond - A desvantagem de descartar um terreno ao entrar em jogo é irrelevante quando se tem Life from the Loam. Sequenciar mana e Mox Diamond para jogar ao redor de Daze, ou somente Mox Diamond e tentar receber counterspell para continuar mana e Exploration, é algo que tem que ser estudado na sua mão inicial.
4 Grove of the Burnwillows – Além de gerar R/G, combo com Punishing Fire . Explicarei mais adiante.
 
Mana Denial
 
4 Wasteland – Ajuda a proteger o combo. Ativando a sua Wasteland na do oponente, força ele ativar e tentar quebrar o combo, que será ativado em resposta.
 

4 Ghost Quarter / Rishadan Port – Considero 4 ser um número ideal entre eles, agora a divisão 4-0, 2-2, 3-1 depende do metagame e gosto de cada jogador. Ambiente com Miracles e DnT, Rishadan Port sai bem melhor, já que Ghost Quarter não faz sua função esperada devido ao numero elevado de terrenos básicos nesses decks. Particularmente, prefiro 4 Ghost Quarter pelo formato em sua maioria ter uma mana base não-básica. No caso de Miracles, atacar a fonte branca é a solução. Lembre-se que pode usar Ghost Quarter contra os próprios terrenos para buscar a floresta.
 
Removal
 
3 Punishing Fire – Outra parte do combo com Grove of the Burnwillows , finaliza jogo, controle de criaturas. Ganhar vida ativa efeito de todos Punishing Fire no cemitério. Aqui vale observar que a Grove é uma habilidade de mana que ativa o efeito do Punishing Fire, podendo jogar na janela de split second. O mesmo serve se você jogar Krosan Grip em algum alvo e em seguida gerar Vermelha com o Grove. Split Second previne ativação do Deathrite Shaman​, por exemplo.

1 Molten Vortex – Combinada com Life from the Loam, excelente rota de vitória quanto remoção das criaturas inimigas e da esperança contra Blood Moon no game 1. Muitos optam pelo 4º Punishing Fire no lugar.
 
2 Maze of Ith – Ajuda no controle de criaturas em que Punishing Fire/Molten Vortex não resolvam. Interação com Marit Lage após dano de combate, ainda na fase de combate, dando uma falsa vigilância p/ token.
 
1 The Tabernacle at Pendrell Vale – Pode ser considerada mana denial também. Tenha certeza que o oponente saiba o que faz essa carta. As criaturas ganham essa taxa de 1 para não serem destruídas, portanto é obrigação dele lembrar o efeito. Do lado do Lands, não precisa ser paga a taxa pois Marit Lage é indestrutível.
 
1 Glacial Chasm – Usar Crop Rotation para buscar ela previne dano letal de elfos com Craterhoof Behemoth ou Price of Progress do Burn. Durante a manutenção, em reposta ao efeito acumulativo do Glacial Chasm, copiar o Glacial original com Thespian's Stage não pagando o custo acumulativo e deixando a original ir para cemitério. Isso garante um lock contra o dano do oponente. Com Life from the Loam e Exploration tudo fica bem melhor. Em nenhum momento você deixa de ter a proteção do Glacial Chasm contra algum burn.
 
Máquina do deck

Acho que não tem muito o que falar sobre 4 Ancestral Recall, 4 Tutores, 4 Tinker.

4 Life from the Loam
4 Gamble
4 Crop Rotation –  Ajuda a proteger Life from the Loam, buscando Horizon Canopy, e Punishing Fire (Grove of the Burnwillows). Ótima resposta para a ativação da Wasteland do oponente. Contra Deathrite Shaman não tenha medo de buscar oThe Tabernacle at Pendrell Vale no primeiro turno.
4 Exploration
1 Manabond – Algumas listas já não usam. Acelera o combo especialmente contra Sneak and Show, Reanimator, Storm.
 
Utility Lands
 
1 Karakas – Na minha opinião é o pior terreno do deck, mas ela merece seu slot como alvo dos tutores em situações bem especificas. Fica disputando lugar com Barbarian Ring. Em matchs que gostaria que ela fosse boa, como Sneak and Show, o jogo já é difícil, não faz muita diferença.

1 Bojuka Bog – Não é contra Delver. Sim, você ter uma resposta bem especifica, porém, com maior utilidade do que Karakas. Ao contrário da anterior, sempre esta entre as 75 quando listo o deck. Excelente na mirror, Dredge, Reanimator, Storm.
 
 
1 Tranquil Thicket – Protege Life from the Loam​ de Surgical Extraction e Deathrite Shaman.
 
1 Sheltered Thicket – Mesma coisa que a anterior. A vantagem aqui é ela poder ser buscada por fetchland. A jogada seria buscá-la com uma fetchland, destruir com Wasteland/Ghost Quarter e voltar com Life from the Loam.
 
1 Horizon Canopy – Uso no deck para ter mais respostas contra Surgical Extraction​ e Deathrite Shaman. Ponto negativo fica por ela precisar estar em jogo. Pode ser a segunda Tranquil Thicket.
 
Combo
 
4 Dark Depths – Ela ativa quando não tiver mais marcadores, por isso Stifle não adianta aqui.
4 Thespian's Stage – Principal terreno do deck e a mais complicada. Objeto ao ser copiado recebe os seguintes atributos: Nome, Custo de mana, cor, tipo, subtipo, supertipo, texto, poder e resistência, lealdade. Algumas interações não citadas anteriormente:
 
A) Terreno Básico = Básico por ser um supertipo é copiado. Com isso a Thespian's Stage copiando Forest, por exemplo, se torna alvo invalido de uma Wasteland.
B) Dryad Arbor = Copia poder e resistência.
C) Thespian's Stage copia o terreno em jogo. Por isso efeitos “ao entrar em jogo não são copiados” Ex: hideaway, Cavern of Souls (tipo de criatura), Gemstone Mine (marcadores).
D) Pithing Needle deve nomear o terreno exato que Thespian's Stage está copiado. Se Thespian's Stage  for Forest, Pithing Needle tem que estar nomeando Forest ou não será afetado.
 
Sideboard
 
4 Sphere of Resistance
1 Thorn of Amethyst
1 Ancient Tomb

É o pacote contra combos, principal fraqueza do deck, como Storm, Sneak and Show, Tin Fins, Reanimator. Muitos questionam Sphere of Resistance x Thorn of Amethyst. Depende muito do que se espera, Sphere pode ser usada contra Elves. Se você sabe que não terá esse match pela frente pode optar por 4 TThorn of Amethyst e usar outros cards como Trinisphere​ e Chalice of the Void.
 
3 Krosan Grip - Contra Blood Moon, especialmente.
 
1 Song of the Dryads - Gosto da versatilidade, usava contra Shardless BUG, Miracles, Eldrazi. Jogada que pode acontecer é encantar o Jace, the Mind Sculptor, transformando ele em um terreno Forest não básico. O Song of the Dryads não adiciona o supertipo básico, por isso pode ser alvo de Wasteland.
 
 
2 Tireless Tracker​ - Entra na maioria dos jogos para contornar as respostas do oponente contra seu cemitério. Contra Miracles coloca pressão no Jace, the Mind Sculptor. E contra Storm, por algumas versões usarem Telemin Performance.

1 Drop of Honey​ - Uma cópia eu  acho o número correto. Ajuda o controle de criaturas, especialmente por deixar o oponente em decisão de evoluir a mesa ou parar. Enquanto isso, Punishing Fire  vai fazendo seu trabalho. Delver, Death and Taxes, Elves, Leovold e True-Name Nemesis.
 
1 Sylvan Safekeeper - Protege o Combo. Entra contra Miraclesm já que eles tiram Terminus e vai bem contra decks que abusam de Diabolic Edict.
 
1 Surgical Extraction = Mirror, Dredge, Reanimator. Slot flexível.

Cards para considerar

1 Barbarian Ring - Contra DnT, Mother of Runes e Sanctum Prelate​;
+1 Tireless Tracker - Se você esperar muitos Miracles ou graveyard hate.
1 Nissa, Worldwaker - Excelente resposta contra Miracles, 4c Leovold.
2 Choke
2 Seismic Assault - Cada Life from the Loam causa 6 de dano. Ótimo contra Blood Moon, 4C Leovold e Miracles. Mas usaria somente se fosse enfrentar Blood Moon.
1 Pithing Needle / Sorcerous Spyglass - Turbo Depths, Planeswalkers, porém, não me atrai.
1 Dryad Arbor/Mishra's Factory - Protege contra Diabolic Edict, apenas uma opção.
+1 Drop of Honey - Somente se você for jogar em um ambiente de Elves, DnT, Delver.
1 Crucible of Worlds / Ramunap Excavator - Prefiro Ramunap Excavator, pois alguns decks acabam colocando algo para destruir as Mox Diamond, além de se enquadrar na mesma função do Sylvan Safekeeper.
1 Chalice of the Void - Não usaria, pois afeta muito plano do Lands se X for igual a 1. Se for contra Storm, faça para zero, mas ele  consegue ganhar mesmo sem usar LEDs e Lotus Petal.
 
Conclusão
 
É um deck de fácil customização e existem opções disponíveis, porém, não adianta querer sobrecarregar slot de sideboard contra jogos do quais você sabe que são extremamente difíceis, como combos e Blood Moon. A melhor opção é aceitar e escolher outro deck, já que o side tem poder limitado.

Tenha em mente que o deck está preparado contra os decks justos como Delvers, 4C Leovold, que são grande parte do metagame e conforme o torneio avança são os que sempre se destacam.
 
Espero que tenham gostado e que animem com o baralho, que é uma ótima opção para o Legacy.
 
 
The_Tutor
 
Fred Carvalho ( The_Tutor)
Jogador de Legacy e entusiasta do Lands.
Comentários
Ops! Você precisa estar logado para postar comentários.
(Quote)
- 24/03/2018 09:18
Shooow!!! Parabéns pelo artigo!
(Quote)
- 24/03/2018 05:02
Esse deck é mt fera, mas infelizmente é o meu nemesis.
(Quote)
- 22/03/2018 22:50
Bora voltar pro competitivo! Excelente artigo!
(Quote)
- 22/03/2018 20:30

Nem vem que o fred agora eh de sjc, reivindicado.

(Quote)
- 22/03/2018 16:47
Top, jogo de lands também, difícil arrumar Drop Honey a 1.200,00 reais não comprei quando estava 250,00 agora já era, é a única que me falta.