Load or Cast
UR Phoenix - Inimigo nº1
Como enfrentar o principal deck do formato.
08/04/2019 10:05 - 9.997 visualizações - 27 comentários
Load or Cast

Bom dia!


No meu último artigo eu disse para vocês que não escreveria antes do GP São Paulo, mas eu menti! Aproveitando que não é sempre que temos um torneio grande Modern no Brasil, vamos aproveitar o momento e destrinchar ainda mais o formato.


Nesse texto, quero falar sobre o inimigo número 1 de todos os jogadores de Modern, o UR Phoenix, que na verdade deveria se chamar UR Ice. Não pretendo fazer um deck guide do baralho, mas mostrar como combate-lo com os principais decks do formato com o sideboard. Assim, separei os dez principais baralhos no meu ponto de vista, que são: UR Phoenix, Dredge, Tron, Humans, UW Control, Grixis DS, Burn, Scales, Whir Prison e Spirits.

 

Por mais que faltem vários, tendo em vista que o formato é bem amplo, certamente os que estão ausentes seguem linhas de jogo próximas de algum desses decks, sendo possível ter uma base de como se comportar de uma maneira correta.

 

UR PHOENIX 2
8522 visualizações
07/04/2019
R$ 2.217,15
R$ 3.555,77
R$ 7.525,83
8522 visualizações
07/04/2019
Visualização:
Padrão
Cor
Custo
Raridade
Visual
CMC
Comprar Deck
Criaturas (11)
4  Coisa no Gelo  29,70
1  Mago da Conjuração-relâmpago  163,39
2  Dragonete Fagulhante    0,37
4  Fênix Arco-lume  22,50
Mágicas (30)
2  Extração Cirúrgica 50,00
1  Golpe Ardente 1,00
2  Machado Relampejante 1,00
4  Pilhagem Infiel 1,18
4  Purgar Pensamento 0,45
4  Raio 7,00
4  Truque de Mãos 1,50
4  Visões do Soro 5,99
4  Manamorfose  16,00
1  Deixar à Deriva  0,10
Encantamentos (1)
1  Ascensão do Piromante  3,42
Terrenos (18)
2  Bueiros de Vapor33,90
4  Canal dos Espigões29,74
1  Contraforte Arborizado64,00
3  Ilha0,00
4  Lago Alpino Fervente190,00
2  Montanha0,00
2  Praia Inundada64,52
60 cards total

Sideboard (14)
1  Extração Cirúrgica 50,00
1  Golpe Ardente 1,00
2  Perfurar Mágica 0,30
2  Abrasão  1,75
2  Garra de Dragão 0,10
2  Lua Sangrenta  44,75
2  Armadilha Voraz   1,56
1  Jace, o Escultor de Mentes   299,50
1  Queranos, Deus das Tempestades   22,00

 

Claro que não dá para falar sobre como combater o baralho, sem explicar como ele funciona.


Basicamente o que nós temos é um deck azul e vermelho que busca, através de uma enorme quantidade de cantrips (cartas que compram outras cartas) de custo baixo, finalizar o oponente logo nos primeiros turnos. Para isso, possuí a clara interação com a Arclight Phoenix, onde seu objetivo inicial será jogá-la para o cemitério, através de Faithless Looting ou Thought Scour, para retornar ela ao campo e atacar diretamente os pontos de vida do seu oponente.


Além disso, o deck também possui duas outras formas de finalizar o oponente bem rápido. A primeira delas e mais eficiente no meu ponto de vista é a Thing in the Ice, uma tranquila criatura 0/4 que se transforma em um monstro 7/8 em apenas um turno, lidando de uma maneira extremamente eficiente com as criaturas do adversário e impondo uma pressão gigantesca. Outra forma de vencer a partida e certamente a mais subestimada é o Crackling Drake. Essa criatura não é tão simples de ser respondida em campo em razão do custo quatro e resistência quatro e, pela quantidade de mágicas no baralho, tem o poder de finalizar partidas até mesmo em um único turno. Portanto, se você pretende ganhar desse baralho, a primeira dica que eu dou é, respeite as criaturas com resistência quatro desse deck.

 

Fora essas três kill conditions, uma carta bem importante, principalmente no game 1 é o Pyromancer Ascension. Como o baralho usa muitas mágicas de custo baixo, é muito fácil você ter dois marcadores, o que faz com que o baralho gere uma quantidade de cartas enorme, cavando as ameaças do deck de uma maneira natural, ficando praticamente impossível para o oponente interagir com tantos recursos.


Portanto, podemos concluir que das quatro cartas principais do adversário, três delas você definitivamente não pode deixar muito tempo em campo, o que nos remete ao ponto de que remoções genéricas são muito bem-vindas, como Flame Slash, Fatal Push, Assassin’s Trophy, Detention Sphere, Dismember, Path to Exile, etc.


Outra análise importante que vocês devem ter em mente é o poder de transformação que o baralho tem com o sideboard, criando uma postura mais midrange. Isso é uma dica que eu sempre dou e que provavelmente vai ser a melhor informação que vocês terão nesse artigo, VOCÊ DEVE FAZER SEU PLANO DE SIDEBOARD CONTRA O SIDEBOARD DO 'SEU OPONENTE E NÃO CONTRA O MAINDECK.


O que eu quero dizer nesse caso específico? Basicamente que não adianta você lotar com quinhentas formas de atacar o cemitério do seu oponente e morrer para uma Chandra, Torch of Defiance, Jace, the Mind Sculptor, Keranos, God of Storms ou até mesmo sendo bloqueado por uma Blood Moon. Sideboard é um dos principais fundamentos do jogo e certamente um dos mais difíceis de aprender, ter isso em mente é muito importante para ter sucesso nos games 2 e 3.


Pois bem, depois dessa breve análise do UR, vamos então falar sobre o ponto principal desse artigo, os outros baralhos e qual a melhor forma de atacar esse vilão número 1 com o sideboard.

 

BURN


Burn
8566 visualizações
05/04/2019
R$ 1.521,76
R$ 2.443,88
R$ 5.776,97
8566 visualizações
05/04/2019
Visualização:
Padrão
Cor
Custo
Raridade
Visual
CMC
Comprar Deck
Criaturas (12)
4  Guia Goblin 37,50
4  Lança Veloz do Monastério 5,98
4  Eidolon da Grande Festança  39,80
Mágicas (29)
4  Espículo de Lava 10,00
4  Raio 7,00
4  Amuleto Boros  8,37
2  Hélice de Raios  2,00
4  Labareda Cauterizante  5,23
3  Quebra-crânio  2,40
4  Alfinetada nos Críticos  0,50
4  Raio da Fenda  1,75
Terrenos (19)
4  Contraforte Arborizado64,00
2  Fundição Sagrada39,00
4  Lamaçal Ensangüentado72,00
2  Meseta Árida113,86
2  Montanha0,00
1  Solo Pisoteado29,49
4  Vantagem Inspiradora17,01
60 cards total

Sideboard (15)
3  Caminho para o Exílio 9,28
2  Andarilho do Fogo Kor  0,25
3  Descanse em Paz  15,89
4  Lianas Ardentes  3,50
1  Quebra-crânio  2,40
2  Sangue Abrasador  3,19


Quando falamos do sideboard do Burn para essa partida, três cartas claramente chegam à mente, Rest in Peace, Cindervines e Path to Exile.

 

O maior problema aqui é que o Burn, como deve fazer em todo plano de sideboard, não pode desconfigurar a ideia do baralho de queimar o oponente. Assim, tome muito cuidado na hora de subir cartas em grande quantidade e não manter o clock necessário para finalizar a partida. Caso você tenha uma quantidade maior de cartas como Path to Exile e Cindervines, pode realmente considerar não subir o Rest in Peace.


Ele vai tentar forçar trocas para ganhar tempo, o que normalmente não serão muito favoráveis para você, tenha isso em mente. Thing in the Ice é seu vilão número um, então não poupe dois burns para retirá-lo do jogo, caso você não tenha acesso ao Path to Exile.


Pela quantidade de cartas coloridas eficientes na partida, o UR Phoenix poderá subir Blood Moon, o que torna ainda mais importante resolver a Cindervines antes mesmo de um Eidolon of the Great Revel em seu turno dois.


Searing Blaze e Skullcrack são suas piores cartas no match.


DREDGE


Dredge
8566 visualizações
05/04/2019
R$ 1.251,41
R$ 1.992,32
R$ 4.277,48
8566 visualizações
05/04/2019
Visualização:
Padrão
Cor
Custo
Raridade
Visual
CMC
Comprar Deck
Criaturas (17)
4  Narcoameba  0,69
1  Rufia Golgari  2,00
4  Terror Sanguinário  35,00
4  Amálgama Cobiçado   9,00
4  Diabrete de Erva Fétida  1,50
Mágicas (21)
2  Conflagrar   0,64
2  Maldição Sombria 0,35
4  Pilhagem Infiel 1,18
4  Reunião Catártica  0,09
4  Vida da Marga  35,99
1  Voz Atormentadora  0,04
4  Calafrio Incapacitante (Creeping Chill)  0,05
Artefatos (4)
4  Chifre Ululante 1,15
Terrenos (18)
4  Contraforte Arborizado64,00
2  Cripta de Sangue37,80
4  Desfiladeiro da Linha de Cobre26,39
3  Lamaçal Ensangüentado72,00
1  Mina de Pedras Preciosas19,90
2  Montanha0,00
2  Solo Pisoteado29,49
60 cards total

Sideboard (15)
4  Machado Relampejante 1,00
4  Reivindicação da Natureza 0,20
2  Rancor Antigo  0,25
1  Troféu do Assassino  59,65
4  Linha de Força do Vácuo   27,95


Como mencionado, remoções são bem melhores do que parecem e nesse plano, Lightning Axe aparece como uma luva. A possibilidade de interação com a Thing in the Ice e o Crackling Drake por apenas uma mana é incrível. Caso você queira realmente melhorar seu match contra UR Phoenix jogando de Dredge, indico que você vá para o torneio com quatro cópias dessa carta. Inclusive, várias listas estão usando o set de Lightning Axe e cópias adicionais de Abrupt Decay ou Assassin’s Trophy, o que reforça bastante seu plano principal. Eu particularmente prefiro Assassin’s Trophy nesses slots extras.


Creeping Chill é certamente a carta que você quer achar muitas cópias na partida e ela é crucial para você ganhar a corrida de dano nesse jogo. Ter uma fetch land em campo para voltar os Bloodghast em resposta à uma Surgical Extraction também é bem importante, tenha isso em mente e evite quebrar seus terrenos quando não for necessário.


Pode parecer contraditório, mas mesmo com a clara interação da Leyline of the Void, aqui o plano de grave hate não é importante, pois a Arclight Phoenix não é sua maior preocupação e eu realmente não gosto de subir esse tipo de carta no match, foco nas criaturas do oponente.

 

Darkblast e Shriekhorn são suas piores cartas na partida.


GRIXIS DEATH’S SHADOW

 

Grixis DS
8558 visualizações
05/04/2019
R$ 3.110,39
R$ 4.660,11
R$ 14.589,59
8558 visualizações
05/04/2019
Visualização:
Padrão
Cor
Custo
Raridade
Visual
CMC
Comprar Deck
Criaturas (15)
4  Sombra da Morte 27,50
3  Mago da Conjuração-relâmpago  163,39
4  Aparição de Estrada   6,99
4  Pescador Grumag  0,75
Mágicas (25)
4  Capturar Pensamento 79,75
4  Empurrão Fatal 8,90
2  Inquisição de Kozilek 10,00
4  Negação Persistente 1,70
1  Pilhagem Infiel 1,18
3  Purgar Pensamento 0,45
3  Visões do Soro 5,99
2  Fúria de Batalha Temur  1,20
2  Desmembrar   3,71
Artefatos (3)
3  Bijuteria de Mishra 18,00
Terrenos (17)
1  Bueiros de Vapor33,90
1  Cripta de Sangue37,80
4  Delta Poluído84,00
1  Ilha0,00
3  Lago Alpino Fervente190,00
4  Lamaçal Ensangüentado72,00
1  Pântano0,00
2  Túmulo Aquático33,90
60 cards total

Sideboard (15)
1  Explosivos Fabricados 34,75
2  Extração Cirúrgica 50,00
1  Magibomba Niilista 0,60
1  Rejeição Cerimoniosa 0,10
2  Brutalidade Coletiva  23,45
2  Golpe Desdenhoso  0,05
1  Jace, Prodígio de Vryn  95,00
1  Retorno de Hurkyl  8,90
1  Comando de Kolaghan   39,89
2  Liliana, a Última Esperança   174,90
1  Retorno de Kozilek  4,00


Quando falamos do game 1, tudo envolve tempo sobre tempo. Enquanto seu oponente vai tentar retornar as Arclight Phoenix o quanto antes ou resolver um Thing in the Ice voltando seu Gurmag Angler, seu plano é finalizar ele com suas criaturas o quanto antes. Aqui não tem muito segredo.


Sobre sideboard, não é como se o seu plano mudasse de forma drástica, mas você terá mais formas de interagir com o seu adversário. Hates de cemitério como Surgical Extraction e Nihil Spellbomb são importantes pela versatilidade, mas eu definitivamente não gosto do plano de Leyline of the Void, onde exige uma quantidade significativa de slots no baralho, que eu não acredito que justifique.


Por mais que as Arclight Phoenix sejam um problema, o oponente ganhará cartas de impacto na board, como planinautas e criaturas grandes, então você tem esse tipo de permanente para começar a se preocupar. O que me faz gostar da primeira cópia de Disdainful Stroke nesse match, pois é uma forma de interagir com Chandra, Torch of Defiance, Jace, the Mind Sculptor, Keranos, God of Storms ou até mesmo os Crackling Drake, cartas extremamente eficientes na partida.


No mais, tente manter sua vida sempre superior a seis, evitando de morrer para uma combinação de Arclight Phoenix e Lightning Bolt. Sete de vida é o número mágico, pois além de evitar dessa combinação, ainda deixa seu Death’s Shadow 6/6, fugindo dos Lightning Axe do oponente.


Stubborn Denial é uma carta melhor do que parece, pois interage com os planinautas do sideboard, além de poder impedir a resolução de um Manamorphose ou Faithless Looting, atrasando o jogo do adversário, não tenha pena de usar logo no turno um nesses alvos.


Alguns especialistas do baralho dizem que como é uma partida de intenso atrito, é importante escolher começar comprando. Sinceramente, eu ainda não estou seguro dessa informação, mas caso você dê muito crédito para Daniel Fournier e Ben Friedman, a informação é real.

 

Street Wraith é sua pior carta na partida.


HUMANS

 

Humans
8548 visualizações
05/04/2019
R$ 2.666,63
R$ 3.973,36
R$ 9.605,29
8548 visualizações
05/04/2019
Visualização:
Padrão
Cor
Custo
Raridade
Visual
CMC
Comprar Deck
Criaturas (37)
4  Campeão da Paróquia 5,50
4  Hierarca Nobre 79,99
4  Imagem Fantasmal  23,40
4  Mago Interferidor  19,00
3  Pirata de Aeroveleiro  0,45
4  Tenente de Thalia  5,47
4  Thalia, Guardiã de Thraben  24,45
2  Corneteiro da Milícia  0,29
4  Ginete de Mantídeo   0,79
4  Mago Refletor   0,89
Artefatos (4)
4  Frasco do Éter 84,75
Terrenos (19)
4  Caverna das Almas245,90
4  Copas do Horizonte94,95
1  Costa do Mar de Cromo24,50
1  Ilha0,00
1  Planície0,00
4  Território Não Reivindicado3,71
4  Zigurate Antigo23,00
60 cards total

Sideboard (15)
1  Jaula do Escavador de Túmulos 7,18
4  Campeã dos Aurioques  26,71
2  Esfera Amortecedora 6,99
1  Gaddock Teeg  19,80
3  Assistente de Detenções   5,83
3  Cavaleira do Outono   8,00
1  Desmembrar   3,71


Todo deck agressivo tem uma principal ameaça jogando contra UR Phoenix, Thing in the Ice. Aqui, praticamente tudo envolve em ter uma resposta eficiente para ele.


Jogando com Humans, não é muito simples mudar o plano e nem é esse o objetivo. Agressividade e tentar finalizar seu oponente da maneira mais rápida ainda é a fórmula do sucesso, mesmo que isso signifique ignorar a Thing in the Ice do adversário. Portanto, mulligue de forma agressiva para mãos que tenham uma curva baixa, iniciando a pressão no seu turno um.


Seu Meddling Mage, assim como todo seu baralho, gira em defender contra Thing in the Ice, então você já sabe o que nomear! Claro que quando seu oponente possui cópias de Faithless Looting no cemitério, essa também é uma nomeação bem válida. No sideboard, cartas como Dismember, Deputy of Detention e Grafdigger’s Cage são relevantes e não cogite retirar Reflector Mage do baralho.

 

Aether Vial, Militia Bugler e Mantis Rider são suas piores cartas na partida.


SCALES


Scales
8552 visualizações
05/04/2019
R$ 1.513,62
R$ 2.716,51
R$ 7.521,38
8552 visualizações
05/04/2019
Visualização:
Padrão
Cor
Custo
Raridade
Visual
CMC
Comprar Deck
Criaturas (18)
4  Operário Arconexo 0,10
4  Balista Ambulante  59,50
4  Caminhante Aeródromo  26,10
4  Devastador Arconexo 25,90
2  Mímico Metálico 22,00
Mágicas (4)
4  Agitações do Passado 2,74
Artefatos (14)
4  Jarro de Solda 0,75
4  Mox de Opala 129,90
3  Módulo de Animação 1,50
3  Trono de Geth 0,75
Encantamentos (4)
4  Escamas Endurecidas 14,49
Terrenos (20)
4  Cidadela de Aço Negro0,75
2  Copas do Horizonte94,95
6  Floresta0,00
1  Nexo de Mosco-lumes8,99
4  Nexo de Mosco-tintas33,13
1  Pendelhaven7,50
2  Renascimento de Llanowar0,45
60 cards total

Sideboard (15)
3  Jaula do Escavador de Túmulos 7,18
4  Reivindicação da Natureza 0,20
2  Desprezador de Mágica 13,85
3  Esfera Amortecedora 6,99
3  Desmembrar   3,71


Scales é um deck que, assim como a maioria dos decks agressivos, tem como principal ameaça o Thing in the Ice. As vezes pode parecer repetitivo, mas não existe muito segredo, aqui a principal forma de você perder a partida é deixando essa criatura se transformar.


Em razão disso, ter acesso à várias cópias Dismember é extremamente funcional e uma das principais aliadas para ganhar a partida. Hoje, eu não cogitaria jogar com menos de três cópias no sideboardo do meu Scales, caso fosse para o GP com ele.

 

Além disso, você também tem acesso ao Grafdigger’s Cage, carta que compra tempo para finalizar o adversário, retardando a volta da Arclight Phoenix e impedindo que a Faithless Looting seja conjurada do cemitério do oponente.

 

Atenção aqui redobrada contra os hates de artefato, principalmente Hurky’s Recall e Shatterstorm, que fogem do Welding Jar. Então, você precisará nessa partida ser cirúrgico na sua progressão de dano, mantendo pressão e jogando em volta dos outs, não será uma partida fácil matematicamente. Muitas vezes, o melhor plano é não respeitar tanto o oponente, buscando finalizar a partida o quanto antes, não dando tempo do oponente achar esses super hates.


Algumas cópias de Walking Ballista e Welding Jar, aliadas ao Animation Module são cartas que podem abrir espaço para o sideboard.


SPIRITS


Spirits
8593 visualizações
05/04/2019
R$ 2.808,03
R$ 4.432,29
R$ 10.338,66
8593 visualizações
05/04/2019
Visualização:
Padrão
Cor
Custo
Raridade
Visual
CMC
Comprar Deck
Criaturas (29)
4  Errante do Mausoléu 2,70
4  Hierarca Nobre 79,99
2  Espírito Altruísta  34,00
4  Fantasma Supremo  11,36
3  Imagem Fantasmal  23,40
1  Sacode-correntes  1,46
3  Assistente de Detenções   5,83
4  Capitão Drogskol   0,93
4  Supressor de Mágicas   43,93
Mágicas (7)
3  Caminho para o Exílio 9,28
4  Companhia Agrupada  50,00
Artefatos (4)
4  Frasco do Éter 84,75
Terrenos (20)
1  Caverna Mutável61,21
1  Charco da Procriação59,90
2  Copas do Horizonte94,95
1  Costa do Mar de Cromo24,50
1  Floresta0,00
3  Floresta Tropical Nebulosa201,00
1  Fonte Santificada31,61
1  Ilha0,00
1  Jardim do Templo25,00
1  Planície0,00
3  Praia Inundada64,52
2  Santuário Botânico35,00
2  Urzal Ventoso44,50
60 cards total

Sideboard (15)
1  Caminho para o Exílio 9,28
4  Descanse em Paz  15,89
2  Desejo Unificado  2,75
2  Silêncio Pétreo  8,99
2  Thalia, Guardiã de Thraben  24,45
3  Cavaleira do Outono   8,00
1  Geist de Santo Traft   11,50


Falando de Spirits, como várias vezes mencionado no artigo, temos um baralho enfraquecido contra Thing in the Ice. Isso certamente mostra o porque que o UR Phoenix é o terror do formato, pelo quanto que suas cartas estão bem posicionadas no ambiente.

 

Por mais que Thing in the Ice seja uma carta extremamente forte, o Spirits tem forma de interagir com ela, principalmente através de uma Collected Company, capaz de expandir sua mesa ou achar um Deputy of Detention/Reflector Mage.


Claro que aqui, o plano também é impedir que ela se transforme em um 7/8, mas a Arclight Phoenix também exerce um papel bem importante, tendo em vista que ela é uma 3/2 com voar, capaz de interagir muito bem com suas criaturas.

 

Mesmo o jogo sendo desfavorável ao Spirits, o sideboard contribui bastante, principalmente tendo acesso aos Rest in Peace, capaz de resolver o plano da Arclight Phoenix. Aliado a isso, Thalia, Guardian of Thraben ganha um tempo precioso para impormos um clock no oponente, muitas vezes retardando um ou dois turnos uma transformação da Thing in the Ice.

 

Jogando de Spirits, o quarto Path to Exile é bem importante e eu definitivamente não cogitaria jogar sem as quatro cópias nas 75 cartas, caso minha opção fosse Spirits para o GP.

 

Fique de olho que várias listas tem acesso a Anger of the Gods no sideboard do UR, o que torna viável ter sempre um Selfless Spirit em campo. Isso pode ser relevante na hora de escolher suas criaturas vindas do Collected Company.


Aether Vial e Spell Queller certamente não são minhas cartas favoritas para esse jogo.


TRON

 

Tron
8545 visualizações
05/04/2019
R$ 1.894,19
R$ 3.151,69
R$ 10.258,37
8545 visualizações
05/04/2019
Visualização:
Padrão
Cor
Custo
Raridade
Visual
CMC
Comprar Deck
Criaturas (8)
2  Balista Ambulante  59,50
4  Máquina a Vorme Espiralado 54,50
2  Ulamog, a Fome Interminável 98,00
Planeswalkers (6)
4  Karn Liberto 157,00
2  Ugin, o Dragão Espírito 125,93
Mágicas (8)
4  Agitações do Passado 2,74
4  Auspício Silvestre  0,05
Artefatos (19)
4  Esfera Cromática 0,75
4  Estrela Cromática 9,00
4  Mapa da Expedição 4,90
3  Relíquia de Progenitus 9,99
4  Pedra do Oblívio 10,00
Terrenos (19)
5  Floresta0,00
4  Mina de Urza4,50
1  Quarteirão Fantasma1,50
1  Santuário de Ugin0,80
4  Torre de Urza4,75
4  Usina de Urza4,75
60 cards total

Sideboard (15)
2  Extração Cirúrgica 50,00
3  Reivindicação da Natureza 0,20
2  Contorção Espacial  0,10
1  Lamento Distorcedor  0,25
3  Vidente do Nó do Pensamento  25,00
3  Thragueopresa  2,45
1  Emrakul, o Fim Prometido 99,90


Esse é um match onde o efeito do Thing in the Ice acaba não sendo tão devastador, mas ainda sim, você deve se preocupar em ter uma criatura 7/8 do outro lado. Sideando contra o sideboard do oponente, tenha como uma regra absoluta que Blood Moon aparecerá no game 2 e esteja protegido contra ela com algumas cópias de Nature’s Claim.


Seu plano aqui é impedir que as Arclight Phoenix entrem em campo muito rápido, o que pode significar mulligans agressivos para um tron fechado no turno três ou nos hates de cemitério. Relic of Progenitus ou Surgical Extraction na mão inicial são extremamente importantes.


Warping Wail pode não parecer a melhor carta do mundo, mas anular uma Faithless Looting é importante e, claro, você consegue responder ao Thing in the Ice do adversário de uma maneira rápida.


Por fim, Thragtusk entra como um importante aliado. A mudança de postura aqui é clara e o seu objetivo é ganhar tempo. Logo, baixar a curva do baralho para isso é importante, juntando ao fato de que uma Blood Moon ou counters como Spell Pierce, Negate, Disdainful Stroke e Ceremonious Rejection sempre podem resolver e acabar com seus planos mais altos.


Walking Ballista, Ulamog, the Ceaseless Hunger e algumas cópias de Oblivion Stone não são as cartas que mais contribuem para o seu plano nesse match pós sideboard.


UR PHOENIX

UR Phoenix
8557 visualizações
05/04/2019
R$ 2.219,14
R$ 3.561,15
R$ 7.549,58
8557 visualizações
05/04/2019
Visualização:
Padrão
Cor
Custo
Raridade
Visual
CMC
Comprar Deck
Criaturas (11)
4  Coisa no Gelo  29,70
1  Mago da Conjuração-relâmpago  163,39
2  Dragonete Fagulhante    0,37
4  Fênix Arco-lume  22,50
Mágicas (30)
2  Extração Cirúrgica 50,00
1  Golpe Ardente 1,00
2  Machado Relampejante 1,00
4  Pilhagem Infiel 1,18
4  Purgar Pensamento 0,45
4  Raio 7,00
4  Truque de Mãos 1,50
4  Visões do Soro 5,99
4  Manamorfose  16,00
1  Deixar à Deriva  0,10
Encantamentos (1)
1  Ascensão do Piromante  3,42
Terrenos (18)
2  Bueiros de Vapor33,90
4  Canal dos Espigões29,74
1  Contraforte Arborizado64,00
3  Ilha0,00
4  Lago Alpino Fervente190,00
2  Montanha0,00
2  Praia Inundada64,52
60 cards total

Sideboard (15)
1  Extração Cirúrgica 50,00
1  Golpe Ardente 1,00
2  Perfurar Mágica 0,30
2  Abrasão  1,75
2  Garra de Dragão 0,10
2  Lua Sangrenta  44,75
2  Armadilha Voraz   1,56
1  Jace, o Escultor de Mentes   299,50
1  Tempestade Estilhaçadora   1,99
1  Queranos, Deus das Tempestades   22,00

 

Mirror match! Aqui, já verificamos que o plano da Arclight Phoenix fica bastante comprometido, uma vez que praticamente todas as listas usam cópias de Surgical Extraction no maindeck, além de cópias adicionais de grave hate no sideboard.


Portanto, deixar de lado o plano de cemitério é uma forma de sucesso na mirror, mesmo que Pyromancer Ascension resolvida seja uma das suas melhores jogadas nessa partida.


Saber atacar o card advantage da melhor forma, possuindo respostas para Thing in the Ice e Crackling Drake e encaixando permanentes eficientes, como planinautas ou o Keranos, God of Storms, provavelmente é a estratégia que te levará para a vitória.

 

Lightning Bolt e Sleight of Hand são certamente suas piores cartas.


UW CONTROL

 

UW Control
8539 visualizações
05/04/2019
R$ 2.588,57
R$ 3.785,68
R$ 6.847,92
8539 visualizações
05/04/2019
Visualização:
Padrão
Cor
Custo
Raridade
Visual
CMC
Comprar Deck
Criaturas (3)
3  Mago da Conjuração-relâmpago  163,39
Planeswalkers (6)
2  Gideon das Provas   64,95
2  Jace, o Escultor de Mentes   299,50
2  Teferi, Herói de Dominária   135,90
Mágicas (22)
4  Caminho para o Exílio 9,28
1  Cilada Mágica 3,18
1  Ejetar 0,25
1  Extração Cirúrgica 50,00
2  Optar 0,08
4  Visões do Soro 5,99
2  Negar  0,03
1  Absorver   3,89
3  Comando Críptico    54,95
3  Veredito Supremo    31,88
Encantamentos (4)
2  Busca por Azcanta  36,50
2  Esfera de Detenção   3,28
Terrenos (25)
4  Campo da Ruína0,99
4  Colunata Celestial24,50
2  Fonte Santificada31,61
2  Fortaleza Glacial12,00
7  Ilha0,00
2  Planície0,00
4  Praia Inundada64,52
60 cards total

Sideboard (15)
2  Delir 0,05
1  Extração Cirúrgica 50,00
2  Descanse em Paz  15,89
2  Expurgo Celestial  0,06
1  Golpe Desdenhoso  0,05
2  Silêncio Pétreo  8,99
1  Facção Vendilion   36,99
2  Linha de Força da Santidade   12,00
1  Anjo Exterminador do Mal   8,75
1  Lyra, Portadora da Alvorada   22,00

 

Jogando com um deck tão conservador como o UW, você precisa ter as respostas certas para neutralizar o plano do adversário, basicamente o plano usado pelo baralho contra qualquer deck do Modern.


O game 1 é mais complicado, porque você tem o lado errado do baralho para comprar, o que se resume basicamente em counters de custo elevado e um número excessivo de planinautas. Pelo tanto de respostas, Thing in the Ice normalmente não será um problema.


Você deve ter em mente que o plano do seu adversário mudará drasticamente, onde ele subirá praticamente todas as kill conditions alternativas que ele possuir no side, o que basicamente se resume em planinautas, Keranos, God of Storms ou Vendillion Clique.


Além disso, você estará de frente contra alguns counters de custo baixo, o que é importante ter em mente na hora de jogar suas mágicas.


Seu sideboard é bem forte na partida e os anjos, Baneslayer Angel e Lyra Dawnbringer, são sua principal fonte de vitória nos game 2 e 3, tendo em vista a clara fraqueza de planinautas para você no jogo, que é sua fonte de vitória primária no game 1.

 

Celestial Purge também é extremamente funcional na partida, resolvendo Pyromancer Ascension, Cracking Drake, Arclight Phoenix e uma eventual Blood Moon, por mais que eu não ache correto subir contra UW Control.

 

Caso você utilize cópias de Dispel no seu sideboard, realmente indico subir para interagir com os counters do oponente ou eventual cantrip em um momento oportuno, diferente do Negate, onde eu realmente acredito ser caro demais para sua interação.


Cryptic Command, Jace, the Mind Scultpor e Supreme Verdict são as cartas que pouco contribuirão para o seu plano no sideboard.


WHIR PRISON


Whir Prison - Andrea Mengucci
18118 visualizações
22/03/2019
R$ 2.420,08
R$ 3.927,02
R$ 9.290,92
18118 visualizações
22/03/2019
Visualização:
Padrão
Cor
Custo
Raridade
Visual
CMC
Comprar Deck
Mágicas (8)
4  Agitações do Passado 2,74
4  Zumbido da Invenção    8,88
Artefatos (31)
4  Bijuteria de Mishra 18,00
1  Cripta de Tormod 0,88
4  Jarro de Solda 0,75
4  Mox de Opala 129,90
2  Explosivos Fabricados 34,75
1  Magibomba de Pirita 0,09
4  Cálice do Vácuo  175,95
2  Esfera Amortecedora 6,99
2  Luneta Enfeitiçada 1,43
1  Crisol dos Mundos 62,80
4  Ponte Traicoeira 94,95
1  Mosteiro Engarrafado 4,00
1  Orbe Espanta-Bruxa 2,55
Terrenos (21)
1  Confim Tectônico1,49
1  Feira dos Inventores11,99
2  Ilha0,00
1  Regato Ipnu0,22
1  Ruínas da Academia47,50
4  Santuário Botânico35,00
4  Tolária Ocidental22,10
4  Torre da Indústria3,75
3  Vácuo Tremeluzente7,46
60 cards total

Sideboard (15)
1  Jaula do Escavador de Túmulos 7,18
4  Desprezador de Mágica 13,85
2  Luneta Enfeitiçada 1,43
1  Orbe Tórpida 12,00
1  Grade de Éter de Ghirapur  0,19
2  Sai, Topterista Mestre  7,24
1  Gorro do Bufão 3,42
2  Tezzeret, Agente de Nicol Bolas   33,41
1  Tezzeret, o Perseguidor   49,41


Um baralho extremamente confortável contra UR Phoenix no game 1, tendo em vista a ausência de interação do UR Phoenix com a Ensnaring Bridge, mas que deve ter uma atenção dobrada após o sideboard.


Praticamente todas as listas do UR tem várias cartas focadas em artefatos, como Abrade, Hurky’s Recall, Shattering Spree e Shatterstorm, o que não é o sonho para um baralho focado em artefatos.


Chalice of the Void é uma carta importante na partida e, por mais que seja muito forte conjurá-lo para um, no pós side sempre fique atento no aprisionamento ao fazer ele para dois, pensando nos hates que chegam do sideboard do oponente.


Uma outra carta que você deve ter em mente na hora do sideboard é a Blood Moon. Portanto, existirão cenários onde transmutar uma Tolaria West para Island pode ser crucial para o desenvolvimento do seu jogo.

 

Caso você use Unmoored Ego no sideboard, o foco aqui são os hates de artefato, principalmente o Shatterstorm, que é a carta mais devastadora contra a estratégia. Falando em opções, Sai, Master Thopterist é realmente insano nesse match e certamente te auxiliará muito para uma vitória.


Engineered Explosives, Sorcerous Spyglass, Crucible of Worlds e Pyrite Spellbomb são cartas que podem sair naturalmente no sideboard.

 

-----------

 

Então é isso pessoal, claro que alguns decks estão faltando, mas o artigo já ficou bem extenso com dez baralhos, imagina se eu aumentasse esse número. Todavia, caso alguém tenha alguma dúvida específica de algum baralho que não esteja aqui, pode perguntar nos comentários.


Dúvidas, sugestões e críticas construtivas são sempre bem-vindas.


Quero aproveitar e convidar à todos para participarem da minha Stream, que acontece no Facebook e na Twitch, de segunda à quinta, às 19h! Além disso, seguir meu novo canal no YouTube, onde começarei a postar GamePlays de Standard no MTG Arena, além de várias dicas para quem quer se tornar um jogador melhor.


Por fim, me sigam nas minhas redes sociais Twitter e no Instagram.


Dessa vez, tenho certeza que não escreverei novamente até o GP São Paulo, que acontecerá entre os dias 12 e 14 de abril, então nos vemos lá!


Abraço a todos!

LuCaparroz

Cards Store - Patrocinador Oficial LigaMagic Bolts
Cards of Paradise - Patrocinador Oficial LigaMagic Bolts
Epic Game - Patrocinador Oficial LigaMagic Bolts
João Lucas Caparroz ( LuCaparroz)
Jogador competitivo desde 2014, participou de alguns Pro Tours, sendo atualmente o Campeão Brasileiro, já tendo atingido o Pro Player Bronze. Colunista da LigaMagic desde 2015.
Redes Sociais: Facebook
Comentários
Ops! Você precisa estar logado para postar comentários.
(Quote)
- 11/04/2019 15:35
Ótimo artigo.
Parabéns.
(Quote)
- 09/04/2019 14:39
Gostei muito do artigo. Mostrou bastante conhecimento não só do deck URPHOENIX, mas do formato como um todo. Quanto ao sideboard do HUMANOS, fiquei com muita dúvida quanto tirar o AETHER VIAL, conforme você colocou ser uma das piores cartas na partida. Eu considero uma carta essencial para ter um início explosivo, além de ter muita utilidade para voltar ao jogo após o THING IN THE ICE flipar. Sempre considerei tirar o AETHER VIAL em partidas cujo objetivo do meu oponente fosse grindar, como no caso do Jund/BGx, mas aqui não consigo encontrar a razão logica para o seu apontamento. Poderia me explicar? Desde já, obrigado.
(Quote)
- 09/04/2019 07:58

Concordo com vc
No final é sorte de pareamento
Ad Nauseam não é um deck que permite muitas jogadas fodas e talz

(Quote)
- 09/04/2019 01:27

Rapaz, não dá pra ganhar de tudo, né? Spirits é um deck fraquissimo nesse meta. Tron, burn e phoenix almoçam ele. Humans tá numa crescente, mas não acho que vai haver uma grande quantidade (Algo em torno de 4 ou 5%, estimo) Ainda mais pq aqui no Brasil tem um número muito maior de valakuts que o normal e a match é bem ruim pra humans. Considerando tudo isso eu ponho o Ad nauseam como um bom candidato a se dar bem no GPSP19

Byes:
Burn
tron
valakut

Good matches:
UR phoenix
dredge
Amulet titan
Monored phoenix

Even
UW control (versão com mais sweepers do que counters)

Bad matches:
BGx
4 color DS
Spirits

Nightmare mode:
Humans
Grixis death shadow

Just concede:
infect

Por isso considero um deck muito bom pro GP, já que as goodmatches são em maior número e provavelmente em maior quantidade bruta também, se pegar uma badmatch, paciência.

(Quote)
- 09/04/2019 01:11

Rapaz, não dá pra ganhar de tudo, né? Spirits é um deck fraquissimo nesse meta. Tron, burn e phoenix almoçam ele. Humans tá numa crescente, mas não acho que vai haver uma grande quantidade (Algo em torno de 4 ou 5%, estimo) Ainda mais pq aqui no Brasil tem um número muito maior de valakuts que o normal e a match é bem ruim pra humans. Considerando tudo isso eu ponho o Ad nauseam como um bom candidato a se dar bem no GPSP19

Byes:
Burn
tron
valakut

Good matches:
UR phoenix
dredge
Amulet titan
Monored phoenix

Even
UW control (versão com mais sweepers do que counters)

Bad matches:
BGx
4 color DS
Spirits

Nightmare mode:
Humans
Grixis death shadow

Just concede:
infect

Por isso considero um deck muito bom pro GP, já que as goodmatches são em maior número e provavelmente em maior quantidade bruta também, se pegar uma badmatch, paciência.

Últimos artigos de João Lucas Caparroz
Os melhores Decks Standard pós-ban
Em um formato com 10 cartas banidas ainda temos muita coisa boa para jogar
3.600 views
Os melhores Decks Standard pós-ban
Em um formato com 10 cartas banidas ainda temos muita coisa boa para jogar
3.600 views
Há 4 horas — Por João Lucas Caparroz
Report LigaMagic Finals / Guide Temur Reclamation
Report do campeão do LigaMagic Finals e de bônus um guia do melhor deck do formato
5.394 views
Report LigaMagic Finals / Guide Temur Reclamation
Report do campeão do LigaMagic Finals e de bônus um guia do melhor deck do formato
5.394 views
Há 27 dias — Por João Lucas Caparroz
22 Decks com Core Set 2021 para o Standard
Caparroz faz um resumo de todo seu teste no acesso antecipado ao Core Set 2021
21.411 views
22 Decks com Core Set 2021 para o Standard
Caparroz faz um resumo de todo seu teste no acesso antecipado ao Core Set 2021
21.411 views
26/06/2020 10:05 — Por João Lucas Caparroz
Banimentos no Historic
Os impactos dos banimentos e mudanças de regras no Historic
6.728 views
Banimentos no Historic
Os impactos dos banimentos e mudanças de regras no Historic
6.728 views
05/06/2020 10:05 — Por João Lucas Caparroz
27 decks com Ikoria
Depois de jogar o evento de acesso antecipado Capa traz os decks que ele mais gostou no evento
36.010 views
27 decks com Ikoria
Depois de jogar o evento de acesso antecipado Capa traz os decks que ele mais gostou no evento
36.010 views
17/04/2020 10:05 — Por João Lucas Caparroz