Real Rogues – É Elemental, meu caro player!
“Mantenha seus artigos inflamáveis fora do alcance” – Queima-trilha Rastejante
11/07/2019 10:05 - 9.468 visualizações - 7 comentários

Ta pegando fogo bicho!!! Olár magiqueiras e magiqueiros! O que está pegando fogo? Bem, basicamente, tudo. Fogo nos elementais, no Arena, nos FNM e no standard, pois a adição de M20 trouxe muitas novas estratégias para o formato. Várias delas adaptadas a enfrentar remoções globais, planeswalkers e burn. Isso, claro, para não falar diretamente das Linhas de Força, as famosas Leyleines que sempre tiveram impactos fortes na história do Magic. Essa nova pool é promessa de combustão espontânea a qualquer momento. Lembrando que o formato atual é caracterizado por 8 edições distintas simultâneamente válidas! É muito combustível para o deckbuilding Rogue e o meta tem tudo para se incendiar.


Como primeiro Rogue pós M20, eu dedico a vocês um deck de elementais! Enquanto os spoilers apareciam, parecia elementar para mim que o elevado número de cards com interação nessa tribo viabilizariam uma lista forte. Depois de fazer testes no laboratório Rogue, confirmei que Omnath, Locus do Turbilhao e Yarok, o Profanado são cartas muito legais e fortes. Hoje vamos falar de Omnath. Esse turbilhão de dano e poder na mesa. A lista está situada no arquétipo midrange, utilizando explosões de dano e fases de combate com mesas cheias de elementais! Gosta de fases de combate com mais de 5 criaturas na mesa e toneladas de buffs? Essa é sua lista hehe! Pegue seu kit detetive e vamos investigar esse deck:

 

Warning! Warning! Warning!

 

O ministério do Magic the Gathering adverte: estes são decks rogues, decida por você mesmo se jogam ou não jogam, ao persistirem os sintomas monte um novo deck!

 

Elementais Omnath


Elementais Omnath
6415 visualizações
06/07/2019
R$ 815,99
R$ 1.302,31
R$ 5.121,65
6415 visualizações
06/07/2019
Visualização:
Padrão
Cor
Custo
Raridade
Visual
CMC
Comprar Deck
Criaturas (24)
4  Elfos de Llanowar 0,15
4  Invocadora de Tilonalli  0,43
4  Queima-trilha Rastejante  0,14
4  Chamuscador Desabalado  0,19
4  Omnath, Locus do Turbilhão    10,00
4  Cavaleiro da Chama    15,54
Planeswalkers (2)
2  Chandra, Piromante Novata  0,60
Mágicas (8)
4  Espiral de Crescimento  0,15
4  Golpe Relampejante  0,15
Artefatos (1)
1  Ícone de Ancestralidade 3,57
Terrenos (25)
3  Bueiros de Vapor47,69
4  Cascata de Enxofre9,00
4  Charco da Procriação47,95
3  Floresta0,00
2  Montanha0,00
3  Penhasco do Raizame11,00
4  Solo Pisoteado34,61
2  Templo da Epifania6,24
60 cards total

Sideboard (15)
3  Frigir  1,99
2  Ícone de Ancestralidade 3,57
3  Elemental do Supercrescimento  0,09
4  Tornado Vivo   0,54
3  Chandra, Inferno Desperto   44,63


Um Turbilhão de Elementais!
 

 

Vamos mergulhar no núcleo de nossa estratégia: Omnath, Locus do Turbilhão, é uma criatura que causa dano a qualquer alvo. Isso é bastante forte. Ele pode ser utilizado como remoção de criaturas, planeswalkers ou como game finisher, incendiando pontos de vida. Essa habilidade desencadeada ao entrar em jogo, faz com que ele seja um daqueles cards que mesmo sendo lendário, não nos pune por usar quatro cópias no maindeck. Múltiplas cópias na mão somam valor e vantagem de qualquer modo. Essa é a habilidade mais relevante dele em nossa lista, mas vale a pena lembrar que comprar cards e colocar marcadores +1/+1 também é muito bom. Esses marcadores podem fazer com que o elemental consiga resistência 4 no mesmo
turno que entrar em jogo, tornando-o mais resistênte frente a algumas remoções comuns do formato.

 

Para usar o potencial máximo de Omnath, Locus do Turbilhao há uma condição: devemos controlar elementais. Nesse ponto, existem duas cartas que se integram perfeitamente à lista: Chamuscador Desabalado e Invocadora de Tilonalli. É loucura ver essa invocadora criando um monte de fichas na mesa. Elemental não era um tipo relevante no formato, ela estava sem uso, mas a chave mudou e agora elementais na mesa podem virar dano letal. Chamuscador Desabalado, além de resultar em 3 corpos na mesa, dá impeto para a tribo e pode surpreender o oponente com uma fase de combate fora dos cálculos. A escolha por essas cartas que nos dão vários elementais de uma única vez é uma adaptação às remoções globais. Com uma única Tilonalli ou Chamuscador, podemos construir presença relevante no campo de batalha e reconstruir a mesa caso necessário. É sinergia e resiliência ao mesmo tempo.

 

Base de mana é coisa séria...

 

 

Nossos custos de mana são complexos. Há custos triplos, cmc multicoloridos e necessidade de ativação com benção da cidade. Além disso, a lista deseja fazer um grande elemental já no terceiro turno de jogo. Para isso é preciso ter bastante atenção na base de mana. Recomendo seguir a lista ou você poderá acabar em uma crise de terrenos hehehe. Nossa estratégia foi recorrer à clássica combinação de Elfos de Llanowar e Espiral de Crescimento. Adicionando à lista 25 terrenos que incluem Templo da Epifania para que consigamos três cores com rapidez e tranquilidade. O grande número de terrenos é sinergico em nossa lista, pois possuimos vários cards com habilidades ativadas para usar este “excesso”. Também vale segurar terrenos na mão para descartá-los com o ETB de Cavaleiro da Chama. Sei que muitos de vocês devem estar com vontade de utilizar Território não Reivindicado, mas o fato é que certamente temos cartas não elementais em nossa lista e este terreno pode nos atrasar mais do que ajudar. Com a distribuição de terrenos atual é possível, por exemplo, Jogar Elfos de Llanowar no primeiro turno, seguido de uma Espiral de Crescimento e de um Golpe Relampejante, tudo no turno 2! Combinação muito efetiva contra decks agressivos ou Planinautas. Usualmente os decks querem usar menos terrenos e possuem alguma flexibilidade no número, no caso da lista de hoje, enfatizamos a importância do uso dos ramps e dos terrenos abundantes. Vale a pena para conseguir curvar tudo no turno correto e desenvolver o jogo sem perder o gás.

 

Pump Pump, Fogo nos Elementais!

 

Um lugar comum em decks tribais são as cartas de buff. Nesse sentido os elementais do formato padrão estão muito bem. Queima-trilha Rastejante faz nossas fichas ficarem muito mais interessantes e pode virar uma criatura grande com sua habilidade ativada. Essa habilidade é muito boa para forçar um ataque sem bloqueio durante o combate ou para escapar de Clarim Ensurdecedor, Juramento de Kaya e afins. Uma jogada esperta é colocá-lo em campo juntamente com um Chamuscador Desabalado para 8 pontos de dano ou mais, vindos de forma totalmente inesperada. Chandra, Piromante Novata ajuda a dar consistência à lista. Não é uma carta disruptora, mas todas suas habilidades são relevantes para nosso plano.


Por fim, temos um dos cinco cavaleiors do apocalipse: Cavaleiro da Chama. Ao lado de Omnath este elemental é uma das cartas mais fortes de nossa lista. Como nossa base de mana é robusta, é provável que possamos conjurá-lo e ativar seu ímpeto no mesmo turno. Quando você tiver sorte, poderá conjurá-lo no turno 3! É uma carta que sozinha na mesa pode fazer um estrago. Nos permite navegar pelas cartas do deck, tem um efeito desencorajador de Ira de Kaya e caso você tenha outros corpos na mesa (o que é bem provável), pode subir o dano de combate descontroladamente.

 

Sideando no novo meta



 

Side é uma coisa bastante pessoal, varia de metagame para metagame e de estilo de player para estilo de player. Em nosso caso especificamente, não há um metagame definido, de modo que não sabemos exatamente quais ameaças devemos responder. Em todo caso, temos aqui algumas sugestões pensando no que é possível encontrar por aí. Tornado Vivo é a melhor parede contra decks agressivos, CMC baixo e resistência 5, ele é a escolha contra os win decks agressivos. Utilizado juntamente com Elemental do Supercrescimento, consegue segurar bem aquelas ameaças do tamanho de um Goblin Lanca-correntes. Frigir é a opção contra os Superfriends, é basicamente Teferi frito na receita crocante para o jantar. Ícone da Ancestralidade é muito legal contra decks cheio de remoções, pois nos auxilia a encontrar as ameaças de nosso deck, é uma carta para se considerar contra Midranges. Chandra, Inferno Desperto apenas não está na lista principal devido ao seu CMC um pouco mais elevado. Essa PW pode ser muito útil contra os controles clássicos que abusam de anulações, é a finalizadora que incinera os pontos de vida. Prepare o sideboard com flexibilidade. Certamente devemos ver muitas variedades de oponentes por aí, a diversão de M20 está apenas começando!

 

Galerinha invocada dos elementais, o Real Rogues de hoje vai ficando por aqui! Nossa lista mostrou um plano simples, mas bem forte. Multidões de fichas de elementais, criaturas com poder elevado, ímpeto e interações de dano a qualquer alvo. Estratégias mais diretas e consistentes costumam obter vantagem em relação as outras sempre que chega uma nova edição. Enquanto decks mais complexos tentam fazer ajustes e encontrar suas peças corretas durante as primeiras semanas, os decks com planos mais diretos punem o formato em suas brechas. Cavaleiro da Chama e Omnath, Locus do Turbilhao são uma dupla fortíssima de elementais, ambos trazem utilidades para decks que não tiverem medo de usar terrenos e são insanos. Curtiu? Bora testar, a diversão é garantida com uma legião de elementais que soma dano demais!


Você acha que Omnath vai conquistar as 5 cores algum dia?

 

Mistério desvendado e até logo,
Edu Godoy

Edu Godoy ( chandler)
É um estrategista deck builder com nível de captura 999 e Conhecimento Acumulado sobre vários decks! Escreve sobre For Fun, rogues, competitivos e spoilers. Gosta de utilizar as sugestões de cards dos leitores para construir decks “novos para o mundo”. Joga e estuda Magic desde que dragões voavam com ímpeto e gatos ígneos metamorfoseavam.
Redes Sociais: Facebook, Instagram
Comentários
Ops! Você precisa estar logado para postar comentários.
(Quote)
- 11/07/2019 19:34
elemental, cumpadi washiton
(Quote)
- 11/07/2019 17:30
Eu trocaria os Elfos pelos gatos da chandra. Eles além de elementais rampam mana.
(Quote)
- 11/07/2019 11:56

Informação nunca é demais amigo, se você leu os artigos viu que ambos são bem diferentes;
Eu mesmo fico super feliz vendo essas fontes, cada uma fornece um ponto de vista que pode ser agregado ao estilo de jogo.

Que possam surgir mais dez artigos sobre o mesmo tema. Prefiro mil artigos de um tema relevante que vai acabar sendo um dos pontos de interesse do formato do que um artigo hiper diferente que nnão aborda nada sobre o que efetivamente importa no formato.
Como os elementais são significativos nessa nova fase do formato, nada mais justo.

Vai dizer que nnão viu os oitenta artigos sobre o UR PHOENIX quando estávamos em época de MagicFest é o deck bombando? Hahahaahha

(Quote)
- 11/07/2019 11:07
E no final das contas, o título do artigo do Rudá sobre elementais e o seu artigo se completam! haha
(Quote)
- 11/07/2019 10:59

Fala GariCosta! Há indícios fortes de que muito vai ser falado sobre elementais ainda. O título foi uma coincidência na equipe. Aproveite, garanto para você que a temática tribal de elementais é uma coisa rara na história do Magic! Carpe diem no standard, abs!

Últimos artigos de Edu Godoy
Real Rogues - Monoblack Devotion
Nosso primeiro Rogue de Theros no Standard!
8.239 views
Real Rogues - Monoblack Devotion
Nosso primeiro Rogue de Theros no Standard!
8.239 views
Há 6 dias — Por Edu Godoy
Real Rogues- Pioneer – O monored diferente
Real Rogues vai falar de um monored diferente no pioneer! Pronto para voltar às origens de Theros? A devoção é pra sempre.
7.796 views
Real Rogues- Pioneer – O monored diferente
Real Rogues vai falar de um monored diferente no pioneer! Pronto para voltar às origens de Theros? A devoção é pra sempre.
7.796 views
Há 19 dias — Por Edu Godoy
Real Rogues – Monowhite Pioneer e Modern
2019 se encerra e 2020 inicia a upkeep! Real Rogues traz listas pioneer e modern na cor branca para começar as aventuras em grande estilo!
12.040 views
Real Rogues – Monowhite Pioneer e Modern
2019 se encerra e 2020 inicia a upkeep! Real Rogues traz listas pioneer e modern na cor branca para começar as aventuras em grande estilo!
12.040 views
26/12/2019 10:05 — Por Edu Godoy
Real Rogues – BW Aristocratas no Pioneer!
Gosta de jogar aristocraticamente? Para ganhar o jogo, sacrifícios são necessários!
6.734 views
Real Rogues – BW Aristocratas no Pioneer!
Gosta de jogar aristocraticamente? Para ganhar o jogo, sacrifícios são necessários!
6.734 views
11/12/2019 10:05 — Por Edu Godoy
Real Rogues – GW Arconte, fim da Okolândia!
Veja esse GW que é ideal para quem gosta de builds exóticas e decks baseados em criaturas.
5.455 views
Real Rogues – GW Arconte, fim da Okolândia!
Veja esse GW que é ideal para quem gosta de builds exóticas e decks baseados em criaturas.
5.455 views
27/11/2019 18:05 — Por Edu Godoy