Mythic Championship Barcelona e o futuro do Magic competitivo
Tudo o que rolou no Mythic Championship IV.
29/07/2019 18:05 - 9.691 visualizações - 25 comentários

Foram 457 jogadores que se registraram em Barcelona com uma certeza: Ter um plano para enfrentar Hogaak, Necropole Erguida.


E isso ficou bem claro quando a Wizards divulgou a lista das cartas mais jogadas do torneio:
 

Leyline of the Void 836
Faithless Looting747
Thoughtseize 497
Bloodghast 496
Lightning Bolt 478
Hogaak, Necropole Erguida 422
Stitcher's Supplier 416
Vengevine 388


Das 836 Leyline of the void, 73 delas eram no MainDeck, o que é bem impressionante. E já dizia muito do que estava por vir.

Vamos ao Metagame Breakdown dos principais decks no torneio:
 
Hogaak               98 21.4%
Izzet Phoenix 48 10.5%
Eldrazi Tron 42 9.2%
W/U Control 38  8.3%
Humans              38 8.3%
Jund                    36 7.9%
Tron                    19 4.2%


O Deck mais jogado do torneio teve mais do que o dobro de jogadores do segundo deck mais jogado do torneio, esses dados já seriam impressionantes em um torneio Standard mas tratando-se de Modern são números absurdos. 

Após 10 rodadas jogadas de Modern, HogaakVine foi:
 

21.4% of Constructed decks
28% of Constructed decks com 6+ jogos ganhos
33% of decks with 7+ 
45% of decks with 8+

Mas é claro que adicionando 6 rodadas de draft o Top 8 ficou bem diferente, confiram os decks:

Alvaro Fernandez - Hardened Scales
Sean Gifford - Eldrazi Tron
Manuel Lenz - UrzaThopterSword

David Mines - Jund
Martin Muller - Hogaak
Juan José - MonoredPhoenix
Thoralf Severin - Tron
Zhiyang Zhang - Jund



A final foi disputada entre dois decks clássicos do formato, Tron X Hardened Scales, o que pode dar a falsa impressão de que Modern Horizons não impactou tanto o formato assim, mas acredite impactou e muito. Eu não ficarei surpreso em ver atualizações na lista de banidas em breve para controlar o Hogaak e acredito que dessa vez não vai ter opção, Hogaak irá "rodar". O grande campeão foi Thoralf pilotando o deck Tron. Parabéns a Thoralf que jogou muito bem durante o final de semana e sempre estava com um sorriso no rosto, perdendo ou vencendo era nítido a sensação de que ele realmente estava se divertindo.

 



O que não está tão nítido assim é qual será o futuro do Magic Competitivo. Muitas pessoas esperavam (e eu me incluo aqui) por alguma posição da Wizards em relação ao futuro. No momento sabemos que terá um Mythic Championhip em Richmond, mas e depois? 

O clima de "enterro" em Barcelona estava evidente. Mesmo na cobertura, apesar de muitas melhoras técnicas, a empolgação da equipe não era tão grande, e a comunidade reagiu pesado a isso principalmente no Twitter. Alguns discursos mais calorosos e outros mais comedidos, no entanto, todos querem saber a mema coisa: "O que vai acontecer agora, Wizards?"

E você se pudesse perguntar algo a Wizards, o que você perguntaria?

Cards Store - Patrocinador Oficial LigaMagic Bolts
Epic Game - Patrocinador Oficial LigaMagic Bolts
Cards of Paradise - Patrocinador Oficial LigaMagic Bolts
Juliano Gennari ( Juliano_Bolts)
Jogador competitivo desde 2010, já tendo participado sete vezes do Pro Tour, Vice-Campeão Grand Prix Santiago 2018.
Redes Sociais: Facebook, Twitter
Comentários
Ops! Você precisa estar logado para postar comentários.
(Quote)
- 30/07/2019 13:46
Tá na hora de desbanir tudo e ver no que dá! Imagina, Twin, Pod, Stoneforge, Eye of Ugin, etc... Essa limitação não faz bem ao Caos.
(Quote)
- 30/07/2019 13:03

O pod e stoneforge sofrem do problema de limitar design e cartas novas.Se sair um equipamento que custa 20 mana e destroi tudo quando cai , voce vai chetar ele na mesa e boa.
Pod eh a mesma coisa , foi banido quando saiu o siege rhino, o deck era absurdo de consistente , cheio de recurso e nem.precisava mais jogar com o combo.

Sobre a Stone forge ,ela eh fraca se comparar no vacuo , mas , o uw control mesmo no field atual faz resultado , voce estaria dando uma kill otima para o deck.Prefiro deixar ela na ban mesmo.

(Quote)
- 30/07/2019 12:02

Não vão desbanir bridge, não tem por que desbanir uma carta que tem valor exponencial que não precisa ser castada e nem ta na mão, no campo e o trigger dela ser de uma simplicidade absurda. Vão banir Hogaak e pronto.

Mas realmente já passou da hora de terem um anuncio oficial que diversas cartas serão desbanidas e que todas que forem desbanidas serão reprintadas no próximo set de MM ou MH.
Falta midrange no modern, o W6 deu vida ao jund, mas so ter um midrange viavel em um mundo de combos, sinergias absurdas de cemitérios, humans e outros aggro-disrupt.
Qual o problema a stoneforge?um 4/4 com lifelink no turno 3 que foram necessarios 2 turnos de setup?
Pod? Um toolbox de criaturas que para castar e ativar sao necessarios 5 manas e 4 de vida?
Punishing Fire um pseudo look contra criaturas pequenas, que sofre com gravehate e ineficaz contra uma boa parcela de criaturas do formato.
Twin? Esse melhor continuar banido pra sempre kkkkkkk igual os enabler de eldrazi.

Tem muita carta que não é de combo e nem broken que esta banida apenas por medo ou são cartas que a 10 anos atras eram excelentes, hoje são cartas que podem nem ver jogo ou ser uma peça de um deck tier 2 que pode subir para tier 1.

Tem muita carta fair que ta banida, as unfair deveriam continuar banidas.

Modern resumidamente esta nos ultimos dominado por decks que consistem em ignorar o máximo possível o seu adversário, seja com um combo que ganha nos primeiros turnos precisar de interagir com o adversario, ou o humans que apesar de interagir com a mão do adversário chega a ser unfair algumas mão explosivas que não tem escapatória, ou decks recursivos de cemiterio(dredge, phoenix, agora hoggak) que simplesmente jogam com poucas ou nenhuma remoção, de forma que o plano de jogo é extremamente simples e linear com uma recursividade de recursos que te dão o luxo de ignorar até certo ponto qualquer ação que o oponente faça.

(Quote)
- 30/07/2019 11:10

Rapaz pode castar da mão sim. Não pode usar mana pro Hogaak.

(Quote)
- 30/07/2019 10:32
Não vou me surpreender se desbanirem bridge from below e banirem hogaak. O deck se mostrou muito agressivo e consistente mesmo sem a ponte. Será isso ou então Dona Wizards vai soltar uma bomba para o side contra o dredge. Vamos esperar, a próxima edição parece ser promissora quanto ao power level.

Falar em fim do modern não faz muito sentido, depois de um lançamento de uma edição voltada para o formato (com a possibilidade de outras edições no mesmo estilo no futuro) e considerando que os gps com o formato sejam os mais cheios.
Últimos artigos de Juliano Gennari
Tudo sobre o Mundial XXVI
Confira nessa reportagem tudo que rolou no vigésimo sexto Campeonato Mundial de Magic.
9.401 views
Tudo sobre o Mundial XXVI
Confira nessa reportagem tudo que rolou no vigésimo sexto Campeonato Mundial de Magic.
9.401 views
Há 3 dias — Por Juliano Gennari
Os 16 Decks do Mundial XXVI
Listas dos 16 competidores que irão disputar a maior premiação de Magic da história
22.574 views
Os 16 Decks do Mundial XXVI
Listas dos 16 competidores que irão disputar a maior premiação de Magic da história
22.574 views
Há 7 dias — Por Juliano Gennari
Conheça os 16 participantes do Mundial XXVI
Detalhes e curiosidades sobre os participantes
5.204 views
Conheça os 16 participantes do Mundial XXVI
Detalhes e curiosidades sobre os participantes
5.204 views
Há 9 dias — Por Juliano Gennari
Guia de sobrevivência WORLD CHAMPIONSHIP XXVI
Detalhes sobre a competição mais importante do ano
4.746 views
Guia de sobrevivência WORLD CHAMPIONSHIP XXVI
Detalhes sobre a competição mais importante do ano
4.746 views
Há 10 dias — Por Juliano Gennari
Cartas mais vendidas da semana
Uma análise financeira semanal sobre as cartas mais vendidas por formato
24.846 views
Cartas mais vendidas da semana
Uma análise financeira semanal sobre as cartas mais vendidas por formato
24.846 views
Há 12 dias — Por Juliano Gennari