Bant Golos com Trono de Eldraine
Os primeiros grandes torneios com Throne of Eldraine no Standard ainda estão acontecendo, mas o grind não pode parar e Sandoiche nos traz uma lista atualizada de Bant Golos, justificando suas principais escolhas e com os planos de sideboard para os matchups mais presentes no novo formato!
07/10/2019 10:05 - 12.915 visualizações - 47 comentários

Olá! Depois de uma semana movimentada de Early Access e muito selado/draft para conseguir os cards da nova coleção no Magic Arena, finalmente voltei ao "mundo real" do grind Standard, e dentre as várias opções de baralhos interessantes que fizeram resultado no Fandom Legends, nas ligas do Magic Online ou foram registradas pelos jogadores da Magic Pro League na Divisão Sapphire, o arquétipo que mais me interessou para começar foi o Bant Golos.

 

Bant Golos ELD
9406 visualizações
03/10/2019
R$ 1.161,48
R$ 1.624,29
R$ 2.519,82
9406 visualizações
03/10/2019
Visualização:
Padrão
Cor
Custo
Raridade
Visual
CMC
Comprar Deck
Criaturas (14)
2  Herbívoro Arbóreo 0,15
4  Golos, Peregrino Incansável 6,75
2  Agente da Traição   9,99
2  Gigante Manto-de-reino // Despojar-se   6,00
4  Gigante do Pé de Feijão // Pegadas Férteis  0,22
Planeswalkers (4)
4  Teferi, Manipulador do Tempo   126,90
Mágicas (11)
3  Era Uma Vez  32,98
4  Espiral de Crescimento  0,15
4  Rota do Circuito  3,06
Artefatos (2)
2  Féretro de Vidro  0,11
Terrenos (29)
1  Angra Tranquila0,19
1  Areias Verdejantes0,10
1  Cachoeira dos Espinhos0,14
4  Campo dos Mortos16,82
1  Castelo de Vantreza9,90
2  Charco da Procriação52,60
2  Floresta0,00
2  Fonte Santificada34,44
2  Ilha0,00
2  Jardim do Templo29,99
1  Passagem Fabulosa54,00
2  Planície0,00
1  Portão da Guilda Azorius0,07
1  Portão da Guilda Boros0,05
1  Portão da Guilda Golgari0,05
1  Portão da Guilda Izzet0,05
1  Portão da Guilda Selesnya0,05
1  Templo da Enfermidade3,64
2  Templo do Mistério4,79
60 cards total

Sideboard (15)
2  Decreto dos Devotos  0,40
2  Cavaleira do Outono   9,11
2  Reino de Aprisionamento  0,27
3  Cerátopo-camaleão   12,55
1  Kenrith, o Rei Regresso  9,89
2  Tolsimir, Amigo dos Lobos    0,77
1  Ugin, o Inefável 17,93
1  Agente da Traição   9,99
1  Gigante Manto-de-reino // Despojar-se   6,00

 

Essa se tornou a minha build "oficial" depois de um longo dia de grind com o baralho, saindo do Platina 4 para o Diamante 4 após o reset no início do mês nas ranqueadas do MTG Arena. Dentre as listas de Bant Golos que estão rodando, ela se assemelha mais à lista do Rei Sato na MPL, com alguns toques pessoais baseados nas premissas do nosso querido, porém rotacionado, Golos Nexus.


Basicamente, o plano do deck segue o mesmo: rampe com Arboreal Grazer, Growth Spiral e Circuitous Route até chegar em sete terrenos diferentes e ganhar instâncias de Field of the Dead, enquanto faz jogadas pesadas que vão por cima do que o oponente está fazendo, desde ativações de Golos, Tireless Pilgrim ou Agent of Treachery roubando uma bomba. A entrada de Throne of Eldraine adicionou ferramentas que estão no deck pelo suporte, mas são capazes de bater pesado no late game, casos de Realm-Cloaked Giant // Cast Off e Beanstalk Giant // Fertile Footsteps.


A primeira coisa ao bater o olho na lista é a ausência de Hydroid Krasis. Eu consigo me ver jogando com 1 a 2 cópias do card, afinal, sempre que ele vem na mão é forte e versátil, ajudando a contornar de algumas situações como jogos onde o plano de Field of the Dead é atacado pelo adversário (Unmoored Ego), raceando pelos céus quando o chão trava ou ganhando uma preciosa vida contra aggros. Mas o que realmente pesa contra a Krasis é que o deck compromete infinito tempo e recursos para rampar, abrindo mão de um early game mais interativo para executar o seu próprio plano, finalmente conseguindo encaixar aquela sofrida ativação de Golos, com a partida costuma bem parelha ou jogando de trás. E aí aparece ela, a inútil Krasis, ao invés de uma bomba conjurável causando a diferença entre vida e morte. Portanto, enquanto não considerar totalmente imprescindível, seguirei sem a água-viva de X manas (ou qualquer outra spell de X como Stonecoil Serpent ou Mass Manipulation).


Assim como na lista do Rei Sato, a base de Gigantes para fazer o papel de Elvish Rejuvenator e Time Wipe me agrada bastante - além dos cards poderem ser tutorados com Once Upon a Time, eles escapam de tomar Duress na mão, ajudam a manter o deck sempre com gás para utilizar o excesso de mana e são excelentes "flips" para o Golos. Beanstalk Giant complementa Grazer, Spiral e Circuitous na curva 3 de ramps, em um deck que com frequência precisa fazer jogadas nas curvas "erradas" por causa das lands que entram viradas. Sua adição também foi uma maneira inteligente de solucionar a questão do número de terrenos desvirados ao usar mais básicos, considerando a rotação de Glacial Fortress/Hinterland Harbor/Sunpetal Grove.


A escolha mais "fora da curva" são os Glass Casket de Main Deck, que estão mais como respeito ao que o novo formato pode apresentar, respondendo algumas criaturas problemáticas e de baixa curva como Runaway Steam-Kin, Knight of the Ebon Legion, Mayhem Devil, Priest of Forgotten Gods  e Hydroid Krasis. Entretanto, algumas criaturas como Paradise Druid, Questing Beast, Spawn of Mayhem e Rankle, Mestre das Pecas escapam, e consigo ver jogando nesse mesmo slot mais cópias de Arboreal Grazer/Realm-Cloaked Giant com os Glass Caskets no sideboard somente, dependendo de como o metagame evoluir nos próximos dias.


Um card que merece um parágrafo à parte é o Once Upon a Time. Tenho gostado bastante dele para o slot que pertencia ao Drawn from Dreams pela sua velocidade, já que geralmente estamos mais interessados em cartas específicas (Golos/Field/Bicho Ramp/Bicho Cólera) do que necessariamente na card advantage, e com ele conseguimos um desconto significativo de tempo/mana para achar esses mesmos cards.


Porém, ainda vejo muitos jogadores usando Once Upon a Time de forma errada, sem ter o máximo da informação possível (no passe do oponente quando se está na draw é o principal deles). Algumas dicas para jogar com o card:
 

 

  • Caso tenha terreno verde desvirado no turno 1, faça antes de descê-lo pela chance de vir um Arboreal Grazer. Caso não encontre, tente largar com algum outro terreno obrigatoriamente virado, como Templo ou Portão.
  • Da mesma forma, caso sua mão contenha Arboreal Grazer, faça antes tanto pela chance do terreno desvirado, e mesmo que tenha Forest+Grazer na mão faça o Once Upon a Time para aproveitar seu benefício de custo 0. "Free spells" são roubadas e injustas a ponto de serem banidas em vários formatos por um motivo, e devemos usar sem moderação quando nos dada a oportunidade no Standard!
  • Por fim, se sua mão não tiver nem uma fonte verde desvirada, nem um Arboreal Grazer, considere até mesmo esperar o segundo turno antes de usar seu Once Upon a Time justamente para tentar conseguir o máximo de informação possível. Nesse cenário, mesmo que chegue o turno 2 e sua mão não tenha drops 2, costuma ser interessante fazê-lo pela chance de acertar Arboreal Grazer.


Quanto ao sideboard, comecei jogando com algumas cópias de Veil of Summer  e Deputy of Detention, porém, com o passar das partidas ambos acabaram abrindo espaço para outras cartas - Knight of Autumn responde melhor Doom Foretold, Witch's Oven, Cavalcade of Calamity, Experimental Frenzy e Golos além de ser razoável contra outros Aggros da mesma forma que o Deputy, mas sem ser frágil, enquanto que para as mirrors de Field of the Dead meu plano tem sido focar mais no próprio plano Ramp e nos Agentes, com Realm-Cloaked Giants para segurar uma possível horda de zumbis que saia de controle.


Veil of Summer seria a resposta ideal contra Controles, Unmoored Ego e anulações num geral (ajudando na desastrosa match contra Simic Flash), mas algo que sempre me incomodou no Golos é a dificuldade de manter essa mana verde aberta enquanto curva o início do jogo, o fato do card ser bem esquisito contra Teferi, Time Raveler que com frequência fica no pós-sideboard do outro lado e de não ser uma jogada proativa a ser revelada pelo Golos. Nessas matches o Shifting Ceratops entrou para cumprir a função de ser uma ameaça proativa, e para arredondar os slots contra decks aggros e controles temos o ainda em fase de testes Kenrith, the Returned King, capaz de ganhar o jogo sozinho se ignorado (além da sinergia do haste para as fichas de zumbis!).


De maneira geral, os seus piores cards contra decks mais lentos costumam ser Arboreal Grazer, Glass Casket e Realm-Cloaked Giant, com uma boa quantidade de ameaças, planeswalkers e "utilidade" no sideboard para substituí-los. Contra os decks agressivos, Teferi, Time Raveler, Agent of Treachery e algumas cópias de Circuitous Route são seus cards menos efetivos (a curva costuma pular mais de 3 pra 5 do que de 4/5 pra 6/7 e Route não interage com a mesa a menos que esteja com Field), enquanto que o "pacote remoções e Tolsimir" entra. Knight of Autumn tem ótimos alvos para destruir contra os decks aggros no pós-side, e mesmo descer 4/3 para bloquear um Questing Beast não é algo absurdo. Uma ou duas cópias de Once Upon a Time podem sair contra vários decks para fechar a conta, já que dependendo de como for mexida a proporção de criaturas/não-criaturas perde poder de seleção ou mesmo há maiores chances de errar.


Para fechar, aquele guia de sideboard breve considerando alguns dos decks que mais tenho enfrentado nesse início de formato, lembrando sempre que essas informações devem ser tomadas apenas como um direcionamento e não como verdade absoluta! Mesmo durante as minhas partidas, tomo sempre o cuidado de fazer as devidas adequações de acordo com a lista do adversário, se estou na play/draw, forma com que ele sideou, etc.

 

Rakdos / Mono Black / Mono Red Aggro:

 

-4 Teferi, Time Raveler -1 Once Upon a Time -2 Agent of Treachery -3 Circuitous Route
+2 Devout Decree +2 Knight of Autumn +2 Prison Realm +1 Kenrith, the Returned King +2 Tolsimir, Amigo dos Lobos +1 Realm-Cloaked Giant // Cast Off

 

Esper:

 

- 2 Realm-Cloaked Giant // Cast Off -2 Circuitous Route -2 Glass Casket  -2 Arboreal Grazer
+2 Knight of Autumn +3 Shifting Ceratops +1 Kenrith, the Returned King +1 Ugin, the Ineffable  +1 Agent of Treachery

 

Golos / Field of the Dead:

 

-2 Arboreal Grazer  -2 Glass Casket  -3 Teferi, Time Raveler
+2 Knight of Autumn +2 Prison Realm +1 Kenrith, the Returned King +1 Agent of Treachery +1 Realm-Cloaked Giant // Cast Off

 

Simic Flash:


-2 Agent of Treachery -3 Circuitous Route -2 Once Upon a Time
+3 Shifting Ceratops +2 Prison Realm +1 Realm-Cloaked Giant // Cast Off +1 Kenrith, the Returned King

 

Golgari:


-2 Teferi, Time Raveler -2 Once Upon a Time
+1 Realm-Cloaked Giant // Cast Off +2 Prison Realm +1 Kenrith, the Returned King

 

Simic / Bant Ramp / Oko decks:


-2 Teferi, Time Raveler -1 Circuitous Route -1 Once Upon a Time -2 Arboreal Grazer
+2 Prison Realm +1 Kenrith, the Returned King +1 Agent of Treachery +1 Ugin, o Inefavel +1 Realm-Cloaked Giant // Cast Off

-


E quanto a vocês, leitores, quais suas opiniões em relação ao novo metagame que está se formando com Throne of Eldraine? Enxergam o Bant Golos como bem posicionado? Quais escolhas preferem de Main Deck e Sideboard, como Hydroid Krasis, Time Wipe, Glass Casket? Algum card que ficou faltando, ou plano de sideboard que fariam diferente? Deixem suas opiniões nos comentários!


Abraços e até a próxima!

Cards Store - Patrocinador Oficial LigaMagic Bolts
Cards of Paradise - Patrocinador Oficial LigaMagic Bolts
Epic Game - Patrocinador Oficial LigaMagic Bolts
Matheus Akio Yanagiura ( sandoiche_13)
Matheus Akio Yanagiura, mais conhecido como Sandoiche, começou a jogar em 2003, em Flagelo. Está sempre na vida do grind dos torneios, com destaque para o título do CLM 10 Modern, o maior realizado até então, e o Top 16 no Grand Prix São Paulo 2018. É um entusiasta do Magic competitivo e totalmente dedicado à produção de conteúdo referente ao jogo, publicando artigos periodicamente desde 2012, colaborando para o Blog da LigaMagic desde 2015 e atualmente produz vídeos em seu canal no YouTube Sandoiche's Grind e streama ao vivo regularmente na Twitch.
Redes Sociais: Facebook, Twitter
Comentários
Ops! Você precisa estar logado para postar comentários.
(Quote)
- 09/10/2019 23:31

Fechar as cinco cores para ativação do Golos usando rotas.

(Quote)
- 09/10/2019 22:29
porque o Golgari Guildgate e nao o simic?
(Quote)
- 09/10/2019 12:02
[quote=sandoiche_13=quote]Obrigado a todos pelo feedback![quote=basdao=quote]Fala sandoiche, beleza? Porque nao usar o keirith e prison no main deck, tendo em vista que elas entram em todas as matches? Abraços[/quote]

Valeu!! Abraços
(Quote)
- 09/10/2019 02:49
Obrigado a todos pelo feedback!


Na minha lista mais atualizada estou com o Kenrith no Main Deck, mas basicamente é porque ele não era tão importante para o plano principal, enquanto que pós-side funciona bem contra todos os tipos de estratégias pela sua versatilidade.



Você quer ter um terreno preto para buscar com Circuitous Route e poder ativar a habilidade do Golos.

(Quote)
- 09/10/2019 00:48

"Por isso to preferindo um field que golos come os deck de Oko do que um field onde teremos Oko transformando aggro em nada."

Você respondeu concordando com o cid085 a mesma coisa que fez todo mundo reclamar de WAR.

Tu deve jogar com aqueles monored que no T3 fez a mão toda e ou ganhou ou perdeu, e prefere o meta fodido...
Isso explica você não entender como magica de CMC 3 é lenta demais para lidar com Field.

Últimos artigos de Matheus Akio Yanagiura
A Fórmula do Controle Atualmente
Os decks Controle de alguns anos para cá compartilham algo que os "clássicos" de antigamente não tinham...
8.239 views
A Fórmula do Controle Atualmente
Os decks Controle de alguns anos para cá compartilham algo que os "clássicos" de antigamente não tinham...
8.239 views
Há 2 dias — Por Matheus Akio Yanagiura
O metagame standard pré-mundial
O Standard ainda segue aberto, porém alguns baralhos já começam a se destacar dentre os demais e se fixar no Tier 1
8.700 views
O metagame standard pré-mundial
O Standard ainda segue aberto, porém alguns baralhos já começam a se destacar dentre os demais e se fixar no Tier 1
8.700 views
Há 9 dias — Por Matheus Akio Yanagiura
Nissa Segue Reinando
Theros chegou com novidades para várias estratégias diferentes,... mas quem segue reinando é a Nissa!
9.467 views
Nissa Segue Reinando
Theros chegou com novidades para várias estratégias diferentes,... mas quem segue reinando é a Nissa!
9.467 views
Há 16 dias — Por Matheus Akio Yanagiura
Theros Além da Morte no Modern
Theros Além da Morte chega com cards interessantes para várias estratégias no Modern
8.469 views
Theros Além da Morte no Modern
Theros Além da Morte chega com cards interessantes para várias estratégias no Modern
8.469 views
Há 23 dias — Por Matheus Akio Yanagiura
Theros vem para sacudir o Standard
Muitos viam o Standard pré-Theros como estagnado ou resolvido, mas depois de alguns poucos dias de jogo a edição vem com tudo para sacudir o formato!
10.381 views
Theros vem para sacudir o Standard
Muitos viam o Standard pré-Theros como estagnado ou resolvido, mas depois de alguns poucos dias de jogo a edição vem com tudo para sacudir o formato!
10.381 views
Há 30 dias — Por Matheus Akio Yanagiura