Load or Cast
Bancada do Juiz: As Marcas te Definem - Parte 2
“Pera aí, meu amigo recebeu só um Warning pelos cards marcados. Por que a minha penalidade é maior?”
24/10/2019 10:05 - 4.457 visualizações - 11 comentários
Load or Cast

(Parte 2 de “As Marcas te Definem”. Confira aqui a parte 1)

 

Olá pessoal! Boas vindas a mais um Bancada do Juiz. No último artigo, falamos sobre a infração de cards marcados, onde vive, do que se alimenta… digo, o que é e como ocorre. Uma vez que abordamos as linhas mais gerais da infração, vamos agora entrar em dois casos peculiares de Cards Marcados.

 

Judge, eu tenho uma pergunta: o que acontece se eu tenho um card com marcas e não conseguir um pra substituí-lo?

 

Cards Marcados é uma infração que, dependendo de seu contexto, pode sofrer o que chamamos de um “Aumento” ou “Upgrade”, ou seja, a penalidade pode ser maior de acordo com a situação, baseado no potencial de abuso causado por tal infração.

 

A infração Cards Marcados tem duas penalidades: Warning (Aviso) e Game Loss (Perda de Jogo)

 

Uai Judge, mas como que é isso aí? O que aumenta a penalidade?

 

Como apontei acima, a “penalidade base” desta infração é um Warning. Toda situação comum envolvendo cards marcados entrará nessa parte, players infratores receberão um Warning e consertarão o deck de acordo. O Game Loss acontecerá em casos especiais, que são os seguintes:

 

Aumento: Se o jogador é incapaz de encontrar cards de substituição, ele pode substituir os cards por qualquer combinação de cards com os seguintes nomes: Planície, Ilha, Pântano, Montanha ou Floresta. Como a lista de deck será alterada para coincidir com o novo conteúdo do deck, a penalidade é uma Perda de Jogo. Essa mudança pode ser revertida posteriormente sem penalidade adicional se o jogador encontrar cópias iguais aos cards perdidos.

 

Num torneio modern, durante uma checagem de deck, existem 2 cópias foil de Liliana do Véu e 2 cópias foil de Raio.  Esses cards estão bastante arcados e facilmente distinguíveis ao olhar o deck pela lateral, tornando-os marcados. Enquanto Raio é um card mais acessível e fácil de conseguir, Liliana do Véu é um card caro. A pessoa jogando com o deck consegue duas novas cópias de Raio, mas não consegue de Liliana do Véu. Consequentemente, a lista de deck dessa pessoa terá que ser alterada, substituíndo duas Liliana do Véu por dois terrenos básicos à escolha dessa pessoa. Uma vez que houve uma necessidade de mudança na lista do deck, a penalidade é aumentada para uma Perda de Jogo.

 

Caso essa pessoa, na rodada seguinte, consiga duas cópias de Liliana do Véu, pode informar a Judges que encontrou substitutos para os cards em seu deck. Sendo assim, a lista será revertida para a original sem nenhuma penalidade para a pessoa.

 

Esse aumento existe para que players não se aproveitem das regras para “consertar seus decks”. Imaginem que um Player tenta uma construção mais audaciosa, com poucos terrenos. No decorrer do torneio, no entanto, acredita que necessita de mais terrenos e  “perde” cards de seu deck para substituí-los por terrenos básicos. É importante lembrar que quebrar as regras conscientemente para ganhar vantagem é considerado Trapaça e leva a Desclassificação.

 

Mas os cards estão ali. Não tem um Judge Mor que pode simplesmente fazer proxies (substitutos) para mim?

 

Essa é uma parte que utiliza bastante de nosso ponto sobre a responsabilidade sobre cards marcados num deck. Proxies são feitas para marcas causadas no torneio - a responsabilidade de trazer um deck sem cards marcados ainda é da pessoa utilizando. Caso contrário, a quantidade de proxies que seria feita para pessoas que querem apenas “conservar suas foils”, por exemplo, seria gigantesca.

 

É importante lembrar que é permitido pedir proxies de cards que só existam em sua versão foil (ex: Nexo do Destino).

 

Aumento: Se o Juiz Mor acreditar que o dono do deck poderia ganhar vantagem substancial por notar o padrão dos cards marcados, a penalidade é uma Perda de Jogo.

 

Imaginemos que todos os lands estão em sleeves mais novos, enquanto o resto do deck está em sleeves mais gastos. Ao notar esse padrão, poderia-se utilizar deste para prever quais cards irá comprar, ganhando uma vantagem injusta. Nesse caso, constitui o que chamamos de Cards Marcados com padrão, trazendo uma Perda de Jogo como penalidade.

 

Novamente, essas infrações assumem que não há intenção nessas marcações. Infrações com conhecimento e intenção de conseguir vantagem são tratadas de outra forma.

 

Faz sentido, Judge. Pode nos falar mais sobre essa situação que envolve desclassificação?

 

Há algum tempo atrás, tivemos uma situação envolvendo um pro player bastante conhecido e sleeves marcados. Quando as informações vieram à tona, sem entrarmos em muitos detalhes quanto a investigação (que, por si só, é sigilosa), recebemos que Judges que investigaram a situação concluíram que os indícios eram suficientes para concluir que tal marca foi feita de forma intencional, com o intuito de ganhar vantagem.

 

Nosso objetivo aqui não é a discussão de tal investigação, apenas fazer uma análise das marcas em si. 


Primeiro, um contexto: tal pro player estava jogando com um deck conhecido como “Tron”, um arquétipo bastante famoso no Modern, consistindo em juntar Torre de Urza, Mina de Urza e Usina de Urza (conhecidos como “Urzatron)” no campo, possibilitando jogar rapidamente mágicas poderosas como Karn Liberto e Ugin, o Dragão Espírito. O principal objetivo do deck é encontrar um de cada desses terrenos e colocá-los no campo o mais rápido possível. Consequentemente, um conhecimento de onde esses terrenos estão no grimório seria uma vantagem extremamente injusta, principalmente se estiverem no topo. 

 

Tendo dito isso, confira as fotos nesse album: https://imgur.com/a/4vyKqqN

 

Eita… os shields estão bem marcados. Mas tenho alguns shields que ficaram marcados assim, Judge. O que diferencia esse caso?

 

Segundo as informações recebidas, bem como as fotos postadas, temos as informações:

 

  • * Os shields são novos, dados pela organização do Mythic Championship para os participantes;
  • * Apenas os sleeves que tinham partes do Urzatron estavam marcados, enquanto os outros sleeves não tinham marcas;
 
 

 

  • * Ainda nos baseando nas fotos, as marcas tinham um padrão, eram três marcas diferentes, cada uma em quatro sleeves. Ainda que as dobras são normais, as marcas de unha no canto não acontecem com tanta frequência.
 

(Novamente, o intuito deste artigo não é julgar a investigação, apenas usar as informações como exemplo de situação que levou a desclassificação)

 

Com essas informações, judges investigando precisam tomar uma decisão, se tais informações são o suficiente para acreditar que isso não é mais um simples caso de Cards Marcados (que não há intenção), mas um caso de Trapaça:

 

Guia de Procedimentos para Infrações (IPG)

 

4.8 Conduta Antidesportiva — Trapaça 

 

Definição
Uma pessoa quebra uma regra definida pelos documentos de torneio, mente para um oficial do torneio, ou nota uma ofensa cometida por si (ou por um colega de time) em uma partida e não alerta sobre ela.
Adicionalmente, a ofensa precisa cumprir com o seguinte critério para ser considerada trapaça:

 

● O jogador precisa estar tentando ganhar vantagem através de sua ação.
● O jogador precisa estar ciente de que está fazendo algo ilegal.

 

Se todos os critérios não forem preenchidos, a infração não é Trapaça e deve ser tratada como uma infração diferente. Trapaça muitas vezes surge como fruto de um Erro de Jogo ou Erro de Torneio e necessita ser investigada pelo juiz para se determinar a intenção e consciência

 

Segundo o IPG, para que algo seja trapaça, é necessário que a pessoa infratora não só esteja quebrando as regras para ganhar uma vantagem, mas que tenha consciência de que está fazendo. Uma vez que tal Pro Player participou de inúmeros eventos de REL Competitivo e Profissional, é bastante fácil chegar a uma conclusão de que existe a ciência de que marcar shields para ganhar vantagem é ilegal. Com isso e a investigação, Judges do Mythic Championship concluíram que se tratava de um caso de Trapaça e aplicaram a Desclassificação.

 

Entendi, Judge. Mas e se eu acho que os cards de oponentes estão marcados, como devo proceder? Eu sei que devo chamar atenção de Judges, mas fico inibido por não querer causar uma situação desagradável no jogo.

 

Perfeitamente compreensível. Um grande artifício, ainda que não muito conhecido, é a possibilidade de podermos falar com judges longe da mesa e, consequentemente, longe de oponentes. Assim, podemos falar de situações consideradas constrangedoras, como possibilidades de trapaça, jogo lento (o famoso slow play) e, é claro, cards marcados, sem gerar uma reação negativa da outra pessoa. 

 

Entendi. Show isso, Judge!

 

Infrações como Cards Marcados podem ser especialmente frustrantes durante um torneio, uma vez que não tem relação alguma com nossa habilidade como players de Magic. Sendo assim, uma boa preparação e orientação, bem  como se apoiar em Judges, evitamos terminar numa situação como essa, facilmente evitável.

 

Pessoal, muito obrigado pela atenção. Lembrem-se sempre de cuidar bem de seus cards e checar por marcas, bem como seus shields!

 

Caso tenha dúvidas, entre em contato conosco na página no Facebook!


Me acompanhe na minha stream.

 

Lembrem-se sempre: qualquer problema na sua partida, CHAME JUDGE!


Qualquer dúvida relacionada a Magic, FALE COM JUDGES!

 

Tudo de bom e até a próxima!

André Tepedino ( Tepedino)
Juiz desde 2004, conta com boa experiência de eventos brasileiros e internacionais. Entusiasta apaixonado pelo jogo, sempre está disposto a contribuir para o crescimento e melhoramento da comunidade. Quando descobriu que não jogaria mais competitivo por preferir arbitrar, optou por jogar Commander casual para se divertir.
Redes Sociais: Facebook, Twitter
Comentários
Ops! Você precisa estar logado para postar comentários.
(Quote)
- 25/10/2019 09:27
Grande TP! Obrigado pelo artigo. Achei bem interessante esse trecho aqui:

"Essa é uma parte que utiliza bastante de nosso ponto sobre a responsabilidade sobre cards marcados num deck. Proxies são feitas para marcas causadas no torneio - a responsabilidade de trazer um deck sem cards marcados ainda é da pessoa utilizando. Caso contrário, a quantidade de proxies que seria feita para pessoas que querem apenas "conservar suas foils", por exemplo, seria gigantesca!"

É um troço meio óbvio, se pararmos pra pensar, mas faz total sentido. Aí cabe dar preferência pra versões não-foil (ou tomar MUITO cuidado quando você tiver uma foil mais antiguinha). Essa info certamente vai me ajudar. Valeu e continue com o bom trampo!
(Quote)
- 24/10/2019 19:24

Eu aplaudi esse comentário. Muito obrigado, melhorou meu dia hahahahaha

(Quote)
- 24/10/2019 17:33
Mandamos robôs para Marte, mas não conseguimos fazer uma carta foil que não curve. Parece fazer sentido.
(Quote)
- 24/10/2019 15:11

Agradeço a opinião.

(Quote)
- 24/10/2019 15:10

Entendo o cuidado com cards de alto valor, mas não é algo que as regras englobem para o uso de proxies. Portanto, seria necessário utilizar os cards mesmo.

Últimos artigos de André Tepedino
Bancada do Juiz: Spectators
Entenda como deve se comportar um espectador de uma partida.
4.892 views
Bancada do Juiz: Spectators
Entenda como deve se comportar um espectador de uma partida.
4.892 views
29/02/2020 10:05 — Por André Tepedino
Bancada do Juiz: Camadas
Uma das regras mais complexas que existem
7.275 views
Bancada do Juiz: Camadas
Uma das regras mais complexas que existem
7.275 views
31/01/2020 10:05 — Por André Tepedino
As Marcas te Definem - Parte 1
Esse artigo aborda o problema de Cards Marcados, introduzindo o conceito de acordo com as regras, bem como a forma que a Infração é detectada, abordada e resolvida.
6.929 views
As Marcas te Definem - Parte 1
Esse artigo aborda o problema de Cards Marcados, introduzindo o conceito de acordo com as regras, bem como a forma que a Infração é detectada, abordada e resolvida.
6.929 views
04/09/2019 18:05 — Por André Tepedino
3.460 views
Bancada do Juiz: Pense Cavalos, não Zebras
Identificando o Cheating.
3.460 views
29/10/2018 10:05 — Por André Tepedino
Bancada do Juiz: RPTQ Trios
Dicas e regras para eventos de times.
2.897 views
Bancada do Juiz: RPTQ Trios
Dicas e regras para eventos de times.
2.897 views
06/06/2018 18:00 — Por André Tepedino