Eu não quero ver o Oko
O problema do Standard e outros formatos.
06/11/2019 18:05 - 11.113 visualizações - 68 comentários

Eu odeio banimentos. Realmente odeio. Poucas coisas me irritam tanto no Magic quanto ter que discutir o banimento de algo. Eu odeio quando ficam reclamando sem razão das cartas e pedindo banimentos arbitrários porque não conseguem pensar em jogar, odeio quando um card se torna errado e é necessário banir, odeio quando ele obviamente é errado e será banido em pouco tempo.


Banir é assumir que erramos, e uso o verbo na primeira pessoa do plural porque acabamos incluídos aqui. Não são apenas os membros do design que erram ao lançar um card quebrado, nós também assumimos nossa falha quando não conseguimos (e por vezes é realmente impossível) impedir que determinado card domine todo um metagame. Nós gostamos de vencer e somos estimulados à isso, cartas brokens se criam nesse processo e nisso elas se apoiam para dominar o field.


Aqui um cara no fundo da sala grita que a internet e o netdecking seria o grande culpado por todo esse processo, e apenas lembro que competitividade tem uma ligação direta com eficiência e daí o fato de todos procurarem ao mesmo tempo a melhor estratégia, e quando temos algo quebrado, todos chegam a um denominador comum.


Oko, Ladrao de Coroas é um caso de banimento. O conceito do planeswalker já é em si um problema porque falamos de uma permanente que gera tração e card advantage enquanto estiver na mesa, tudo isso ao custo de “lealdade”, conceito onde ela pode ficar mais forte e escalar para algo maior. Planeswalkers são um desafio para o design porque pedem respostas específicas e em qualquer ambiente fora de controle eles podem dominar o metagame, sendo que, por “ambiente fora do controle”, você pode entender qualquer field onde não hajam respostas suficientes.



Nosso querido amigo criador de Alces é, como o conceito de pw já diz, um criador de vantagens e que força uma bola de neve, logo, ele precisa ser respondido. Até porque, em alguns formatos, como o Standard, ele potencializa não apenas a si, mas a um core de cartas que cresce conforme ele esteja na mesa. E aqui reside o primeiro problema do Oko, Ladrão de Coroas, respostas. No Standard são poucas as respostas “limpas” para um planeswalker de três manas, que pode entrar na dois e ainda sobe para 6 de lealdade. É uma combinação de vantagens que o faz imbatível no Standard, você não pode ter uma ameaça que não tem como ser respondida, pior do que isso, ele até pode ser respondido, por Garras Noxias, uma carta de side que virou main por conta do Oko, Ladrao de Coroas, quando chegamos em distorção de formato, é hora de assumir o erro. Oko tem que ser banido do Standard.


Mas e nos outros formatos?

 

Oko, Ladrão de Coroas conseguiu a façanha de basicamente jogar em todo formato em que ele é válido, Treasure Cruise e Dig Through Time haviam feito o mesmo e nós sabemos onde isso acabou.


Eu tenho mais contato com o card em dois formatos além do Standard e prefiro apontar como ele está se comportando neles. No Modern, ele está em uma estratégia que tinha uma falha (ser baseada em artefatos e sofrer com os hates), mas que agora conseguiu cartas como Urza, Grao-lorde Artifice, Emry, Espreitadora do Lago, além do Oko, Ladrao de Coroas, ou seja, cartas que dão vantagens ao deck jogando em volta de hates de artefato. Pensando nesse caso e nessa shell, o problema não é o planeswalker, por mais que ele seja realmente forte, a carta por ser respondida de ene maneiras e só é um problema quando entra muito cedo na mesa, ou seja, é um problema quando entra via uma aceleração. Os problemas aqui são dois, uma aceleração free mana, aka Mox Opal, que faz tempo que está na mira da banlist, e uma carta de Horizons, Urza, Grão-Lorde Artifice, que é a real bandeira em torno do baralho e que dá razão a ele.

 


No Pioneer, nosso caçula, o Ladrão tem sido visto em várias listas. Como novamente o formato pode responder ele ainda de maneira limpa, eu continuaria com o card, mas com certeza ele estaria em uma lista de cartas para serem observadas, dado seu potencial de estrago, até porque ele trouxe alguns food friends do Standard para esse formato.


Planeswalkers são cartas complicadas e que precisam de respostas imediatas, qualquer carta que seja de custo baixo e alta lealdade (e que ainda só suba!), será um problema e isso precisa ser levado em conta em cada design. Oko foi um erro, e precisa morrer.


Até mais,
Rudá

Rudá Andrade dos Reis ( Ruda)
Aficionado por decks azuis agressivos, mas que não dispensa um bom Siege Rhino nas horas vagas, está no Magic desde 2003, em Flagelo.
Redes Sociais: Facebook, Twitter
Comentários
Ops! Você precisa estar logado para postar comentários.
(Quote)
- 01/12/2019 11:05
Erro de design, tem que sumir de tudo.
(Quote)
- 12/11/2019 08:38

Acho que o Fires não é muito bom contra os Aristocrats que tem por aí. Tem dificuldades de interagir com os bichos que geram valor ao morrer e o caldeirão.

(Quote)
- 11/11/2019 16:01
Sim, diria que o ponto fraco do fires é outro controle ou midranges que gerem muito valor.
(Quote)
- 11/11/2019 15:49

Fires wipa a mesa muito facilmente com Clarim e Flame Sweep.

(Quote)
- 10/11/2019 18:28

Mas tenho a impressão de que esse fires só é forte prq os decks mais agressivos estão sendo afugentados pelo oko. Não sei talvez eu tô viajando prq oko é bom contra tudo menos enchant neh

Últimos artigos de Rudá Andrade dos Reis
Valor e o Circuito Profissional
Analisando o OP do Magic Competitivo, seu presente e seu futuro
4.539 views
Valor e o Circuito Profissional
Analisando o OP do Magic Competitivo, seu presente e seu futuro
4.539 views
Há 7 dias — Por Rudá Andrade dos Reis
Os Pioneiros
Report RPT Bruxelas
5.386 views
Os Pioneiros
Report RPT Bruxelas
5.386 views
Há 14 dias — Por Rudá Andrade dos Reis
A Volta do Twin
UB Inverter no Pioneer
9.873 views
A Volta do Twin
UB Inverter no Pioneer
9.873 views
Há 21 dias — Por Rudá Andrade dos Reis
Fogo nas Profundezas
Izzet Fires como opção para o novo Standard
4.683 views
Fogo nas Profundezas
Izzet Fires como opção para o novo Standard
4.683 views
Há 28 dias — Por Rudá Andrade dos Reis
Cuidado, Ele Morde
Mono Black Vampires no Pioneer
9.975 views
Cuidado, Ele Morde
Mono Black Vampires no Pioneer
9.975 views
21/01/2020 10:05 — Por Rudá Andrade dos Reis