Exumando o Dimir no Pauper
Entenda tudo sobre o UB Exhume no Pauper, uma das apostas para o novo metagame do formato.
07/11/2019 18:05 - 11.749 visualizações - 13 comentários

Fala galera, blz?


A vantagem de termos um metagame ainda em evolução é que te dá a oportunidade de testar decks novos e experimentar algumas estratégias que já deram certo em outras ocasiões, mas que andavam em baixa devido um ou outro deck opressor. Apesar de já termos alguns decks começando a se destacar, ainda é cedo para fazermos qualquer avaliação definitiva e a tendência é termos uma variação grande entre os vencedores dos próximos Challenges do Magic Online.


Com este pensamento resolvi revisitar a guilda Dimir, uma das minhas guildas favoritas do Magic e que já obteve muito sucesso no formato, mas que está em baixa desde a famigerada “blue monday”. A ideia inicial era tentar chegar em uma lista que fosse minimamente competitiva e tivesse um bom plano de jogo contra Dinrova Tron e Boros Bully, na minha opinião, os dois melhores decks da atualidade.


UB Alchemy e UB Flicker são dois decks que já tiveram os seus dias de glória no formato, mas que historicamente sempre tiveram dificuldades contra Tron. A maioria dos decks midranges se comportam bem contra aggro, mas não conseguem competir com o late game do Tron, que se beneficia de uma combinação mortal - card advantage com abundância de mana.


Para conseguir ter uma partida equilibrada contra Tron, o melhor caminho para o UB é apostar em estratégias mais agressivas, espelhando-se no inesquecível UB Delver. Evidente que Daze, Gitaxian Probe e Gush fazem muita falta, mas cansei de vencer partidas contra Tron simplesmente por começar o jogo com um Delver flipado na play e protegê-lo com alguns counters. Um Gurmag Angler no turno 3 também é uma ótima forma de pressionar seu oponente e Thought Scour, o “Dark Ritual” do deck, é o seu melhor aliado para manter esta linha agressiva.


Delver é uma das minhas criaturas preferidas do Magic, mas que perde bastante de seu potencial ao viver em um mundo sem Dazes e Gitaxian Probes. Por mais que Delver continue sendo ótimo contra Tron, não conseguir protegê-lo de forma eficiente com Daze nos primeiros turnos faz com que ele seja uma presa fácil para a maioria dos decks do formato.


Contra Bully, Boros Monarch, entre outros decks baseados em criaturas voadores, Delver não impõe respeito e para piorar decks como Stompy passaram a conseguir lidar com o humano inseto através de Savage Swipe.


Entendendo que Delver já não possuía o mesmo protagonismo de antes, resolvi me aventurar em outras estratégias e o próximo passo foi revisitar um deck que tentei fazer dar certo um pouco antes do lançamento de Modern Horizons e que poderia encontrar o seu espaço no metagame atual. Apresento-lhes o UB Exhume, ou para quem preferir, UB Reanimate:


UB Exhume
Por stompy
7884 visualizações
05/11/2019
R$ 204,47
R$ 420,27
R$ 5.939,67
7884 visualizações
05/11/2019
Visualização:
Padrão
Cor
Custo
Raridade
Visual
CMC
Comprar Deck
Criaturas (12)
4  Áugure de Nicol Bolas  0,23
4  Cascavel-do-rio Listrada  0,09
4  Pescador Grumag  0,25
Mágicas (29)
1  Abdicação Forçada 0,85
2  Perfurar Mágica 0,20
4  Preordenar 15,00
3  Purgar Pensamento 0,50
2  Tempestade Cerebral 2,25
4  Conhecimento Acumulado  0,20
4  Contramágica  2,00
2  Degeneração Reverberante  3,50
2  Distorção Agonizante  0,10
4  Exumar  5,99
1  Liquidar  5,00
Terrenos (19)
1  Aqueduto Dimir0,46
2  Desolação Fumegante5,99
9  Ilha da Neve2,69
1  Pântano da Neve1,96
2  Pântano de Bojuka7,11
4  Terras em Desenvolvimento0,05
60 cards total

Sideboard (15)
2  Anular 0,09
1  Delir 0,40
3  Explosão Hídrica 2,88
2  Relíquia de Progenitus 11,95
1  Vínculo Vampírico 0,76
2  Murchar  0,09
1  Verdade Reverberante  0,99
1  Cártula da Ambição  0,08
2  Geist da Tempestade   0,91


Apesar da lista ainda estar em fase de testes, tenho conseguido bons resultados com esta versão no Magic Online, inclusive incentivando outros jogadores a apostarem na estratégia. De maneira resumida, irei explicar algumas escolhas da lista e compartilhar com vocês um plano de sideboard contra os principais decks do formato.

 

  • Criaturas


Gurmag Angler é um velho conhecido do Pauper e criatura perfeita para este tipo de estratégia. Você pode tanto voltá-lo para o jogo com um Exhumecomo baixá-lo de sua própria mão usufruindo do custo reduzido via delve.


Striped Riverwinder é a estrela do deck! Apesar de não ter evasão para ultrapassar pequenas criaturas, sua habilidade de hexproof faz com que seja muito difícil retirá-la de jogo, exigindo que o oponente tenha em sua lista remoções como éditos ou Swirling Sandstorm. O cycling não só te dá um draw como faz com que ela vá para o cemitério por conta própria sem depender de uma terceira carta para que o combo com Exhume brilhe.


Augur of Bolas  é outra criatura fundamental para o deck porque gera card advantage, te ajuda a encontrar o Exhume e ainda por cima te dá um corpo para jogar na frente dos éditos protegendo os seus fat monsters.

 

  • Counters


Para esta versão optei por manter as quatro cópias de Counterspell, counter que dispensa apresentações e estou utilizando duas cópias de Spell Pierce, counter de uma mana, que costuma ser bem mais versátil que o Dispel para o main deck.


Spell Pierce não costuma ser tão jogada no Pauper, mas é perfeita para este estilo de deck. Você consegue proteger Gurmag Angler de Journey to Nowhere  e Chainer's Edict nos primeiros turnos de jogo, além de conseguir anular cartas como Curse of the Pierced Heart, Armadillo Cloak, Prophetic Prism  e Battle Screech.

 

  • Remoções


Para o pacote de remoções escolhi utilizar 2 Echoing Decay e 2 Agony Warp por serem remoções capazes de gerar card advantage e fazer constantemente o 2x1. Echoing Decay é a melhor carta que você pode querer contra Boros Bully, além de funcionar muito bem contra Stompy, Elves, Faeries e demais decks aggros. Já Agony Warp é muito boa para lidar com múltiplos blocks, um terror da fase de combate, além de ser uma das poucas remoções do formato que mata Guardian of the Guildpact.


Completando a lista, utilizo 1 Snuff Out e 1 Ghastly Demise para ter remoções capazes de lidar com criaturas grandes e que não conseguem ser destruídas pelas demais remoções do deck, são o caso de Atog, Myr Enforcer, algum megazord do Stompy ou Heroic e qualquer outra criatura não preta que precise ser destruída.

 

  • Cantrips


Preordain entra por ser, na minha opinião, o melhor cantrip do formato, te ajudando regularmente a manter mãos com um único terreno. Manipular o topo é a melhor forma de moldar os seus turnos e encontrar as respostas certas para o turno certo.


Thought Scour e Brainstorm nasceram um para o outro. Brainstorm é incrível por ser o único cantrip capaz de te dar três cartas novinhas no mesmo turno e combina muito bem, não só com Thought Scour, como com Ash Barrens, Terramorphic Expanse e Augur of Bolas.


Já Thought Scour é o responsável pela velocidade que o deck necessita em alguns confrontos. Sua capacidade de gerar três “manas” de uma só vez para o Gurmag Angler é fundamental, podendo inclusive interagir positivamente com AK e Exhume.

 

Conhecimento Acumulado é um dos principais substitutos de Gush no formato e é uma das melhores formas de gerar card advantage em partidas que normalmente se estendem. Há uma preocupação de que ele perca seu potencial por causa do Gurmag Anglers, mas pelo menos nos primeiros testes que fiz com a lista, eles têm conseguido conviver com harmonia.

 

  • Terrenos


A base de mana não tem muitos segredos e preferi apostar em Ash Barrens e Terramorphic Expanse para lotar rapidamente o cemitério e potencializar os Gurmag Anglers agressivos. A única cópia de Dimir Aqueduct entra para o deck ter mais uma fonte preta, que ao mesmo tempo pode funcionar como terceiro Bojuka Bog ou te ajudar em partidas em que esteja zicado.


Bojuka Bog é um dos principais terrenos do deck e uma das cartas mais bem posicionadas do metagame atual. Sua interação com Exhume é fundamental para te permitir voltar a Serpent para o jogo sem beneficiar o seu oponente com o retorno de uma criatura do outro lado e naturalmente é uma carta que joga muito bem contra decks que utilizam a interação com o cemitério como sua principal estratégia, em especial Boros Bully e Dinrova Tron.

 

  • Sideboard


De forma bem sucinta, segue os principais decks em que utilizaria as cartas escolhidas para o sideboard:


Annul – Affinity, GW Auras (Bogles), Stompy e Boros Monarch.
Dispel – Burn, Dinrova Tron, UR Skred e qualquer deck que você precise muito vencer uma counter war.
Hydroblast – Burn, Red Deck Wins, Boros Bully e Affinity.
Relic of Progenitus – Boros Bully, Dinrova Tron, UB Alchemy e qualquer deck que interaja fortemente com o cemitério.
Echoing Truth – Stompy, Elves, GW Auras (Bogles), BW Monarch.
Shrivel – Stompy, Elves, UR Skred, Mono U Delver, Boros Bully.
Stormbound Geist – MBC, BW Monarch, Boros Bully, Boros Monarch, UR Skred, Mono U Delver.
Cartouche of Ambition  / Vampiric Link – Burn, Stompy, Elves, GW Auras e decks aggro no geral.

 

  • Side in / Side out


Burn


+3 Hydroblast +1 Vampiric Link +1 Cartouche of Ambition +1 Dispel
-4 Conhecimento Acumulado -1 Snuff Out -1 Echoing Decay


Dinrova Tron (Hampuse1´s Tron)


+1 Dispel +2 Relic of Progenitus
-2 Echoing Decay -1 Agony Warp

Stompy


+2 Annul +1 Dispel +1 Echoing Truth +2 Shrivel +1 Vampiric Link +1 Cartouche of Ambition
-4 Counterspell -2 Spell Pierce -1 Exhume -1 Thought Scour


Elves


+2 Shrivel +1 Echoing Truth +1 Cartouche of Ambition
-3 Thought Scour -1 Spell Pierce


Boros Bully


+2 Shrivel +1 Echoing Truth +2 Stormbound Geist +2 Relic of Progenitus +2 Hydroblast
-4 Counterspell -2 Spell Pierce -3 Thought Scour


MBC


+1 Echoing Truth +2 Stormbound Geist +1 Dispel
-1 Snuff Out -1 Ghastly Demise -2 Thought Scour


O que acharam do deck? Tem alguém testando alguma lista próxima? Compartilhe suas primeiras experiências com o deck e se tiverem alguma dúvida, utilizem a sessão de comentários.


Obrigado pela leitura e até a próxima!

Ricardo Mattana ( Thorgrim)
Ricardo, 31 anos, carioca residente em Barueri, é formado em Propaganda e Marketing e teve seu primeiro contato com o Magic em 1999. Atualmente é um grande entusiasta do Pauper, admirador de cartas comuns históricas e apaixonado pelo Magic raiz!
Comentários
Ops! Você precisa estar logado para postar comentários.
(Quote)
- 16/11/2019 01:39

meu amigo, você não sabe o poder que o geist tem, nem o que os anulas fazem... testa a lista e tire suas conclusões.

(Quote)
- 16/11/2019 01:29
jogo com essa lista a bastante tempo, porem um pouco diferente, tanto pelo orçamento que tinha, quanto para o field. estava usando 2 dadiva de orzhova e 2 deep analysis no main(no lugar de 4 conhecimento acumulado), 1 peso morto (no lugar de 1 agony warp), 2 grão-vorme (no lugar de 2 augur)
4 brainstorm e 2 mental note ( no lugar dos 4 preordain), 2 cone de vapor no lugar de (1 liquidar e 1 abdicação forçada)
as 2 ultimas trocas ai foram por orçamento, os outros foi por causa do field.
tinha problemas com affinity, peso morto resolvia. tinha muitos problemas contra o monoblack. porque eu usava dispel em vez de spell pierce. mas corrigi esse erro. ter 6 "purgar pensamento" me fazia abusar do gurmag no turno 2, tanto me permitia tombar o cara quando estava com bojuka na mão se o deck fosse mais "tempo" MBC, TRON, UB... eu jogava agressivo ou "mid-range" conforme fosse o oponente e os 2 dadiva de orzhova no main me garantia vitórias contra decks como burn e stompy na match 1. pois o voar era uma evasão fundamental, principalmente o vorme me permitia abusar do formato onde as criaturas geralmente eram turno 2 e geralmente ele estava no campo no turno 3.
mas a sua lista tambem consegue fazer isso e o unico problema é lidar com mono red e burn por nao ter lifelink no main deck e depender de ilhas, ja que o deck conta apenas com 19 terrenos e tem 2 cores. ter que gerenciar isso contra uma (mão razoavel desses decks é bem dificil.) mas não deixa de tornar o jogo favoravel "pós side".
ficou muito legal a lista e eu usava aura flux. porque buscava fazer gurmags entre turno 2 e nao ficava segurando pra counter, enquanto que na 3 eu baixava e podia jogar tranquilo, raramente perdia quando aura flux estava na mão contra bogles "que tambem é uma match complicada" troquei 1 counterspell por uma ritos de recusa, pois nao precisava de 2 ilhas. achava até legal porque geralmente fazia no começo e tambem anulava criatura. acho que devia experimentar. não usava mana leak porque em casos extremos eu descartava duas. é um pouco "ruim" porque dependendo do momento te deixa sem card, mas não perde a utilidade quanto a mana leak e até dava um gas a mais ao spell pierce la na mão que nao anula criaturas que geralmente nos impedem de finalizar o jogo como um thorn the black rose, dinrova que acaba nos atrasando e fazendo 2x1 na serpente... enfim, a sua lista ta ótima, eu só tentaria colocar 1 ritos de recusa no lugar de um counterspell e colocaria mais 1 pantano no lugar de 1 ilha, pq se tombar ele, tem que cavar até encontrar outro e isso é uma desvantagem bem chata (o ritos de recusa permite isso.)
estou testando dessa forma e está funcionando muito bem.
(Quote)
- 08/11/2019 16:39
eu nunca vi esse deck funcionar competitivamente antes do AA e não vejo como funcionaria competitivamente pós banimento, já que o meta tende a voltar com os éditos.
(Quote)
- 08/11/2019 13:22

Vines e Hunger of the Howlpack. Muitas vezes você tem apenas 3 manas em jogo, precisa fazer um Decay/Agony Warp e ter o counter de backup para a Vines.

(Quote)
- 08/11/2019 13:20

Eu gosto de Relic por que tem muita partida que você faz ela no early game e consegue abusar de todo o seu potencial mesmo sem estourá-la.
Nihill você usa uma única vez e o oponente muitas vezes consegue voltar pro jogo e abusar do cemitério novamente.
Já usava Relic no UB Delver e sempre consegui conciliar ela e o Gurmag de forma produtiva.

Últimos artigos de Ricardo Mattana
O melhor de Theros Além da Morte para o Pauper
Cartas que podem agregar ao formato que mais cresce no Brasil.
15.816 views
O melhor de Theros Além da Morte para o Pauper
Cartas que podem agregar ao formato que mais cresce no Brasil.
15.816 views
Há 27 dias — Por Ricardo Mattana
O que esperar do Pauper em 2020
Ricardo traça os caminhos do Pauper para 2020
6.247 views
O que esperar do Pauper em 2020
Ricardo traça os caminhos do Pauper para 2020
6.247 views
09/01/2020 10:05 — Por Ricardo Mattana
Izzet Skred
Conheça a nova versão de Izzet Skred no Pauper e todo o potencial que Sanctuary Mystic oferece ao deck.
5.976 views
Izzet Skred
Conheça a nova versão de Izzet Skred no Pauper e todo o potencial que Sanctuary Mystic oferece ao deck.
5.976 views
17/12/2019 18:05 — Por Ricardo Mattana
O retorno do UB Delver
.Quem foi Rei nunca perde a majestade.
12.256 views
O retorno do UB Delver
.Quem foi Rei nunca perde a majestade.
12.256 views
06/12/2019 10:05 — Por Ricardo Mattana
7 dicas para o Nacional Pauper
Aproveite dicas importantes para você fazer bonito no Nacional deste ano.
6.936 views
7 dicas para o Nacional Pauper
Aproveite dicas importantes para você fazer bonito no Nacional deste ano.
6.936 views
21/11/2019 10:05 — Por Ricardo Mattana