Load or Cast
Entrevista com Michael Rapp
Michael Rapp é bastante conhecido por ser um dos maiores entusiastas dos diversos baralhos onde o Death’s Shadow é protagonista.
12/12/2019 18:05 - 2.556 visualizações - 0 comentários
Load or Cast

If you would like to read the English Version, click here.


E aí, meus queridos, como vão vocês?


Depois de um tempinho meio sumido, aqui estou eu, trazendo outra entrevista. Dessa vez, com Michael Rapp, campeão do GP Toronto. Nosso entrevistado também é bastante conhecido por ser um dos maiores entusiastas dos diversos baralhos onde o Death’s Shadow é protagonista.


Então, sem mais delongas, vou passar a palavra ao mestre do GDS. Bora pra entrevista!

 


Michael, em 2019, após conquistar o primeiro lugar no Grand Prix Toronto.


EL: Michael, primeiramente eu gostaria de te agradecer por ter aceitado meu convite para essa entrevista. Você poderia se apresentar para os Leitores da LigaMagic?
MR: Claro, e obrigado a você por me receber. Meu nome é Michael Rapp, e eu sou um jogador competitivo de Magic de Gathering. Sou dos Estados Unidos, especificamente de Boston. Eu comecei a jogar quando era bem novo, lá pelos 5 ou 6 anos, mas eu não joguei meu primeiro Grand Prix até 2014, em Richmond. Meu Formato favorito é o Modern, e a minha carta favorita é Thoughtseize.


EL: E você se lembra exatamente o ano em que começou a jogar? Se lembra qual era a edição mais recente naquela época?
MR: Eu acho que foi mais ou menor entre 1997 e 1998, então devia ser algo entre Tempest e o Bloco de Urza.

 

EL: Qual o tipo de preparação que você costuma fazer antes de um evento grande, como um GP? Você tenta se colocar em algum estado mental específico, se alimenta de alguma maneira diferente, ou algo do tipo?
MR: Honestamente, nas semanas que antecedem o evento eu jogo com os decks que eu penso estarem bem posicionados, pra ver se alguma coisa se sobressai. Eu também jogo com meus decks favoritos, claro, para ver se eles conseguem se sair bem. Com relação a preparação física, algumas noites antes do evento eu começo a tentar dormir mais cedo, para ajustar minha rotina de sono.
Tomar café da manhã é algo muito importante, e também levar snacks e agua, pois esses torneios são sempre dias longos.
Para preparação mental, eu tento permanecer calmo, e quem sabe, ouvir um pouco de música a caminho do evento. É só Magic, no final das contas!


EL: Eu sei que você é famoso pelos decks de Death’s Shadow. Você pode compartilhar conosco as razões pelas quais você gosta tanto do Arquétipo?
MR: Eu acho que uma boa parte da razão pela qual eu gosto do Grixis Death’s Shadow, é porque ele recompensa você por jogar bem, e te pune por jogar mal. Eu posso geralmente olhar para um jogo que perdi e ver que fiz algo errado. Ter as ferramentas para ganhar qualquer matchup é também algo que me atrai nesse deck.

 

EL: Você trocou o Grixis pela versão Mardu quando parecia que todo mundo estava fazendo isso? O que você acha dessa versão?
MR: Eu originalmente mudei para o Mardu porque ele tinha um Matchup melhor contra o Hogaak. Eu acho que a versão Mardu é boa se o metagame é muito interativo, pela sinergia entre Ranger-Captain of Eos e Unearth.


EL: Colocando de lado seu amor pelo Grixis Death’s Shadow, existe algum deck que você acredite ser o melhor do modern no momento? Se sim, porquê?
MR: Eu acho que os vários decks de Urza são os mais fortes do formato, mas o Amulet Titan também compete fortemente com eles, Ambos são rápidos, e tem um plano de jogo pro-ativo, que vários decks sofrem para lidar.


EL: Você já foi ao Mythic Championship para o qual ganhou o convite? Se não, quais são suas expectativas? Você já está decidido por algum deck específico para esse torneio?
MR: O convite que ganhei no Grand Prix foi para o Mythic Championship Londres, que foi uma experiência muito legal.
Poder fazer uma viagem para a Europa e ver uma parte nova do mundo é sempre algo em que estou interessado.
Eu me qualifiquei para o Mythic em Richmond ganhando um MCQ com o Mardu Shadow. eu acredito que esse torneio vai estar dominado pelos Sultai Food, que é o deck que estarei jogando, pois é o melhor deck, de longe.


EL: E qual o Jogador que você mais admira? Existe alguém que seja um tipo de referencia para você?
MR: Eu acho que meu jogador favorido é o Reid Duke. Não apenas porquê ele é um Jogador de nível mundial que prefere mid-ranges, mas também é uma excelente pessoa, e de uma forma geral um grande exemplo.


EL: Você também gosta de jogar Standard? O que você achou dessa Febre do Oko que estavamos vivendo? Você acha que outros formatos também estão vulneráveis a isso, ou considerar um Ban no Eternal seria uma reação exagerada?
MR: Eu não jogo muito standard, só mesmo quando preciso. Eu acho que o Oko é realmente muito forte para o Standard. A habilidade de +1 deveria ser -1, e assim estaria Ok. Eu acho que o Oko é forte em outros formatos, mas não opressivo. Então eu estou tranquilo com ele por enquanto.


EL: Você tem algum Conselho para jogadores que querem se tornar mais competitivos? Antes de começar a ir para eventos grandes como o GP, qual o caminho e a preparação que você recomenda?
MR: Minha recomendação é consumir todo o conteúdo que você puder. Assista vídeos, leia os artigos, questione os jogadores que você considera bons. Aprenda algo em cada jogo de Magic, ganhando ou perdendo. Aprenda sobre seu Deck, sobre os Matchups, e você vai estar numa boa posição. Eu acho que especialmente em formatos Eternal, conhecer seu deck muito bem vai te trazer mais benefícios do que sempre estar atrás do melhor deck.
Ter uma boa mentalidade é muito importante. É fácil perseguir apenas resultados, mas isso é só fazer um desserviço a si proprio. Eu fico bem melhor quando foco no processo. Jogar o melhor que sua habilidade permite, enquanto se desafia a melhorar é a melhor coisa que você pode fazer.
Uma vez que você esteja jogando o seu melhor, os resultados virão a seguir.

 

Essa foi nossa entrevista com Michael Rapp. Quero agradecer novamente a participação, e claro, sabemos que o Grixis Death’s Shadow tem tido uma representatividade bastante importante nos últimos campeonatos Modern, por isso, gostaria de deixar todos os links por onde você pode encontrar o Michael, assim como as suas Decklists e Sideguides atualizados, seu Canal no Discord, do qual eu também faço parte, nada menos que o melhor lugar para discutir e ajudar a comunidade a fazer do GDS um deck ainda melhor.


Facebook
Discord
Twitch

Eduardo Lages ( edulages)
Entusiasta dos decks alternativos ou esquecidos, começou a jogar em Investida, e atualmente dedica-se com afinco ao estudo teórico do jogo.
Comentários
Ops! Você precisa estar logado para postar comentários.
Últimos artigos de Eduardo Lages
Quando a Saudade ensina
Saudade dos amigos? Saudades do mesão? O que será que a saudade me ensinou?
7.317 views
Quando a Saudade ensina
Saudade dos amigos? Saudades do mesão? O que será que a saudade me ensinou?
7.317 views
31/03/2021 10:05 — Por Eduardo Lages
Fala, Campeão! PT. 1 - Victor Fernando Silva
A primeira de uma série de entrevistas com campeões de Grand Prix.
6.422 views
Fala, Campeão! PT. 1 - Victor Fernando Silva
A primeira de uma série de entrevistas com campeões de Grand Prix.
6.422 views
01/11/2019 18:05 — Por Eduardo Lages
I.A., jogos de estratégia, e o poder das opções
Uma nova tecnologia de Inteligência Artificial, e como nós poderíamos aprender um pouco mais sobre Magic usando as descobertas recentes em I.A.
7.280 views
I.A., jogos de estratégia, e o poder das opções
Uma nova tecnologia de Inteligência Artificial, e como nós poderíamos aprender um pouco mais sobre Magic usando as descobertas recentes em I.A.
7.280 views
18/10/2019 10:05 — Por Eduardo Lages
Teoria de jogo: Decifra-me ou te devoro
A intenção desse artigo é tentar ajudar a dificultar a leitura que seus oponentes fazem de você.
7.547 views
Teoria de jogo: Decifra-me ou te devoro
A intenção desse artigo é tentar ajudar a dificultar a leitura que seus oponentes fazem de você.
7.547 views
02/10/2019 18:05 — Por Eduardo Lages
Tempo e Card Advantage
"Explorando as definições de Tempo e Card Advantage e qual a relação entre as duas."
6.663 views
Tempo e Card Advantage
"Explorando as definições de Tempo e Card Advantage e qual a relação entre as duas."
6.663 views
18/09/2019 18:05 — Por Eduardo Lages