O metagame standard pré-mundial
O Standard ainda segue aberto, porém alguns baralhos já começam a se destacar dentre os demais e se fixar no Tier 1
Há 18 dias - 8.920 visualizações - 12 comentários

Olá! Conforme as semanas passaram após o lançamento de Theros, o metagame do Standard foi se afunilando cada vez mais - e o que começou como a selva onde tudo é possível, hoje tem claros competidores que se destacam dos demais.

 

Quanto mais edições vão entrando em um formato, mais ferramentas os decks recebem para tornarem- se focados e capazes de executar planos nos espectros mais extremos dos pólos. Aggros muito rápidos e eficientes, combos com cartas específicas e sinergias inesperadas são mais propensos de acontecerem com mais cartas presentes em um formato, como vimos principalmente após o lançamento de M19 e o tal do "Standard de 8 edições".


A rotação e a entrada de Trono de Eldraine deveriam significar uma mudança drástica nesse paradigma, já que formatos de cinco edições geralmente acabam privilegiando mais decks "good stuff", com jogos mais focados na qualidade individual dos cards em uma pool que nem sempre permite muitas opções de sinergias. Mas como o power level dessa coleção foi altíssimo e algumas mecânicas encaixaram muito bem, vimos além de inúmeros banimentos, a hegemonia de alguns poucos decks baseados em novos cards e mecânicas, culminando em um formato polarizado com Jeskai Fires e Jund Sacrifice até Theros.


Aparentemente, a edição lançada ao final de janeiro sacudiu bastante as coisas. Fires e Sacrifice ainda são viáveis, mas ficam basicamente nisso. A bola da vez segue concentrada em dois decks, mas que são bem mais icônicos ao Magic enquanto arquétipos e em comum receberam reforços significativos de Theros: Azorius Control e Mono Red Aggro. Segundo o MTG Goldfish, no momento da escrita do artigo, ambos os decks representam quase 40% em termos de fatia de metagame dos eventos relevantes recentes.

 

Azorius Control THB
5960 visualizações
07/02/2020
R$ 1.169,92
R$ 1.529,70
R$ 2.200,85
5960 visualizações
07/02/2020
Visualização:
Padrão
Cor
Custo
Raridade
Visual
CMC
Comprar Deck
Criaturas (5)
2  Caloteiro Descarado // Pequeno Furto    //   99,75
3  Arrasta-sonhos     13,49
Planeswalkers (6)
2  Narset, Rasgadora de Véus   14,36
4  Teferi, Manipulador do Tempo   136,00
Mágicas (13)
2  Veto de Dovin  2,49
4  Absorver   14,50
4  Estilhaçar o Céu   5,88
3  Visão da Quimiomante  0,50
Encantamentos (11)
4  Augúrio do Mar  0,18
4  O Nascimento de Meletis  0,22
3  Elspeth Derrota a Morte   3,99
Terrenos (25)
1  Campo da Ruína2,62
1  Castelo de Vantreza8,49
3  Castelo do Vale Arden8,96
4  Fonte Santificada34,44
8  Ilha0,00
4  Planície0,00
4  Templo da Iluminação6,47
60 cards total

Sideboard (15)
2  Decreto dos Devotos  0,40
2  Féretro de Vidro  0,10
2  Rajada de Éter  10,80
1  Veto de Dovin  2,49
2  Disputa Mística  9,89
1  Intervenção de Heliode   2,00
1  Luz Banidora  0,24
2  Negação Vorticosa  0,48
2  Arconte da Graça do Sol   2,98

 

Anulações, remoções globais, muitas formas de gerar card advantage. Essa é a receita para o eterno Azorius Control veio com tudo graças aos vários brinquedos novos de suporte (Augurio do Mar, O Nascimento de Meletis, Elspeth Derrota a Morte, Estilhacar o Ceu) e principalmente Arrasta-sonhos como forma efetiva de fechar a partida depois de estabilizar o começo, provendo tanto vida como recursos adicionais para "fechar a porta" de vez. E claro, o deck ainda se apoia no infinito poder e versatilidade de Teferi, Manipulador do Tempo para manter os oponentes "jogando justo" e colocar em xeque estratégias como as baseadas em Reconquista da Natureza.


O sideboard completo e eficiente do Azorius também conta muito em seu favor, podendo abusar de vários dos melhores "hates de cores" existentes, além de trunfos poderosos para determinadas partidas como Intervencao de Heliode e Negacao Vorticosa. Esse é, sem sombras de dúvidas, a escolha "segura" para aqueles que querem uma forma honesta de competir no formato tentando carregar as partidas "no braço", desde que estejam preparados para partidas arrastadas e as eventuais mirror matches.

 

Mono Red THB
5975 visualizações
07/02/2020
R$ 520,48
R$ 736,53
R$ 1.280,99
5975 visualizações
07/02/2020
Visualização:
Padrão
Cor
Custo
Raridade
Visual
CMC
Comprar Deck
Criaturas (28)
4  Campeão Fervoroso 5,38
4  Cuspidor Chamuscante 0,05
4  Esquivadora da Rua do Estanho 0,14
3  Ladrão dos Ricos  21,00
4  Vapóreo em Fuga  2,96
4  Anax, Temperado na Forja   0,31
2  Fênix de Cinzas   2,57
3  Gigante Esmaga-ossos // Pisar  17,50
Mágicas (8)
4  Choque 0,10
4  Iluminar o Palco  7,97
Artefatos (4)
4  Brasolâmina   74,75
Terrenos (20)
4  Castelo de Brasoreth4,49
16  Montanha0,00
60 cards total

Sideboard (15)
3  Embate com Barretes Vermelhos 0,04
2  Reivindicar o Primogênito 0,19
4  Amoque Desacorrentado  0,15
2  Fogo Dracônico Escaldante  0,05
2  Fênix de Cinzas   2,57
2  Frenesi Experimental  4,45

 

Indo no caminho totalmente contrário, o Mono Red busca ganhar a partida "por baixo", antes de cartas como Arrasta-sonhos ficarem ativas. A principal carta do deck é certamente Anax, Temperado na Forja, que permitiu ao deck forçar "ataques ruins" para cima de bloqueadores enquanto mantém mesa, ter resiliência contra remoções globais e oferecer um atacante bruto para ir por cima de potenciais bloqueadores parrudos que o oponente possa vir a colocar na mesa.


O "combo" com a Brasolamina não deve ser subestimado em hipótese alguma, já que o potencial de dano do semideus com a arma lendária é real, podendo muitas vezes até passar o dano que Regissauro Putrefato causava. Além de Fenix de Cinzas, que garante um clock insistente e recursivo, o deck não ganhou mais nada de Theros. Só que essas duas cartas mudaram-no da água para o vinho,tornando o Mono Red capaz de competir por camadas mais simples de interação/bloqueadores/ganho de vida, e exige do oponente capacidade de "virar a chavinha" rápido caso consiga estabilizar a agressão inicial.

 

A estrutura de ambos Azorius Control e Mono Red Aggro acabaram por, de certa forma, desbancar outros arquétipos similares no Standard. Afinal, o Azorius consegue responder quase tudo da mesma maneira que outros controles de outras cores, mas tendo muito mais consistência na base de mana, contando desde com mais terrenos desvirados até a utilidade de Castelo do Vale Arden, Castelo de Vantreza e Campo da Ruina.


Mesmo a adição de preto para cards como Juramento de Kaya e Dissolucao do Pensamento acabam por não justificarem-se, com azul+branco oferecendo alternativas similares em Luz Banidora e Veto de Dovin, além de outras interações. Até em termos de finalização, o duo de Arrasta-sonhos com Elspeth Derrota a Morte costumam ser o suficiente para fechar o caixão de um oponente exaurido de recursos.


Já o Mono Red agregou o potencial Brasolamina dos Gruul Aventuras e Rakdos Knights do formato anterior, mas agora com uma base de mana indolor e consistente, que permite de fato utilizar todas as manas nos turnos iniciais e com drops 1-2-3 de power level similar aos decks de duas cores, além de um sideboard que não deixa a desejar em termos de opções para abranger o metagame.

 

Temur Reclamation THB
5922 visualizações
07/02/2020
R$ 1.548,15
R$ 2.133,68
R$ 2.901,28
5922 visualizações
07/02/2020
Visualização:
Padrão
Cor
Custo
Raridade
Visual
CMC
Comprar Deck
Criaturas (9)
4  Caloteiro Descarado // Pequeno Furto    //   99,75
2  Gadwick, o Enrugado    1,42
3  Uro, Titã da Ira da Natureza   106,07
Mágicas (16)
4  Espiral de Crescimento  0,15
4  Intervenção de Tassa   4,36
4  Ira da Tempestade   3,00
4  Expansão // Explosão  //     2,49
Encantamentos (8)
4  Augúrio do Mar  0,18
4  Reconquista da Natureza  2,80
Terrenos (27)
4  Bueiros de Vapor44,99
2  Castelo de Vantreza8,49
4  Charco da Procriação59,00
2  Floresta0,00
2  Ilha0,00
1  Montanha0,00
2  Passagem Fabulosa49,99
4  Solo Pisoteado32,95
3  Templo da Epifania7,00
1  Templo do Abandono2,50
2  Templo do Mistério6,40
60 cards total

Sideboard (15)
3  Fogo Dracônico Escaldante  0,05
2  Frigir  4,75
1  Negar  0,05
2  Piro-hélice de Chandra  0,05
3  Rajada de Éter  10,80
3  Disputa Mística  9,89
1  Niv-Mizzet, Parun      3,29

 

Logo atrás de ambos Aggro e Control, temos o representante Combo do formato: o Temur Reclamation. A combinação de Expansao // Explosao com Reconquista da Natureza é uma velha conhecida desde Lealdade, porém Theros foi capaz de preencher várias lacunas que o baralho apresentava e que não o deixavam ser tão competitivo frente outras opções do metagame.


Intervencao de Tassa começa sendo a interação perfeita para um deck que quer rodar a própria "engine", ou seja, focado em desenvolver o seu próprio jogo. Um dos problemas que o Temur possuía era a necessidade de jogar com alguma interação como Sabotagem Sinistra ou Disputa Mistica ainda no Main Deck, só que correndo o risco de pifar o combo caso acabasse encontrando alguma dessas cartas na hora que tinha as Reconquista da Natureza  em jogo turbinando as manas. A natureza modal da nova instantânea azul corrige com maestria esse defeito.


Ira da Tempestade resolve o problema com os Aggros, especialmente os maiores que apostavam em Fera das Demandas, Quebra-magicas Gruul e outros bichos mais parrudos que sobreviviam ao Varrer com as Chamas. O fato de não ser morta contra Controle, matando também planeswalkers incômodos como Teferi e Narset também conta muitos pontos em favor da global vermelha de Theros.


Outras ferramentas mais simples, como Augurio do Mar e Uro, Tita da Ira da Natureza ajudaram na consistência do baralho, cavando fundo por peças-chave no deck e acelerando as manas para jogadas mais pesadas. O Uro também ajuda a manter a vida saudável contra decks agressivos, notadamente o Mono Red e variações de Sacrifice, já que muitas vezes o Temur podia acabar perdendo para dano direto depois de estabilizar. O legendário Titã Simic também é um ótimo plano B contra os decks interativos que tentam trocar 1x1 e exaurir o Reclamation de recursos.

 

Os três baralhos acima atualmente são as melhores opções do Standard, e embora não sejam as únicas, são escolhas sólidas em cada um dos macroarquétipos principais do jogo (Control, Aggro, Combo) agradando vários perfis de jogadores que estejam interessados em uma "arma" para a próxima semana de grind, assim como é uma certeza que estarão bem representados durante o Mundial nesse final de semana.


Isso não quer dizer, também, que sejam as únicas opções. Rakdos Aristocrats enquanto aggro de sinergia, Simic Ramp como o ramp da vez, além de outros decks menos representados, porém presentes, como os "sobreviventes" Jeskai Fires, Jund Sacrifice e Gruul Adventures, além dos novos Mono Black Devotion e Mono White Life são algumas das estratégias que estão marcando presença no online, e que podem ser opções fortes na mão dos pilotos corretos, e certamente devem ser ao menos levados em consideração na hora de elaborar um sideboard e estratégias para atacar o metagame.


E quanto a vocês, leitores, também enxergam o metagame se afunilando mais nesses baralhos? Qual deles vocês preferem? Acreditam que algum outro baralho fora "do trio" vá se destaca mais? E quais as apostas para o Mundial? Deixem suas opiniões nos comentários!

 

Abraços e até a próxima!

Cards Store - Patrocinador Oficial LigaMagic Bolts
Cards of Paradise - Patrocinador Oficial LigaMagic Bolts
Epic Game - Patrocinador Oficial LigaMagic Bolts
Matheus Akio Yanagiura ( sandoiche_13)
Matheus Akio Yanagiura, mais conhecido como Sandoiche, começou a jogar em 2003, em Flagelo. Está sempre na vida do grind dos torneios, com destaque para o título do CLM 10 Modern, o maior realizado até então, e o Top 16 no Grand Prix São Paulo 2018. É um entusiasta do Magic competitivo e totalmente dedicado à produção de conteúdo referente ao jogo, publicando artigos periodicamente desde 2012, colaborando para o Blog da LigaMagic desde 2015 e atualmente produz vídeos em seu canal no YouTube Sandoiche's Grind e streama ao vivo regularmente na Twitch.
Redes Sociais: Facebook, Twitter
Comentários
Ops! Você precisa estar logado para postar comentários.
(Quote)
- 11/02/2020 16:00
ótimo artigo!
(Quote)
- 11/02/2020 14:34
Tenho conseguido bons matches jogando de BW Doom Foretold, principalmente contra RDW e UW Contol. Esper Control tb e uma opcao viável, gosto mais desse deck do que do UW Control. Temur é meu queridinho.
(Quote)
- 11/02/2020 11:49
Depois que temur parou de usar Niv Mizzet de main deck, monoblue está muito forte
super aposto nesse deck, por mais que não tenha ganhado absolutamente nada em theros
(Quote)
- 10/02/2020 20:49
Acredito que os Challenger Decks vão ser nessa linha aí... Com mais um Rakdos sacrifice... Além do Golgari Aventuras no lugar do Reclamation...
(Quote)
- 10/02/2020 17:56

Além da explicação dos colegas, acredito que o esper precisava principalmente da Ira de Kaya, mas veio o Estilhaçar o céu ocupar o lugar e exigindo apenas 1 cor.

Últimos artigos de Matheus Akio Yanagiura
O Keep que Valeu o Mundo
Sandoiche analisa vários dos pontos e situações que envolviam a decisão tomada por Márcio Carvalho durante o segundo game do quarto match na final do Mundial
7.966 views
O Keep que Valeu o Mundo
Sandoiche analisa vários dos pontos e situações que envolviam a decisão tomada por Márcio Carvalho durante o segundo game do quarto match na final do Mundial
7.966 views
Há 4 dias — Por Matheus Akio Yanagiura
A Fórmula do Controle Atualmente
Os decks Controle de alguns anos para cá compartilham algo que os "clássicos" de antigamente não tinham...
9.615 views
A Fórmula do Controle Atualmente
Os decks Controle de alguns anos para cá compartilham algo que os "clássicos" de antigamente não tinham...
9.615 views
Há 11 dias — Por Matheus Akio Yanagiura
Nissa Segue Reinando
Theros chegou com novidades para várias estratégias diferentes,... mas quem segue reinando é a Nissa!
9.680 views
Nissa Segue Reinando
Theros chegou com novidades para várias estratégias diferentes,... mas quem segue reinando é a Nissa!
9.680 views
Há 25 dias — Por Matheus Akio Yanagiura
Theros Além da Morte no Modern
Theros Além da Morte chega com cards interessantes para várias estratégias no Modern
8.583 views
Theros Além da Morte no Modern
Theros Além da Morte chega com cards interessantes para várias estratégias no Modern
8.583 views
27/01/2020 10:05 — Por Matheus Akio Yanagiura
Theros vem para sacudir o Standard
Muitos viam o Standard pré-Theros como estagnado ou resolvido, mas depois de alguns poucos dias de jogo a edição vem com tudo para sacudir o formato!
10.470 views
Theros vem para sacudir o Standard
Muitos viam o Standard pré-Theros como estagnado ou resolvido, mas depois de alguns poucos dias de jogo a edição vem com tudo para sacudir o formato!
10.470 views
20/01/2020 10:05 — Por Matheus Akio Yanagiura