Load or Cast
Apenas Twin Pode nos Salvar
Porque desbanir o combo pode melhorar o Modern
03/03/2020 18:05 - 16.135 visualizações - 113 comentários
Load or Cast

Estamos em uma nova era do Magic, agora as banlists não saem em datas pré-definidas (basicamente coladas à lançamento de edições). Agora as banlists dependem em muito do feeling da Wizards de que temos problemas e que algo precisa ser feito. Esse sistema é bom, quando pensando em situações de bans óbvios, como era o ambiente Standard com Oko, Ladrao de Coroas, mas cria uma certa instabilidade financeira, já que o martelo virá sem o mercado estar preparado para ele, gerando um certo nervosismo.


Como primeiro ban dessa nova era, começamos com esse aviso da Wizards of the Coast a partir da sua conta oficial no Twitter:



Ok, então será assim, uma semana antes podemos começar a especular o que será banido e quem sabe prever um possível movimento.


No geral, Pioneer e Modern podem discutir mudanças, é a primeira banlist após os Regional Players Tour e todos viram Inverter e Brach fazerem muito no Pioneer, então os alvos, no geral, estão nesses combos. No Modern, é um consenso que Amulet Titan é muito bom e que o metagame está dividido entre Titan decks x anti-tiitan decks, o que torna uma série de decks inviáveis. Outro ponto seriam cartas como Era Uma Vez e Veu do Verao, banidas em diversos formatos e que podem deixar mais esse.


A solução mais fácil seria, banir Once e Véu, e algo do Amulet, seja o próprio amuleto, seja Campo dos Mortos, seja mesmo o Tita Primordial.


O problema é que sempre que você bane algo, você começa uma série de ações dos jogadores, que podem culminar, inclusive, em falta de confiança e deixar o jogo. O ban é acima de tudo uma ação violenta e não natural, ela tira um card de circulação de maneira virtual, mas não dá nada em troca àquele que tinha o card, fazendo assim com que a posse do objeto vire um lembrete de que algo foi gasto e jogado fora. Tem quem defenda uma espécie de “nerf” nas cartas, mas a simples ideia de fazer isso em cards físicos beira o “terraplanismo” do Magic e prefiro nem me dar ao trabalho de discutir.


Até porque, no caso do Modern, existem outras saídas, como por exemplo, o unban e especialmente nesse caso, é onde vejo a salvação para este formato que teremos que jogar no Grand Prix São Paulo.


Splinter Twin é um dos decks do nascimento do Modern, ele chegou a ser válido no Standard enquanto combo, mas foi no Modern que se consagrou, sendo inclusive o deck vencedor do primeiro Pro Tour do formato, que aconteceu na Filadélfia, EUA.

 

UR Twin
Por Ruda
10779 visualizações
03/03/2020
R$ 2.575,97
R$ 4.042,29
R$ 8.725,50
10779 visualizações
03/03/2020
Visualização:
Padrão
Cor
Custo
Raridade
Visual
CMC
Comprar Deck
Criaturas (11)
2  Desprezador de Mágica 21,84
3  Chatonilda  0,50
4  Exarca Enganador  0,25
2  Kiki-Jiki, o Estilhaçador de Espelhos    46,50
Mágicas (22)
2  Pacto de Negação 59,90
2  Delir 0,25
4  Ponderar 5,99
4  Preordenar 13,99
1  Raio 8,50
1  Truque de Mãos 1,76
4  Aprisionar  6,50
1  Cardume Desintegrador   4,66
3  Esguicho de Fogo  0,68
Encantamentos (4)
4  Gêmea Estilhaçadora   44,90
Terrenos (23)
3  Bueiros de Vapor35,00
1  Charco da Procriação64,32
3  Floresta Tropical Nebulosa210,00
5  Ilha0,00
4  Lago Alpino Fervente190,00
3  Montanha0,00
4  Ribanceiras da Cascata21,49
60 cards total

Sideboard (15)
2  Explosivos Fabricados 42,08
2  Raio 8,50
2  Desprezador de Mágica 21,84
1  Desprover  13,50
2  Rancor Antigo  0,20
2  Desmembrar   4,00
1  Facção Vendilion   36,99
3  Lua Sangrenta  55,00


Por que é tão bom? Apenas duas cartas resolvem tudo. Se meu oponente tiver resposta, tudo bem, caso ele não tenha, eu venço o jogo. É simples, é prático e vence com uma consistência assustadora, inclusive determinou por muito tempo que o Modern era um “formato de turno 4”, porque nesse turno ou você tem algo, ou perdeu para um exército de criaturas.


Acima de tudo, Twin definia que todo deck devia saber respondê-lo, você não podia sair de casa sem respostas para essa estratégia.


Inclusive, o deck evoluiu e achou novas casas, como Grixis Twin, uma versão mais controle do deck e o Tarmo Twin, deck tempo-combo que podia vencer sem combar, apenas batendo com Tarmogoyf e abrindo caminho com a Chatonilda.


Grixis Twin
Por Ruda
10821 visualizações
03/03/2020
R$ 3.118,71
R$ 4.610,54
R$ 13.895,65
10821 visualizações
03/03/2020
Visualização:
Padrão
Cor
Custo
Raridade
Visual
CMC
Comprar Deck
Criaturas (12)
4  Mago da Conjuração-relâmpago  168,00
2  Chatonilda  0,50
4  Exarca Enganador  0,25
2  Facção Vendilion   36,99
Mágicas (21)
2  Cilada Mágica 3,70
2  Delir 0,25
1  Purgar Pensamento 0,45
4  Raio 8,50
4  Visões do Soro 4,99
4  Aprisionar  6,50
2  Desmembrar   4,00
2  Comando Críptico    64,99
Encantamentos (4)
4  Gêmea Estilhaçadora   44,90
Terrenos (23)
2  Bueiros de Vapor35,00
4  Cascata de Enxofre8,10
1  Cripta de Sangue36,00
4  Delta Poluído83,00
1  Floresta Tropical Nebulosa210,00
4  Ilha0,00
4  Lago Alpino Fervente190,00
1  Montanha0,00
1  Pântano0,00
1  Túmulo Aquático39,99
60 cards total

Sideboard (15)
2  Capturar Pensamento 100,00
1  Desprezador de Mágica 21,84
1  Piroclasma  0,15
2  Comando de Kolaghan   45,00
1  Desmembrar   4,00
1  Fúria dos Deuses   6,72
2  Lua Sangrenta  55,00
2  Queranos, Deus das Tempestades   22,90
3  Tasigur, a Presa de Ouro  1,98


Tarmo Twin
Por Ruda
10791 visualizações
03/03/2020
R$ 3.401,23
R$ 5.005,28
R$ 10.375,77
10791 visualizações
03/03/2020
Visualização:
Padrão
Cor
Custo
Raridade
Visual
CMC
Comprar Deck
Criaturas (15)
4  Mago da Conjuração-relâmpago  168,00
4  Tarmogoyf  139,90
4  Exarca Enganador  0,25
1  Krasis Saltador   0,20
2  Mestre de Caça da Derrubada   13,90
Mágicas (19)
2  Cilada Mágica 3,70
2  Perfurar Mágica 0,30
4  Raio 8,50
4  Visões do Soro 4,99
4  Aprisionar  6,50
1  Calcinar  0,23
2  Comando Críptico    64,99
Encantamentos (3)
3  Gêmea Estilhaçadora   44,90
Terrenos (23)
2  Bueiros de Vapor35,00
2  Cascata de Enxofre8,10
1  Charco da Procriação64,32
2  Contraforte Arborizado63,48
1  Delta Poluído83,00
1  Farol Desolado0,69
1  Floresta0,00
4  Floresta Tropical Nebulosa210,00
4  Ilha0,00
2  Lago Alpino Fervente190,00
1  Montanha0,00
1  Porto do Interior15,11
1  Solo Pisoteado31,49
60 cards total

Sideboard (15)
2  Delir 0,25
1  Calcinar  0,23
1  Desprezador de Mágica 21,84
1  Negar  0,03
2  Piroclasma  0,15
2  Rancor Antigo  0,20
1  Estatimago Izzet   0,29
2  Lua Sangrenta  55,00
1  Queranos, Deus das Tempestades   22,90
2  Thragueopresa  1,75


Twin foi banido dia 18 de Janeiro de 2016 e o Modern nunca mais foi o mesmo. Twin tinha uma função que Force of Will tem no Legacy, controlar decks completamente all in, decks que queria ignorar completamente o oponente ou simplesmente fazerem locks prison bizarros, tudo isso perdia para Twin porque o plano é um canhão de vidro que odeia ficar mais fraco por precisar usar interações.


Mais do que isso, saber interagir é uma barreira necessária para o Magic ser competitivo. Não estou falando apenas de remoções, counters e descartes, fazer bons combates é uma ótima maneira de interagir com o seu oponente, quando Magic deixa de ser sobre “tenho essas cartas na mão e gg” e começa ser sobre “eu posso fazer algo, mas ele também, e preciso pensar o quanto estou me abrindo”, é quando ele cresce como jogo e criar novos desafios.


Pensando no Twin hoje em dia, temos um sério problema com Titans decks que vão até o topo com grande facilidade e que são difíceis de serem parados, devido à sua grande resiliência e redundância. E isso já aconteceu antes, Tron sempre foi um deck que desafiava à todos com essas mesmas características, mas que tinha uma pedra no sapato chamada “combar”, forçá-lo a correr atrás de alguém que possa ser melhor que seu plano de rampar e fazer big spells incomodava muito e deixava o deck em cheque, assim como pode acontecer com qualquer big mana voltado em fazer goldfish todo jogo.


Mais do que isso, por deixar decks big mana mais lentos e preocupados, o Twin abre espaço para fair decks, porque eles conseguem punir um combo muito bem, com suas várias interações e criam um ambiente pedra-papel-tesoura saudável. É possível jogar grande, jogar justo e jogar injusto. Tudo isso no mesma ambiente, mas de uma maneira controlada.


Na história recente do Modern, decks como Hogaak seriam parados por combos com bons planos, toda vez que um deck vinha muito focado em seu próprio jogo, ele seria parado por Twin, a fun police.


Defender um bom combo no formato, acima de tudo, defende sua diversidade e competitividade, um Grand Prix São Paulo com jogadores aproveitando melhor o formato, passa por alguém fazendo o trabalho sujo e colocando várias cópias da mesma carta em jogo.


Até mais!


Ruda

Rudá Andrade dos Reis ( Ruda)
Aficionado por decks azuis agressivos, mas que não dispensa um bom Siege Rhino nas horas vagas, está no Magic desde 2003, em Flagelo.
Redes Sociais: Facebook, Twitter
Comentários
Ops! Você precisa estar logado para postar comentários.
(Quote)
- 10/03/2020 11:38

BINGO ! tks !

(Quote)
- 10/03/2020 11:13

Não só chegará e quando estiver próximo adivinha o que vai acontecer? Um novo formato será criado.

(Quote)
- 10/03/2020 11:09
Desbanimento de Twin mais um hype criado para algum lucrar em cima. Coitado de quem correu para comprar sonhando.
(Quote)
- 10/03/2020 10:59

pelo que entendi não é que ele discorde do artigo. é que o artigo se tornou inutil ja que as "previsões" não se concretizaram

(Quote)
- 10/03/2020 08:32

Bora abrir uma lojinha ?

Últimos artigos de Rudá Andrade dos Reis
O Beijo do Sol das Planícies
Abordando o White Winnie Standard após o lançamento de M21
7.340 views
O Beijo do Sol das Planícies
Abordando o White Winnie Standard após o lançamento de M21
7.340 views
Há 19 dias — Por Rudá Andrade dos Reis
Fogo que Arde sem se Ver
Jeskai Fires no Pioneer
4.353 views
Fogo que Arde sem se Ver
Jeskai Fires no Pioneer
4.353 views
09/06/2020 10:05 — Por Rudá Andrade dos Reis
Heliod e sua guitarra, ratatatá!
UW Devotion no Pioneer
4.789 views
Heliod e sua guitarra, ratatatá!
UW Devotion no Pioneer
4.789 views
26/05/2020 10:05 — Por Rudá Andrade dos Reis
Novas Listas de Pioneer Pós-Ikoria
Como o formato se adaptou às novidades.
9.389 views
Novas Listas de Pioneer Pós-Ikoria
Como o formato se adaptou às novidades.
9.389 views
12/05/2020 10:05 — Por Rudá Andrade dos Reis
Pablo, qual é a música?
Explorando Canção da Criação no Modern
5.992 views
Pablo, qual é a música?
Explorando Canção da Criação no Modern
5.992 views
21/04/2020 10:05 — Por Rudá Andrade dos Reis