Load or Cast
Aperte o Botão Vermelho
Um Guia do Mono Red no Standard
10/03/2020 18:05 - 7.375 visualizações - 13 comentários
Load or Cast

Mono Red tem sido uma constante no Standard, faz um bom tempo que não temos um formato sem ao menos algum representante desse arquétipo, independente se estamos falando de um deck tier 1 ou não.


O fato é que a estratégia tem conseguido algumas boas bandeiras para construir em volta e com essas cartas tem sido possível fazer um bom deck agressivo e que tenha um alcance.


Aqui já faço uma ressalva importante, o RDW, ou Red Deck Wins, é um deck que usa apenas a cor vermelha, que tem uma estratégia agressiva e usa uma série de criaturas, com alguns burns como suporte, que fazem as vezes de remoção e de alcance. É importante categorizar para não confundir com um Burn, um arquétipo mais próximo ao combo e que usa uma quantidade grande de mágicas de dano direto, as criaturas deste arquétipo estão em menor número e dão suporte aos burns, sendo na verdade uma espécie de “dano direto” elas também.


Atualmente o Standard vive uma época de grande diversidade e tem sim um bom RDW, conseguindo uma boa combinação de criaturas para que ele tenha sempre uma mesa preponderante.


Alguns destaques:



O campeão é importante porque na estratégia do RDW você precisa propor o jogo, jogar para vencer. Iniciativa é muito importante aqui porque ela te permite sempre agir em resposta ao oponente, com o back up de burns e Cavaleiro de Rochabeira // Carga do Pedregulho, o Campeao Fervoroso se torna uma criatura realmente complicada de lidar em combate, fazendo dele um para-raio de remoções.

 



Ímpeto é uma das habilidades que mais te dá tempo advantage e tem uma quantidade absurda de games que eu simplesmente vou vencer empurrando muito dano em pequenas janelas, essa carta faz isso muito bem. E principalmente, ela tem potencial de gerar card advantage enquanto empurra dano, o que a torna muito irritante para decks como UW Control, que odeiam ter que responder um Ursos Cinzentos, abrindo espaço para o próximo drop.

 



A última adição ao RDW e provavelmente a carta que mais gosto do deck. Anax, Temperado na Forja é uma carta que chama a remoção para si, mas acima de tudo é um Time Walk no oponente, você não precisa de Ímpeto para gerar tempo quando faz Anax um turno antes da cólera e atrasa seu oponente, e todo jogador de Mono Red sabe que esse turno extra é importante para vencer partidas. Anax, Temperado na Forja é um monstro na mesa e uma bala de prata contra a principal interação que trazem versus RDW, matar criaturas.


Decklist:


RDW
Por Ruda
4943 visualizações
05/03/2020
R$ 287,95
R$ 498,73
R$ 2.203,98
4943 visualizações
05/03/2020
Visualização:
Padrão
Cor
Custo
Raridade
Visual
CMC
Comprar Deck
Criaturas (29)
4  Campeão Fervoroso 2,49
4  Cuspidor Chamuscante 0,05
3  Cavaleiro de Rochabeira // Carga do Pedregulho  0,05
4  Ladrão dos Ricos  24,00
4  Vapóreo em Fuga  0,90
4  Anax, Temperado na Forja   0,45
4  Gigante Esmaga-ossos // Pisar  5,99
2  Torbran, Tano de Lapa Vermelha    4,00
Mágicas (5)
2  Choque 0,05
3  Iluminar o Palco  2,89
Artefatos (4)
4  Brasolâmina   28,01
Terrenos (22)
4  Castelo de Brasoreth3,00
18  Montanha0,00
60 cards total

Sideboard (15)
3  Embate com Barretes Vermelhos 0,09
4  Amoque Desacorrentado  0,10
4  Hélice de Lava  0,45
2  Chandra, Acólita da Chama   4,00
2  Tibalt, Instigador Dissoluto  0,50


Essa tem sido a lista que tenho usado, no geral eu acho ela bem padrão, mas tem algumas escolhas que gostaria de comentar.


● Apenas dois Torbran, Tano de Lapa Vermelha e quatro Brasolamina. Por mais que Torbran seja uma das melhores criaturas do deck, eu considero que ter muitas cartas de custo alto com 22 lands não é uma boa, com 2 dele e 4 Brasolâmina eu já tenho 6 slots para as cartas “finisher” do baralho, eu preciso das cartas que “empurram 12 de dano”, mas do que as que “empurram 8”, então uso mais slots para quem empurra uma quantidade de dano nos primeiros turnos. Esse deck não tem muito alcance, já que usa poucos burns, essas cartas pesadas são justamente quem me dá essa possibilidade e eu preciso ter uma mesa específica para que elas façam o dano letal, é como uma base de uma pirâmide. Usar mais equipamentos do que anões é simplesmente porque o artefato quebra mesas travadas, enquanto que o anão apenas me ajuda a explodir minha mesa versus a do oponente, como uma onda contra um dique e o que eu quero é que a onda ultrapasse a barreira.


● Duas cópias de Choque. A grande quantidade de mirrors tem sido uma constante nas ligas do Magic Online e era preciso fazer algo sobre isso. O Sandoiche sugeriu Helice de Lava, já que é uma das cartas que subimos pós side na mirror e que resolve uma série de outros problemas e eu até acho essa análise boa, mas Choque também quebra em muito a mirror, resolvendo a match com tempo advantage e pela sua completa ausência no competitivo, também surpreende em pequenas matchs.


● Três cópias de Iluminar o Palco. Eu gosto dessa carta e entendo que muitas matchs de atrito são vencidas por cópias dessa carta, mas odeio que elas venham em grande quantidade, travando completamente minhas chances de aproveitar todas as cartas reveladas e tornando ela menos uma fonte de card advantage e mais de card quality.


PARTIDAS:


Mirror


O Game 1 é bem diferente dos jogos pós side, aqui sair rápido e colocar Anax, Temperado na Forja são importantíssimos, além da Brasolamina, claro. Mas por ter poucas remoções no primeiro jogo, temos mais um duelo de White Winnies do que uma tradicional mirror de Mono Red, ou seja, é sobre mesa e menos sobre remoções. Pós side a coisa muda, ganhamos mais remoções e fica mais um duelo de card advantage e jogar com calma é importantíssimo.


Side in:     
+4 Lava Coil, +3 Redcap Melee
Side Out:
-4 Rimrock Knight // Boulder Rush , - 1 Runaway Steam-Kin, -2 Scorch Spitter (na draw)
-4 Rimrock Knight // Boulder Rush, - 2 Runaway Steam-Kin, -1 Scorch Spitter (na play)

 

Temur Clover


Essa partida é realmente ruim, as interações dele com Clover na mesa geram muito tempo e ter Lovestruck Beast de main atrapalha bastante. A melhor dica é explodir em ambos os jogos e não dar tempo, outra seria usar algumas cópias de Quebra-Escudos de Brasoreth no side e punir oponentes que jogam de maneira pouco segura.


Side in: +1 Lava Coil, +3 Redcap Melee
Side Out: -4 Gigante Esmaga-ossos // Pisar
 

Bant Midrange


Uro decks são parecidos, mas a vantagem versus o Bant é que ele tem poucas interações de ealy game boas no G1 e podemos fazer pressão muito bem. Pós side é deus no céu e Amoque Desacorrentado na terra.


Side in: +4 Amoque Desacorrentado., +2 Chandra, Acolita da Chama, +2 Tibalt, Instigador Dissoluto
Side Out: -4 Gigante Esmaga-ossos // Pisar, -2 Ladrao dos Ricos , -2 Choque


UW Control


Velocidade é a palavra nessa match, seja pré, seja pós side. Anax, temperado na Forja, é, como já citei, a carta que faz timewalks nos oponentes, use-o de maneira inteligente.


Side in: +4 Amoque Desacorrentado., +2 Chandra, Acolita da Chama, +2 Tibalt, Instigador Dissoluto
Side Out: -4 Gigante Esmaga-ossos // Pisar, -2 Vaporeo em Fuga, -2 Choque

 

Sultai Midrange


A match é parecida com a do Bant, mas eles tem mais interações tornando nosso Anax mais importante. No entanto, eles exilam menos.


Side in: +2 Chandra, Acolita da Chama, +2 Tibalt, Instigador Dissoluto
Side Out: -2 Gigante Esmaga-ossos // Pisar, -2 Choque


Jeskai Fires


Essa match era bem complexa antes de Anax, mas o semideus resolveu ela muito bem fazendo com que dois clarins sejam necessários para controlar a partida. No pós side subimos basicamente cartas que mantém criaturas /4 e sem medo de usar um Embate com Barretes Vermelhos em uma criatura não-vermelha. O importante é abrir caminho e empurrar dano.


Side in: +4 Lava Coil, +3 Redcap Melee
Side Out: -4 Gigante Esmaga-ossos // Pisar, -2 Choque, 1 Vaporeo em Fuga

-


Até mais!
Ruda

Rudá Andrade dos Reis ( Ruda)
Aficionado por decks azuis agressivos, mas que não dispensa um bom Siege Rhino nas horas vagas, está no Magic desde 2003, em Flagelo.
Redes Sociais: Facebook, Twitter
Comentários
Ops! Você precisa estar logado para postar comentários.
(Quote)
- 21/03/2020 16:58
Massa que no guia de side voce diz pra tirar 4 cavaleiros de rochabeira mas na tua lista só tem 3 kkk
(Quote)
- 14/03/2020 02:33

Já tem algumas versões usando, no mirror ela é um dos MVPs

(Quote)
- 14/03/2020 00:51

Acho a Fênix de Cinzas uma baita carta no Red. Acho que não foi descoberta ainda, sei lá. O Ladrão dos Ricos demoraram pra descobrir também.

(Quote)
- 12/03/2020 10:01

sqn

(Quote)
- 12/03/2020 08:28
Monored, desde sempre, é aquele deck que tá na área só pra zonear o meta e semear o caos: acaba derrubando decks favoritos, matando os outros de raiva mas, no final, nunca vira campeão.
Últimos artigos de Rudá Andrade dos Reis
O Beijo do Sol das Planícies
Abordando o White Winnie Standard após o lançamento de M21
7.340 views
O Beijo do Sol das Planícies
Abordando o White Winnie Standard após o lançamento de M21
7.340 views
Há 19 dias — Por Rudá Andrade dos Reis
Fogo que Arde sem se Ver
Jeskai Fires no Pioneer
4.352 views
Fogo que Arde sem se Ver
Jeskai Fires no Pioneer
4.352 views
09/06/2020 10:05 — Por Rudá Andrade dos Reis
Heliod e sua guitarra, ratatatá!
UW Devotion no Pioneer
4.780 views
Heliod e sua guitarra, ratatatá!
UW Devotion no Pioneer
4.780 views
26/05/2020 10:05 — Por Rudá Andrade dos Reis
Novas Listas de Pioneer Pós-Ikoria
Como o formato se adaptou às novidades.
9.389 views
Novas Listas de Pioneer Pós-Ikoria
Como o formato se adaptou às novidades.
9.389 views
12/05/2020 10:05 — Por Rudá Andrade dos Reis
Pablo, qual é a música?
Explorando Canção da Criação no Modern
5.992 views
Pablo, qual é a música?
Explorando Canção da Criação no Modern
5.992 views
21/04/2020 10:05 — Por Rudá Andrade dos Reis