Load or Cast
A Força dos Midramps
Ramp e Midrange são dois dos principais arquétipos do Magic, com suas próprias forças e fraquezas. Entretanto, no atual Standard de Theros, eles se combinaram em um só estilo de deck para dominar o metagame: os Midramps.
30/03/2020 18:05 - 4.862 visualizações - 7 comentários
Load or Cast

Olá! Nessas últimas semanas de Standard, um arquétipo em particular subiu bastante nas fileiras das ranqueadas e dos torneios online: o UGx Midramp, composto pelas estratégias Bant Midramp e Sultai Midramp.


O que torna esses baralhos bastante poderosos, resilientes e capazes de se adaptar ao restante do metagame é por conseguir fundir de maneira fluída dois outros estilos de decks bem icônicos, o Ramp e o Midrange. Seu esqueleto é composto por Espiral de Crescimento, Uro, Tita da Ira da Natureza, Nissa, Abaladora do Mundo e Krasis Hidroide, e a terceira cor complementa com interação forte (Teferi, Manipulador do Tempo, Elspeth Derrota a Morte e Estilhacar o Ceu para o branco, Dissolucao do Pensamento, Baixas de Guerra e Escarnio do Tirano para o preto). A combinação entre o melhor que o formato tem a oferecer em termos de jogadas fortes proativas para punir oponentes que jogam de forma demasiada cautelosa junto das interações extremamente punitivas quando "pagam para ver" é justamente o que torna esses baralhos tão difíceis de serem atacados por ângulos mais "normais".


De maneira prática, um Mono Red Aggro pode ir para cima com todas as forças, despejando criaturas na mão, e acabar punido com uma remoção global. Só que esperar demais, fazendo a contenção de criaturas na mão para voltar do global pode ser punitivo no caso de uma sequência de Espiral para Nissa virando a corrida do dano. Já baralhos que poderiam ir "por cima", como o Azorius Control e Jeskai Fires, acabam sofrendo com o aspecto Ramp, que permite aos Midramps fazer jogadas fortes acima da curva, e ainda mais crítico, ser capaz de "dobrar a jogada" com uma ameaça enquanto mantém uma interação como Rajada de Eter ou Disputa Mistica aberta.


Apresentações feitas, vamos às listas. A primeira é a Bant Midramp que tenho como "testada e aprovada", e que venho evoluindo desde o mês passado partida após partida. Nessa caminhada, consegui a "Tríplice Coroa" em torneios online, sendo campeão do 1° Torneio MTG LGBT+, do Lendas do Magic BR e da Brazil Creators Cup 2020, sendo ela a utilizada nesse último evento:

 

Bant Midramp
3261 visualizações
26/03/2020
R$ 2.046,48
R$ 2.755,05
R$ 3.996,71
3261 visualizações
26/03/2020
Visualização:
Padrão
Cor
Custo
Raridade
Visual
CMC
Comprar Deck
Criaturas (13)
2  Herbívoro Arbóreo 0,25
2  Cavaleira do Outono   9,85
4  Krasis Hidroide   44,99
3  Uro, Titã da Ira da Natureza   165,00
2  Arrasta-sonhos     6,50
Planeswalkers (9)
4  Teferi, Manipulador do Tempo   114,90
1  Tamiyo, Colecionadora de Histórias   4,80
4  Nissa, Abaladora do Mundo   34,88
Mágicas (6)
4  Espiral de Crescimento  0,15
2  Estilhaçar o Céu   2,89
Encantamentos (3)
3  Elspeth Derrota a Morte   7,00
Terrenos (29)
4  Charco da Procriação68,00
3  Floresta0,00
4  Fonte Santificada32,00
1  Ilha0,00
4  Jardim do Templo32,00
2  Passagem Fabulosa25,90
2  Planície0,00
2  Templo da Fartura3,27
2  Templo da Iluminação2,96
4  Templo do Mistério3,00
1  Zona de Explosão20,69
60 cards total

Sideboard (15)
3  Decreto dos Devotos  0,21
1  Féretro de Vidro  0,20
3  Rajada de Éter  2,99
2  Veto de Dovin  2,69
3  Disputa Mística  4,48
1  Estilhaçar o Céu   2,89
1  Tolsimir, Amigo dos Lobos    0,57
1  Agente da Traição   49,99

 

Contando com cartas relativamente fracas como Herbivoro Arboreo, que são focadas no plano Ramp genérico, além de uma certa versatilidade ainda no G1 ao contar com Cavaleira do Outono e Tamiyo, Colecionadora de Historias, que nem sempre são boas em partidas específicas mas ajudam a sair de situações fora da curva, essa é uma ótima base para participar de um torneio aberto ou de uma sequência no grind ranqueado (inclusive, vários dos seguidores/inscritos no canal da Twitch conseguiram bastante sucesso por lá com ela!).

 

A combinação de remoções efetivas, um sideboard abrangente e claro o "saída livre da prisão" Arrasta-sonhos para resolver qualquer parada adiciona um nível de poder extremamente alto, além de ter chances de ganhar de qualquer outro baralho no metagame com uma abertura forte, independente de ser uma matchup ruim.


Entretanto, conforme o próprio Bant foi ficando mais popular, afastando os Aggros do formato e o metagame afunilando mais, a versão Sultai ganhou mais e mais força nas costas, principalmente, de Baixas de Guerra. A lista a seguir foi utilizada pelo colega de time da LigaMagic Bolts Lucas Caparroz para um 6-0 no Classificatório do Magic Fest Online:

 

Sultai Midramp
3282 visualizações
26/03/2020
R$ 1.822,80
R$ 2.468,42
R$ 3.568,83
3282 visualizações
26/03/2020
Visualização:
Padrão
Cor
Custo
Raridade
Visual
CMC
Comprar Deck
Criaturas (14)
4  Krasis Hidroide   44,99
4  Uro, Titã da Ira da Natureza   165,00
2  Polucrano, Desacorrentado   5,95
4  Cavaleiro dos Espinhos    23,37
Planeswalkers (3)
3  Nissa, Abaladora do Mundo   34,88
Mágicas (15)
2  Dissolução do Pensamento  1,93
3  Escárnio do Tirano  0,49
4  Espiral de Crescimento  0,15
3  Rajada de Éter  2,99
3  Baixas de Guerra     7,90
Terrenos (28)
4  Charco da Procriação68,00
4  Floresta0,00
2  Ilha0,00
1  Pântano0,00
4  Passagem Fabulosa25,90
4  Túmulo Aquático48,00
3  Templo da Enfermidade3,74
2  Templo do Mistério3,00
4  Tumba Abandonada31,89
60 cards total

Sideboard (15)
2  Desfigurar 0,20
1  Luneta Enfeitiçada 1,43
2  Negar  0,04
2  Queda Épica  0,18
1  Rajada de Éter  2,99
1  Disputa Mística  4,48
2  Grito do Carnarium   0,25
2  Chegada dos Eternos-deuses    1,80
1  Baixas de Guerra     7,90
1  Distorção do Pensamento   0,10

 

Em contrapartida ao Bant, que por vezes parece uma "pilha de cartas boas", o Sultai é muito mais focado em suas sinergias, principalmente de Cavaleiro dos Espinhos com Uro, Tita da Ira da Natureza e Polucrano, Desacorrentado para uma sequência sem fim de jogadas valorosas. Além, é claro, da poderosa Baixas de Guerra, trunfo máximo contra qualquer oponente que também tente jogar o "jogo pesado" de bombas e trocas de recursos.


Com isso, ele é uma ótima escolha para predar outros decks de Nissa, Abaladora do Mundo e basicamente qualquer outro oponente que não esteja pensando em atacar com criaturas de curva baixa. Todavia, a ausência de uma boa remoção global como Estilhacar o Ceu deixa o Sultai algo desguarnecido nesse departamento, principalmente no G1 contra um possível Aggro. A outra ausência notável é a do Teferi, Manipulador do Tempo, que garante segurança contra as interações de sideboard capazes de produzir suingues de tempo (Rajada de Eter, Caloteiro Descarado // Pequeno Furto) bem como um botão de vitória automática contra eventuais decks Flash que aparecem ocasionalmente, partida que o Sultai é forçado a ter de ir na "força bruta" fazendo jogada forte atrás de jogada forte até que uma encaixe e torcendo para não morrer antes para os ataques de Degolador Salmourigeno  e Mistica de Gola.


Por último, tenho aqui a versão de Bant Midramp com as próximas modificações pensando em afinar mais em relação ao metagame:

 

Bant Midramp Gust
3323 visualizações
26/03/2020
R$ 2.086,82
R$ 2.803,79
R$ 4.072,29
3323 visualizações
26/03/2020
Visualização:
Padrão
Cor
Custo
Raridade
Visual
CMC
Comprar Deck
Criaturas (11)
2  Herbívoro Arbóreo 0,25
4  Krasis Hidroide   44,99
3  Uro, Titã da Ira da Natureza   165,00
2  Arrasta-sonhos     6,50
Planeswalkers (8)
4  Teferi, Manipulador do Tempo   114,90
4  Nissa, Abaladora do Mundo   34,88
Mágicas (8)
4  Espiral de Crescimento  0,15
2  Rajada de Éter  2,99
2  Estilhaçar o Céu   2,89
Encantamentos (3)
3  Elspeth Derrota a Morte   7,00
Terrenos (30)
1  Castelo de Vantreza4,99
4  Charco da Procriação68,00
3  Floresta0,00
4  Fonte Santificada32,00
1  Ilha0,00
4  Jardim do Templo32,00
2  Passagem Fabulosa25,90
2  Planície0,00
2  Templo da Fartura3,27
2  Templo da Iluminação2,96
4  Templo do Mistério3,00
1  Zona de Explosão20,69
60 cards total

Sideboard (15)
4  Decreto dos Devotos  0,21
1  Rajada de Éter  2,99
2  Veto de Dovin  2,69
1  Cavaleira do Outono   9,85
3  Disputa Mística  4,48
1  Estilhaçar o Céu   2,89
1  Tolsimir, Amigo dos Lobos    0,57
2  Agente da Traição   49,99

 

Algumas coisas nessa lista podem assustar em um primeiro momento, como 30 terrenos e Rajada de Eter  no deck principal, mas ao menos nos testes inicias a base tem sido bastante promissora. Com maior quantidade de terrenos, Herbivoro Arboreo, Espiral de Crescimento e Uro, Tita da Ira da Natureza falham menos, e o plano de Nissa-Krasis fica mais potencializado, com a poderosa Planeswalker verde fazendo eventuais aparições no turno 3.


Já a instantânea azul é uma ótima forma de quebrar o jogo de "fazer a Nissa primeiro" ainda no G1, além de ser uma resposta versátil contra vários dos cards-chave nesse metagame: Fogos da Invencao, Reconquista da Natureza, Expansao // Explosao, Fuga para as Terras Selvagens, Croxa, Tita da Fome da Morte e Brasolamina são alguns dos principais exemplos que são parados pela bagatela de uma mana azul e uma genérica.


Embora nunca fosse uma carta totalmente morta, Cavaleira do Outono dificilmente era uma carta excelente, muitas vezes só entrando depois que o estrago já tivesse sido feito por algumas das mesmas permanentes poderosas que a Rajada de Eter pára, e acabou relegada ao sideboard, onde um segundo Agente da Traicao foi adicionado para ganhar ainda mais tração na atual batalha de recursos que está sendo o Standard com Theros.


E quanto a vocês, leitores, como enxergam a força dos Midramps Bant e Sultai? Gostam de alguma característica em particular nesses baralhos? E quanto a terceira cor, branco ou preto? E como acreditam que vão ser os próximos passos na evolução do metagame? Deixem suas opiniões nos comentários!


Abraços e até a próxima!

Cards Store - Patrocinador Oficial LigaMagic Bolts
Cards of Paradise - Patrocinador Oficial LigaMagic Bolts
Epic Game - Patrocinador Oficial LigaMagic Bolts
Matheus Akio Yanagiura ( sandoiche_13)
Matheus Akio Yanagiura, mais conhecido como Sandoiche, começou a jogar em 2003, em Flagelo. Está sempre na vida do grind dos torneios, com destaque para o título do CLM 10 Modern, o maior realizado até então, e o Top 16 no Grand Prix São Paulo 2018. É um entusiasta do Magic competitivo e totalmente dedicado à produção de conteúdo referente ao jogo, publicando artigos periodicamente desde 2012, colaborando para o Blog da LigaMagic desde 2015 e atualmente produz vídeos em seu canal no YouTube Sandoiche's Grind e streama ao vivo regularmente na Twitch.
Redes Sociais: Facebook, Twitter
Comentários
Ops! Você precisa estar logado para postar comentários.
(Quote)
- 01/04/2020 20:25

Se pudessem enfiavam um Oko ai.

(Quote)
- 01/04/2020 20:24
Esse deck bant tem tudo que eu odeio Agente, Teferi e Uro.
(Quote)
- 31/03/2020 12:51

Uro é completamente mocorongo, não sei quem achou que era uma boa ideia fazer essa carta. Treco completamente quebrado, a carta é de 3 manas e faz umas 10 coisas, volta depois por 4 manas como uma criatura 6/6 que tb faz umas 10 coisas e se naõ for exilada fica voltando ad eternum.

(Quote)
- 31/03/2020 03:16
Também espero qual carta UG de Ikoria vai lavar, torcer, secar, passar, fazer almoço, janta e ser a mais cara da edição como sempre kkk...
(Quote)
- 31/03/2020 00:35
Cara... ug decks estão muito op! Cara não precisa fazer nada... encaixou uma Nissa turno 3; uro ou krasis e já era... formato tornando-se mais do mesmo! De novo...
Na espera pela carta 1UG de Ikoria que lava, passa e sapateia...😐
Últimos artigos de Matheus Akio Yanagiura
Aventurando-se no Standard Melhor de Um
Nesse último final de semana, tivemos o MTG Arena Open cujo Dia 1 foi disputado em Standard Melhor de Um, e com isso Sandoiche passou boa parte de sua última semana aventura..
1.372 views
Aventurando-se no Standard Melhor de Um
Nesse último final de semana, tivemos o MTG Arena Open cujo Dia 1 foi disputado em Standard Melhor de Um, e com isso Sandoiche passou boa parte de sua última semana aventura..
1.372 views
Há 10 horas — Por Matheus Akio Yanagiura
80 é o novo 60
Yorion, Nômade Celeste chegou para chacoalhar os paradigmas de montagem de decks atualmente!
6.185 views
80 é o novo 60
Yorion, Nômade Celeste chegou para chacoalhar os paradigmas de montagem de decks atualmente!
6.185 views
Há 7 dias — Por Matheus Akio Yanagiura
Jeskai Lukka Fires - O Tier 0 do Standard
"O Jeskai Lukka Fires com Yorion tem se mostrado extremamente sólido, confiável e poderoso na atual conjuntura do Standard - e é o deck da vez no artigo de hoje de Sandoich..
5.225 views
Jeskai Lukka Fires - O Tier 0 do Standard
"O Jeskai Lukka Fires com Yorion tem se mostrado extremamente sólido, confiável e poderoso na atual conjuntura do Standard - e é o deck da vez no artigo de hoje de Sandoich..
5.225 views
Há 14 dias — Por Matheus Akio Yanagiura
Os "Desacompanheirados" do Standard
Remando contra a maré, alguns baralhos seguem postando resultado no Standard mesmo sem contarem com uma criatura de Companheiro, e Sandoiche analisa os motivos para que ainda..
5.093 views
Os "Desacompanheirados" do Standard
Remando contra a maré, alguns baralhos seguem postando resultado no Standard mesmo sem contarem com uma criatura de Companheiro, e Sandoiche analisa os motivos para que ainda..
5.093 views
Há 17 dias — Por Matheus Akio Yanagiura
Lurrus, o Companheiro Moderno
Todos que acompanham Modern têm de concordar: Lurrus é o Companheiro Moderno, e em seu artigo de hoje Sandoiche analisa as casas que o poderoso Felino Pesadelo já encontrou..
6.770 views
Lurrus, o Companheiro Moderno
Todos que acompanham Modern têm de concordar: Lurrus é o Companheiro Moderno, e em seu artigo de hoje Sandoiche analisa as casas que o poderoso Felino Pesadelo já encontrou..
6.770 views
Há 21 dias — Por Matheus Akio Yanagiura