Load or Cast
Najeela primer atualizado cEDH
No artigo de hoje iremos trazer um primer de uma das comandantes do Tier 1 do formato competitivo, que garantiu a vitória do 3ºOpen cEDH nas mãos do nosso amigo André Oliveira pela segunda vez consecutiva!
10/06/2020 10:05 - 7.031 visualizações - 37 comentários
Load or Cast

Fala galera! Tudo certo?


No artigo de hoje falaremos sobre um dos decks mais resilientes do formato, que desde seu lançamento em BattleBond vem garantindo seu lugar como um dos mais respeitados tier 1 dentro do meta competitivo.


Também teremos uma entrevista com nosso amigo André Oliveira, que mantém juntamente à equipe do cEDH Brasil as livestreams de commander competitivo e também vencedor do 3º Open cEDH, que aconteceu em março desse ano, garantindo sua segunda vitória consecutiva no evento.


Se você se interessa pelo assunto e ainda não viu nossos artigos anteriores, você pode conferi-los AQUI, onde tentamos trazer conteúdo para entusiastas do formato, e também recém chegados que querem entender melhor sobre esse modo de jogo.


Mas enfim, vamos relembrar quem é Najeela.


Nossa guerreira vermelha que possui identidade 5c se posiciona bem no arquétipo midrange, dividindo o tier 1 com alguns outros decks de peso, e se mantém firme desde seu lançamento em Battlebond.

 

Seu jogo é progressivo, partindo da ideia de crescer o board exponencialmente, utilizando disso como meios de atingir a vitória nos primeiros turnos.

 

Seu custo de 3 manas é relativamente baixo para um comandante, o que permite que ela entre em cena na maioria das vezes no turno 2.
 

Ela possui duas importantes habilidades que a torna única para o cEDH:

 
Uma habilidade desencadeada quando um guerreiro ataca, que cria um token de guerreiro 1/1 virado e atacando qualquer player ou planeswalker, o que faz com ela consiga gerar uma presença cada vez maior durante cada combate, sempre dobrando o numero de guerreiros atacantes.


Uma segunda habilidade que é ativada pagando WURBG, você desvira cada criatura atacante, elas recebem Ímpeto, Vínculo com a vida e Atropelar até o final do turno, e além disso, você recebe uma fase de combate adicional após a fase em progresso.

 

É importante lembrar que apesar de possível, vencer utilizando um estratégia Aggro é possível, porém é uma estratégia lenta e frágil dentro de um ambiente cEDH, e não deve ser seu principal objetivo.

 

A verdadeira cereja do bolo é combinar a primeira habilidade de criar criaturas atacantes com algumas combo pieces que te permitam utilizar a segunda habilidade para gerar Fases de combate infinitas, e esses combos serão explicados no próximo tópico.

 

Nesse ano de 2020 tivemos também grandes mudanças no formato, e com a adição de novas cartas e o banimento de antigas peças importantes, najeela ganhou como win condition alternativa o combo Tassa’s Consultation, que utiliza os tutores proibidos juntamente com Oraculo de Tassa como uma linha de vitória curta e eficiente em inúmeras situações.

 

Najeela 2020
Por D3AD
4821 visualizações
04/06/2020
R$ 23.650,27
R$ 35.669,61
R$ 66.143,30
4821 visualizações
04/06/2020
Visualização:
Padrão
Cor
Custo
Raridade
Visual
CMC
Comprar Deck
Comandante (1)
1  Najeela, the Blade-Blossom  152,79
Criaturas (18)
1  Aves do Paraíso 16,15
1  Elfo do Arvoredo 0,20
1  Elfos das Sombras Profundas 0,50
1  Elfos de Llanowar 0,20
1  Hierarca Nobre 84,79
1  Místico Élfico 0,45
1  Peregrino de Avacyn 0,17
1  Xamã do Ritual Mortfífero 13,87
1  Confidente Sombrio  119,90
1  Dragonete Engalanado  699,00
1  Extorsionista das Docas r148,75
1  Magistrado de Drannith  9,95
1  Mindblade Render  2,70
1  Oráculo de Tassa  19,99
1  Derevi, Empyrial Tactician   18,95
1  Edric, Espião-mestre de Trest   12,00
1  Mnemocensor Aviano  2,25
1  Adversário de Carvalhândia  0,09
Mágicas (38)
1  Canção do Cisne 29,90
1  Consulta Demoníaca 51,00
1  Delir 0,25
1  Explosão Elemental do Vermelho 2,90
1  Explosão de Chamas 8,29
1  Imperial Seal 2.070,00
1  Lapso Mental 9,75
1  Ponderar 6,38
1  Preordenar 11,90
1  Reivindicação da Natureza 0,20
1  Silêncio 18,99
1  Sonda Gitaxiana 1,58
1  Tempestade Atordoante 9,99
1  Tempestade Cerebral 1,90
1  Tutor Esclarecido 84,99
1  Tutor Místico 40,00
1  Tutor Vampírico 359,90
1  Véu do Verão 34,75
1  Afogar no Lago  3,87
1  Chamado de Eladamri  9,86
1  Cofre de Lim-Dûl  9,18
1  Demonic Tutor  104,00
1  Denegeração Abrupta  28,00
1  Estalo  3,30
1  Fenda Ciclônica  65,00
1  Imergir em Escuridão  31,99
1  Intento Diabólico  93,84
1  Mana Drain  420,00
1  Neoformar  0,54
1  Pacto Maculado  249,99
1  Troféu do Assassino  55,99
1  Veto de Dovin  2,55
1  Evolução Arcana   10,00
1  Golpe Defletor  76,29
1  Pacto de Fogo   11,05
1  Tutela Feroz  184,95
1  Até Enjoar   39,75
1  Força de Vontade   314,95
Artefatos (6)
1  Cripta de Mana 339,79
1  Mox de Cromo 150,79
1  Mox de Diamante 2.000,00
1  Pétala de Lótus 21,98
1  Anel Solar 8,29
1  Pinça Craniana 7,00
Encantamentos (7)
1  Crescimento Virente 0,15
1  Propagação da Utopia 14,39
1  Rêmora Mística 33,50
1  Tapete de Flores 69,99
1  Grimório Silvestre  94,90
1  Estudo Rístico  78,39
1  Vontade da Natureza   50,79
Terrenos (30)
1  Badlands1.200,00
1  Bayou1.099,99
1  Berço de Géia1.787,00
1  Bueiros de Vapor36,00
1  Catacumbas Verdejantes175,90
1  Charco da Procriação65,25
1  Cidade de Bronze38,00
1  Confluência de Mana69,99
1  Contraforte Arborizado71,90
1  Delta Poluído84,00
1  Floresta Tropical Nebulosa211,00
1  Fonte Santificada29,00
1  Lago Alpino Fervente200,00
1  Lamaçal Ensangüentado72,00
1  Meseta Árida129,95
1  Planície Pantanosa109,90
1  Plateau529,90
1  Pomar Exótico1,49
1  Praia Inundada60,00
1  Savannah499,90
1  Scrubland600,00
1  Túmulo Aquático38,49
1  Taiga540,09
1  Torre de Comando2,34
1  Tropical Island2.100,00
1  Tumba Abandonada29,90
1  Tundra989,50
1  Underground Sea1.999,00
1  Urzal Ventoso49,45
1  Volcanic Island2.199,90
100 cards total

Maybeboard (7)
1  Cilada Mágica 3,17
1  Perfurar Mágica 0,09
1  Zênite do Sol Verde  40,10
1  Adubo  1,00
1  Descanse em Paz  14,00
1  Perseguição Fervorosa  0,20
1  Trasgo Colecionador  23,90

 

COMBOS

 

Peças do combo

 

Um dos principais pontos fortes da nossa comandante, é o fato de que ela é na maioria dos casos uma peça do combo juntamente com apenas uma outra carta, o que a torna um dos mais maleáveis decks, e um dos que menos possuem dead slots em todo cEDH.

 

Partindo do princípio de que devemos focar na ativação múltipla da segunda habilidade, a maioria dessas combo pieces são cartas que geram ou auxiliam na geração de mana, já que precisamos de 5 cores diferentes para isso, sendo eles:

 

DEREVI


Peças do combo

 

Um dos principais pontos fortes da nossa comandante, é o fato de que ela é na maioria dos casos uma peça do combo juntamente com apenas uma outra carta, o que a torna um dos mais maleáveis decks, e um dos que menos possuem dead slots em todo cEDH.

 

Partindo do princípio de que devemos focar na ativação múltipla da segunda habilidade, a maioria dessas combo pieces são cartas que geram ou auxiliam na geração de mana, já que precisamos de 5 cores diferentes para isso, sendo eles:

 



 
Derevi, Empyrial Tactician = Para esse combo, você precisará de formas de gerar pelo menos uma de cada cor de mana, seja com dorks, rocks ou terrenos. Porém por conta da habilidade da nossa passarinha, podemos gerar múltiplos triggers dando alvo em uma só permanente e segurando a prioridade, o que permite que apenas uma  Torre de Comando  seja capaz de produzir as 5 diferentes cores, virando-a entre cada stack do efeito da Derevi na pilha.

 

Para que isso funcione, é ideal é que tenhamos a comandante, derevi e pelo menos um token, o que depois do ataque irá gerar mais 2 tokens (1 para a Najeela e outro para o token atacante), gerando 4 stacks do efeito do derevi na pilha, que com mais 1 forma de gerar mana já é suficiente para iniciar um Loop de fases de combate que irão aumentar a produção de token exponencialmente. É possível iniciar o combo só com a Najeela atacando, porém serão necessárias 4 manas adicionais para realizar o loop infinito.

 

Outra vantagem da utilização da Derevi, é que podemos utilizar seu efeito de ETB para virar um possível bloqueador do oponente, e também pela sua facilidade de ser tutorado através de Green Sun's ZenithEldritch Evolution.


 


 
Nature's Will = Esse encantamento de custo convertido 4, é uma arma poderosíssima dentro do deck. Sua capacidade de desvirar terrenos permite que possamos combar facilmente caso tenhamos pelo menos 3 terrenos que gerem 2 diferentes cores.

 

Isso é possível pois caso você ataque um oponente com a comandante, ela irá gerar um token atacante que será direcionado a outro oponente. Assim que o dano de combate acontecer, irá gerar 2 triggers separadamente, sendo 1 para cada oponente, o que faz com que possamos desvirar todos os terrenos 2 vezes para pagar o custo da habilidade e começar o loop de fases de combate.

 

Fora isso, esse mesmo trigger vira todas as lands que aqueles oponentes controlam, muitas vezes desligando possíveis interações que precisariam da geração de mana dos terrenos.

 


  

 

Pack Consultation = Talvez a mais popular wincondition depois do banimento de Flash, por ser compacto e eficiente ele marca presença como uma estratégia tier 1. Suas cores se encaixam facilmente dentro das estratégias da maioria dos decks, e não é diferente com a nossa comandante.


Com o efeito de tassa’s Oracle na pilha temos a possibilidade de exilar todo o nosso deck, garantindo uma vitória rápida e com um baixo custo de mana, o que acaba fazendo com que os tutores proibidos em vários casos se tornem uma opção viável no early game.

 

No caso do nosso deck, temos

 

MULLIGANS


E para finalizar vamos falar sobre os mulligans, o Ideal é que em nossas mãos iniciais tenhamos formas de conjurar nossa comandante no turno 2, pelo menos uma Draw Engine e ou Tutor, e alguma interação com o oponente.


Como já foi dito antes, terrenos também são peças essenciais para a maioria de nossos combos, por isso devemos sempre ficar atentos na hora do mulligan, para que posteriormente consigamos organizar nossa geração de mana para conseguir todas as cores WURBG. À seguir temos alguns exemplos de possíveis keeps.

 

Mão 1


 
Command Tower
Scalding Tarn
Hallowed Fountain
Noble Hierarch
Sylvan Library
Swords to Plowshares
Pyroblast

 

Nesse caso conseguimos fazer a Najeela turno 2 seguida de um Sylvan Library no turno 3 com 2 interações. Também temos um terreno que gera mana de qualquer cor, e uma Fetch land que pode ajudar a consertar nossas cores e eventualmente embaralhar cartas que não queremos no topo com Sylvan Library.


Mão 2


 
Bayou
Bloodstained Mire
Utopia Sprawl
Mental Misstep
Oakhame Adversary
Ponder
Collector Ouphe

 

Essa mão apesar de não ser espetacular, é “Keepavel”, especialmente quando jogamos contra decks verdes. Se conseguirmos jogar o Oakhame Adversary no turno 2 seguido de uma Najeela turno 3 já garantindo um draw pelo oakhame, as coisas podem começar a progredir em nosso favor. Apesar da baixa quantidade de interações, temos uma peça stax muito forte contra muitos outros decks cEDH. Com ponder também poderemos cavar um pouco o deck para um terceiro land drop ou tutor.


Mão 3


 
Windswept Heath
Taiga
Watery Grave
Enlightened Tutor
Nature's Will
Abrupt Decay
Dispel


 
Nessa mão teremos uma vitória para o turno 3 com proteções. Isso é possível tutorando no turno 1 uma Mana Crypt para o top deck. Turno 2 Najeela seguida de um turno 3 com Nature’s Will protegida por um dispel ou outra possível draw mais segura.

 

Entrevista com André (Deco)

 

André foi campeão da 3º edição do Open cEDH, que é organizado pela equipe do cEDH Brasil, no qual faz parte da administração. Ele também coordena as gameplays físicas que são transmitidas toda semana através da Twitch. No ano passado ele se tornou um dos moderadores do discord da comandante que vem aprimorando desde que fora lançada. Sem mais delongas, vamos ao que interessa.


 
Fala André, tudo certo?


Com sua vitória nesse nosso 3ºOpen cEDH você se tornou nosso bicampeão, inclusive utilizando a mesma comandante da sua vitória anterior. O que te influenciou a manter essa sua escolha?


Tudo certo! Fiquei muito feliz com mais uma vitória no cEDH Open, agora já são dois títulos seguidos! A escolha de manter a Najeela foi bem fácil, uma vez que ela é um dos melhores decks do formato, com flexibilidade para adotar diversas posturas durante o jogo e se adaptando a cada situação. Após o Ban do flash, e com as novas cartas de commander 2020 que já estavam valendo neste torneio, a Najeela está ainda melhor posicionada no meta. Considero que a build atual da Najeela é a melhor possível nestes quase 3 anos que ela foi lançada. Mantenho o Primer dela sempre atualizado a cada nova coleção, e acredito que ela esteja preparada para todas as matchs.

 

Desde o 2º Open muita coisa mudou, principalmente com a adição de inúmeras novas cartas que modificaram a visão do metagame desde então. Quais foram as mudanças mais bruscas em seu deck? Houve alguma mudança de ultima hora para se adaptar ao meta do torneio?


De fato as últimas coleções melhoraram muito o power level da Najeela, que já era Alto. Segue um resumo das principais mudanças por coleção:


A coleção trono de eldraine trouxe um counter e removal bem solido em Afogar no Lago.


Na sequência veio uma das grandes mudanças no meta inteiro do cEDH que foi o lançamento de Oráculo de Thassa na coleção de Theros. Esta carta permitiu a Najeela adotar a estratégia de Self Mill como wincon alternativa de maneira muito mais eficiente do que era com o Jace, wielder of mysteries. Os tutores de criatura da Najeela pegam facilmente o Oráculo de Thassa, enquanto que ambos tutores proibidos Demonic Consultation e Tainted Pact são além de peças de combo para Oráculo de Thassa, tutores incondicionais para acessar as outras peças de combo da Najeela. Um salto imenso no power level do deck, porém com Flash ainda valendo nesta época, outros decks se beneficiaram ainda mais dessa mudança do que a Najeela.


Por fim, mais recentemente tivemos em Ikoria/Commander 2020 três cartas extremamente fortes para o deck que, em conjunto com o Ban do Flash, fez com que a Najeela atingisse o topo (mas não isoladamente) do meta cEDH. Em Ikoria tivemos Drannith Magistrate, que é uma peça de stax solida, unilateral que afeta a maioria dos combos de cEDH, além de travar os commanders dos oponentes. Ela acabou tomando o lugar do Rest in piece na minha lista, por ser mais abrangente. Já em commander 2020 as duas melhores adições depois de Oráculo de Thassa. Deflecting Swat e Fierce Guardianship. Essas mágicas podem ser jogadas de graça se você possui seu commander na mesa, o que é parte vital da estratégia da najeela. O principal ganho destas cartas são que você pode passar mais turnos sem mana open, mas mesmo assim tendo resposta para seus oponentes. O Turno crucial é o turno 2, onde normalmente você faz a Najeela e não tem como manter mana para responder.


Com essas cartas você pode desenvolver o seu gameplan de maneira mais agressiva, sem estar desprotegido. Para quem ainda não conhece estas cartas, o Fierce Guardianship é um Negate de graça se você possui seu commander, o que é incrivelmente solido no formato. Já Deflecting swat oferece proteção contra removals que não tínhamos tanta proteção antes, como abrupt decay, gilded Drake, oko, dentre outros, além de funcionar muito bem em guerra de counterspells.


Essas foram as principais mudanças de um torneio para o outro, e o aumento no power level do deck é incrivelmente notável.

 

Quem acompanhou os jogos sabe que nenhuma vitória foi fácil, especialmente por conta da seleção de ótimos jogadores que estavam presentes. Desses jogos, quais foram os que mais deram trabalho? Houveram também jogos onde você se deparou com um match ruim para o seu comandante?


Alguns jogos foram bem desafiadores, porém o deck se comportou muito bem durante o campeonato. A única derrota que tive na fase de classificação aconteceu por uma decisão minha de não tentar a vitória, quando se eu tivesse tentado eu conseguiria. Eu acreditei que meus oponentes tinham muita interação para me parar e não fui para a win. No turno seguinte tomei uma roda da fortuna e vi que eles não tinham resposta. Foi decepcionante.


Houveram alguns jogos que felizmente eu tinha a resposta exata para não perder para meus oponentes, tal como um fire covenant limpando a mesa em resposta a um Godo vencer equipando o Helm of the Host, e também um Gilded Drake para atrasar um Yisan por tempo suficiente para que eu conseguisse desenvolver meu plano de jogo.


Não acredito que a Najeela tenha muitas matches ruins, por outro lado, devido a característica do deck, ela não possui uma vantagem enorme contra os melhores decks cEDH. A Najeela possui uma boa vantagem contra decks de stax, que tiveram uma boa presença no torneio. Isso pode ter contribuído para os bons resultados na fase de classificação.

 

Falando em dificuldades, sabemos que Najeela é uma comandante extremamente maleável e que consegue se adaptar as adversidades com uma certa facilidade, porém em alguns casos fica difícil tomar decisões, principalmente sob pressão, que é o caso de estar jogando um torneio. Você tem alguma dica para lidar com essas situações?


As minhas principais dicas é, praticar bastante tanto o gameplay com o deck, quanto exercitar o deckbuilding ao máximo. Você deve conhecer bem o deck para saber quais são os caminhos para a vitória, seja com a Najeela ou com o seu commander. Além disso, em torneios é essencial estar bem concentrado e analisar com calma o boardstate e conhecer bem o meta para tentar antever as jogadas dos seus adversários e levar vantagem em cima disso. Por fim, é preciso estar se divertindo, porque apesar de ser um torneio competitivo, você não vai conseguir bons resultados se não estiver se divertindo.

 

Sobre as atualizações que tivemos na lista de banidas do commander, principalmente com a queda de flash, tivemos um aumento significativo no uso dos tutores proibidos. Como você acha que o meta será afetado a longo prazo?


Acredito que o meta dê uma estabilizada nos próximos meses. A queda do flash foi essencial para que outros decks voltassem a aparecer no meta, tais como decks de stax ou outros commanders que gerem bastante valor. Antes do ban, toda deckbuilding devia considerar a presença de um combo flash + protean hulk, por isso muitos slots eram dedicados a hatear este combo. Oráculo de Thassa e Tutores proibidos são um combo bem eficiente e agora dominante no formato, porém é mais simples de lidar com este combo por ele ser executado em sorcery speed. Não acredito que seja ncessário nenhum ban adicional no momento.

 

Por fim, agradeço novamente sua disponibilidade, e espero que ainda venham muitas outras vitórias pela frente. Gostaria de fazer alguma consideração final?


Eu gostaria de agradecer ao Matheus Nogueira, fundador e administrador do grupo cEDH Brasil no facebook, e organizador do torneio. Ele é de grande contribuição para o crescimento do formato no Brasil. Além disso queria destacar a criação do canal do cEDH Brasil na Twitch (twitch.tv/cedh_brasil) onde vocês podem acompanhar toda terça e quinta às 21h30 partidas de mais alto nível de cEDH.


Por fim queria agradecer a todos que jogam este formato e contribuem para o seu crescimento.


Muito Obrigado!

 

Por hoje é só pessoal, agradeço a todos que leram até aqui e espero que tenham gostado do nosso Primer.


Tem alguma duvida, critica ou sugestão? Quer ver algum deck em artigos como esse? Deixe nos comentários.


Quer aprender mais sobre cEDH e conhecer novos jogadores? Entrem no grupo cEDH Brasil do facebook, onde sempre estaremos de braços abertos para receber novos membros, tirar duvidas e criar uma comunidade cada vez mais unida!

Jefferson C Faria Barbosa ( D3AD)
Jefferson é entusiasta do formato cEdh
Redes Sociais: Facebook
Comentários
Ops! Você precisa estar logado para postar comentários.
(Quote)
- 22/07/2020 15:31
Muito bom o artigo. Faz 8 anos que nosso grupo parou jogar outros formatos e jogamos exclusivamente commander mesão e nossa diversão é sempre garantida.
(Quote)
- 24/06/2020 18:28

What ? Explica aí !

(Quote)
- 24/06/2020 16:47

Vc sabe que todo dragão é rampeiro, não é amigo?

(Quote)
- 15/06/2020 21:09

Boto fé man . . . Isso é vdd . . .

(Quote)
- 15/06/2020 21:05
Artigos de cEDH são sempre assim: zero comentários do artigo em si e meia dúzia de mula dizendo que "não é o verdadeiro EDH / deveriam jogar legacy" e a outra meia dúzia defendendo. Cara, é uma coisa tão óbvio. Joga quem quiser. Ponto. Galera acha que tu vai montar um Najeela cEDH pra jogar contra tribal de humanos? Não cara. O formato é o mesmo e a comunidade também. Pois é. Pasmem. Maioria do pessoal que tem cEDH tem outros decks com power leval mais fraco só pra jogar com a maioria do pessoal. Mas a diversão é igual. Relaxem gente. E vamos comentar o artigo que tá nota dez.
Últimos artigos de Jefferson C Faria Barbosa
Vermelho é uma opção no cEDH! Pt2
No artigo anterior dissecamos a utilização do branco no commander, e hoje falaremos de outra cor que vem ganhando o mesmo espaço, o Vermelho!
3.866 views
Vermelho é uma opção no cEDH! Pt2
No artigo anterior dissecamos a utilização do branco no commander, e hoje falaremos de outra cor que vem ganhando o mesmo espaço, o Vermelho!
3.866 views
Há 5 dias — Por Jefferson C Faria Barbosa
Boros é uma opção no cEDH! Parte 1
Na primeira parte desse artigo iremos explorar o que a cor branca tem para nos oferecer de melhor no ambiente competitivo do commander!
3.163 views
Boros é uma opção no cEDH! Parte 1
Na primeira parte desse artigo iremos explorar o que a cor branca tem para nos oferecer de melhor no ambiente competitivo do commander!
3.163 views
Há 20 dias — Por Jefferson C Faria Barbosa
Pratique o Gathering no cEDH!
Se você joga commander, é hora de lembrar o que signfica o Gathering!
4.895 views
Pratique o Gathering no cEDH!
Se você joga commander, é hora de lembrar o que signfica o Gathering!
4.895 views
26/08/2020 10:05 — Por Jefferson C Faria Barbosa
Metagame e Variância no cEDH
No artigo de hoje iremos abordar dois assuntos muito falados recentemente sobre o commander competitivo por um outro ponto de vista.
5.738 views
Metagame e Variância no cEDH
No artigo de hoje iremos abordar dois assuntos muito falados recentemente sobre o commander competitivo por um outro ponto de vista.
5.738 views
12/08/2020 10:05 — Por Jefferson C Faria Barbosa
Desmistificando o cEDH!
No artigo de hoje iremos responder algumas duvidas frequentes sobre a nossa variante mais querida!
5.144 views
Desmistificando o cEDH!
No artigo de hoje iremos responder algumas duvidas frequentes sobre a nossa variante mais querida!
5.144 views
22/07/2020 10:05 — Por Jefferson C Faria Barbosa