Load or Cast
Guia de Mono Green Stompy
Guia de Mono Green Stompy para o Standard
28/07/2020 10:05 - 7.118 visualizações - 15 comentários
Load or Cast

Com certeza não é fácil a vida de uma edição de meio de ano, quando falamos sobre Standard. É a última edição antes da rotação e quando ela é lançada temos todo um metagame desenvolvido, que já apresenta restrições para absorver novas cartas. No entanto. Core Set 2021 teve um impacto significativo no formato e trouxe algumas boas novidades.


Ugin, o Dragao Espirito é, com certeza, uma das grandes cartas de M21 e até mesmo Demonic Embrace, que teve um impacto menor, é um dos exemplos de como essa edição tem um power level diferente das demais. E foi uma carta de M21 que me fez olhar para esse deck de forma diferente e que me convenceu sobre o poder da estratégia.



Primal Might é uma das cartas de um conceito simples da cor verde, “Lutar”. Prey Upon e Epic Confrontation são exemplos dessa “mecânica” sendo aplicada, apesar de que um dos que mais gosto é o Ulvenwald Tracker. Aqui temos a ideia de que 1 - nossas criaturas são maiores que as do oponente 2 - queremos dominar a mesa. Primal Might faz exatamente isso e tem um bônus muito bom, ele deixa nossa criatura maior. Se minhas criaturas já costumam ser maiores, esse “crescimento” tem que ter alguma utilidade, e ele se faz presente quando aliamos ele à alguma evasão. Exemplo, se aumentamos nossa criatura com Atropelar, podemos tirar um bloqueador incômodo da frente e depois atacar em cima de uma mesa menor. Ou podemos usar esse efeito na Questing Beast, tirar o bloqueador com poder maior do que 2 e então atacar sem bloqueadores. Esse universos de possibilidades é uma das coisas que mais me agrada nesta carta, por vezes jogar de aggro com verde te dá poucas opções e gosto quando aparecem cartas que me dão mais linhas de jogo.


O Deck


Mono Green Stompy
Por Ruda
4709 visualizações
23/07/2020
R$ 589,22
R$ 1.035,52
R$ 2.471,04
4709 visualizações
23/07/2020
Visualização:
Padrão
Cor
Custo
Raridade
Visual
CMC
Comprar Deck
Criaturas (29)
4  Colecionador de Peles 7,44
4  Serpente Litoespiral 15,99
4  Lodo Necrófago  6,21
4  Preservador Silvonato  0,50
4  Trol Cascacouro  0,25
3  Fera Apaixonada // Desejo do Coração  1,00
2  Destruidor de Gemas  3,72
4  Fera das Demandas   43,39
Planeswalkers (3)
3  Vivien, Patrulheira do Arco Bestial    28,50
Mágicas (4)
4  Força Primal  0,99
Terrenos (24)
2  Castelo de Pontegaren9,50
2  Distrito Mobilizado0,70
20  Floresta0,00
60 cards total

Sideboard (15)
3  Carneirada  0,20
4  Adversário de Carvalhândia  0,09
4  Cerátopo-camaleão   1,85
2  Destruidor de Gemas  3,72
2  O Grande Círculo   79,00


O Mono Green é um Big Aggro clássico, comum na cor verde. O deck tem um plano agressivo e conta com cartas que tem como principal qualidade a sua força em combate, suas criaturas são maiores que as do adversário e ele precisa encaixar as respostas certas para te segurar, o famoso “não existem ameaças erradas, apenas respostas erradas”.



Questing Beast é uma das melhores criaturas do Standard atual e nesse deck ela consegue ser muito bem aproveitada. Ímpeto é uma das melhores habilidades de tempo advantage em um deck agressivo, você mantém o oponente sob pressão e ainda gasta o recurso mais importante que ele tem, pontos de vida. Outro ponto é que é comum com decks agressivos o dilema de atacar o oponente ou perder um ataque batendo em um planeswalker, nossa amiga multi céfala resolve esse problema de forma simples e direta.



Secretamente uma das melhores cartas de Ikoria e talvez eu possa estar levemente desidratado e focadíssimo na minha salvação ao afirmar isso. Mas Gemrazer é uma carta espetacular nesse baralho. O efeito Chupacabra Voraz que ele tem já é muito bom, mas a capacidade de dar Atropelar é uma das que mais valorizo. Imagine ele da seguinte maneira “3 manas, mude o poder base da criatura para 4/4 e dê atropelar”, esse efeito em um deck de criaturas grandes já é maravilhoso, mas podemos ir além, na mirror de Mono Green ele pode ser “encante a Serpente Litoespiral e veja ela virar um monstro”, ou “faça sua Questing Beast com certeza acertar o oponente”, ou mesmo “acionar modo dibre versus Glass Casket”. As jogadas que essa carta permite são o que mais me atrai nela. .



Uma carta fora do tradicional e que cada vez gosto mais. Esse slot seria do Guardiao da Camara de Crescimento, mas o número de vezes que eu faço ele na 2 e basicamente não quero Adaptar no turno seguinte, e sim aumentar a mesa, é gigante. Claro que o Guardião com O Grande Circulo é muito bom, mas eu queria ter cartas mais versáteis. Preservador Silvonato é um falso drop2, ou seja, eu posso fazer ele no turno 2, mas também em outros turnos, e ainda ter utilidade. No geral, eu gosto muito dele como uma das últimas criaturas que farei, justamente para ter mana aberta para deixá-lo um monstro.


Drops 4 e Drops 5


A base de lands do deck é bem comum e no geral tem 3 pontos de discussão, sendo um deles importante para as escolhas do deck. O primeiro são as cópias de Castelo de Pontegaren,em teoria poderíamos usar 4 e estaria tudo tranquilo, mas se você usar Nissa, Who Shakes The World, você quer ter o máximo de florestas possíveis e se usar Distrito Mobilizado, também vai preferir usar um número menor de castelos. Distrito Mobilizado é a segunda discussão, eu não vejo ele como algo essencial, então se você não tiver wild cards não precisa se desesperar, ele costuma ajudar em situações bem específicas versus controles (SanduGod tem uma belo artigo sobre isso). 


Por fim, o número de terrenos tem ligação direta com o que você quer fazer com sua lista, eu considero 24 o número mais seguro para uma lista que tem vários drops4, como a que uso. Você quer curvar até uma quinta mana (castelo + 4) e precisa de uma quantidade alta de terrenos, além de ter algum combustível para Scavenging Ooze e Preservador Silvonato. Se você quiser usar mais drops5, caso de Nissa, Who Shakes the World, Elder Gargaroth ou mesmo Vivien, Monsters' Advocate, eu recomendo com certeza usar 25 e fazer uma conta mais segura para chegar sempre ao 5 ou mais, sendo que com Nissa eu jogaria até com 26, já que ela consegue aproveitar o Flood.

 

Mono Green Aggro, por rastaf
Por Ruda
4729 visualizações
23/07/2020
R$ 777,22
R$ 1.307,33
R$ 3.139,35
4729 visualizações
23/07/2020
Visualização:
Padrão
Cor
Custo
Raridade
Visual
CMC
Comprar Deck
Criaturas (25)
4  Colecionador de Peles 7,44
4  Serpente Litoespiral 15,99
4  Guardião da Câmara de Crescimento  0,74
4  Lodo Necrófago  6,21
4  Fera Apaixonada // Desejo do Coração  1,00
2  Destruidor de Gemas  3,72
3  Fera das Demandas   43,39
Planeswalkers (4)
2  Vivien, Patrulheira do Arco Bestial    28,50
2  Nissa, Abaladora do Mundo   26,91
Mágicas (4)
4  Força Primal  0,99
Artefatos (2)
2  O Grande Círculo   79,00
Terrenos (25)
1  Castelo de Pontegaren9,50
2  Distrito Mobilizado0,70
22  Floresta0,00
60 cards total

Sideboard (15)
2  Ardil do Patrulheiro 0,05
3  Carneirada  0,20
1  Intervenção Heroica  21,01
1  Hidra Voraz   9,50
4  Adversário de Carvalhândia  0,09
2  Destruidor de Gemas  3,72
2  Gargarote Ancião   95,70


Sideboard


Como é visto em alguns main decks, o sideboard do Mono Green tem um core de cartas que considero fixo. São eles:


- Ram Through: Sempre que jogar versus aggros você adiciona essa carta, e eu particularmente gosto de subir versus decks que terão menos criaturas, caso da maioria dos mids, mas que terão Shark Typhoon.

- Gemrazer: Completa o set versus BRx Sacrifice (destruir forno e dar evasão) e outros encantamentos.

- Oakhame Adversary: Você precisa do set disso sempre que for jogar a mirror, fazendo as trocas ficarem melhores pra você. Em casos extremos já subi versus alguns midranges.

- Shifting Ceratops: Conforme UGx joga, o dinossauro acompanha, ou seja, ele é importantíssimo no seu side.


Onde mais vejo discussões são nos slots de cartas versus grind e nas proteções. O Grande Circulo é muito bom e comprar cartas é uma habilidade ótima em um deck agressivo, mas se o seu oponente tem muitas remoções, vulgo matchs grind, ele consegue atrasar cada vez mais o artefato, tornando o impacto da carta bem pior, por essa razão outras opções usadas são Vivien, Monsters' Advocate, e na mesma ideia, Garruk, Liberto.ou seja, gerar gerar card advantage e tentar segurar as trocas com o oponente. Tem que use Elder Gargaroth para esse fim também, mas como ele depende de combate para ser útil, eu prefiro realmente o elemental versus decks agressivos. Sobre as proteções, Eu sou um grande fã de Ardil do Patrulheiro, é acima de tudo uma carta eficiente, você consegue fazer um Time Walk no oponente só jogando ela, contra decks como Temur Rec ou Sultai (caso a única cólera dele seja Evento de Extinção) eu prefiro muito mais desse out, mas se você está mirando em matchs versus Shatter the Sky ou mesmo versus o 4c Reclamation, que tem Solar Blaze, então Heroic Intervention é a sua carta.


Dicas gerais para a hora de sidear, Fera Apaixonada é particularmente ruim versus remoções (já que proteger um 1/1 é bem complicado) e Questing Beast nem sempre é boa versus aggros aggros. De resto, considero bem intuitivo o deck.

 

SIDEGUIDE

 

Temur Rec


Side out: -4 Forca Primal, -3 Fera Apaixonada // Desejo do Coracao, -2 Serpente Litoespiral
Side in: +3 Carneirada, +4 Ceratopo-camaleao, +2 Gemrazer


*Em caso do oponente subir mais criaturas pos side, inverte a quantidade de Serpentes e Força.

 

Bant Ramp


Side out: -4 Forca Primal, -3 Fera Apaixonada // Desejo do Coracao, -4 Serpente Litoespiral
Side in: +3 Carneirada, +4 Ceratopo-camaleao, +2 Gemrazer, +2 O Grande Circulo


*Caso ele esteja com a versão que vai menos encantamentos, não precisa subir Gemrazer.


Mirror


Side out: - 4 Serpente Litoespiral, -1 Trol Cascacouro, -2 Gemrazer
Side in: +3 Carneirada, +4 Adversario de Carvalhandia


BR Sac


Side out: - 4 Serpente Litoespiral, -3 Fera Apaixonada // Desejo do Coracao
Side in: +3 Carneirada, +2 Gemrazer, +2 O Grande Circulo

-


Até mais!
Ruda

Rudá Andrade dos Reis ( Ruda)
Aficionado por decks azuis agressivos, mas que não dispensa um bom Siege Rhino nas horas vagas, está no Magic desde 2003, em Flagelo.
Redes Sociais: Facebook, Twitter
Comentários
Ops! Você precisa estar logado para postar comentários.
(Quote)
- 31/07/2020 20:58

Versus alguns aggros mais lineares eu prefiro mais interações, caso do WW

(Quote)
- 31/07/2020 13:13
"[...] hora de sidear [...] Questing Beast nem sempre é boa versus aggros"

Em qual cenário Questing Beast não é boa contra aggro?
(Quote)
- 30/07/2020 17:01

Na verdade não existe nenhum problema na carta, é mais uma questão de quais cartas são melhores e quantos slots tenho, eu aumentei o número de drops 2 e 4, diminuindo os drops 3. Preferi cartas que estão bem no meta (como Questing Beast e Oooze) e cortei uma carta que só é "grande".

(Quote)
- 30/07/2020 03:31

Bom para Bo1 é você ter sorte. Nunca se sabe que deck vai aparecer pela frente, então não existe lista pior ou melhor, apenas um casamento de match bom ou ruim. Sem segunda chance.

(Quote)
- 30/07/2020 01:07
Qual o problema do Yorvo? 3 manas criatura 4/4 que cresce ao entrar outras criaturas, acho que merecia estar no mínimo no Sideboard
Últimos artigos de Rudá Andrade dos Reis
Decks de FNM
Estrategias fora do mainstream para o Standard
7.926 views
Decks de FNM
Estrategias fora do mainstream para o Standard
7.926 views
Há 7 dias — Por Rudá Andrade dos Reis
Então tá, vamos falar de bans
O que pode mudar no Standard e como pode ser feito
13.069 views
Então tá, vamos falar de bans
O que pode mudar no Standard e como pode ser feito
13.069 views
Há 26 dias — Por Rudá Andrade dos Reis
4.225 views
Magic e Pandemia
Analisando o jogo no universo do “novo normal"
4.191 views
Magic e Pandemia
Analisando o jogo no universo do “novo normal"
4.191 views
25/08/2020 10:05 — Por Rudá Andrade dos Reis
Cavaleiros, corram!
Guia para o Rakdos Knights após o ban.
5.913 views
Cavaleiros, corram!
Guia para o Rakdos Knights após o ban.
5.913 views
11/08/2020 10:05 — Por Rudá Andrade dos Reis