Load or Cast
Hora do Pauper: Top 10 cartas de Renascer de Zendikar
Renascer de Zendikar figura como uma das melhores edições recentes para o Pauper.
16/09/2020 10:02 - 7.689 visualizações - 16 comentários
Load or Cast

E aí galera, tudo bem? Aqui quem vos escreve é o Heli e hoje venho apresentar alguns destaques da nova edição Renascer de Zendikar para o formato Pauper. Bom, mesmo que M21 não tenha mudado o metagame do formato, foi notória a mudança em relação ao design das cartas comuns lançadas nas últimas edições. Venho dizendo isso e Renascer de Zendikar vem reforçar meu argumento, trazendo mudanças significativas na concepção das cartas. 


Não serei leviano ao imaginar que o formato é fundamental para a equipe responsável, porém vemos que o aumento no power level no Standard exige um incremento nas respostas do limitado, impactando diretamente nas cartas comuns, pois elas são maioria nos decks do formato.


Tendo isso em mente, a equipe deve estar estudando mais as cartas que jogam o formato, procurando entender o que pode ser efetivo dentro da construção de uma nova edição. Um exemplo claro é o Deliberar, que possui os mesmos efeitos que o Preordenar, mas custa uma mana genérica a mais, porém é uma mágica instantânea. Vamos falar das cartas mais interessantes dessa coleção, na minha opinião:


Menções honrosas:


Quero destacar duas cartas aqui, ambas não por sua função principal:


Ataque Resoluto: temos vários buff desse tipo, inclusive no branco, porém essa instantânea te permite anexar um equipamento numa criatura, sem custo e isso é algo que não vemos no formato;


Forte dos Escombros Tuktuk: essa criatura é bem simples, mas sua habilidade de dar ímpeto para as outras criaturas é o que possibilita seu uso no deck de barreiras, já que é uma habilidade estática e a Ponte Levadica Esmagadora só permite sua ativação no turno seguinte em que entra em campo.

 

● Celebrante Kor

 


Já temos algumas cartas com essa mesma habilidade, que possuem o apelido de irmãs ou sisters em inglês. Entretanto o que se destaca nessa criatura é sua resistência 4, que a deixa muito mais difícil de ser removida com as opções atuais do formato. Seu drawback fica por conta de só se importar com criaturas que você controla, mas não acredito que isso impossibilite seu uso. Ainda não vejo seu uso no cenário competitivo, mas esse tipo de mecânica é clássico do MTG e algumas peças estão sendo disponibilizadas no formato.


● Sacerdote da Praga Saqueador

 


Essa mecânica debuta no formato, trazendo uma criatura inovadora e com um potencial bem interessante. Sua comparação com o Vito, Espinho da Rosa do Ocaso é justa, mas estamos falando de uma carta comum, sendo que seu drawback fica por conta de o oponente perder apenas um ponto de vida para cada trigger, ou seja, para cada instância de ganho de vida (independente da quantidade). Uma das builds que eu vejo sendo possível é no BW Pestilência que usa mais criaturas, pois temos muito mais incidência de ganho de vida. Outra interação a ser explorada é com a Barreira de Esperanca, onde apenas um trigger da Pestilencia pode gerar dois pontos de dano no oponente e zero em você.


● Aventura a Espera

 


Outra carta semelhante a várias outras a disposição, mas temos que nos atentar ao cuidado colocado nela. Você consegue procurar uma criatura nas cinco primeiras cartas, caso não encontre você compra a próxima carta, não te deixando ficar em desvantagem de cartas. Não temos atualmente algum deck midrange com verde e estamos vendo uma quantidade maior para esse tipo de deck, então não me surpreenderia se a build se tornasse uma realidade.


● Lamina Salvada / Faca Versatil

 

 


Coloquei esses dois equipamentos juntos pois ambos têm a mesma habilidade, sendo anexado a uma criatura ao entrar no campo de batalha. Isso é algo determinante já que não temos muitos equipamentos relevantes disponíveis, então vejo com bons olhos esse desconto para seu uso. A Lamina Salvada talvez tenha menos espaço que a Faca Versatil, pois a segunda só custa mana genérica, facilitando seu uso em mais builds, podendo ser um substituto da Maca-estrela dos Vulshoques que as vezes aparece nos sideboard como forma de aumentar a agressividade de decks com criaturas evasivas.


● Garras Glaciais



Essa carta é o exemplo de que o Pauper se mostrou presente no processo de design, pois temos uma carta comum com quatro habilidades! Claro que ela não se encaixa em todos os decks azuis, porém evitar o ataque de uma criatura por dois turnos, fazer seu oponente triturar duas cartas (melhor ainda se for depois de uma cantrip) e ainda comprar uma carta, faz dessa instantânea ser necessária em deck de controle como o UB Teachings ou com poucas criaturas como o UB Alchemy. Não vejo ela como um acidente, como aconteceu com o Santuario Mistico, mas sim como uma carta que foi ponderada para ser útil dentro do formato e isso me alegra muito.


● Alimentar o Enxame

 


Quando Libacao de Farica foi lançada em Theros Além da Morte, já ficamos surpresos pelo fato de uma carta preta poder lidar com um encantamento, assunto esse que o MaRo chegou a comentar no Twitter e no Blogatog. Mas era um efeito de sacrifício, então nem sempre resolvia o problema, entretanto Alimentar o Enxame pode dar alvo em um encantamento, podendo lidar pontualmente com essa permanente, que até então poderia ser bem problemática. O fato de lidar com criaturas também a deixa versátil, fazendo seu drawback de perder vida ser menos grave na maioria dos casos.


● Dreno Mental

 


Outra carta que custa três manas, tendo quatro habilidades. Podemos ver o quanto é eficiente, comparando com Estiolar a Mente, que era o padrão do preto para mágicas que descartam duas cartas. Dreno Mental descarta duas, tritura uma carta do deck do oponente, faz ele perder um ponto de vida e você ganha um. Mesmo que os outros três efeitos sejam menores, vemos o quanto podemos esperar das cartas comuns daqui para frente. No formato, as mágicas de descarte são mais utilizadas em decks de controle e acredito que não seja diferente aqui, pois você não escolhe o que o oponente vai descartar.


● Escalar as Alturas

 


A última do mini ciclo possui características que reforçam a ideia de builds com verde que ainda não vemos no formato, mas seriam bem vindas. Essa será útil no próximo Standard, então vemos o quanto ela pode ser valiosa no Pauper, fazendo quatro coisas distintas e que ajudam demais os decks midrange. Melhorar uma criatura, ganhar vida, rampar e ainda comprar uma carta te possibilita a volta de uma partida perdida. Essa carta oferece uma versatilidade que o verde ainda não dispunha no formato e espero ver esse feitiço sendo bem utilizado em um futuro próximo.


● Incendio Purificador

 


No meu artigo anterior, eu comentei sobre a predominância do Tron no metagame e qual seria a melhor forma de lidar com o deck. Citei o fato de não termos um land destruction eficiente, que é uma das respostas padrões em outros formatos ao deck e outros big mana. Bom, Incendio Purificador será válida no formato e considero uma das cartas top5 de maiores adições ao Pauper (depois de sua criação). 


O fato de poder destruir qualquer terreno já traz uma versatilidade fantástica e mesmo seu drawback não é tão danoso, já que o controlador substitui o terreno perdido por um básico. Não contente com esses efeitos, você ainda compra uma carta, repondo seu uso, fazendo dessa mágica uma adição fenomenal. Em condições específicas você pode usar até em seu próprio terreno, mas vejo essa carta com potencial para fazer decks splasharem vermelho para seu uso em seus sideboards, porém seu alvo principal serão os terrenos de Urza.

 

Eu acredito que essa carta pode combater o Tron, não tirando seu protagonismo, mas criando um cenário onde as partidas fiquem niveladas.


Falando em Tron, meu último artigo recebeu muitos comentários e não consegui responder individualmente, portanto fiquem ligados nas minhas redes sociais e nas do RakdosCast, que eu anunciarei uma novidade, onde responderei esses comentários e muito mais coisas!


E você, o que achou das cartas que eu destaquei? Acha que outras cartas mereciam destaque? Deixem nos comentários o que você achou de Renascer de Zendikar para o formato!


Galera, vou ficando por aqui e espero que tenham gostado da análise. Um abraço a todos e até mais!

Heli Mateus ( helimateus)
Heli Mateus conheceu o Magic em 1998, mas começou a jogar em 2015 quando conheceu o
formato Pauper. Hoje é entusiasta do formato e produtor de conteúdo, principalmente como
podcaster sendo host do PauperView e cohost do RakdosCast.
Redes Sociais: Facebook, Instagram, Twitter
Comentários
Ops! Você precisa estar logado para postar comentários.
(Quote)
- 22/09/2020 21:33
Sacerdote da Praga Saqueador vai criar o BW Soul Sisters, printem e cobrem depois.
(Quote)
- 22/09/2020 17:13

Acompanhem o canal Mana Bicho no youtube, tem muito jogo de LD no meta.

(Quote)
- 21/09/2020 16:28
Opa Heli! Parabens pelo artigo! Queria tirar uma duvida, como a carta Dreno Mental se diferencia de Rumores Pravos no pauper? Eu pessoalmente gosto bastante da segunda e estou animado com a nova adição para decks focados em descarte (deck 4fun) e gostaria de saber as duas poderão ver jogo juntas em algum deck novo no meta. Obrigado!
(Quote)
- 21/09/2020 16:08

opa! sou eu quem agradece a leitura e comentário! tmj, valeu!

(Quote)
- 21/09/2020 16:07

opa! sim eu acredito (e espero) que o formato evolua e possamos ver essas cartas fazendo diferença no metagame. valeu

Últimos artigos de Heli Mateus
Hora do Pauper: Monarca
Como uma mecânica pensada para o limitado influencia o formato.
3.697 views
Hora do Pauper: Monarca
Como uma mecânica pensada para o limitado influencia o formato.
3.697 views
Há 13 dias — Por Heli Mateus
Hora do Pauper: Precisamos conversar sobre o TRON
Um dos pilares do formato continua subindo. Será que o Tron é imbatível?
6.673 views
Hora do Pauper: Precisamos conversar sobre o TRON
Um dos pilares do formato continua subindo. Será que o Tron é imbatível?
6.673 views
02/09/2020 10:05 — Por Heli Mateus
Hora do Pauper – UB Delver
O UB Delver volta a figurar no metagame, se adaptando para ser mais midrange.
6.751 views
Hora do Pauper – UB Delver
O UB Delver volta a figurar no metagame, se adaptando para ser mais midrange.
6.751 views
19/08/2020 10:05 — Por Heli Mateus
Hora do Pauper: Destaques de Double Masters ou seria Pauper Masters?!
Enfim temos uma coleção Master que pode trazer um grande impacto ao metagame do formato.
9.760 views
Hora do Pauper: Destaques de Double Masters ou seria Pauper Masters?!
Enfim temos uma coleção Master que pode trazer um grande impacto ao metagame do formato.
9.760 views
07/08/2020 10:05 — Por Heli Mateus
Hora do Pauper – Jumpstart
Mesmo sendo uma edição voltada para o limitado, Jumpstart pode oferecer opções ao metagame.
5.396 views
Hora do Pauper – Jumpstart
Mesmo sendo uma edição voltada para o limitado, Jumpstart pode oferecer opções ao metagame.
5.396 views
17/07/2020 10:05 — Por Heli Mateus