Load or Cast
Guia Gruul Aggro
Caparroz mostra a vocês como jogar com o deck sensação do MPL Weekend.
Há 28 dias - 8.492 visualizações - 7 comentários
Load or Cast

Bom dia, boa tarde, boa noite!

Vou falar para vocês que fazia muito tempo que eu não andava tão animado com o Standard. Para quem tem acompanhado, o formato é certamente o mais saudável que o Arena já viu, com basicamente todos os tipos de decks jogando. 

 

Claro que como todo formato, existem os decks em destaque, como já aconteceu nesse T2 com o Rakdos Midrange, o Dimir Rogues e o Azorius Yorion, mas parece que finalmente chegou a vez de um aggro chegar ao topo do pódio.

Quem acompanhou nesse fim de semana, aconteceu o MPL Weekend I, basicamente um torneio onde os jogadores da MPL e da Rivals League (como se fosse a série A e série B do magic profissional) jogaram entre si em busca de pontos para ganhar benefícios dentro do programa.

 

Dentre os vários baralhos utilizados, essa foi a porcentagem de vitória de cada um:

 

 

Verificando os dados, podemos reparar que o Azorius Yorion foi o grande fracasso do torneio, com uma win rate de apenas 25,7%, o que mostra que esse deck perde força no formato atual, o Dimir Rogues, até então melhor deck do formato com um sólido 59,5%, enquanto que o Gruul Aggro converteu para impressionantes 65%.

 

Alguns excelentes jogadores acabaram escolhendo o Gruul para o torneio da MPL, como Brad Nelson e Ondrej Strasky, que utilizaram a mesma lista, enquanto que Martin Juza e Rei Sato acabaram por ter listas próximas, mas com algumas modificações:

 

Gruul Strasky/Brad Nelson
5706 visualizações
27/10/2020
R$ 980,99
R$ 1.640,08
R$ 4.065,78
5706 visualizações
27/10/2020
Visualização:
Padrão
Cor
Custo
Raridade
Visual
CMC
Comprar Deck
Criaturas (32)
4  Estalajadeiro de Beiramuro 0,14
4  Serpente Litoespiral 15,70
4  Elemental das Queimadas  0,38
2  Lodo Necrófago  6,21
4  Fera Apaixonada // Desejo do Coração  0,90
4  Gigante Esmaga-ossos // Pisar  6,50
4  Mamute de Kazandu   4,66
4  Destruidor de Gemas  4,49
2  Fera das Demandas   49,00
Mágicas (4)
4  Esmagamento de Quebra-crânio   34,90
Artefatos (4)
4  Brasolâmina   34,11
Terrenos (20)
7  Floresta0,00
3  Montanha0,00
4  Passagem Fabulosa22,28
2  Terras em Desenvolvimento0,03
4  Trilha da Coroa de Penedos21,83
60 cards total

Sideboard (15)
4  Fogo Dracônico Escaldante  0,05
1  Lodo Necrófago  6,21
2  Anunciador de Garruk   2,49
2  Fênix de Cinzas   1,19
1  Boi de Agonas   15,68
3  Vivien, Protetora dos Monstros   31,98
2  O Grande Círculo   80,78

 

Gruul Martin Juza
5700 visualizações
27/10/2020
R$ 877,66
R$ 1.459,56
R$ 3.922,56
5700 visualizações
27/10/2020
Visualização:
Padrão
Cor
Custo
Raridade
Visual
CMC
Comprar Deck
Criaturas (32)
4  Estalajadeiro de Beiramuro 0,14
4  Cavaleiro de Rochabeira // Carga do Pedregulho  0,05
4  Elemental das Queimadas  0,38
2  Ladrão dos Ricos  23,97
2  Lodo Necrófago  6,21
4  Fera Apaixonada // Desejo do Coração  0,90
4  Gigante Esmaga-ossos // Pisar  6,50
4  Mamute de Kazandu   4,66
4  Fera das Demandas   49,00
Mágicas (4)
4  Esmagamento de Quebra-crânio   34,90
Artefatos (4)
4  Brasolâmina   34,11
Terrenos (20)
8  Floresta0,00
4  Montanha0,00
4  Passagem Fabulosa22,28
4  Trilha da Coroa de Penedos21,83
60 cards total

Sideboard (15)
4  Fogo Dracônico Escaldante  0,05
2  Lodo Necrófago  6,21
2  Anunciador de Garruk   2,49
4  Fênix de Cinzas   1,19
3  Vivien, Protetora dos Monstros   31,98

 

Gruul Rei Sato
5823 visualizações
27/10/2020
R$ 970,34
R$ 1.611,59
R$ 4.188,81
5823 visualizações
27/10/2020
Visualização:
Padrão
Cor
Custo
Raridade
Visual
CMC
Comprar Deck
Criaturas (25)
4  Estalajadeiro de Beiramuro 0,14
4  Elemental das Queimadas  0,38
3  Lodo Necrófago  6,21
4  Fera Apaixonada // Desejo do Coração  0,90
4  Gigante Esmaga-ossos // Pisar  6,50
4  Mamute de Kazandu   4,66
2  Fera das Demandas   49,00
Mágicas (8)
2  Fogo Dracônico Escaldante  0,05
2  Força Primal  0,98
4  Esmagamento de Quebra-crânio   34,90
Artefatos (5)
3  Brasolâmina   34,11
2  O Grande Círculo   80,78
Terrenos (22)
9  Floresta0,00
3  Montanha0,00
4  Passagem Fabulosa22,28
2  Terras em Desenvolvimento0,03
4  Trilha da Coroa de Penedos21,83
60 cards total

Sideboard (15)
2  Fogo Dracônico Escaldante  0,05
2  Quebra-escudo de Brasoreth // Exibição em Batalha  0,15
2  Clotis, Deusa do Destino   40,00
2  A Guerra Acrosana  0,25
2  Garruk, Liberto   14,72
3  Boi de Agonas   15,68
2  Vivien, Protetora dos Monstros   31,98

 

Por mais que Brad Nelson e Strasky tenham feito 7 vitórias, enquanto Juza fez 6, resultados satisfatórios, vale destacar o grande rei do torneio até o momento, Rei Sato, que cravou um incrível 11-1, garantindo a primeira colocação com sobras e é com base nesse baralho que vamos comentar no artigo, que como vocês já sabem, será um guia do baralho, sensação atual do Standard, Gruul Aggro. Vale a menção especial a Kenta Harane e Riku Kumagai, que na parte da Rivals League, conseguiram fazer 8 vitórias cada um com o baralho.

 

Falando sobre o baralho em si, vamos abordar as cartas utilizadas e a função de cada uma no deck.

 

MAINDECK

 

CRIATURAS

 

Estalajadeiro de Beiramuro – Essa criatura é o grande pagamento de usar as cartas de aventura no baralho. Além de contribuir como uma criatura de custo 1, facilitando a entrada da Embercleave em campo, pode gerar valor durante a partida, coisa que esse tipo de deck faz muito mal.

 

 

O grande problema é que o baralho usa apenas 8 cartas de aventura, mas o custo de usar ele é baixo, e uma ou outra carta a mais pode ser mais que suficiente para finalizar o seu adversário.

 

Na imensa maioria das vezes, caso você tenha ele e uma Fera Apaixonada // Desejo do Coracao no turno 1, dê preferência para a ficha da aventura, pois se você conseguir extrair recurso com essa criatura, minimizando a chance do seu adversário matar ele, melhor.

 

Elemental das Queimadas – Certamente a criatura mais agressiva do seu baralho, que em auxílio com uma Terras em Desenvolvimento ou Passagem Fabulosa, consegue facilmente tirar 1/4 da vida do adversário, ainda mais com a sua evasão, bem importante hoje no formato cheio de criaturas com 1 ou 2 de poder.

 

 

Ao utilizar cartas com landfall, tente preservar seus terrenos que buscam outros terrenos para gerar valor no combate, isso significa muitas vezes evitar de fazer aquela Terras em Desenvolvimento no turno 1. Claro que se isso for comprometer sua curva, melhor já garantir o terreno, mas sempre que for possível, extraia valor deles.

 

Importante dizer que assim como o Vale de Kazandu, existe a interação natural com o O Grande Circulo, deixando suas criaturas 5/5 no turno 4, já conjurando seu poderoso artefato, como eu disse, o sequenciamento dos terrenos é muito importante nesse deck.

 

Lodo Necrofago – Com a presença significativa de baralhos que usam cemitério (Rakdos Midrange e Dimir Rogues), além de baralhos de criaturas, esse lodo é sem dúvida uma das melhores criaturas hoje do formato.

 

 

Você pode simplesmente fazer ele no turno 2, já começando a atacar os pontos de vida do adversário, como comprar ele no final da tarde, deixando ele facilmente como a maior criatura da mesa. Os pontos de vida não são o ponto forte, mas tenha em mente que você pode fugir do letal com esses preciosos pontos.

 

Dica importante, jogando contra baralhos de Gigante Esmaga-ossos // Pisar ou Ato Cruel, eu indico guardar ele na mão para fazer já 3/3, evitando de tomar o balão, principalmente se o seu adversário usar Croxa, Tita da Fome da Morte.

 

Fera Apaixonada // Desejo do Coracao – Sua carta favorita de turno 1, pois além de avançar seu jogo, ainda te dá a possibilidade de já fazer uma criatura 5/5 no terceiro turno, dando a possibilidade de conjurar o O Grande Circulo o quanto antes, o que é muito importante.

 

 

Fora isso, interage muito bem com Forca Primal, já que normalmente o custo X sendo 0 você já vai matar qualquer criatura da mesa, além é claro de atacar 12 com uma Brasolamina ou comprar uma carta extra com o Estalajadeiro de Beiramuro.

 

Gigante Esmaga-ossos // Pisar - Uma remoção versátil, capaz de lidar com ameaças problemáticas nos primeiros turnos, como Ganso Dourado, Estalajadeiro de Beiramuro, Cobra de Lotus, Impositora da Guilda dos Ladroes, Aparicao do Enclave Celeste, etc.

 

 

Aliada a essa interação, ainda se transforma em um robusto 4/3, capaz de pressionar a board com facilidade, atacando para metade da vida do seu adversário com a Brasolamina.

 

Aqui, vale lembrar que quando ele é alvo de uma mágica, o controlador dela toma 2, isso significa que caso você use um Forca Primal nele, você tomará os 2 de dano, é uma situação específica, mas é bom ter em mente para não se matar.

 

Mamute de Kazandu  – Sem dúvida uma das cartas mais utilizadas de Zendikar Rising no formato. Essa habilidade de poder usar mágicas que se transformam em terrenos fez muito bem ao jogo, evitando uma zica/flood.

 

 

Cada vez eu tenho usado mais desse tipo de carta nos meus baralhos, pois vejo como há redução nos jogos em que você simplesmente não joga.

 

Como criatura, já mencionei de lembrar de extrair valor dos terrenos que sacrificam, para dar mais dano no combate, ou facilitar a entrada do O Grande Circulo, inclusive, essa criatura pode ficar facilmente 7/7, o que deixa o seu artefato verde “de graça”.

 

Fera das Demandas – Por último, mas não menos importante, o grande terror da fase de combate do baralho.

 

 

A sua interação com Brasolamina torna qualquer bloqueio problemático, diante da combinação de toque mortífero, iniciativa e atropelar. Aqui, é bom esclarecer que quando existe esse tipo de criatura, cada 1 de dano já é suficiente para matar as criaturas no combate, antes mesmo da sua criatura sofrer dano (caso as criaturas do oponente não tenham iniciativa).


Exemplo: você ataca com uma Fera das Demandas 5/5 com a Brasolamina, seu oponente bloqueia com 3 criaturas 7/7. Você causa apenas 1 de dano em cada, matando as 3 criaturas do adversário e ainda causando 7 de dano no oponente pelo atropelar, um verdadeiro roubo.

 

A utilização de poucas cópias, se dá pelo fato de não termos tantos planinautas jogando nos principais decks do formato, mas caso esse número aumente, há facilmente a possibilidade de aumentar o número de cópias no baralho.

 

MÁGICAS

 

Fogo Draconico Escaldante – provavelmente a grande inovação da lista do Rei Sato para esse torneio. Hoje é uma remoção bastante eficiente, tendo em vista que esses 3 de dano são suficientes para matar a maioria das criaturas que são problemas no formato. O fator exílio é ainda mais relevante, tirando valor de cartas como Croxa, Tita da Fome da Morte, Lurrus da Toca Onirica, Elspeth Derrota a Morte, Despertar de Agadeem, etc.

 

 

Inclusive, para quem não entendeu sobre a Croxa, Tita da Fome da Morte, tem uma jogada não convencional, em que seu oponente faz a criatura e em resposta a ela ser sacrificada, você usa essa mágica, logo, ao invés de ser colocada no cemitério, ela irá direto para o exílio, evitando assim de ter problemas com uma 6/6.

 

Forca Primal – diferente da anterior, essa é uma carta que vem sendo usada nesse tipo de baralho desde que foi lançada. A possibilidade de eliminar qualquer tipo de criatura em campo, aumentando o dano causado, torna ela bem interessante no baralho.

 

 

Caso o formato tenha um aumento significativo nas interações como mágica instantânea, o slot acaba ficando comprometido, mas ainda não é o momento.

 

Vale lembrar também que sua mágica faz com que você lute com “até” uma criatura, o que significa que muitas vezes você pode simplesmente aumentar o poder da criatura para causar o máximo de dano possível, principalmente quando essa criatura estiver equipada com uma Brasolamina.

 

Esmagamento de Quebra-cranio – por mais que na maior parte do tempo essa carta seja feita como terreno, é sempre bom lembrar que você pode retirar ameaças do campo. Eu tenho amado essa carta e hoje é, sem dúvida, uma das minhas preferidas do formato pelo quesito versatilidade.

 

 

Eu já vi pessoas errando com essa carta, então é bom destacar que ela também pode dar dano em planinautas, ler a carta explica a carta.

 

Brasolamina - a melhor carta do baralho, certamente a que motiva as pessoas a jogarem com decks agressivos hoje em dia.

 

 

São inúmeros os jogos em que está tudo perdido, mas uma Brasolamina no momento certo causa um estrago no combate, principalmente no turno em que ela é conjurada, já que o combate fica muito ruim para quem está bloqueando.

 

Importante ao usar essa carta é saber qual o tipo de interação seus adversários podem ter, a fim de evitar que sua criatura seja destruída no combate, tirando o valor dessa carta tão relevante. No mais, dispensa muitos comentários.

 

O Grande Circulo – o famoso Brasolamina verde. Não tem tanto impacto imediato quanto sua irmã vermelha, mas também tem totais condições de vencer a partida sozinho.

 

 

Quando você tiver a oportunidade de baixar essa carta, são raros os momentos em que você não deve fazer, já que quanto antes ele cair na mesa, mais rápido ele vai te gerar recurso, tornando o jogo mais complicado para o oponente, ainda mais que quase metade do seu deck é composto de criaturas.

 

Como já dito nesse artigo, lembrem-se da interação com as criaturas com landfall, que facilitam muito a entrada dele em jogo.

 

Como de costume, aqui vai aquele guia de side especial para a galera que pretende jogar com o deck no formato, inclusive, com a chegada do Arena Open esse fim de semana no MTG Arena, bem como você que joga com outros baralhos, para entender como se portar no pós side contra o Gruul.

 

SIDEBOARD

 

Azorius Control = +2Garruk, Liberto, 3 Boi de Agonas, 2 Vivien, Protetora dos Monstros 
-4 Gigante Quebra-ossos, 2 Fogo Draconico Escaldante, 1 Lodo Necrofago

O plano contra o Azorius é ganhar mais consistência, diante da grande quantidade de remoções do adversário, principalmente pelo fator Estilhacar o Ceu. Os planinautas cumprem bem esse papel, fugindo de alguns outs, enquanto que remoções acabam não sendo tão impactantes na partida.

 

Como ainda sim o deck possui algumas criaturas que podem ser problemáticas, eu gosto de deixar o Forca Primal, o próprio “buff”, uma vez que o oponente praticamente só responde suas cartas com feitiços e permanentes, pode ser bem funcional nos jogos.

 

Dimir Control = +2 Garruk, Liberto, 3 Boi de Agonas, 2 Vivien, Protetora dos Monstros, 2Clotis, Deusa do Destino
-4 Gigante Quebra-ossos, 2 Fogo Draconico Escaldante, 2 Forca Primal, 1 Lodo Necrofago
 

Aqui o plano é extremamente parecido com o Azorius, a pequena diferença é que o oponente não usa nada tão impactante como criatura que justifique o Forca Primal, enquanto que por não usar o branco, ele perde Aparicao do Enclave Celeste e Elspeth Derrota a Morte , deixando a Clotis, Deusa do Destino uma carta de alto impacto.

 

Dimir Rogues = +2 Fogo Draconico Escaldante, 2 Clotis, Deusa do Destino, 3 Boi de Agonas, 2 Vivien, Protetora dos Monstros 
-2 Fera das Demandas,  2 O Grande Circulo, 1 Brasolamina, 4 Gigante Quebra-ossos

Contra os Ladinos, o plano também é ganhar consistência, mas respeitando as diversas interações em forma de mágica instantânea do adversário. Por conta de várias criaturas com voar, não gosto muito do Garruk, Liberto, por entender que ele entra comprometido em campo.

 

Por mais que Gigante Quebra-ossos lide com algumas criaturas, ele acaba sendo bem situacional, então prefiro manter a pressão no jogo, enquanto tenho acesso a remoções que lidem com qualquer criatura do adversário.

 

Boi de Agonas é o grande MVP para você, gerando recurso de graça, enquanto você controla o seu próprio cemitério, mas lembre-se, o adversário tem acesso a Agarrar-se ao Po.

 

Green Food = +2 Quebra-escudo de Brasoreth // Exibicao em Batalha, 2 A Guerra Acrosana, 2 Vivien, Protetora dos Monstros
-2 Fogo Draconico Escaldante, 4 Gigante Esmaga-ossos // Pisar

Como as criaturas do oponente se defendem muito bem, remoções acabam não sendo muito impressionantes na partida. Logo, o plano é interagir melhor com as ameaças, enquanto impõe um clock agressivo na vida do oponente.

 

Gruul Aggro = +2 Fogo Draconico Escaldante, 2 Clotis, Deusa do Destino, 2 A Guerra Acrosana, 2 Vivien, Protetora dos Monstros, 2 Quebra-escudo de Brasoreth // Exibicao em Batalha
-4 Elemental das Queimadas, 2 Mamute de Kazandu, 4 Estalajadeiro de Beiramuro

 

Eu entendo que essa match se resume muito em quem consegue deixar um dos artefatos em campo o mais rápido possível, por isso o foco aqui é impedir que isso aconteça.

 

Não sou muito fã das criaturas que morrem para Gigante Quebra-ossos, entendo ser um bom plano tirar valor do Stomp, enquanto avança o jogo de uma forma mais segura para os seus artefatos.

 

MonoRed = +2 Fogo Draconico Escaldante, 2 Quebra-escudo de Brasoreth // Exibicao em Batalha, 2 Clotis, Deusa do Destino, 2 A Guerra Acrosana
-2 Fera das Demandas, 4 Elemental das Queimadas, 2 Mamute de Kazandu

 

O plano contra o MonoRed lembra o do Gruul, tentando impedir as ameaças do adversário, sempre tendo em mente o risco da Brasolamina. Como aqui seu oponente tem mais criaturas de custo 1 e 2, planinautas acabam não tendo tempo para ter grande impacto na partida.

 

Rakdos Midrange = +2 Clotis, Deusa do Destino, 3 Boi de Agonas, 2 Garruk, Liberto, 2 Vivien, Protetora dos Monstros, 2 A Guerra Acrosana
-2 Fera das Demandas, 4 Gigante Quebra-ossos, 2 Fogo Draconico Escaldante, 2 Forca Primal, 1 Brasolamina

 

Pela grande quantidade de remoções do oponente, assim como contra os controles, o plano é conseguir ter mais consistência com suas cartas, o que vem através de planinautas e criaturas que geram valor em campo.

 

Brasolamina é uma boa carta, mas como você sobe muito a curva do baralho, acaba perdendo aquela super curva com ela, então prefiro jogar menos intenso nessa estratégia.

 

Temur Ramp = +2 A Guerra Acrosana
-2 Lodo Necrofago

 

Aqui o plano A já é extremamente eficiente, você basicamente precisa matar seu oponente ou encaixar um O Grande Circulo , antes que ele resolva o Ugin, o Dragao Espirito.

 

Gosto da A Guerra Acrosana, porque muitas vezes você pode roubar um Terror dos Picos ou um Gigante do Pe de Feijao // Pegadas Ferteise partir para o letal.

 

Então é isso meus amigos, esperam que tenham gostado desse artigo, tentei ser bem minimalista sobre como o baralho funciona, mas claro que existindo qualquer dúvida sobre ele, sintam-se à vontade para perguntar!

Dúvidas, sugestões e críticas construtivas são sempre bem vindas.


Para quem quiser acompanhar meu trabalho no Magic, meu canal na Twitch, onde faço Lives de Segunda, Terça, Quinta, Sábado e Domingo, a partir das 19h, e Sexta a partir das 21h, bem como as Lives que eu faço no canal da LigaMagic, todas as Quartas e Sextas, a partir das 18h, onde jogo muito Standard e Historic, além de Limited, Brawl e eventos na plataforma.

 
Quem tiver interesse e puder me seguir nas redes sociais para fortalecer meu trabalho, seguem os links:


 Twitter | Instagram | Facebook

 
Abraço a todos.

Patrocinador Oficial LigaMagic Bolts
Patrocinador Oficial LigaMagic Bolts
Patrocinador Oficial LigaMagic Bolts
João Lucas Caparroz ( LuCaparroz)
Jogador competitivo desde 2014, participou de alguns Pro Tours, sendo atualmente o Campeão Brasileiro, já tendo atingido o Pro Player Bronze. Colunista da LigaMagic desde 2015.
Redes Sociais: Facebook
Comentários
Ops! Você precisa estar logado para postar comentários.
(Quote)
- 31/10/2020 17:34
Se o Caparroz tem milhões de fãs, eu sou um deles. Se o Caparroz tiver apenas um fã, eu serei esse fã. Se ele não tem fãs, significa que já não estou mais na terra. Se mundo está contra o Caparroz, então estarei contra o mundo.
(Quote)
- 30/10/2020 18:31
No guia de side contra Azorius Control, Dimir Control e Rakdos Midrange, o nome do gigante ta errado e mostrando uma carta q nem no T2 está, mas o artigo tta muito mais do que completo e tem me ajudado muito a sidear
(Quote)
- 29/10/2020 17:31
Excelente artigo Capa!
(Quote)
- 29/10/2020 17:29
excelente artigo, Capa! mais do que completo
(Quote)
- 29/10/2020 16:33
Olá! (Boas...)
Últimos artigos de João Lucas Caparroz
Dicas para o LATAM Challenge
Como se preparar fisicamente, mentalmente e tecnicamente para o evento do ano da América Latina
4.273 views
Dicas para o LATAM Challenge
Como se preparar fisicamente, mentalmente e tecnicamente para o evento do ano da América Latina
4.273 views
Há 8 dias — Por João Lucas Caparroz
Rakdos Midrange no Standard
Uma das últimas novidades no Standard
11.109 views
Rakdos Midrange no Standard
Uma das últimas novidades no Standard
11.109 views
09/10/2020 10:00 — Por João Lucas Caparroz
20 listas com Renascer de Zendikar
Caparroz traz os primeiros decks do novo Standard
27.112 views
20 listas com Renascer de Zendikar
Caparroz traz os primeiros decks do novo Standard
27.112 views
18/09/2020 10:01 — Por João Lucas Caparroz
Os melhores Decks Standard pós-ban
Em um formato com 10 cartas banidas ainda temos muita coisa boa para jogar
24.549 views
Os melhores Decks Standard pós-ban
Em um formato com 10 cartas banidas ainda temos muita coisa boa para jogar
24.549 views
05/08/2020 10:01 — Por João Lucas Caparroz
Report LigaMagic Finals / Guide Temur Reclamation
Report do campeão do LigaMagic Finals e de bônus um guia do melhor deck do formato
5.698 views
Report LigaMagic Finals / Guide Temur Reclamation
Report do campeão do LigaMagic Finals e de bônus um guia do melhor deck do formato
5.698 views
09/07/2020 10:05 — Por João Lucas Caparroz