Load or Cast
Hora do Pauper - Temur Ponza
Será que destruir terrenos é uma saída para lidar com o metagame atual?
16/12/2020 10:05 - 8.403 visualizações - 12 comentários
Load or Cast
E aí galera, tudo bem? Aqui quem vos escreve é o Heli e hoje venho trazer mais um decktech, desta vez o deck escolhido foi o Temur Ponza ou Temur Cascata. Os decks com base azul ainda vêm dominando o metagame, entretanto os jogadores estão sendo forçados a pensarem de forma audaciosa quando querem construir algo diferente. Os decks de LD sempre aparecem no formato, porém a versão Monoblack sempre se mostrou a com menos problemas, sendo então a aceita como mais forte. As versões monored e monogreen ganharam mais destaque, mas pecavam em decidir jogos, precisando de algo que justificasse o uso dessas cores. 
 
Eis que Commander Legends trouxe cartas boas com a habilidade de Cascata, possibilitando o seu casamento com a destruição de terrenos, criando o Temur Ponza. Essas novas listas começaram a aparecer com o TBxGreenguy no MTGO, mas outros jogadores já estão explorando, como o Weber e o Hamuda. A lista que estou usando como base foi jogada pelo Eduardo Bassoli, meu amigo aqui de São José, sendo muito parecida (mudanças apenas no side) com a testada pelos italianos no LegaPauperToscana. A primeira lista é do Eduardo e a segunda dos italianos:
 
Temur Ponza
5657 visualizações
13/12/2020
R$ 232,77
R$ 588,88
R$ 4.747,74
5657 visualizações
13/12/2020
Visualização:
Padrão
Cor
Custo
Raridade
Visual
CMC
Comprar Deck
Gerar Imagem
Criaturas (16)
4  Elfo do Arvoredo 0,19
4  Vaga-Pensador  2,33
4  Grupo de Abordagem  0,25
4  Altissauro Irritado   0,25
Mágicas (12)
4  Chuva de Pedras  0,04
4  Termocarse   5,00
4  Limo Ácido de Mwonvuli   3,47
Artefatos (4)
4  Ornamento dos Vinculadores 5,48
Encantamentos (8)
4  Crescimento Virente 0,25
4  Propagação da Utopia 33,90
Terrenos (20)
2  Desolação Fumegante3,00
12  Floresta0,00
2  Ilha0,00
4  Montanha0,00
60 cards total

Sideboard (15)
3  Explosão Elemental do Vermelho 5,45
1  Tocha de Kaervek  0,25
2  Coração Sereno  0,89
2  Rancor Antigo  0,09
3  Resistir à Tempestade  0,85
2  Canhonada Ardente  0,16
2  Triturador de Ulamog 0,35
Temur Ponza
5631 visualizações
13/12/2020
R$ 239,98
R$ 604,29
R$ 4.765,29
5631 visualizações
13/12/2020
Visualização:
Padrão
Cor
Custo
Raridade
Visual
CMC
Comprar Deck
Gerar Imagem
Criaturas (16)
4  Elfo do Arvoredo 0,19
4  Vaga-Pensador  2,33
4  Grupo de Abordagem  0,25
4  Altissauro Irritado   0,25
Mágicas (12)
4  Chuva de Pedras  0,04
4  Termocarse   5,00
4  Limo Ácido de Mwonvuli   3,47
Artefatos (4)
4  Ornamento dos Vinculadores 5,48
Encantamentos (8)
4  Crescimento Virente 0,25
4  Propagação da Utopia 33,90
Terrenos (20)
2  Desolação Fumegante3,00
12  Floresta0,00
2  Ilha0,00
4  Montanha0,00
60 cards total

Sideboard (15)
3  Explosão Elemental do Vermelho 5,45
2  Coração Sereno  0,89
2  Rancor Antigo  0,09
3  Resistir à Tempestade  0,85
3  Canhonada Ardente  0,16
2  Violando os Túmulos  4,00
 
BASE DE MANA

  
 
 
Precisando sempre de terrenos que entrem em pé, só duas fetches são utilizadas, além de 18 terrenos básicos. O segredo para que o deck funcione bem estão nos ramps.
 
RAMPS

  
 
Os ramps ou aceleradores de mana são a chave desse deck, pois para controlar os terrenos do seu oponente, você precisa antecipar suas jogadas, diminuindo as chances de respostas. Crescimento Virente e Propagacao da Utopia cumprem muito bem o papel, possibilitando as mágicas de custo três no turno dois. Mesmo só podendo encantar uma floresta, acaba não sendo um problema, pois a base do deck é verde. Elfo do Arvoredo é outra peça semelhante, mas por ser uma criatura acaba sendo um alvo mais fácil.
 
LD

  
 
A ideia do deck é acelerar as manas e segurar o oponente destruindo seus terrenos. Sendo assim, Chuva de Pedras e Termocarse são fantásticas, ainda mais quando tiver um ramp no turno um. O Pauper é um formato lento, onde temos muitos decks que baixam terrenos virados no primeiro turno, então perder esse primeiro terreno tem consequências catastróficas para o plano de jogo de muitos decks. Boa parte do metagame se vale de estratégias midrange, como Monarca, com isso as bouncelands são muito utilizadas como forma de ter mais manas no late game, sacrificando o early baixando terrenos virados, sendo assim destruí-los pode atrasar até três turnos contra alguns decks. Ainda temos o Limo Acido de Mwonvuli que ainda rampa, sendo uma opção muito boa por adiantar suas próximas jogadas.
 
CASCATA
 
 
 
Bom, agora que já conseguimos rampar e controlar o deck do oponente destruindo seus terrenos, precisamos ganhar os jogos e por isso as criaturas com Cascata entraram nesse deck. Altissauro Irritado logo se mostrou uma escolha interessante para o formato, combinando uma criatura com corpo bom, habilidades de combate relevantes com a Cascata, já que custando sete manas, seria possível conjurar muita coisa relevante. Inicialmente o Temur Tron (aquele com mais criaturas) me parecia um build interessante para abrigá-la, mas logo um pirata começou a aparecer como um bom aliado. Grupo de Abordagem não encanta ao primeiro olhar, porém o fato de ter ímpeto além da Cascata, cria um cenário onde seu campo causa muito dano em poucos turnos, sendo um elemento surpresa em partidas que envolvam a habilidade de Monarca, sendo uma excelente forma de pegar roubar a coroa. Tanto o dinossauro quanto o pirata possuem 6 de poder, ou seja, se ambas atacarem você ganha em dois ataques, sendo assim o deck agora possui uma forma eficiente de definir os jogos. 
 
VANTAGEM DE CARTAS

 
 
Vaga-Pensador é uma criatura fantástica, que além de dar vantagem de cartas é uma ameaça com evasão. Combinando isso ao fato de ser conjurado de graça pela Cascata, temos uma criatura relevante que justifica o uso da terceira cor no deck. Ornamento dos Vinculadores é uma das cartas mais jogadas no formato, sendo uma fonte significativa de vantagem, sendo que seu drawback tem menos impacto neste deck, pois mesmo comprando cartas seu oponente pode não ter terrenos para fazer nada. Além dessas vantagens, esse artefato corrige as cores de mana, sendo uma boa forma de ampliar suas opções no sideboard.
 
SIDEBOARD

  
 
O metagame continua com muito azul, então Explosao Elemental do Vermelho é uma boa arma para lidar com as anulações de seu oponente, entretanto não se foque muito nisso e prefira limitar suas opções, forçando-o a gastar seus recursos de forma antecipada. No geral, o deck apresenta uma certa dificuldade em partidas que o oponente curva bem e cria um campo muito agressivo, como o Stompy e o Elfos, somando o Burn a essa equação temos adversário que precisamos segurar procurar tirar o maior proveito do Resistir a Tempestade. Canhonada Ardente é uma ótima forma de lidar com qualquer deck agressivo e ainda pode ser útil contra vários decks azuis. Coracao Sereno e Rancor Antigo são hates específicos que são sempre úteis, bem como Violando os Túmulos sempre será eficiente contra deck recursivos, como boa parte dos midranges do formato.
 
Vejo o deck como um possível tier 2, conseguindo lidar com muitos decks aventureiros e tendo partidas justas contra os melhores do formato. Inclusive, pode ser bem efetivo contra o Tron, já que segura a geração de muitas manas no começo do jogo e ameaça com criaturas grandes, provavelmente tendo problemas para lidar com o soft lock do Dignitario Corno-de-Pedra. Contra os decks azuis, você precisa fazer seu oponente gastar seus hard counter, limitando suas opções de jogadas com os LD. Outro ponto válido é entender como seu deck funciona, principalmente em quais mão iniciais devem ser mantidas e quais devemos mulligar. Você precisa ter em mente que nos primeiros turnos rampar e destruir terrenos é seu foco, portanto tenha isso em mente ao conduzir suas partidas.
 
E você, acha que o Temur Ponza é um deck meme ou vale a pena testar? Eu vejo como um deck com potencial e outras builds já estão aparecendo, sendo a mais interessante delas usando Barreiras, então ele deve se manter no formato nas próximas semanas. Galera, vou ficando por aqui e espero que tenham gostado da análise. 
 
Um abraço a todos e até mais!
Heli Mateus ( helimateus)
Heli Mateus conheceu o Magic em 1998, mas começou a jogar em 2015 quando conheceu o
formato Pauper. Hoje é entusiasta do formato e produtor de conteúdo, principalmente como
podcaster sendo host do PauperView e cohost do RakdosCast.
Redes Sociais: Facebook, Instagram, Twitter
Comentários
Ops! Você precisa estar logado para postar comentários.
(Quote)
- 03/01/2021 00:10

fala amigo! essa é melhor resposta (e provavelmente a correta) para sua pergunta (em inglês)
https://www.mtggoldfish.com/articles/name-game-ponza

(Quote)
- 02/01/2021 15:10

Ponza é o nome do player que criou esse tipo de deck, baseado em land destrucción...

(Quote)
- 02/01/2021 11:13
O que diabos é um ponza ?
(Quote)
- 02/01/2021 11:00

opa! desconheço cara...se achar, deixa o link ai pra gente! valeu

(Quote)
- 02/01/2021 10:59

fala mano! então, eu acho que os LD desse deck funciona apenas como ferramenta de atraso ao plano de jogo do oponente, não como um controle forte como vemos no Modern por exemplo...mas, vejo com bons olhos a possibilidade que o arquétipo se mantenha no metagame mesmo com as mudanças de devem vir em 2021...valeu!

Últimos artigos de Heli Mateus
Hora do Pauper - Top10 cartas de Modern Horizons 2 para o Pauper
Boas opções e velhos novos problemas aparecem nessa tão aguardada coleção.
4.097 views
Hora do Pauper - Top10 cartas de Modern Horizons 2 para o Pauper
Boas opções e velhos novos problemas aparecem nessa tão aguardada coleção.
4.097 views
Há 1 dia — Por Heli Mateus
Hora do Pauper - Combo é o novo aggro!
Entendendo como esse arquétipo tem ganhado força e espaço no formato.
8.341 views
Hora do Pauper - Combo é o novo aggro!
Entendendo como esse arquétipo tem ganhado força e espaço no formato.
8.341 views
Há 23 dias — Por Heli Mateus
Hora do Pauper
Top 10 cartas de Strixhaven para o Pauper
6.652 views
Hora do Pauper
Top 10 cartas de Strixhaven para o Pauper
6.652 views
21/04/2021 10:05 — Por Heli Mateus
Hora do Pauper - Jeskai Affinity
O Affinity ressurge em novas cores, procurando seu espaço num mundo de vantagem de cartas.
8.761 views
Hora do Pauper - Jeskai Affinity
O Affinity ressurge em novas cores, procurando seu espaço num mundo de vantagem de cartas.
8.761 views
18/03/2021 10:05 — Por Heli Mateus
Hora do Pauper - BG Rock
Avaliando como esse clássico deck do Modern pode se sair no Pauper.
8.104 views
Hora do Pauper - BG Rock
Avaliando como esse clássico deck do Modern pode se sair no Pauper.
8.104 views
19/02/2021 11:31 — Por Heli Mateus