Load or Cast
Nivar à Luz no Pioneiro
Nivar à Luz é a atual sensação do Pioneiro, e Sandoiche comenta sobre listas, opções e dicas do baralho em seu artigo de hoje aqui na LigaMagic!
26/03/2021 10:05 - 3.261 visualizações - 9 comentários
Load or Cast

Olá! Em meu artigo de hoje aqui na LigaMagic venho falar de um formato o qual joguei algumas dezenas de partidas neste mês durante as Classificatórias e Finais do ManaTraders Series: o Pioneer, especificamente, sobre duas das variações do arquétipo Niv to Light, atual principal deck do formato em termos de fatia de metagame.


O principal apelo para escolher o Midrange multicolorido dentre as várias opções no catálogo é a sua poderosa caixa-de-ferramentas com Trazer a Luz, sendo capaz de buscar cartas para resolver situações específicas contra praticamente toda a oposição: alguns exemplos são Veredito das Sombras, Yasharn, Terra Implacavel, Hora da Devastacao, Tolsimir, Amigo dos Lobos, e, é claro, a carta que dá nome ao baralho: Niv-Mizzet Renascido, que é capaz de gerar uma vantagem de cartas colossal no turno que resolve, com praticamente todas as cartas do baralho sendo douradas.


Naturalmente, por possuírem mais cores e serem em tese mais difíceis de serem conjuradas, as cartas douradas costumam apresentar um ótimo custo/benefício em relação à quantidade de mana investida para conjurá-las e o efeito adquirido na resolução. Dessa forma, mesmo quando não emplaca seu plano principal de jogo com Trazer a Luz/Niv-Mizzet Renascido, as compras abaixo da média do Niv to Light ainda possuem um nível de poder individual relativamente alto. 


Pense em como Clotis, Deusa do Destino, O Deus Escaravelho, Omnath, Locus da Criacao ou Nahiri, a Anunciadora são capazes de carregar uma partida sozinhos se não forem respondidos, ou em como Perfuracao Letal, Juramento de Kaya e Denegeracao Abrupta são interações extremamente valorosas e abrangentes pelo seu custo.


Além disso, outra jogada impactante que permaneceu intocada após a última leva de banimentos e mudanças de regras na mecânica de Cascata foi a de buscar Valki, Deus das Mentiras com o Trazer a Luz, para então conjurar Tibalt, Impostor Cosmico tão cedo quanto o turno 4, onde ele é capaz de dominar as ações do jogo com facilidade.


Embora pareça ganancioso utilizar todas as cinco cores e várias douradas, a base de mana do baralho opera de forma bastante fluída - os Triomas de Ikoria trabalham muito bem, fixando três cores de uma vez a um custo relativamente baixo de entrar virado, ao passo que também habilitam as checklands (Penhasco do Raizame, Fortaleza Glacial) entrarem desviradas. 


Outros fatores que contribuem é que a maioria das cartas não possuem custos duplos (salvo alguns alvos de busca como Veredito das Sombras ou Tolsimir, Amigo dos Lobos) e o deck conta com um núcleo de cartas de custo baixo com as mesmas cores (acelerações de mana no verde, remoções rápidas no preto).


Sem mais delongas, vamos às listas:

Niv to Light Yorion
2215 visualizações
22/03/2021
R$ 2.206,03
R$ 3.770,71
R$ 7.897,73
2215 visualizações
22/03/2021
Visualização:
Padrão
Cor
Custo
Raridade
Visual
CMC
Comprar Deck
Gerar Imagem
Companheiro (1)
1  Yorion, Nômade Celeste   16,16

Criaturas (18)
4  Cariátide Silvestre  18,23
2  Valki, Deus das Mentiras  102,83
2  Clotis, Deusa do Destino   47,80
4  Omnath, Locus da Criação    58,80
1  Yasharn, Terra Implacável   3,55
3  Niv-Mizzet Renascido     18,54
1  O Deus Escaravelho   56,99
1  Tolsimir, Amigo dos Lobos    0,83
Mágicas (23)
3  Empurrão Fatal 6,90
2  Denegeração Abrupta  19,94
3  Dissolução do Pensamento  0,49
4  Espiral de Crescimento  0,32
2  Perfuração Letal  9,90
1  Troféu do Assassino  54,00
1  Evento de Extinção  5,50
1  Fim Absoluto   0,99
1  Labareda Solar   0,44
4  Trazer à Luz   1,99
1  Veredito das Sombras   1,65
Encantamentos (3)
2  Juramento de Kaya   2,24
1  Aprisionar os Antigos Deuses   0,90
Terrenos (36)
2  Bosque da Pétala Solar8,50
2  Catacumba Submersa15,90
3  Charco da Procriação49,49
1  Floresta0,00
1  Fonte Santificada26,20
1  Ilha0,00
1  Jardim do Templo31,95
1  Montanha0,00
1  Pântano0,00
4  Passagem Fabulosa25,26
2  Penhasco do Raizame9,25
1  Planície0,00
1  Porto do Interior17,90
1  Túmulo Aquático42,66
3  Trioma de Indatha25,25
3  Trioma de Ketria33,89
1  Trioma de Raugrin34,10
2  Trioma de Savai24,21
3  Trioma de Zagoth29,61
2  Tumba Abandonada29,56
80 cards total

Sideboard (15)
2  Capturar Pensamento 84,99
1  Empurrão Fatal 6,90
3  Jaula do Escavador de Túmulos 6,90
1  Descentelhar  0,90
3  Disputa Mística  2,50
1  Barão Sangrento de Vizkopa   0,99
1  Teferi, Herói de Dominária   129,75
1  Yorion, Nômade Celeste   16,16
2  Koma, Serpente Cósmica     62,16

Niv to Light 60
2197 visualizações
22/03/2021
R$ 1.840,54
R$ 3.148,90
R$ 6.535,35
2197 visualizações
22/03/2021
Visualização:
Padrão
Cor
Custo
Raridade
Visual
CMC
Comprar Deck
Gerar Imagem
Criaturas (15)
4  Cariátide Silvestre  18,23
1  Valki, Deus das Mentiras  102,83
2  Clotis, Deusa do Destino   47,80
3  Omnath, Locus da Criação    58,80
1  Yasharn, Terra Implacável   3,55
3  Niv-Mizzet Renascido     18,54
1  Tolsimir, Amigo dos Lobos    0,83
Planeswalkers (1)
1  Nahiri, a Anunciadora   8,49
Mágicas (13)
2  Denegeração Abrupta  19,94
3  Perfuração Letal  9,90
2  Comando de Kolaghan   30,00
1  Hora da Devastação   1,25
4  Trazer à Luz   1,99
1  Veredito das Sombras   1,65
Encantamentos (3)
2  Juramento de Kaya   2,24
1  Aprisionar os Antigos Deuses   0,90
Terrenos (28)
1  Bosque da Pétala Solar8,50
1  Confluência de Mana54,90
1  Cripta de Sangue39,99
1  Floresta0,00
2  Fortaleza Glacial14,90
1  Ilha0,00
1  Montanha0,00
1  Pântano0,00
4  Passagem Fabulosa25,26
2  Penhasco do Raizame9,25
1  Planície0,00
1  Túmulo Aquático42,66
2  Trioma de Indatha25,25
2  Trioma de Ketria33,89
2  Trioma de Raugrin34,10
1  Trioma de Savai24,21
2  Trioma de Zagoth29,61
2  Tumba Abandonada29,56
60 cards total

Sideboard (15)
3  Capturar Pensamento 84,99
4  Empurrão Fatal 6,90
3  Jaula do Escavador de Túmulos 6,90
1  Descentelhar  0,90
1  Ego à Deriva   0,99
1  O Deus Escaravelho   56,99
1  Teferi, Herói de Dominária   129,75
1  Koma, Serpente Cósmica     62,16

Além de algumas poucas escolhas individuais, a principal diferença entre as duas é a presença de Yorion, Nomade Celeste de companheiro com suas tradicionais 80 cartas no deck principal, oferecendo maior robustez no jogo longo com a possibilidade de acessar maior diversificação de recursos além de um plano alternativo sempre presente ao custo da perda de velocidade contra decks mais agressivos e uma menor consistência na execução do plano primário do baralho. 


Jogando com 60 cartas, por exemplo, a partida contra decks agressivos melhora bastante, a base de mana fica menos volátil e o deck opera com uma maior capacidade de curvar. Nas partidas pós-side também melhora, já que é capaz de encontrar com mais frequência cartas importantes em tempo hábil, como Jaula do Escavador de Tumulos, Empurrao Fatal e Capturar Pensamento.


Vale lembrar que as listas acima são sugestões, que utilizei durante as classificatórias do ManaTraders Series e me agradaram, mas não são nem de longe a versão definitiva absoluta do deck. O interessante de um Midrange de cinco cores repleto de cartas douradas é a sua capacidade de customização. 


Embora o núcleo do deck permaneça inalterado, algumas opções buscáveis e mesmo douradas diversas variam muito de jogador para jogador. Em ambas as listas acima, incluí Teferi, Heroi de Dominaria como forma de responder qualquer problema permanecendo em jogo para gerar valor, embora algumas listas optem por Retorno de Rakdos para dizimar os recursos na mão do adversário. 


Esika, Deusa da Arvore é muito adotada em várias listas, mas tanto o modo criatura quanto o encantamento me pareceram frágeis e lentos conforme as partidas eram disputadas. Algumas listas optam por Veto de Dovin como resposta definitiva às mágicas importantes dos adversários (e sendo uma dourada que melhora seu Niv), enquanto outras têm Disputa Mistica pela velocidade e eficiência - e algumas até mesmo optam por ir sem anulações, somente com Capturar Pensamento/Dissolucao do Pensamento.


Por fim, compartilharei algumas dicas para os que estiverem interessados em pilotar o deck, tanto durante as partidas em situações de jogo quanto na hora de fazer o sideboard:


- Contra baralhos pesados (Control/Midrange), remoções globais, algumas das remoções menores/condicionais (Empurrao Fatal, Denegeracao Abrupta) saem, e entram bombas douradas (Koma, Serpente Cosmica, Teferi, O Deus Escaravelho) e as disrupções leves (Capturar Pensamento, Disputa Mistica);


- Contra baralhos agressivos, não hesite em tirar algumas das mágicas mais lentas e pesadas, como algumas cópias de Niv-Mizzet Renascido/Trazer a Luz para entrar com remoções rápidas (especialmente se o oponente tiver Vortice Turbilhonante, que pune as mágicas conjuradas sem pagar o custo de mana, e lembrando que seus Nivs ficam piores quando as mágicas douradas valorosas são diminuídas em prol de Empurrão Fatal e afins);


- Embora pareça que deveria travar, a Jaula do Escavador de Tumulos não impede a mágica de ser jogada pelo Trazer a Luz, já que o feitiço Simic exila a mágica antes de jogá-la;


- Se já devemos prestar atenção no sequenciamento de nossos terrenos jogando com qualquer deck, com esse daqui em particular ela tem de ser triplicada, já que descer um terreno errado no começo ou buscar mal com Passagem Fabulosa podem significar não ter WUBRG no turno 5 ou não descer alguma mágica mais complicada no custo, como Omnath, Locus da Criacao ou Tolsimir, Amigo dos Lobos;


- Lembre-se que Trazer a Luz somente busca criaturas, feitiços e mágicas instantâneas! Aprisionar os Antigos Deuses e Teferi, Heroi de Dominaria são alvos que não são possíveis, por mais interessanteu que sejam em alguns cenários;


- Se a partida estiver favorável para você com mais recursos na mão, não tenha receio de gastar um Trazer a Luz por segurança, ou de usá-lo para uma remoção 1x1 em uma permanente problemática! Esse é justamente o princípio de caixa-de-ferramentas da carta, e não somente ser um "cinco manas pega uma bomba", e com o alto nível de poder individual das cartas o deck recupera bem o gás numa guerra de topos no jogo tardio;


- Algo relacionado com o ponto acima, nas listas com Yorion, Nomade Celeste não é necessário esperar para extrair o máximo de valor de muitas permanentes - mesmo não sendo um deck montado para ele, algumas cartas como Juramento de Kaya, Omnath, Locus da Criacao, Tolsimir, Amigo dos Lobos e Aprisionar os Antigos Deuses já são cartas que o deck gostaria de utilizar por si só, e claro que exilar e retornar o Niv-Mizzet Renascido é o sonho máximo.


E quanto a vocês, leitores, o que acham do Niv to Light no Pioneer? Preferem a lista com 60 ou com 80 cartas usando Yorion? E em relação às escolhas de cartas douradas, alguma interessante que tenha ficado de lado, ou alguma que não curtem tanto assim? Compartilhem suas opiniões nos comentários!


Abraços e até a próxima!

Patrocinador Oficial LigaMagic Bolts
Patrocinador Oficial LigaMagic Bolts
Patrocinador Oficial LigaMagic Bolts
Matheus Akio Yanagiura ( sandoiche_13)
Matheus Akio Yanagiura, mais conhecido como Sandoiche, é jogador, escritor e streamer de Magic: the Gathering, produzindo conteúdo desde 2012. Membro da equipe de e-Sports LigaMagic Bolts, está sempre na vida do grind dos torneios, com destaques para o Top 8 do Magic LATAM Challenge e o Vice-Campeonato da Twitch Rivals, além do bi-campeonato Circuito LigaMagic Modern e o Top 16 no Grand Prix São Paulo 2018 no Tabletop.
Redes Sociais: Twitch, Facebook, Instagram, Twitter
Comentários
Ops! Você precisa estar logado para postar comentários.
(Quote)
- 31/03/2021 08:24
É curioso que isso me lembra que a situação do Spirits depois dos bans dos combos ficou bem doida. Tem excelente jogo contra Niv e auras, mas tá lá o Burn e o monoblack aggro botando a gente pra baixo. E ainda voltaram com o fênix (o deck meme do formato), que é uma matchup que ou da muito certo ou muito errado.

Aí vejo os spoilers de Strixhaven e a wizard me faz Espíritos Boros que não voam...

Confesso que quase vendi todas as minhas cartas agora no início do ano, especialmente pq a wizards me faz ter ânsia de vômito a cada anúncio (Universes Beyond por exemplo). A única coisa que tá me fazendo segurar as cartas é que eu tenho 3 /5 decks do formato, mas com o rumo que o meta tá seguindo, quando voltar, espíritos já vai ser rogue no Pioneer, e o Burn deve cair bastante (são meus dois decks principais).

(Quote)
- 29/03/2021 15:43
O Deck favorito do PV para o formato, tanto que ele jogou muito no último campeonato pioneer antes da pandemia com ele, recomendo assistir, muito bom.
(Quote)
- 28/03/2021 15:41
Peguei esse deck e construí ele do 0, peguei carta por carta, tive bons resultado, o único deck que tenho problemas enfrentando é o monoBlack, apesar da base de mana complicada, os triomas ajudam em 100%, eu jogo com a versao padrão de 60 cartas, mas a versao com yorion como companion, nunca pensei em fazer, eu penso em colocar o yorion no deck para puxar com bring, eu penso é uma forma mais eficiente de fazer isso. e como parte do deck eu gosto de colocar veredito supremo no side, acho uma carta forte e também cantável conta decks tempo ou midrang.
Excelente artigo.
(Quote)
- 28/03/2021 03:26

Gostei, não conhecia. Lembra muito commander kkkkkk

(Quote)
- 28/03/2021 01:49

https://mtgdecks.net/Pioneer/5-color-fires

Não são todas as versões que tem Niv, algumas nem jogam com ele. É full locão esse deck.

Últimos artigos de Matheus Akio Yanagiura
A Nova Magia de Strixhaven no Standard
Após algumas semanas de Strixhaven no Standard, em seu artigo de hoje na LigaMagic Sandoiche analisa o impacto das novas cartas já nas listas dos torneios e ranqueadas!
6.489 views
A Nova Magia de Strixhaven no Standard
Após algumas semanas de Strixhaven no Standard, em seu artigo de hoje na LigaMagic Sandoiche analisa o impacto das novas cartas já nas listas dos torneios e ranqueadas!
6.489 views
Há 5 dias — Por Matheus Akio Yanagiura
Mostrando e Contando
Nesse último final de semana, nosso Bolts Sandoiche foi campeão do ManaTraders Series Legacy, e em seu artigo de hoje compartilha como foi sua preparação e jornada com o S..
5.855 views
Mostrando e Contando
Nesse último final de semana, nosso Bolts Sandoiche foi campeão do ManaTraders Series Legacy, e em seu artigo de hoje compartilha como foi sua preparação e jornada com o S..
5.855 views
Há 7 dias — Por Matheus Akio Yanagiura
O Metagame do Novo Histórico
Strixhaven e seus Arquivos Místicos já deram as caras no metagame do Histórico - e Sandoiche analisa alguns decks que mandaram bem na primeira semana com elas!
7.276 views
O Metagame do Novo Histórico
Strixhaven e seus Arquivos Místicos já deram as caras no metagame do Histórico - e Sandoiche analisa alguns decks que mandaram bem na primeira semana com elas!
7.276 views
Há 12 dias — Por Matheus Akio Yanagiura
O Histórico NÃO será mais o mesmo
Pilhagem Infiel, Tempestade Cerebral, Distorção Temporal e outras bombas - o Histórico não será mais o mesmo depois de Strixhaven, e são justamente os poderosos Arquivos..
6.309 views
O Histórico NÃO será mais o mesmo
Pilhagem Infiel, Tempestade Cerebral, Distorção Temporal e outras bombas - o Histórico não será mais o mesmo depois de Strixhaven, e são justamente os poderosos Arquivos..
6.309 views
Há 19 dias — Por Matheus Akio Yanagiura
Vinte Decklists Standard com Strixhaven
Nessa semana teremos a entrada de Strixhaven no Magic Arena, e Sandoiche traz vinte decklists Standard com a nova coleção em seu artigo de hoje aqui na LigaMagic!
17.237 views
Vinte Decklists Standard com Strixhaven
Nessa semana teremos a entrada de Strixhaven no Magic Arena, e Sandoiche traz vinte decklists Standard com a nova coleção em seu artigo de hoje aqui na LigaMagic!
17.237 views
Há 26 dias — Por Matheus Akio Yanagiura