Load or Cast
As Estrelas do Show
Conheça um pouco mais sobre os 16 jogadores que irão disputar o Campeonato Mundial de Magic
05/10/2021 14:05 - 4.165 visualizações - 1 comentário
Load or Cast

Em 1994 o primeiro Campeonato Mundial de Magic acontecia, na Gen Con em Milwaukee e o americano Zach Dolan se tornou o primeiro Canpeão Mundial, Black Lotus, Moxes e outras cartas lendárias estavam presentes no torneio porém apesar de cartas gloriosas o evento apesar de histórico não foi de fato grandioso e era um torneio onde você precisava apenas se registrar para participar.
 

Passados bons 27 anos o Campeonato Mundial de Magic excursionou pelo mundo e tornou-se cada vez mais admirável. De início a Wizards realizou os quatro eventos seguintes em sua sede em Seattle mas rapidamente eles entenderam que era um evento grande demais para se limitar a uma sede por ano. Desde os estúdios da Fox em Sydney onde o brasileiro Carlos Romão se consagrou Campeão até o lendário museu Louvre em Paris onde Makihito Mihara teve a honra. O Mundial de Magic se tornou uma tradição, mudou sua estrutura algumas vezes e com o passar dos anos passou pelos mais diferentes lugares do mundo até a sua última edição realizada em fevereiro de 2020 nas praias de Honolulu no Hawaii. 

 

Por conta da Pandemia em que vivemos, 20 meses se passaram desde a última edição do Campeonato Mundial e apesar de já ter sido disputado na plataforma do MTG Arena está será a primeira vez que o torneio será jogado de forma integralmente online. Desde 1994 este é o maior intervalo de tempo em que ficamos sem o tradicional Mundial de Magic, vamos relembrar o que se passou nesses 20 meses e como nós chegamos aos 16 finalistas que irão disputar o evento no final de semana. 

 

● Sete disputas da League Weekend (Magic Pro League e Rivals)

● Três grande eventos que receberam o nome de "Championship"

● Três "Gauntles" no final da temporada, Challenger, Rivals e Magic Pro League (Mpl)



Depois de todas essas disputas intensas durante quase dois anos, confiram como cada jogador chegou até aqui:

 


 


Paulo Vitor Damo da Rosa - Atual Campeão Mundial
Jean-Emmanuel Depraz - Classificado no Mpl Gauntlet
Rei SatoClassificado no Mpl Gauntlet
Yoshihiko Ikawa - Classificado no Mpl Gauntlet
Gabriel NassifTop performance na Magic Pro League
Seth Manfield - Top performance na Magic Pro League
Stanislav Cifka - Top performance na Rivals League
Eli Kassis - Top performance na Rivals League
Matt SperlingTop performance na Rivals League
Jan Merkel - Classificado no Rivals Gauntlet
Sam Pardee - Classificado no Challenger Gauntlet
Keisuke SatoClassificado no Challenger Gauntlet
Noriyuki MoriClassificado no Challenger Gauntlet
Arne Huschenbeth - Classificado no Challenger Gauntlet
Ondŕej Stráský - Top Performance na Magic Pro League
Yuta TakahashiTop performance na Rivals League

 


Paulo Vitor Damo da Rosa

 

GOAT -> Great Of All Time (melhor de todos os tempos), essa expressão é repetidamente usada no Magic profissional quando falamos de Paulo Vitor, Kai Budde e John Finkel, cada espectador e torcedor apaixonado pelo mundo competitivo do Magic tem a sua opinião e isso é totalmente compreensível pelo simples fato de existirem motivos para defender qualquer um dos três como o melhor jogador de todos os tempos. Assim como vocês eu tenho a minha opinião e para mim sem dúvidas Paulo é sim o "GOAT", apesar dos outros dois até aparecerem de vez em quando com um resultado ou outro, Paulo simplesmente está sempre lá, ano após ano e já fazem QUINZE ANOS que ele fez o seu primeiro Top 8 em Charleston e de alguma maneira desde então ele sempre está presente.

 

"Se ele vencer agora o debate acaba", essa é uma frase que parece que sempre ouviremos todo torneio que conta com a presença de Paulo como um dos favoritos, desculpem torcedores de Kai e John, ele não precisa vencer mais nada, no entanto fiquem tranquilos torcedores do Paulão, eu tenho certeza que ainda veremos ele vencer muito mais. Eu estarei presente na equipe que irá realizar a co-transmissão do evento no Canal da LigaMagic esse final de semana e farei o possível para manter o profissionalismo mas nada me faria mais feliz do que poder narrar o PV "Se tornando um pouquinho mais GOAT". Ah e o debate, acaba? Não ele não acaba, o debate é eterno. 

 


Stanislav Cifka & Ondŕej Stráský

 

Os dois jogadores Tchecos do torneio não compartilham apenas a sua nacionalidade e incrível talento para o Magic mas também são amigos e fundadores do que eles chamaram de "Czech House format breaker". Stan é um grande mestre de xadrez e uma das mentes mais geniais que já jogou Magic, ele apareceu no Magic de maneira arrasadora e da mesma maneira que ele chegou ele se foi, colocou a sua carreira em hiato e foi se dedicar a outros projetos. 

 

Nesse meio tempo outro furacão vindo da República Tcheca também chegou, Ondŕej apareceu como o "golden boy", no auge dos seus vinte anos de idade emplacou logo dois Top 8's de Pro Tour seguidos mas da mesma maneira que o furacão Stan chegou e passou, Ondrej também colocou a sua carreira em hiato. Ondrej tem uma atitude que muitas vezes pode ser confundida com alguém que não parece tão "interessado", mas com o lançamento do MTG Arena ele foi um dos oito jogadores que se classificou na "corrida maluca" e desde então retornou a sua carreira em alto nível. 

 

Cifka também parece ter gostado muito do lançamento do MTG Arena e desde o seu lançamento ele também resolveu retomar a sua carreira e apesar de não ter vencido um torneio como o próprio Ondrej venceu no final de 2019, Cifka é frequentemente citado como um dos melhores jogadores em atividade no Magic inclusive logo após vencer em Richmond Ondrej foi em direção a Cifka e como em uma cena do filme "O Poderoso Chefão" recebeu a benção de Stan. Certamente são dois jogadores muito temidos pelos outros 14 jogadores e talvez a maior espectativa para todos os espectadores para ver os decks que eles irão trazer para o torneio. Quem sabe não teremos um efeito Fujiwara no final de semana.

 

  
Jan Merkel & Arne Huschenbeth 

 

Exatamente 15 anos separam o título de Merkel no Pro Tour Kobe do título de Arne no Kaldheim Championship, quase a idade que Merkel tinha quando derrotou Willy Edel na final do Pro Tour, Merkel tinha apenas 17 anos e ele certamente sabe o que Arne, o jogador mais jovem do evento está sentindo nesse momento. Arne tem o peso de ser a revelação do torneio mas também tem o peso de sua torcida, ele que é um jogador que produz bastante conteúdo tem acumulado cada vez mais fãs em seu início de carreira. A nova e a velha geração, em quem você está apostando no Mundial?

 


Rei Sato, Yoshihiko Ikawa, Keisuke Sato,Yuta Takahashi​, Noriyuki Mori

 

No último Campeonato Mundial de Magic nós tivemos a chocante ausência dos jogadores Japoneses, Japão que depois dos Estados Unidos é a segunda maior potência do Magic mundial deu a resposta no "campo", voltando agora como a nação com maior representatividade no evento. Nós teremos quase um terço dos jogadores no Mundial Japoneses. Entre eles encontramos de tudo um pouco, temos o lendário jogador de Fadas, Yuta Takahashi​, também teremos Rei Sato que vem ano após ano cravando cada vez mais seu nome no Hall de grandes jogadores do Japão. Yoshihiko Ikawa que em sua segunda participação no Pro Tour em 2010 conseguiu um Top 8 mas depois disso não ouvimos falar tanto nele e também duas revelações, Noriyuki Mori com seu histórico de 25.000 jogos no MTG Arena e o imortal Keisuke Sato que sobreviu a três jogos eliminátorios seguidos no Challenger Gauntlet para carimbar sua participação no Mundial. De zero para cinco participantes 20 meses depois... O gigante acordou?

 


Gabriel Nassif, Seth Manfield, Jean-Emmanuel Depraz

 

Chegamos a três jogadores que dispensam comentários, se você acompanhou o Magic Profissional em algum momento nos últimos 15 anos, você com certeza conhece Gabriel Nassif, o francês tem colecionado resultados durante toda a história do jogo, com seu estilo bem único de jogar Magic, Nassif tem conquistado cada vez mais fãs e com certeza teremos uma grande torcida para o "Yellow Hat".

 

Se você acompanhou Magic profissional nos últimos 10 anos você com certeza conhece Seth Manfield, o americano Campeão Mundial em 2015 tem uma consistência absurda em duas coisas, resultados no circuito e ficar com mãos questionáveis, será que veremos as duas coisas esse final de semana?

 

Se você acompanha o magic profissional nos últimos três anos você com certeza conhece Jean-Emmanuel Depraz, o jogador francês tem estado presente em praticamente todos os torneios da "nova geração" e sempre com um desempenho acima da média, Jean apareceu para o mundo também em um Campeonato Mundial (equipes) e conseguiu liderar a França para o título, certamente ele está com fome de vencer um grande título individual o que o colocaria em uma prateleira ainda acima no Hall de grandes jogadores. 

 

    
Matt Sperling, Eli Kassis, Sam Pardee

 

Sam Pardee se preparou para esse torneio com ninguém menos que Paulo Vitor Damo da Rosa, ele é um jogador de altos e baixos em sua carreira, porém desde o seu título eletrizante no Strixahven Championship ele tem estado em grande fase. Matt e Eli se preparam para o torneio com Gabriel Nassif e certamente chegarão bem afiados para a disputa, Eli Kassis tem perseguido essa chance à algum tempo, a pandemia pode ter atrasado o seu sonho mas ele finalmente terá a oportunidade de provar em um grande palco que ele é um jogador que veio para ficar. 

-

 

Bem nós temos um encontro marcado a partir de sexta-feira às 13:00 você irá acompanhar todas as ações do Campeonato Mundial no Canal da LigaMagic durante todo o final de semana. Nos vemos lá!

 

n

Patrocinador Oficial LigaMagic Bolts
Patrocinador Oficial LigaMagic Bolts
Patrocinador Oficial LigaMagic Bolts
Juliano Gennari ( Juliano_Bolts)
Jogador competitivo desde 2010, já tendo participado sete vezes do Pro Tour, Vice-Campeão Grand Prix Santiago 2018.
Redes Sociais: Facebook, Twitter
Comentários
Ops! Você precisa estar logado para postar comentários.
(Quote)
- 07/10/2021 20:33
um adendo:

Pelo Acordo Ortográfico de 2008, o prefixo co sempre se acopla à palavra seguinte diretamente, sem intermediação de hífen. Exs.: cobeligerante, cocontratado, codemandante, cofundador, cogerência, cotutor.
ou seja, o correto é cotransmissão e cotransmitir! ^^
Últimos artigos de Juliano Gennari
Preview exclusivo de Innistrad: Voto Carmesim
Uma carta que pode ser o motor que faltava para reviver estratégias baseadas em ganho de vida
6.207 views
Preview exclusivo de Innistrad: Voto Carmesim
Uma carta que pode ser o motor que faltava para reviver estratégias baseadas em ganho de vida
6.207 views
29/10/2021 12:05 — Por Juliano Gennari
Mecânicas de Innistrad: Voto Carmesim
Confiram as mecânicas da nova coleção
3.926 views
Mecânicas de Innistrad: Voto Carmesim
Confiram as mecânicas da nova coleção
3.926 views
28/10/2021 17:09 — Por Juliano Gennari
Um vínculo com a vida
Confiram o Teaser do nosso Preview de Innistrad: Voto Carmesim que será revelado amanhã meio-dia.
3.685 views
Um vínculo com a vida
Confiram o Teaser do nosso Preview de Innistrad: Voto Carmesim que será revelado amanhã meio-dia.
3.685 views
28/10/2021 14:05 — Por Juliano Gennari
Secret Lair: Extra Life
Detalhes sobre a parceria da Wizards que já doou mais de 3 milhões de dólares para caridade
6.091 views
Secret Lair: Extra Life
Detalhes sobre a parceria da Wizards que já doou mais de 3 milhões de dólares para caridade
6.091 views
20/10/2021 18:05 — Por Juliano Gennari
Atualização: Banidas e Restritas - 13/10/2021
Banimentos, suspensões e rebalanceamento no Histórico.
10.230 views
Atualização: Banidas e Restritas - 13/10/2021
Banimentos, suspensões e rebalanceamento no Histórico.
10.230 views
13/10/2021 15:00 — Por Juliano Gennari