Load or Cast
Um Anel para a todos os jogadores governarem
“Três Anéis para os Reis-Elfos sob este céu; Sete para os Senhores-Anões em seus rochosos corredores; Nove para os Homens Mortais fadados a morrer; Um para o Senhor do Escuro em seu Escuro Trono, Na terra de Mordor, onde as Sombras se deitam. Um Anel para a todos governar, Um Anel para encontr..
08/10/2021 10:05 - 9.651 visualizações - 21 comentários
Load or Cast
Olá, meus queridos hobbits. 
 
Começo esse artigo com um agradecimento aos leitores que visualizaram meu último artigo, com a proposta de imaginar as cores dos Istari (magos), de acordo com as escrituras da obra de J. R. R. Tolkien. Agradeço também aos leitores que adicionaram suas opiniões nos comentários. 
 
Iremos continuar a saga de brincar de imaginar como no último artigo, imaginando como seria a união destes dois universos que amamos, sem saber exatamente aonde isso nos levará, pois como diria Frodo, citando Bilbo: “Você pisa na Estrada, e se não controlar seus pés, não há como saber até onde você pode ser levado…”.
 
Convido você, querido leitor, a embarcar mais uma vez em uma jornada sobre os possíveis artefatos da idade média, itens mágicos com propriedades especiais, que possuem grande significado na obra. No caso de O Senhor dos Anéis, muitos desses objetos vêm à mente. No entanto, como seria a adaptação dos artefatos da terra-média em cards de Magic: The Gathering?
 
Que tal iniciarmos essa brincadeira de imaginação com os anéis do poder? Os Anéis do poder foram os anéis mágicos feitos pelos Elfos durante a Segunda Era e no início da Terceira Era quase todos os anéis do poder foram destruídos, exceto os três que estavam seguros nas mãos de Galadriel, Elrond e Gandalf. Porém no ano de 1600, Sauron secretamente forjou por último o seu Anel, o Um Anel ou Anel Governante com tendência a tentar controlar todos os outros anéis do poder. Será que esses anéis entrariam como artefatos no universo de Magic: The Gathering?
 
 
 
 
Querido leitor, a comparação entre o Um Anel e a carta Anel Solar sempre esteve em minha cabeça, acredito que esta analogia esteja presente em grande parte dos admiradores destes dois universos, mas imaginaremos a possível card do Um Anel diferente neste momento, visto que essa edição será válida também em formatos diferentes do nosso querido “comandinho”.
 
 
Na coleção de Magic conseguimos encontrar diversas cartas com efeitos diversificados e artes utilizando anéis, como exemplo as cards abaixo. A utilização de anéis mágicos não limita-se a Magic, em grande parte de histórias, jogos e filmes fantásticos com temática Fantasia, conseguimos observar no roteiro a utilização de anéis mágicos. Tentaremos utilizar a história de O Senhor dos Anéis para imaginarmos os anéis de poder em Magic: The Gathering.

     
 
Na citação inicial deste artigo, encontra-se: “Nove para os Homens Mortais fadados a morrer”. Pois bem, iniciaremos com os nove anéis dados aos homens.
 
 “Os nove” com seus anéis do poder, cena do filme O Senhor dos Anéis: Sociedade do Anel.
 
 
 
 
Os Nove Anéis dados aos humanos os faziam ficar invisíveis. Também tornavam mais longas as vidas daqueles que os possuíam, embora isso tenha sido a causa maior para, no fim, Sauron ter o controle de todos eles. Os espectros dos humanos que receberam os Nove Anéis eram os Nazgûl, os Espectros do Anel, os servos mais temidos de Sauron.
 
 
Os Nazgûl (da língua negra: Nazg "anel", e Gûl, "Espírito", "Espectro").
 
 
E SE... E se esse anel fosse um Artefato Equipamento, na qual a criatura alvo ganha-se habilidades como Manto, Resistência à magia ou Sair de fase, devido a ficar invisível. A criatura adquiria a habilidade Vínculo com a Vida devido ter a vida mais longa. E se a criatura fosse um Humano, se transformava em uma criatura Nazgûl. 
 
Meus queridos leitores, preciso lembrar que esse artigo é apenas uma brincadeira de imaginação, não estamos preocupados com a responsabilidade de poder da card ou até mesmo interferência no formato. Isso é uma preocupação da wizards e não nossa hehehehe.
 
No atual coleção, temos algumas cards artefatos que transformam-se em outra card, como exemplos:

  
 
Temos também sete anéis dado a Anões: 
 
“Sete para os Senhores-Anões em seus rochosos corredores”.
 
 
 
Como havia sete Casas dos Anões, presume-se que um Anel foi dado para cada uma delas, mas não há certeza, já que nada foi afirmado sobre isso. No entanto, Gandalf menciona que os tesouros das Sete Casas dos Anões começaram, conforme um rumor, com um único anel de ouro. Os Anões os usavam para aumentar seus tesouros, e os Anéis tornavam seus possuidores muito ricos. Tolkien escreveu que os Sete Anéis não tornavam os Anões invisíveis, não podiam transformá-los em espectros, não tinham o poder de controlar suas mentes, nem podiam estender a sua vida, por causa de traços característicos da raça. Esses fatores frustraram o plano de Sauron, mas através dos Sete ele ainda poderia incitar neles a raiva e a ganância.
 
 
Os sete anões com seus anéis do poder, cena do filme O Senhor dos Anéis: Sociedade do Anel.
 
 
E SE... E se esse anel fosse um artefato Artefato / Equipamento (somente para anões?), na qual o dono da criatura equipada ganharia uma Ficha de Tesouro de Anão em seu turno. Uma ficha que seria igual a Tesouro, com a inclusão de lhe causar algum mal, devido a ganância mencionada por Tolkien, como exemplo perder vida ou ter que sacrificar algo, como uma card na mão ou permanente. Esse artefato teria um efeito diferente se fosse equipado se não fosse um anão? Pois devido a traços característicos da raça Sauron não conseguiu controlar os anões. Qual sua opinião, meu querido leitor?
 
Atualmente no magic, temos alguns Cards de equipamento artefato que geram fichas de tesouro, como os dois exemplos abaixo:

  
 
Imaginaremos agora os anéis dado aos Elfos. 
 
“Três Anéis para os Reis-Elfos sob este céu.”
 
 
Os Três são os únicos Anéis, além do Um, que são descritos e nomeados na narrativa. Narya, o Anel do Fogo, ostentava um rubi; Nenya, o Anel da Água, ou Anel Adamantino, era feito de Mithril e ornado com uma "pedra branca", possivelmente o diamante, como sugere o nome; e Vilya, ou Wilya, o Anel do Ar, o mais poderoso dos Três, era de ouro e ostentava uma safira. Os Três permaneceram escondidos, e seus portadores não foram revelados até o fim da Terceira Era. 
 
Sauron jamais os tocou, e os seus portadores os utilizavam para aprimorar e preservar os três reinos Élficos que restaram na Terceira Era. Elrond usava o Vilya em Valfenda, Nenya era usado por Galadriel em Lothlórien e Círdan usava o Narya nos Portos Cinzentos. Quando os Istari, os Magos, desembarcaram na Terra-média, Círdan entregou o Narya aos cuidados de Gandalf (nosso querido mago) que o portou até o fim da Terceira Era.
 
Os três elfos com seus anéis do poder, cena do filme O Senhor dos Anéis: Sociedade do Anel.
 
 
Narya: Foi descrita como tendo o poder de inspirar outros a resistir à tirania, dominação e desespero, bem como ter o poder (em comum com os outros Três Anéis) de esconder o portador da observação remota (exceto pelo portador do Um) e dando resistência ao cansaço do tempo. 
 
 
Gandalf portando Narya, momento antes de embarcar para As Terras Imortais.
 
 
Vilya: Embora os poderes exatos de Vilya não sejam especificados, pode ter fornecido a habilidade de curar e preservar. Especula-se que o anel poderia controlar certos elementos, considerando o evento em que Elrond convocou uma torrente de água quando o Nazgûl tentou cruzar o Bruinen.
 
 
Elrond, portador do Vilya.
 
 
Nenya: O poder de Nenya era a preservação e ocultação do mal. Galadriel usou esses poderes para criar e sustentar Lothlórien. Após a destruição do Um Anel e a derrota de Sauron, seu poder desapareceu junto com os outros Anéis de Poder
 
 
Galadriel, portadora do Nenya.
 
 
E SE... E se esses anéis juntos formassem apenas um Artefato Equipamento ao invés de três distintos e uníssemos aquilo que os três possuem em comum ou que tivesse efeitos diferentes ao pagar o custo de uma habilidade com cor diferente? Podemos imaginar de várias maneiras, sendo uma delas:
 
Uma anel élfico que equipado por um Mago possui Resistência a Magia devido a ocultação do Mal. Mas poderíamos pagar uma mana Vermelha para uma habilidade X, uma mana Branca para uma habilidade Y ou uma mana Azul para uma habilidade Z. Com habilidades típicas de cada cor, como exemplos: Vermelho aumentar o poder e resistência da criatura, Branco dar a habilidade de Vínculo com a vida e Azul comprar card se a criatura der dano.
 
Cards com diferentes custos e cores no Magic são bastante versáteis, nos dando a opção de imaginar e desenvolver estratégias diferentes com a mesma card, como o exemplo da card Obelisco de Alara.
 
 
“Um Anel para a todos governar, Um Anel para encontrá-los, Um Anel para a todos trazer e na Escuridão aprisioná-los, Na terra de Mordor, onde as Sombras se deitam.”
 
Um Anel para a todos governar, Um Anel para encontrá-los,
Um Anel para a todos trazer, e na escuridão aprisioná-los.
 
 
 
O Um anel
 
 
Essas palavras foram ditas por Sauron quando ele colocou o Um pela primeira vez, e ao escutarem essas palavras os Elfos tomaram ciência de seus propósitos. A intenção de Sauron era aumentar seu próprio poder e exercer controle sobre os outros Anéis de Poder, que foram feitos por Celebrimbor e seu povo com a ajuda de Sauron. Dessa forma, ele esperava obter o domínio dos elfos e de todas as outras raças da Terra-média.
 
 
E SE... O Um anel fosse um Artefato Equipamento que no final de seu turno pudesse escolher uma criatura alvo, talvez com a habilidade de dar um “marcador de anel” ou “marcador da vontade de sauron”, e no final do próximo turno, caso o oponente não tenha feito algo, a criatura estaria sob seu controle. 
 
O que poderia ser esse algo? Sabemos que o Um anel não conseguiu exercer domínio, como exemplo, aos anões que resistiam à corrupção, isso apenas os tornava mais ávidos por ouro e pedras preciosas. Que tal imaginarmos então que a escolha ao portador do Um anel seria decidida por dois caminhos, ao controlador da criatura com o “marcador”:
 
Ceder a criatura que contenha o marcador do Um anel; 
 
OU
 
Para não ceder a criatura: Fazer um token de Tesouro e transferir posse de uma Land ao controlador do Um anel.
 
 
Queridos leitores, como é difícil imaginar algo tão poderoso e importante para duas culturas inteiras, lembro mais uma vez que esse artigo é uma brincadeira de imaginação, sendo assim, vos convido a escreverem e deixarem mais uma vez vossa opinião nos comentários. Vocês acreditam que os anéis do poder entrarão nas edições de Senhor dos Anéis? Como serão suas mecânicas? Muito obrigado por chegarmos juntos ao fim deste artigo, espero vocês nos próximos. Abraços!
Bruno Caravelas Gary ( BilViril)
Um hobbit que joga focado na diversão, independente de formato ou power level. Amante de diálogos filosóficos e anti-gananciosos, afinal de contas, a ganância só é boa para Anões enfeitiçados, Dragões avaros e para os Sacola-Bolseiro amantes de ouro.
Comentários
Ops! Você precisa estar logado para postar comentários.
(Quote)
- 18/10/2021 03:11

Mas ao menos esses universos combinam e podem nos proporcionar excelentes anões, elfos e magos, sempre joguei de elfos pensando em Lotr, mesmo os anões por exemplo, não da pra jogar de Magda e não pensar nos anões de Hobbit e no Smaug, eu mesmo olho pro Gadrak, Flagelo da Coroa e pro Tesouro do Dragão / Dragon's Hoard e vem Smaug na cabeça

(Quote)
- 11/10/2021 11:38

#somostodosfakes

(Quote)
- 09/10/2021 19:24

Claro que é um fake. Ou vai me dizer que tu acreditou que estava conversando com o Zeca Urubu ? Tu tem probleminha Man :(

(Quote)
- 09/10/2021 19:24
Tomara que abra espaco para outros sets como da Hello Kitty e da Barbie. Bom artigo!
(Quote)
- 09/10/2021 13:33
Excelente artigo! Desde que comecei a jogar em 2010 sempre imaginei esses dois mundos juntos!
Últimos artigos de Bruno Caravelas Gary
A Arte de Manifestar a Harmonia
É possível fugir de padrões quando o assunto é Commander
5.578 views
A Arte de Manifestar a Harmonia
É possível fugir de padrões quando o assunto é Commander
5.578 views
Há 30 dias — Por Bruno Caravelas Gary
Magic: The Gathering. Uma Jornada Inesperada.
Em um artigo da nossa querida LigaMagic vivia um Hobbit. Não um artigo desagradável, sujo ou úmido, cheio de restos de minhoca e com cheiro de lodo; tampouco um artigo seco..
8.715 views
Magic: The Gathering. Uma Jornada Inesperada.
Em um artigo da nossa querida LigaMagic vivia um Hobbit. Não um artigo desagradável, sujo ou úmido, cheio de restos de minhoca e com cheiro de lodo; tampouco um artigo seco..
8.715 views
08/09/2021 10:05 — Por Bruno Caravelas Gary