Load or Cast
Grandes Decks Através da História – Rakdos
A história da combinação do caos no Magic.
27/06/2016 12:02 - 12.677 visualizações - 5 comentários
Load or Cast

 

Olá! Gostaria de agradecer pelo feedback nos artigos anteriores da série “Grandes Decks Através da História”, é realmente gratificante ver que assim como eu, muitos curtem viajar pelo lado mais “histórico” do jogo que tanto amamos.


Para completar as combinações de cores amigas, hoje falarei sobre os baralhos Rakdos. Lembrando que Azorius, Selesnya, Gruul e Dimir já foram abordados anteriormente. 


Vermelho e Preto, dentro do contexto das cores no Magic, são as cores mais “pancadaria” que existem. Agressividade, caos, queima, destruição, decadência e morte. Baralhos ultra-agressivos e combos no estilo “poder a qualquer custo” são a marca registrada dos Rakdos. Também não são muito chegados na “resenha”, então vamos aos decks!

 

B/R Nevinyrral Disk, por Mark Justice

 

Nevinyrral's Necro
11715 visualizações
26/06/2016
R$ 1.196,61
R$ 2.456,41
R$ 25.715,20
11715 visualizações
26/06/2016
Visualização:
Padrão
Cor
Custo
Raridade
Visual
CMC
Comprar Deck
Gerar Imagem
Criaturas (11)
3  Cavaleiro Negro  0,10
2  Order of the Ebon Hand  1,00
4  Espectro Hipnótico   1,00
2  A Sombra de Ihsan    0,10
Mágicas (15)
1  Bola de Fogo  0,05
4  Ritual Sombrio 0,85
3  Drenar Vida  0,05
4  Hymn to Tourach  2,00
3  Contágio   0,49
Artefatos (7)
1  Orbe Zurana 0,22
1  Torre de Marfim 3,51
3  Disco de Nevinyrral 1,60
2  Flechas Denteadas 0,25
Encantamentos (4)
4  Necropotência   139,90
Terrenos (23)
1  Cidade de Bronze49,00
3  Fábrica de Mishra0,16
4  Fontes Sulfurosas27,21
4  Mina de Superfície23,40
10  Pântano0,00
1  Tubos de Lava8,98
60 cards total

Sideboard (15)
2  Consulta Demoníaca 99,90
1  Explosão Elemental do Vermelho 8,65
3  Estilhaçar  0,03
2  Piroclasma  0,14
4  Distopia   25,00
2  Escuridão Infernal   19,10
1  Contágio   0,49

 

Com o atual pool de cartas que temos disponíveis hoje para produzir coisas injustas com Necropotence, chega a ser até um pouco engraçado quando vemos cards tão simplórios como Ihsan's Shade e Serrated Arrows no mesmo Main Deck que o encantamento “banidão”. Mas foi com essa versão de B/R Disco que Mark Justice ficou em segundo colocado no Worlds 1996 em Seattle.


Através de Dark Ritual, o deck ia acelerando tanto o plano de “disruption” no adversário, com Hymn to Tourach ou Hypnotic Specter, ou quebrando as várias criaturinhas com Contagion e outras remoções.
Por mais incrível que possa parecer, Necropotence aqui não gerava nenhum super combo ganhador automático de partidas, mas sim funcionava como um mecanismo de constante card advantage repondo os recursos trocados com o adversário e buscando por mágicas específicas no deck, como o Nevinyrral's Disk, para resetar a mesa, e o Drain Life, para repor a vida perdida e continuar “fluindo” as ativações de Necropotence.

 

Machine Head, por Tom Van De Logt

 

Machine Head
11551 visualizações
26/06/2016
R$ 683,15
R$ 1.321,72
R$ 19.652,35
11551 visualizações
26/06/2016
Visualização:
Padrão
Cor
Custo
Raridade
Visual
CMC
Comprar Deck
Gerar Imagem
Criaturas (18)
4  Cuspidor de Pragas  0,88
4  Espectro Flamejante   0,50
2  Kavu de Língua Flamejante  0,14
3  Scuta Phyrexiano  1,25
3  Skizzik  0,08
2  Anjo da Cripta  2,90
Mágicas (18)
4  Coagir 0,03
4  Ritual Sombrio 0,85
3  Vendeta 0,15
4  Findar  1,20
3  Raiva de Urza  0,09
Terrenos (24)
4  Fontes Sulfurosas27,21
6  Montanha0,00
6  Pântano0,00
4  Porto de Rishada84,89
4  Vulcão de Urborg0,25
60 cards total

Sideboard (15)
3  Aturdir  0,10
1  Piroclasma  0,14
3  Arena Phyrexiana   68,00
1  Kavu de Língua Flamejante  0,14
2  Perseguir   0,70
1  Anjo da Cripta  2,90
4  Gato de Escória   0,06

 

Mais ou menos na mesma linha de Dark Ritual, diversas remoções e criaturas decentes que fazem o trabalho sujo bem feito, está o que provavelmente foi o baralho Rakdos mais icônico do Magic – o Machine Head de Tom Van De Logt, campeão do Worlds 2001 em Toronto.


Utilizando-se de remoções altamente eficientes como Terminate e Vendetta, era fácil eliminar os problemas que outros decks da época apresentavam, em geral criaturas verdes um pouco mais pesadas (Kavu Chameleon) ou criaturas-chave de estratégias com criaturas menores (Lord of Atlantis, Waterfront Bouncer).


Com a ajuda de Dark Ritual era possível até começar a pressionar com criaturas bem grandes desde o turno 2, como Blazing Specter, minando os recursos do adversário, ou Phyrexian Scuta, fechando o jogo em poucos ataques. Além, é claro, de permitir um dos melhores “meta calls” do momento, o Plague Spitter de turno 1, eficiente contra elfos de manas/Birds of Paradise e contra os pequenos Merfolks.

 

Reanimator, por Peer Kröger

 

Reanimator
11762 visualizações
26/06/2016
R$ 825,51
R$ 1.550,62
R$ 3.490,54
11762 visualizações
26/06/2016
Visualização:
Padrão
Cor
Custo
Raridade
Visual
CMC
Comprar Deck
Gerar Imagem
Criaturas (10)
1  Gladiador Morto-Vivo   0,10
4  Necromante Condenado  0,64
1  Ira  4,00
1  Arcanis, o Onipotente    4,00
1  Visara a Pavorosa    3,50
1  Nishoba Fantasma   0,95
1  Vorme Simbiótico    1,00
Mágicas (25)
3  Sangue dos Inocentes 0,48
3  Sepultar 67,99
1  Terapia da Cabala 1,84
1  Édito de Chainer  18,69
3  Costurar  1,80
4  Desejo Abrasador  1,40
1  Indenizar  0,45
2  Sufocamento  0,08
3  Enterrado Vivo  3,61
4  Zumbificar  0,30
Terrenos (25)
4  Charneca Estéril0,20
4  Lamaçal Ensangüentado131,74
6  Montanha0,00
9  Pântano0,00
2  Serra de Sanguesombra3,63
60 cards total

Sideboard (15)
3  Terapia da Cabala 1,84
1  Costurar  1,80
1  Decompor  0,10
1  Indenizar  0,45
1  Piroclasma  0,14
1  Sonhos Revoltantes  0,25
1  Últimos Ritos  0,15
1  Enterrado Vivo  3,61
1  Demolir  0,05
1  Comando do Patriarca   10,75
1  Comedor de Culpa   1,43
1  Ecos Persistentes   0,45
1  Festim de Almas   0,10

 

Rakdos também é a casa de combos mirabolantes, geralmente envolvendo situações de alto risco e alto retorno. O Reanimator de Peer Kröger, que fez Top 8 no Worlds 2003 em Berlim impressiona por motivos contrários; sua consistência e possibilidades de jogadas engenhosas para fugir de situações específicas, e o fato de ter que fechar as partidas com criaturas bem mais “humildes” que as que temos hoje. Griselbrand, Iona, Shield of Emeria, Inkwell Leviathan. Tendo que usar Phantom Nishoba,Symbiotic Wurm e Visara the Dreadful.


Para que a estratégia começasse a fluir, Entomb ou Buried Alive eram importantíssimos. Além de buscarem, é claro, alvos importantes de reanimação, eles colocavam o Anger no cemitério. Com isso, era possível ativar Doomed Necromancer no mesmo turno que o jogava (assim anulando as remoções do adversário para ele), bem como ativar Arcanis the Omnipotent e Visara the Dreadful no mesmo turno que fossem reanimados, trazendo retorno imediato de seus efeitos.


A combinação Entomb/Buried Alive, porém, podia funcionar como uma espécie de Toolbox, buscando cards como Recoup, Chainer's Edict e Cabal Therapy. Com Recoup era possível acessar qualquer outro feitiço do deck, como um Stitch Together ou Zombify, e principalmente Burning Wish, para buscar qualquer outro card do Sideboard! Apesar de parecer relativamente simples, o Reanimator de Kröger possui diversas possibilidades de linhas de jogo diferentes, tornando-o interessante para ser jogado mesmo nos dias de hoje no casual (o deck foi impresso em versão promocional com borda dourada).

 

Goblins Bidding, por Olivier Ruel

 

Goblins Bidding
11602 visualizações
26/06/2016
R$ 1.693,19
R$ 2.983,63
R$ 9.831,80
11602 visualizações
26/06/2016
Visualização:
Padrão
Cor
Custo
Raridade
Visual
CMC
Comprar Deck
Gerar Imagem
Criaturas (26)
3  Mogg Fanático 0,09
4  Prospector de Skirk 0,10
1  Fagulheiro  0,15
4  Goblin Bate-Estacas  6,63
4  Comandante de Guerra Goblin   0,24
1  Goblin Atirador de Elite  49,90
4  Matrona Goblin  1,00
4  Líder Revolucionário Goblin  0,40
1  Comandante do Grupo de Cerco   0,90
Mágicas (10)
4  Terapia da Cabala 1,84
4  Desejo Abrasador  1,40
2  Morte Viva   22,28
Artefatos (2)
2  Mox de Cromo 219,90
Terrenos (22)
4  Fontes Sulfurosas27,21
4  Lamaçal Ensangüentado131,74
4  Montanha0,00
2  Pântano0,00
4  Porto de Rishada84,89
4  Serra de Sanguesombra3,63
60 cards total

Sideboard (15)
3  Coagir 0,03
1  Fusão  43,68
1  Reanimar 39,99
1  Édito de Chainer  18,69
1  Decompor  0,10
1  Piroclasma  0,14
1  Perecer  0,44
3  Extração Craniana  0,64
1  Gavinhas da Agonia   3,78
1  Comando do Patriarca   10,75
1  Desabamento   1,71

 

Apesar de já ter surgido anteriormente, trago a versão utilizada pelo Hall of Fame francês Olivier Ruel para o Top 4 no Pro Tour Columbus 2004, disputado no já extinto formato Extended. A versão de Ruel é bem interessante por ter conseguido seu resultado em um field bem mais “hostil”, com diversos decks Tier da época como o Scepter Chant, Affinity, Red Deck Wins e UG Madness.


O plano do baralho de Goblins é razoavelmente simples em todas as suas versões. Com a ajuda de Goblin Warchief e Skirk Prospector, o deck desenvolve-se tanto no quesito Tempo como no quesito Card Advantage (Goblin Ringleader, Goblin Matron, Siege-Gang Commander) em uma velocidade muito mais rápida do que deveria. Dessa forma, Goblin Piledriver ataca para quantidades altíssimas de dano enquanto o Goblins mantém outros recursos na mesa e mão.


Skirk Prospector, além de acelerar o jogo e gerar sinergias interessantes com Goblin Sharpshooter, não era necessariamente um efeito indesejável no deck. Com Living Death e Patriarch's Bidding, sacrificar os goblins fedidos não significava nada, já que eles retornariam para um grande ataque letal, e disparando todos seus efeitos de “entrar no campo de batalha”.

 

Rakdos10, por Steven Aplin

 

Rakdos10
11521 visualizações
26/06/2016
R$ 904,46
R$ 1.725,14
R$ 3.141,15
11521 visualizações
26/06/2016
Visualização:
Padrão
Cor
Custo
Raridade
Visual
CMC
Comprar Deck
Gerar Imagem
Criaturas (15)
4  Mogg Fanático 0,09
4  Confidente Sombrio  116,91
3  Mago da Guilda Rakdos  0,25
4  Solífugo Gigante   0,18
Mágicas (18)
3  Fogueira Demoníaca  0,44
4  Incinerar  0,10
4  Carbonizar  0,39
4  Raio da Fenda  0,89
3  Ataque // Retirada   //   0,45
Encantamentos (4)
4  Selo do Fogo 0,40
Terrenos (23)
3  Caerne Esculpido16,99
2  Carnarium Rakdos0,58
4  Cripta de Sangue44,99
4  Fontes Sulfurosas27,21
2  Megálitos Keldonianos0,10
5  Montanha Nevada (#283)0,00
2  Pântano Nevado (#281)0,00
1  Urborg, Tumba de Yawgmoth79,90
60 cards total

Sideboard (15)
4  Mártir das Cinzas 0,50
3  Miserável Murcho  0,35
4  Terror  0,08
4  Crioclasma  0,20

 

Criaturas pequenas e burns para limpar o caminho (ou o adversário). O Rakdos10 de Steven Aplin, utilizado para vencer o Nacional da Austrália em 2007, é um exemplo didático de como decks nessa linha de jogo devem funcionar.


Os burns de todos os tamanhos lidavam bem com criaturas de diversas quantidades de Resistência do outro lado da mesa, enquanto Dark Confidant/Rakdos Guildmage continuavam colocando pressão e mantendo a vantagem de recursos. Quando suficiente dano já tivesse sido causado, os burns passavam a ir direto na face do oponente.


Agora, por quê o deck se chamava Rakdos10? Bom na verdade, a versão de Aplin estava mais para um “Rakdos VIII”, já que o elemento alto risco-alto retorno do Mago Rakdos estava ali presente – a possibilidade de revelar Hit (Hit/Run) para Dark Confidant. O deck ficou conhecido como Rakdos10 já que algumas versões utilizavam uma engine de Greater Gargadon/Mogg War Marshal/Epochrasite (dessa forma, podendo revelar ocasionalmente o Gargadonte para o Bob). E você pensando que o que doía era revelar um Tasigur, the Golden Fang acidental hoje em dia, hein?

 

B/R Blightning, por Antoine Menard

 

Rakdos Blightning
11615 visualizações
26/06/2016
R$ 547,00
R$ 1.055,99
R$ 2.521,23
11615 visualizações
26/06/2016
Visualização:
Padrão
Cor
Custo
Raridade
Visual
CMC
Comprar Deck
Gerar Imagem
Criaturas (16)
4  Imagem do Destino 2,23
4  Elemental da Centelha Infernal  0,94
4  Anatemântico   0,20
4  Semideus da Vingança    5,00
Mágicas (20)
2  Esguicho de Magma 0,05
2  Fogo Devastador  0,83
4  Raio 7,51
4  Chuva Vulcânica   0,32
4  Detonar   0,40
4  Azagaia Ardente   0,30
Terrenos (24)
4  Caerne Esculpido16,99
11  Montanha0,00
1  Pântano0,00
4  Pico da Caveira de Dragão7,49
4  Terras Selvagens0,45
60 cards total

Sideboard (15)
4  Mancha da Morte 0,04
3  Florescência Amarga  124,80
3  Esguicho de Fogo  0,36
3  Goivador do Pântano das Cinzas   0,10
2  Farpas de Mana  0,99

 

Dois cards que não poderiam ficar de fora de nenhuma lista envolvendo decks Rakdos estão presentes no B/R Blightning utilizado por Menard para a segunda posição no Nacional Francês 2009, que lhe rendeu uma vaga para disputar o Worlds e representar sua seleção naquele ano. São eles: Demigod of Revenge e Blightning, cards que causam arrepios em quem esteve do outro lado, enfrentando esses decks, na época.


Contando com outras criaturas eficientes, como Figure of Destiny e Anathemancer, para colocar pressão rápido e causar quantidades massivas de dano com suas inevitabilidades, além do que existe de melhor em matéria de queima na história do Magic – Lightning Bolt.


Demigod of Revenge era uma das ameaças mais difíceis de serem contornadas à época pelo fato de que era uma criatura com resistência 4, com ímpeto e evasão, e contendo a cor preta, tornando-a imune a algumas remoções como Doom Blade e Nameless Inversion, além dos burns menores como o próprio Lightning Bolt. Anulações? Com certeza não eram um problema para o Semideus, que quando começasse a jogar sua segunda ou terceira cópia faria com que seus “irmãozinhos” retornassem com mais sede de vingança.

 

B/R Vampires, por Eric Froehlich

 

BR Vampires
11558 visualizações
26/06/2016
R$ 1.073,41
R$ 2.053,03
R$ 5.091,74
11558 visualizações
26/06/2016
Visualização:
Padrão
Cor
Custo
Raridade
Visual
CMC
Comprar Deck
Gerar Imagem
Criaturas (25)
4  Dilacerador Vampiro 0,05
4  Rastreador de Pulso 0,20
3  Vidente Visceral 0,87
4  Fidalga Kalastria  8,75
2  Maga Amaldiçoadora Vampiresa  0,49
4  Porteiro de Malakir  1,25
4  Terror Sanguinário  35,55
Mágicas (9)
2  Explodir em Raios 0,15
4  Raio 7,51
3  Trilha de Arco Elétrico  0,10
Encantamentos (3)
3  Tutela Sombria  2,50
Terrenos (23)
8  Pântano0,00
4  Penhascos de Fenda Negra89,90
4  Pico da Caveira de Dragão7,49
4  Planície Pantanosa99,84
3  Regiões de Garras-de-Lava1,49
60 cards total

Sideboard (15)
3  Coagir 0,03
1  Banquete de Sangue  1,50
2  Vampiro Falcão-da-Noite   0,25
4  Despelador   0,10
1  Sarkhan, o Louco   5,00
4  Demônio do Portão da Morte    11,90

 

Para os que pensam que Rakdos agressivo é somente criaturas vermelhas apoiadas pelo suporte do preto, a lista de Vampires de Eric Froehlich utilizada para o Top 8 no Worlds 2010 em Chiba mostra exatamente o contrário.


Efro escolheu utilizar em sua base de criaturas o que havia de melhor na curva baixa dos Vampiros de Zendikar, tanto capaz de punir logo no early game com Vampire Lacerator e Pulse Tracker, como também com um grande alcance de late game com Kalastria Highborn e Bloodghast.


Para limpar o caminho e complementar esse alcance, entram os burns Lightning Bolt, Burst Lightning e Arc Trail, que ficam especialmente fáceis de serem “cavados” com a ajuda de Dark Tutelage. Lavaclaw Reaches é outra adição muitíssimo bem-vinda para estratégias agressivas. Mesmo sendo na época considerada a “pior” das Man Lands, sua habilidade davam uso para um ocasional excesso de terrenos por parte do Vampires e sua curva baixíssima, além de ajudar no “efeito man-land” para aumentar o clock enquanto evita remoções globais/feitiço.

 

B/R Zombies, por Yu Min Yang

 

BR Zombies
11843 visualizações
26/06/2016
R$ 1.885,56
R$ 3.087,69
R$ 5.113,97
11843 visualizações
26/06/2016
Visualização:
Padrão
Cor
Custo
Raridade
Visual
CMC
Comprar Deck
Gerar Imagem
Criaturas (23)
4  Carniçal do Cemitério do Terror 0,12
2  Cuspidor de Fumo 0,10
4  Rastejador de Túmulo 29,52
4  Artista do Sangue  11,75
4  Mensageiro de Geralf   64,90
3  Aristocrata Falkenrath   1,00
2  Metamórfico Phyrexiano  12,00
Mágicas (12)
3  Escorregão Trágico 0,15
4  Assinar com Sangue  0,45
2  Atacar na Jugular  1,99
3  Salva de Enxofre  0,05
Artefatos (2)
2  Casulo-Morteiro 0,10
Terrenos (23)
3  Caverna das Almas319,90
12  Pântano0,00
4  Penhascos de Fenda Negra89,90
4  Pico da Caveira de Dragão7,49
60 cards total

Sideboard (15)
2  Desprezar 0,09
1  Extração Cirúrgica 60,00
2  Fundir 0,03
2  Magibomba Niilista 1,00
2  Pilar de Chamas 0,05
1  Extenuar  0,12
2  Trilha de Arco Elétrico  0,10
2  Veredito de Geth  1,35
1  Metamórfico Phyrexiano  12,00

 

Com a lista de B/R Zombies acima na parcela Standard, Yu Min Yang trouxe a vitória do Mundial de Equipes 2012 para Taipé Chinesa. Dentro de Innistrad, zumbis foram uma tribo que se beneficiava bastante dos efeitos de ir para o cemitério através das mecânicas Mórbido e Imortal.


Geralf's Messenger é a principal criatura do deck, colocando o oponente numa situação de perda/perda, já que trocar com o Zumbi não é nada vantajoso, e deixar que ele continue atacando somente contribui para o plano ofensivo do Zumbis.


Com o “auxílio” de outra tribo importante em Innistrad o baralho conseguiu dois reforços providenciais para seu plano: Blood Artist e Falkenrath Aristocrat. O Artista novamente criava a sinuca de bico, tornando a troca incrivelmente desvantajosa para o adversário, enquanto a Aristocrata finalizava as partidas pelo céu além de sinergizar com os efeitos de Mórbido de Tragic Slip e Brimstone Volley.

 

Grisel Shoal, por Zach Jesse

 

Grisel Shoal
12086 visualizações
26/06/2016
R$ 2.018,57
R$ 3.731,82
R$ 8.857,75
12086 visualizações
26/06/2016
Visualização:
Padrão
Cor
Custo
Raridade
Visual
CMC
Comprar Deck
Gerar Imagem
Criaturas (14)
4  Espírito-Guia Símio  0,70
2  Borborigmo Enfurecido     3,15
4  Griselbrand     39,98
4  Vorme Espinha do Mundo    22,80
Mágicas (27)
4  Pilhagem Infiel 1,00
1  Renascimento Pernicioso 24,00
4  Cardume Nutritivo   1,75
2  Manamorfose  17,16
2  Ritual Desesperado  1,00
4  Sussurro da Noite  11,99
4  Vingança de Goryo  11,31
2  Voz Atormentadora  0,03
4  Através da Brecha  14,90
Terrenos (19)
2  Cripta de Sangue44,99
4  Lamaçal Ensangüentado131,74
2  Montanha0,00
5  Pântano0,00
2  Penhascos de Fenda Negra89,90
4  Templo da Maleficência2,34
60 cards total

Sideboard (15)
3  Pacto de Negação 58,28
1  Agulha Medular 5,00
2  Capturar Pensamento 84,24
1  Orbe Tórpida 55,24
1  Perímetro Defensivo 48,49
3  Piroclasma  0,14
4  Lua Sangrenta  68,90

 

Terminamos nossa lista de hoje com o representante mais recente, e que constantemente faz aparições no Modern. Com a lista acima, Zach Jesse conseguiu Top 8 no Grand Prix Charlotte 2015.


Ao optar manter-se puramente B/R, o deck consegue uma consistência invejável em sua base de mana podendo tirar proveito de Blood Moon em seu sideboard, uma das ameaças mais reais para os baralhos Moderns repletos de fetch lands e outros não-básicos. Considerando que cantrips geralmente presentes nos combos de outros formatos como Ponder, Preordain e Brainstorm não são permitidos no Modern, Faithless Looting, Night's Whisper e Tormenting Voice​ cumprem seu papel com boa eficiência dentro da proposta do baralho, cavando sempre por dois cards enquanto duas delas alimentam o grave, reforçando a escolha das cores para o deck.


Por estar sendo ainda atualmente utilizado, o combo já é um velho conhecido pelos que constantemente jogam Modern. Através das acelerações de mana, conjura-se um Through the Breach ou Goryo's Vengeance rápido, trazendo um Griselbrand ao campo, ataca-se com ele, compra quantas cartas forem possíveis com o monstrengo (geralmente algo entre 14 e 21, contando com o Lifelink do ataque). 

 

Espera-se que, dentro desses cards,a combinação de Nourishing Shoal e Worldspine Wurm tenha sido encontrada, possibilitando comprar mais cards, e assim por diante até ter como descartar e reanimar um Borborygmos Enraged com a ajuda dos Simian Spirit Guide , Desperate Ritual  e Manamorphose
Uma vez com o Cíclope na mesa, fica bem fácil descartar terrenos suficientes para continuar cavando no deck até ter letal no adversário. Além disso, é possível seguir uma rota alternativa, usando Through the Breach + Worldspine Wurm para atacar quinze, e deixando três 5/5s de forma permanente na mesa.
-


É claro que, dentro de uma combinação tão querida como Vermelho e Preto, alguns decks tiveram que ficar de fora. Dentre eles, podemos destacar o Sand Burn com Genju of the Spires , Boddy Red, B/R Magnivore, B/R Ignite Memories Combo e B/R Control com Theros. Dessa forma, concluímos as cinco combinações de cores amigas, mas continuem de olho que logo a seguir tratarei das combinações de cores inimigas!


Abraços e até a próxima!

Patrocinador Oficial LigaMagic Bolts
Patrocinador Oficial LigaMagic Bolts
Patrocinador Oficial LigaMagic Bolts
Matheus Akio Yanagiura ( sandoiche_13)
Matheus Akio Yanagiura, mais conhecido como Sandoiche, é jogador, escritor e streamer de Magic: the Gathering, produzindo conteúdo desde 2012. Membro da equipe de e-Sports LigaMagic Bolts, está sempre na vida do grind dos torneios, com destaques para o Top 8 do Magic LATAM Challenge e o Vice-Campeonato da Twitch Rivals, além do bi-campeonato Circuito LigaMagic Modern e o Top 16 no Grand Prix São Paulo 2018 no Tabletop.
Redes Sociais: Twitch, Facebook, Instagram, Twitter
Comentários
Ops! Você precisa estar logado para postar comentários.
(Quote)
- 30/06/2016 20:46
eu curti esse artigo
(Quote)
- 28/06/2016 00:48
Sombra de Ihsan foi uma das cartas que mais comemorei quando tirei num booster na minha infância. Ele era lendário, forte e tinha uma arte muito foda! Eu amava essa carta (amo até hoje).
(Quote)
- 27/06/2016 22:51
não sei se é pq eu curtia o deck, mas senti falta do Red Death ai (ritual + negator, seguido de burns era muito legal)
(Quote)
- 27/06/2016 16:45
Importantíssimo analisar os aspectos históricos do jogo, como decks e estratégias evoluíram ao longo do tempo. Muito legal mesmo, excelente iniciativa dessa coluna. Já é uma das minhas preferidas aqui na Liga. Continue o bom trabalho. Grande abraço.
(Quote)
- 27/06/2016 16:30
Post espetacular de tão nostálgico. Tenho tanto o Machine Head do Van de Logt quanto o Reanimator do Peer Kröger em suas versões de borda dourada (com caixinha e tudo), e garanto que é diversão garantida usá-los nos casuais mundo afora.
Últimos artigos de Matheus Akio Yanagiura
Primer Mono Green Standard
Apesar de não ter se destacado no Mundial, o Mono Green Aggro segue uma sólida opção para a sequência da temporada Standard - e é o tema do Primer de hoje aqui na LigaMa..
3.807 views
Primer Mono Green Standard
Apesar de não ter se destacado no Mundial, o Mono Green Aggro segue uma sólida opção para a sequência da temporada Standard - e é o tema do Primer de hoje aqui na LigaMa..
3.807 views
Há 3 dias — Por Matheus Akio Yanagiura
Primer Izzet Dragons Standard
Buscando um baralho seguro e com bastante margem de jogo no Standard? Sandoiche traz um guia do Izzet Dragons em seu artigo de hoje aqui na LigaMagic!
5.072 views
Primer Izzet Dragons Standard
Buscando um baralho seguro e com bastante margem de jogo no Standard? Sandoiche traz um guia do Izzet Dragons em seu artigo de hoje aqui na LigaMagic!
5.072 views
Há 9 dias — Por Matheus Akio Yanagiura
A Vez do Azul no Standard
Azul despontou como protagonista do Standard nesses últimos dias de formato, e em seu artigo de hoje aqui na LigaMagic Sandoiche explica o fenômeno e traz algumas listas que..
4.649 views
A Vez do Azul no Standard
Azul despontou como protagonista do Standard nesses últimos dias de formato, e em seu artigo de hoje aqui na LigaMagic Sandoiche explica o fenômeno e traz algumas listas que..
4.649 views
Há 17 dias — Por Matheus Akio Yanagiura
Carruagens e Setes no Standard
Carruagens e Setes estão por todo o lugar no Standard, e esse é o tema do artigo de hoje de Sandoiche aqui na LigaMagic!
5.946 views
Carruagens e Setes no Standard
Carruagens e Setes estão por todo o lugar no Standard, e esse é o tema do artigo de hoje de Sandoiche aqui na LigaMagic!
5.946 views
Há 24 dias — Por Matheus Akio Yanagiura
Vinte Decklists Standard com Innistrad
Innistrad traz uma das rotações mais esperadas do Standard, e em seu artigo de hoje na LigaMagic Sandoiche traz 20 opções de baralhos para começar o grind com tudo!
12.298 views
Vinte Decklists Standard com Innistrad
Innistrad traz uma das rotações mais esperadas do Standard, e em seu artigo de hoje na LigaMagic Sandoiche traz 20 opções de baralhos para começar o grind com tudo!
12.298 views
20/09/2021 10:05 — Por Matheus Akio Yanagiura