[ Aconteceu ] : querem proibir jogos no Brasil ( de novo )

       

Por: ChinaCommander em 18/02/12 10:24 | 13 comentários / 2,465 visitas

Não adianta ,sempre aparece algum político mongol querendo mandar ou desmandar no que nós devemos ver ,ler ,acessar .
Agora não é diferente ,surge mais um imbecil ,em nome dos "bons costumes" querendo ditar o que não devemos jogar .

O ditador da vez é o senador Valdir Raupp (PMDB-RO)





Copiando de um site de nóticias :
"A polêmica sobre a chamada "Lei Anti-Games" no Brasil está de volta. Esta semana teve início a votação no Senado pela aprovação do PROJETO DE LEI DO SENADO, Nº 170 de 2006, de autoria do senador Valdir Raupp (PMDB-RO). O PLS, se aprovado, altera o art.20 da lei 7.716 de 5 de janeiro de 1989, categorizando como crime o ato de fabricar, importar, distribuir, manter em depósito ou comercializar jogos de videogames ofensivos aos costumes, às tradições dos povos, aos seus cultos, credos, religiões e símbolos em todo o território nacional."

LINK : CLIQUE AQUI

AQUI TEM UM LINK PARA UM ABAIXO-ASSINADO CONTRA A LEI ANTI-GAME : CLIQUE AQUI

NOTA : O VALDIR RAUPP É ACUSADO DE APLICAR GOLPES CONTRA O SISTEMA FINANCEIRO .

Segue a nóticia :

STF recebe denúncia contra Valdir Raupp por crime contra o sistema financeiro

Por seis votos a cinco, o Supremo Tribunal Federal (STF) recebeu denúncia (INQ 2027) em que o senador Valdir Raupp (PMDB-RO) é acusado de desviar recursos de convênio firmado com o Banco Mundial. O fato teria ocorrido à época em que ele foi governador de Rondônia (1995-1998). Com o recebimento da denúncia, o parlamentar passará a responder, no STF, como réu em ação penal por crime contra o sistema financeiro nacional.


Segundo a acusação do MPF, os recursos foram obtidos por meio de um acordo assinado entre o Brasil e o Banco Mundial e envolviam um valor de US$ 167 milhões destinados ao gerenciamento dos recursos naturais de Rondônia. Em consequência da liberação desse valor, Raupp firmou, na época, convênio com o Ministério do Planejamento e Orçamento para repasse de um valor parcial de pouco mais de R$ 21 milhões para a execução do Plano Agropecuário e Florestal de Rondônia (Planafloro).

Embora tenha se comprometido a aplicar os recursos exclusivamente no Planaforo, o MPF alega que, com o auxílio de funcionários do governo, Raupp teria permitido a transferência da verba para o Tesouro Estadual e para a Secretaria de Fazenda local visando saldar despesas diversas do estado de Rondônia. O fato teria ocorrido entre 1997 e 1998.



FONTE : CLIQUE AQUI






Leia também

Pontos de encontro no rio de janeiro - part.. 4 comentários / 2,622 visitas
Top 5 : sistema anti-pirataria nos games pa.. 0 comentários / 4,658 visitas
Humor: incoerência nos games 14 comentários / 3,902 visitas
3° faq sobre os meus leilões . 0 comentários / 5,756 visitas
[ aconteceu (?) ]: conspiracionismos ou fat.. 15 comentários / 2,630 visitas

Favoritos

Mudanças nas regras do Commander

Por: Ruda - 28 comentários / 9,464 visitas

O dia que Nekusar saiu para brincar

Por: sadysaneto - 10 comentários / 5,347 visitas

Lore - Tarkir

Por: sadysaneto - 20 comentários / 8,285 visitas

Sala de Comando - Só uma cópia de cada cart..

Por: sadysaneto - 18 comentários / 8,889 visitas

Lore - Os clãs de DTK, pt. 2

Por: sadysaneto - 11 comentários / 7,906 visitas

Comentários

Ops! Você precisa estar logado para postar comentários.
(Quote)
- 23/02/2012 13:40
Atualizei novamente ,pus um link para um abaixo assinado contra essa lei .
(Quote)
- 20/02/2012 08:40

Está ae algo que nunca soube como é ser, embora tenha uma certa admiração por aqueles que o são, apesar de tudo.

Assim como muitos, sou brasileiro por territorialidade, e não por convicção.

Esse Raupp consegue ser ainda mais pedante, putz!

(Quote)
- 19/02/2012 00:47
Parar de comerciar armas de fogo, drogas, e dar um jeito na saúde e na educação,ninguém quer..
(Quote)
- 19/02/2012 00:36
só sei que o rombo na economia será grande... mas a chance de aprovação é quase nula. Rola não :]
(Quote)
- 18/02/2012 12:04

E ainda reduzir o salário parlamentar em 70% ( ainda continua sendo muito dinheiro pra um salário só) .

(Quote)
- 18/02/2012 12:02
Vamos combinar assim: eles proibem os jogos e param de roubar, q tal?
(Quote)
- 18/02/2012 11:39
depois querem que o brazileiro seja patriota ainda
(Quote)
- 18/02/2012 11:35
mais um trabalho para os Anonymous.
(Quote)
- 18/02/2012 10:51
esse ai nao ganha eleicao mais
(Quote)
- 18/02/2012 10:41
Mais é muito não ter o quer fazer mesmo, um senador dessee perdendo tempo com coisas irrelevantes podendo ta se preocupando com a nossa educação, saúde, segurança, a fome que nesse nosso país é muito grande.
Por isso que o Brasil é um país realmente muito atrasado.
(Quote)
- 18/02/2012 09:40
O lobby dos games é fraco aqui no Brasil, o governo as vezes toma tais medidas para pressionar alguns setores a doarem dinheiro para suas campanhas eleitorais.

A indústria da cerveja paga um lobby alto, por isso ninguém mexe com eles.
(Quote)
- 18/02/2012 07:43
Esse crime é muito subjetivo, digo que a chance da lei ser aprovada é bem próximo de zero, já que não tem nenhuma lesividade concreta. Se for aprovada, rapidamente será objeto de controle de constitucionalidade, por ofensa a alguns princípios penais-constitucionais.
(Quote)
- 18/02/2012 07:31
éé... parece até que estamos morando num pais como libano ou china , sei la... proibir comercial de cerveja ninguem quer...