Lidando com a raiva para obter vitórias, por Kabuto

       

Por: letscollectbrasil em 08/01/13 11:16 | 26 comentários / 5,488 visitas

Falaê, Galera! Tudo em cima?

O assunto que vou abordar hoje, é algo pelo qual eu acredito que todo jogador de Magic já passou ou ainda passa - é aquela raiva, de quando as coisas não vão como a gente quer, ou como a gente espera. Seja aquele top deck que faz você perder o jogo, seja o seu deck que esteja zicando sempre, ou, por algum motivo, você não ganha nenhum jogo, ou qualquer motivo que seja.

Magic é um jogo onde a gente procura se divertir (óbvio), e infelizmente, muitas vezes, essa diversão vai embora, devido ao estresse ou a raiva pelos quais acabamos passando ou nos submetendo com algumas situações durante o jogo e que, no decorrer da partida/rodada/torneio fazem com que paremos de pensar como deveríamos, causando jogadas ou escolhas erradas, que trazem ainda com mais veemência a derrota, e logo, mais raiva.

Mas como prevenir isso de acontecer, Kabuto?

Infelizmente não é tão simples como as palavras façam que pareça, mas a chave para a cura deste problema está em você mesmo. Ficar bravo, rodar a baiana, dar mortal para trás, ou dar um kick flip na mesa não vão fazer seu deck rodar (e sim voar…), como também, não vão te trazer o conhecimento do motivo de sua derrota, mas, se você, ao invés de se enfurecer, parar para pensar, talvez essa raiva nem mesmo apareça, e sabe por quê?

Tem certas coisas que muito jogador esquece, como o fato de todo deck ter jogos ganhos automaticamente contra outros, enquanto, ao mesmo tempo, ele perde automaticamente para outros, isso, sem contar os Good Matches e Bad Matches, e um jogador, principalmente quando não esta familiarizado com seu deck, passa por isso, não lembra ou não sabe onde ele tem Auto-Win/Auto-Loss/Bad Match/Good Match, e sem esse conhecimento, acaba por achar que o seu deck é ruim/terrível e acaba passando raiva, ao invés de realmente pensar em testa-lo contra vários outros decks, e conhecê-lo melhor antes de colocar ele todo na pasta de troca.

Este é um ponto muito importante - conhecer o seu deck! Jogar Magic bem, ou ser bom com um deck, não é algo que acontece do dia para a noite, ou é como transformar a água em vinho, é um processo demorado. Não adianta ter pressa, devagar e sempre, esta é a melhor ideia (a menos que você esteja jogando de Mono Red é claro!). Dependendo do seu nível de experiência como jogador, esse tempo pode ser menor, mas uma questão é: sempre leva tempo. Não adianta você pegar seu deck, jogar algumas partidas e achar que ou o seu deck é um tanque de guerra que vai destroçar seus inimigos enquanto eles gritam por clemência, ou que o deck então é uma droga, e que logo, você pretende fazer uma fogueira com ele. E é durante este processo que você tem que controlar a sua raiva, como eu disse, você fica com raiva, começa a fazer as piores escolhas, e isso vai interferir pra lá de diretamente no resultado dos seus jogos, assim como sua opinião sobre o deck. Fazer jogos sempre com calma, observando bem o jogo, pode sempre levar ao melhor resultado, o que, logo, pode se tornar sua vitória. Deixar jogadores mais experientes ou que já conheçam seu deck jogarem com ele na sua frente, ajuda e muito! Como também você pode ver o jogo de fora, podendo assim, se ver livre da pressão do mesmo, o que pode te ajudar a pensar bem mais e melhor!

Muitas vezes, o jogo vai lhe escoar das mãos assim como água porque você deixou sua querida raiva se apoderar da sua mente, o que lhe impediu de enxergar aquela boa jogada que você poderia ter feito, optando para uma mais impulsiva, objetiva e totalmente arriscada. Daí, você perde, fica com mais raiva, e lá se vai o seu treino ou a sua diversão.

A forma com que você joga ou avalia seu deck é a mesma, metaforicamente falando, de como você jogaria um jogo de luta, por exemplo, em um fliperama - King of Fighters, Street Fighter, Tekken - você escolhe seu trio ou sua dupla para jogar. Durante as primeiras lutas, por ser mais fácil, você vai compreendendo o macete de cada jogador e como jogar com ele, - esta parte, podemos considerar que seria seu treino com o deck, jogando no nível "fácil", um jogo "sem pressão" porém, mais analítico. Logo depois, vêm as partidas mais difíceis, pelas quais você só vai passar se já tiver bem treinado com seus personagens, sabendo o que eles podem fazer e como podem fazer. Não se iluda, no Magic não dá para fazer como alguns fazem no fliperama, que é apertar todos os botões ou então ficar só soltando especial para ganhar, lembre-se disso… Ou seja, você só vai passar para esse estagio no Magic, depois de adquirir experiência com seu deck, não adianta querer colocar o carro na frente dos bois e esperar que, dando uma de louco, vai dar tudo certo, porque NÃO vai!

Depois dessa parte, vem o Chefão, que, na nossa metáfora, nada mais é que os torneios competitivos. Nunca vai se conseguir ter sucesso, vitória, ou "zerá-los" (ganhar um torneio), sem todo o preparo e conhecimento necessário para fazê-lo. No Magic, tem-se três fatores para ganhar uma partida: Deck, Skill e Sorte. O Deck pode ser muito bom ou muito ruim, mas isso, você só vai descobrir depois de ter a Skill necessária para pilotá-lo, e tirar o máximo de proveito dos recursos disponíveis do seu deck. Mesmo dominando esses dois quesitos, ainda existe a Sorte, que pode não estar do seu lado da mesa, fazendo você perder… Nessa hora você, com todo direito, fica com muita raiva - mas não adianta, às vezes em um jogo você faz tudo certo, mas não tem como ganhar, é a natureza do jogo. Se conformar é melhor do que se revoltar, cara!






Leia também

Pauper “gifts rock” homebrew – análi.. 10 comentários / 4,533 visitas
Mol – por quê jogar? – por josé “_zeh_.. 13 comentários / 4,746 visitas
Mythbusters: filtrando o deck com fetch lan.. 32 comentários / 12,022 visitas
Gpsp14 - abertura para interessados em banc.. 2 comentários / 2,450 visitas
O conclave no topo: gw no standard, por sto.. 0 comentários / 2,511 visitas

Comentários

Ops! Você precisa estar logado para postar comentários.
(Quote)
- 18/02/2013 11:55
Eu so bem calmo e controlado mas...
Raiva eu tenho sim é daquele maldito momento que pegamos nossa mão inicial você vê lá 2 lands e sabe que se vier um terceiro land seu jogo fica perfeito! mas 4 turnos depois você tá com 2 lands.

Mas pior ainda é dar um mulligan e vir menos land que antes isso sim faz a pressão subir
(Quote)
- 22/01/2013 12:13

É isso ai cara! Só ter paciência que com o tempo a habilidade vem ;)

(Quote)
- 21/01/2013 22:59
Bacana o texto cara, me ajudou mto, sou novo na area do jogo e ainda estou conhecendo as Skiil's do meu deck.
(Quote)
- 17/01/2013 11:01

CLARO QUE EXISTE, PREPARAR CIMENTO -.-
CONHECE NAO FI? O//

TD PEDREIRO MESMO O//

(Quote)
- 12/01/2013 23:37

JAAAAAAAMAAAAAAAAAAAAAAAIS!
Parar de jogar não é uma opção! Poxa, a zica é tensa, eu entendo mas tipo.
ArKHaN, eu te entendo cara, eu já passei por coisas assim também, não digo pior porque cada um sabe como é difícil para si mesmo! Eu posso te dizer duas coisas, a primeira é: Zica acontece, mais com alguns do que com outros, mas tipo, persista e NÃO DESISTA, uma hora acaba! Mas ainda sim, sempre vai ser tenso, porque eu tenho CERTEZA, que sempre que a zica te "visita", você já começa a lembrar de quando você zica, já espera zicar de novo, desanima, e já joga daquele jeito esperando que vai dar AQUELA merda. Não faça isso, comece a pensar "Ziquei? Foda-se! Vamos continuar jogando".
E tipo, não to dizendo que é o seu caso, mas as vezes, são escolhas erradas que geram essas situações, como também, a build do seu deck pode estar errada! Revise isso também.
Outra coisa, dados podem ficar viciados, já trocou os seus cara?
Outra coisa que eu posso falar é: tem esse artigo, que retrata a zica: http://news.letscollect.com.br/2012/10/kabuto/lidando-com-a-zica/
E tem outro que retrata sorte e habilidade de jogador,da uma lida com atenção!
http://www.ligamagic.com.br/?view=blog/viewPost&fid=3169

Mas realmente não desista, se ver que esta com zica, vá assistir um jogo, descontrair, e você logo vai ver que vai acabar jogando de boa, não se preocupando com a zica e se divertindo da mesma forma!
Boa Sorte Cara!

(Quote)
- 12/01/2013 22:56


pára de jogar véi.. na boa

XD

(Quote)
- 12/01/2013 22:28

Daqui a pouco vem um pastor e diz que é encosto .
(Quote)
- 12/01/2013 12:42
eu fico puto pra kralho, com esse jogo fdputa.
ja aconteceu varias vezes deu rasgar o baralho. e nem vem dizer q é só embaralhar e talz. pq a gnt embaralha pra kralho, faz pentagrama, embaralha dnv.. e porai vai, fora q sabe-me muito bem o numero de lands certo, fazer curva de mana e talz.
tem 2 situações q me lembro bem.

joguei um pre-release, que abri uma pool abusurda. meu deck tinha SETE raras, e ele era apenas de duas cores.
foram 5 rodadas. todas perdi por 2-1 ou ganhei de 2-1. oq da um total de 15 matchs. eu floodei/ziquei em 12 deles. la pela terceira rodada, eu rasguei todos os lands (pra dar um susto no deck). e na 5ª eu rasguei o deck inteiro.
================================================
outra situaçao, foi num pauper sermana passada. eu de UG enchant storm vs MUC. match dificil e talz. MAS, chega uma hora q consigo dar bounce em todas as permanentes do oponente. e fico na mesa com 1 arbor elf, 2 lands gerando +10 manas cada, outros lands na mesa. na mao: 1 grapeshot e 1 temporal. enfim, controlado. só preciso comprar UMA carta de draw, pra fazer a bagaça funcionar.
oq acontece: eu compro 10 ou 12 draws inuteis. sendo q a merda do deck, tem 60 cartas e 20 cartas com efeitos de draw.
amassei a porra do deck inteiro, msm ele sendo foil. se tivesse uma fogueira no lugar, jogava essa porra no fogo.

===========================================================
outro fato interessante que acontece cmg. é perder 80-90% nas rolagens de dado, pra ter a escolha de começar ou nao. parece mentira, mas os users: magic_lages, hubner, juppa, kaezar, panda, everton, timoteo e qm mais me conhece, sabe q é vdd.


#xatiadu!
(Quote)
- 10/01/2013 09:52
Olha,,ja vi de tudo, o amigo usava uma caixa de disquete como deckbox e ao perder para um outro amigo se desgovernou quebrando a deckbox e inclusive cortanto a mão, assim como ja vi indivíduo jogando o deck no chão, dentre outras, mas essa pessoa era pior foi melhorando com o tempo, apesar de sentir raiva ele aprendeu a se controlar, entao acredito no controle, como tu disse, não é fácil e exige tempo, abraço.
(Quote)
- 10/01/2013 09:21

Bem, a intensão não era soar pesado, e sim alarmante, porque tipo, eu já passei por essa fase, sei como é sair de casa, "gastar" o dia todo jogando, para passar raiva, isso porque magic era para ser algo divertido não concorda?
Foi com essa ideia e vendo a atitude de alguns colegas que pensei no artigo!!
Agora ver jogador quebrando deckbox ou qualquer coisa mais inusitada eu nunca vi! Mas se você ver de novo grava! Daria um bom exemplo kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

(Quote)
- 09/01/2013 09:44
@kbtprog
Nervosismo deixa o jogador alterado, a raiva é essa alteraçao do jogador, falei nervosismo pois no meu caso, fiquei nervoso em partidas que me levaram aos mesmo erros cometido, mas eu fiquei triste, por isso achei q seria interessante o termo, e tbm por achar raiva algo muito pesado, quando li sobre a raiva, achei que iria abordar também coisas mais pesadas, como jogadores quebrando deckbox com as mãos e blablabla..ehehhe, perdoe, mas pensei por algumas vezes não se tratar de raiva mesmo, mas concordo que em outros caso o ser é dominado pela raiva cometendo os mesmos erros.
(Quote)
- 09/01/2013 09:22

É que eu acho que o nervosismo se trata de forma diferente! Para mim nervosismo e tensão é quase a mesma coisa, que cessa ao término de uma partida. A Raiva já seria algo que deixa o jogador alterado mesmo depois do resultado da partida!
E Obrigado pelo elogio!

(Quote)
- 09/01/2013 09:12
Curti o artigo, poderia ser abordado mais o assunto, e eu trocaria a palavra raiva por nervosismo, pois nem sempre o nervosismo se torna raiva, e em alguns pontos que utilizou se enquadra bem o nervosismo.
(Quote)
- 08/01/2013 22:08
mais uma coisa, adaptar o deck ao seu metagame, n use uma lista onde o seu side e o seu main eh focado em combater decks de controle se na sua loja só tem agroo e vice versa, quanto ao resto, td certo, treino e conhecimento do deck eh fundamental, uma base de mana o mais perfeita possivel pra n zicar mt mana e tals... ai flui direitinhu.
(Quote)
- 08/01/2013 21:57
se for pelo portugues.. hífen foi tirado

FAZE-LO JA NAO EXISTE MAIS LOL
(Quote)
- 08/01/2013 18:01

quer um cara bom pra falar disso ??


chama o Coda.

kakakkakakakak

(Quote)
- 08/01/2013 16:38

faltou um s no necessário(s)

(Quote)
- 08/01/2013 16:23

ou ainda: "sem toda a preparação e conhecimento necessário para faze-lo"

(Quote)
- 08/01/2013 15:25


(Quote)
- 08/01/2013 15:21
Monored players terão dificuldade em assimilar esse tópico.
(Quote)
- 08/01/2013 12:44

É Cara! Mesmo Revisando sempre sai um erro gramatical ou outro! Obrigado pelo toque e pelo feedback positivo!
E eu tanto fiz esse artigo porque já passei por isso! Mas é tudo uma questão de fase! Uma hora e com bom preparo (rs) tudo se resolve, e isso só vem a contribuir para ao bom desempenho do jogador!

(Quote)
- 08/01/2013 12:43

Realmente muitas vezes olhar tudo com mais calma e paciência trás melhores resultados! E Brigadão pelo elogio!

(Quote)
- 08/01/2013 12:43

Poxa Devan! Brigadão cara!!!!

(Quote)
- 08/01/2013 12:37
já aconteceu comigo... meu deck T2 sempre falhava, e eu começei inclusive a modificar a estrategia em que ele foi preparado. Mas quando analisei ele com calma e usei algumas técnicas de estatisticas(é verdade, ajuda muito), percebi que da estrategia original tinha aproximadamente 5 cartas que subistituidas por cartas mais adequadas o deck ficava prefeito. Agora acho que ele está em um bom nivel.

boa matéria.
(Quote)
- 08/01/2013 12:21
Assunto pertinente, e bem fundamentado, parabens =)
(Quote)
- 08/01/2013 11:47
Bacana o tema, devia ser mais divulgado isso, muitos players param de jogar porque tem '' uma maré de azar e má decisões no jogo e isso os faz achar o jogo ruim ou chato(afinal ninguem gosta de perder)''.

Ps: achei um erro gramatical não existe essa palavra ''preparamento'' o correto mesmo para dar sentido e preparo. '' SEM TODO O PREPARO E CONHECIMENTO NECESSÁRIO PARA FAZE-LO.''