Herois de Guerra Top 1 - Esse é o cara!

       

Por: ArKHaN em 01/03/13 11:32 | 7 comentários / 1,850 visitas




Simo Häyä tinha uma vida bem entediante na Finlândia. Ele serviu um ano mandatório no exército, e então se tornou fazendeiro. Mas quando a União Soviética invadiu sua terra natal em 1939, ele decidiu que queria ajudar seu país. Já que a maioria das lutas ocorriam nas florestas, ele achou que o melhor jeito de impedir uma invasão era pegar seu rifle de confiança, duas latinhas de comida e esconder-se em uma floresta o dia inteiro, atirando em russos. Sob dois metros de neve. E 20-40 graus abaixo de zero.
É claro que quando os Russos ouviram que dezenas de seus homens estavam sendo apagados, e que era só um cara com um rifle, eles ficaram assustados pra caralho. Ele ficou conhecido como a "Morte Branca" por causa de sua camuflagem branca, e eles chegaram a montar missões inteiras apenas para matar esse único cara. Eles começaram mandando uma força especial para achar Häyä e matá-lo. Ele matou a todos eles. Então eles tentaram juntar um grupo de counter-snipers (que são basicamente snipers que matam snipers) e os mandaram para eliminar Häyä. Ele eliminou todos também.
No decorrer de 100 dias, Häyä havia matado 542 pessoas com seu rifle. Ele derrubou mais 150 com sua metralhadora SMG, mandando sua contagem de corpos para mais de 705, um recorde universal que dificilmente será ultrapassado nessa nossa realidade.Já que todos os homens que eles tinham estavam ou muito assustados, ou muito mortos para chegar perto dele, os russos decidiram simplesmente bombardear todos os lugares onde acharam que ele poderia estar. Supostamente eles acertaram o local, e ele foi atingindo por uma nuvem de fogo que destruiu suas vestimentas e tudo ao seu redor, mas não o matou, por que ele é a maldita Morte Branca, é claro.
Finalmente em 6 de Março de 1940, algum bastardo de sorte acertou Häyä na cabeça, com uma bala explosiva. Quando os outros soldados o encontraram e o levaram para a base, ele "tinha perdido metade da cabeça". A Morte Branca havia finalmente sido abatida… por mais ou menos uma semana. Apesar de ter sido diagnosticado com um caso severo de síndrome de-tiro-no-meio-da-cara, ele ainda estava bastante vivo e recuperou a consciência em 13 de Março, o mesmo dia em que a guerra acabou, Simo Häyä morreu em 2002, em sua casa, anos depois do seu "acidente".






Leia também

[report]joinville top8 - food chain - open .. 12 comentários / 3,399 visitas
[report]clc - trapzzerator - 6ª etapa - bl.. 11 comentários / 3,160 visitas
[report]clc - agr00 loam - 5ª etapa - rio.. 6 comentários / 2,889 visitas
[report]clc - elves - 3ª etapa - jaraguá.. 19 comentários / 4,680 visitas
[report]clc - landstill - etapa 1 - joinvi.. 13 comentários / 3,253 visitas

Favoritos

A Contagem Argiviana (Atualizado em 30/07/201..

Por: SilverGreen - 181 comentários / 63,740 visitas

Personagens de Miragem

Por: Arconte - 2 comentários / 4,452 visitas

As Publicações de Magic (Livros, ebooks e H..

Por: SilverGreen - 7 comentários / 6,509 visitas

Unpacking mini-lote

Por: Arconte - 6 comentários / 4,339 visitas

Unpacking assinada

Por: Arconte - 6 comentários / 3,977 visitas

Comentários

Ops! Você precisa estar logado para postar comentários.
(Quote)
- 01/03/2013 17:09
Depois de ler isso tudo, achei aquela cena do rambo se camuflando na lama uma merda...




Caraca, essa cara é #OverPowerHardtoDie! Show (Curti!)
(Quote)
- 01/03/2013 17:04
Sai fora desse Simo Haya, num frio de 20 a 40 graus abaixo de zero colocar neve dentro da boca... sai fora dele!!
(Quote)
- 01/03/2013 16:51
E eu que achava o GiOD1IorioJR sádico e Rambolike!
:-)
(Quote)
- 01/03/2013 15:33
Häyhä usou uma variante do rifle soviético Mosin-Nagant, pois se adequava a sua baixa estatura. Para não se expor em seus esconderijos, ele preferia usar miras comuns ao invés das telescópicas, pois com esta última o atirador deve erguer um pouco a cabeça, além de haver o risco da lente refletir a luz do sol.[2] Outra tática usada por Häyhä era compactar a neve à sua frente para que o tiro não a soprasse, revelando sua posição. Ele também colocava neve na boca, escondendo assim quaisquer sinais que sua respiração pudesse provocar.


Simo Häyhä promovido em 28 de agosto de 1940.
Além das mortes como franco atirador, Simo Häyhä foi creditado também por abater mais de duzentos soldados inimigos com uma submetralhadora Suomi M-31, elevando assim sua marca para 705 mortes. Este fato, no entanto, nunca foi comprovado. A marca de mais de 500 mortes foi alcançada num período de 100 dias, com Häyhä atingindo o número recorde de cinco por dia, praticamente uma morte a cada hora do curto dia de inverno.[3][4][5]

(segundo wikpedia)
(Quote)
- 01/03/2013 15:31
tem até na wikipedia ue.
esse kra foi realmente MUITO FODA!
(Quote)
- 01/03/2013 15:24
Simo Haya, mais conhecido como Chuck Norris.
(Quote)
- 01/03/2013 15:19
Onde é que tu acha essas histórias? lol, não parece nem um pouco verdade existir uns malucos assim.