Report Super LQ UGCardshop Ago/2014

       

Por: Lezard em 01/09/14 03:12 | 7 comentários / 2,627 visitas





Salve salve, mais uma vez, bruxos do Multiverso! :P

Hoje aconteceu o 2° Super LQ da UGCardshop esse ano, em Belo Horizonte. Eu moro em BH mas represento o time da minha cidade natal, Ouro Preto, interior de Minas, o VilaRica Team, homenagem ao nome que a cidade tinha quando foi fundada (Vila Rica). Desta vez, representando o time no torneio só éramos três, eu +2 (dãããã), o Rodrigo César (Spinow aqui na Liga), de Dark Maverick, e o Bruno Lorenzato (lezoio), de Elfos.

Não, hoje eu não joguei de Reanimator :P

Eu tinha um caso de amor com esse deck (hummmmmm) desde há muitos anos mesmo, já fiz de tudo com ele, desde a versão monoblack, passando pela UB clássica até versões com Vermelho e Branco inventadas por mim mesmo, e até que elas deram algum leite. Mas até que por fim eu resolvi mudar de ares e montei um Omnitell.

Arrumei uma correria pra montar o deck às pressas e só fui ter ele todo fisicamente mesmo ontem, na véspera do torneio. Até antes eu montei ele online e fui treinando por lá quando dava.

Sem mais delongas e casos de amor, vamos ao que interessa. A lista que usei foi essa:

Omnitell
Por Lezard
1 visualização
23/08/2014
R$ 3.823,25
R$ 5.528,45
R$ 14.805,91
1 visualização
23/08/2014
Visualização:
Padrão
Cor
Custo
Raridade
Visual
CMC
Comprar Deck
Criaturas (3)
3  Emrakul, o Fragmento dos Éons 60,00
Mágicas (31)
3  Pacto de Negação 52,99
4  Ponderar 5,58
2  Preordenar 12,00
4  Tempestade Cerebral 2,50
3  Desejo Astuto  18,00
3  Intuição  149,99
4  Mostrar e Contar  50,44
4  Força de Vontade   274,73
4  Adentrar o Infinito     18,71
Artefatos (1)
1  Tampo de Adivinhação do Sensei 80,00
Encantamentos (7)
3  Salões Oníricos   29,99
4  Onisciência    29,90
Terrenos (18)
3  Boseiju, O Que Tudo Protege64,50
4  Delta Poluído71,91
6  Ilha0,00
2  Praia Inundada62,91
3  Tumba Antiga71,92
60 cards total

Sideboard (15)
1  Pacto de Massacre 9,90
1  Pacto de Negação 52,99
1  Extração Cirúrgica 73,10
1  Tempestade Atordoante 13,09
1  Liberar as Formigas  0,17
1  Magiaprisionar  11,98
3  Perímetro Defensivo 20,00
1  Verdade Reverberante  1,00
1  Intuição  149,99
4  Linha de Força da Santidade   15,99


Minhas listas são muito "minhas", eu sempre dou meu toque nelas, e minha tech aqui são os Boseijus onde normalmente seriam City of Traitors. Sim, 3, porque é carta que ganha, carta que dá hitkill se nego não der waste.

Também gosto muito de jogar com pelo menos 1 Tampo (coloquei no lugar do 3° Preordain).

As listas geralmente usam 2 Emrakuls, eu cortei 1 land, de 19 pra 18, e coloquei o 3°.

E mexi levemente no side, deixei a wishboard justinha só com o essencial, considerando que só Leyline e Defense Grid já tomam 7 slots.

E depois de matar a saudade dos amigos e tomar o suquinho de morango do amor, hora de ir pra guerra:





Round 1 – BUG Delver (Arthur Zaian)

Eu ganho no dado. Não lembro exatamente a mão que eu abri, mas era uma mão bacana pois não tive problemas pra decidir keepar. Eu ainda não sabia do que o meu oponente estava jogando, mas já o conheço o suficiente pra saber que ele SEMPRE está de deck control e é SEMPRE deck com Azul (Patriot, Stoneblade, RUG, BUG, os decks dele são sempre nessa linha), e eu sabia que tinha que considerar isso ao decidir keepar ou não.

Não me enganei.

Eu keepo a mão de 7 e meu oponente muliga a 6 e rapidamente depois a 5. Pela velocidade que ele muligou de 6 pra 5 supus que fosse por falta de lands.

Faço Ilha Ponder, gosto do que vejo, reordeno, compro e passo. Ele faz alguma fetch com azul e passa. Compro, baixo outra ilha e passo. Ele baixa outra fetch, estoura uma, pega uma Tropical e casta um Delver, que logicamente eu deixo resolver. Nisso eu chutei que ele pudesse estar de RUG, até a hora em que ele tutora uma U Sea com a outra fetch e joga um Hymn to Tourach = BUG Delver. Eu estava segurando uma Sol Land na mão, pra baixar na hora de combar, mas comprei um Boseiju, e já tinha o combo uns 90% montado na mão. Baixei a Tumba pra chamar a Waste dele e passei, ele usou BS na manutenção pra flipar o Delver, me revelando um Ponder. Ele me bate 3 e não faz land e passa, eu resolvo baixar o Boseiju, dou Ponder, acho uma FoW, compro ela e passo. Ele volta de Waste no Boseiju e passa. Ele com 2 cartas na mão, dei uma Intuition na passagem dele pra testar se ele tinha counter. Ele deixou resolver, a partir daí eu já praticamente sabia que ele tava sem counter e mesmo se tivesse 1, eu tinha 1 também. Tutorei o Snt (Show and Tell), castei, resolve como eu imaginava, eu coloco Onisciência, ele não coloca nada, eu casto Emrakul e ele recolhe.

Side In: +3 Defense Grid
Side Out: -1 Enter the Infinite, -1 Omniscience, -1 Dream Halls


Ele escolhe começar o g2 por ter perdido o g1. Eu compro 7 e keepo, enquanto ele muliga a 6 e keepa. Mana-cantrip-vai, mana-cantrip-vem, ele faz um Goyf, de poder 2 depois outro Goyf e eles vão pra 3, ele vai me batendo e eu só cantripando o montando o combo com calma, afinal eu sabia que Burn eu não tomava desse deck, então podia entrar na red zone sem maiores problemas, se fosse pra combar com segurança. Quando eu tinha 12 de vida eu baixo o Boseiju e passo, a Waste não vem, ele me bate e me leva a 6 e na volta eu ativo o Boseiju, indo a 4 de vida, Show and Tell que não pode ser anulado direto pro Emrakul, ele coloca TNN, com exatos 15 de vida, +3 lands e 2 Goyfs. GG, ele ainda pensou um tempo até se dar conta que já era e recolhe. 2x0

Boseiju, seu lindo :P

1 – 0

Começar ganhando é sempre bom, os brothers do time tinham ganhado também e eu estava em 1° nos standings. Mas ainda estávamos só no começo. Trocamos uma idéia rápida acerca dos matchs que cada um tinha pego, e bora pro round two :P

Round 2 – Storm (Marco Rodolfo)

Eu já sabia que ele joga mais de Storm, mas ele também joga de Reanimate de vez em quando.

Ele ganha no dado, eu keepo a mão inicial, que ainda estava meio longe de combar mas tinha lands e cantrips. Ele pensa um pouco e keepa, começa, faz fetch U Sea Ponder e passa. Até aí poderiam ser os dois decks, eu faço Ilha, Ponder, gosto do que vejo, reordeno, deixo o land no topo e compro ele com o efeito do Ponder, deixando o que eu queria, um Wish, como 2° carta, agora no topo, pro caso dele vir de descarte na volta. Ele zica e não baixa o 2° land por uns 2 ou 3 turnos, enquanto isso vou cantripando e montando a mão. Quando ele baixa o 2° land, uma fetch que ele estoura e busca Badlands, casta um Ritual com a Sea, que eu deixo resolver, e com a Badlands gera uma mana vermelha e casta um B Wish, deixando 2 pretas na pool. Nisso ele já me deda que não tá de Reanimator, e sim de Storm, ou seja me deda que não tem counters no deck, então eu dou FoW no Wish, forçando-o a passar o turno, e vou pro all-in. Show and Tell pra Onisciência, casto C Wish, pego a Intuition do Side, tutoro Enter the Infinite, compro o deck, deixo 1 Emrakul no topo e mato ele de Release the Ants.

Side In: +4 Leyline of Sanctity
Side Out: -1 Enter the Infinite, -1 Omniscience, -1 Dream Halls, -1 Brainstorm


G2 ele decide começar por ter perdido o g1, eu keepo a mão de 7 e ele depois de pensar um pouco também keepa, eu coloco a Leyline na mesa e ele faz cara de poucos amigos, pensei que pela cara que fez, pudesse ter keepado só por causa de descartes. A partir daí ele só conseguiu dar 2 Ponders, logo no começo do jogo lá pelo turno 2 ou 3 eu resolvi um Snt pra Onisciência, castando um Emrakul logo em seguida e ele recolhe. 2x0

2 – 0

Deck lindo :P

Esse game acabou faltando uns 20 minutos ainda pra rodada acabar, e deu tempo de eu descansar um pouco a cabeça. Nem fui ficar vendo jogo, fui pegar algo pra comer e depois fiquei embaralhando o deck. Quando voltei, fui ver os caras do time, o Bruno de elfos tava 2x0 também, mas o Rodrigo tinha tropeçado e perdido a segunda e tava 1x1. Mas tava em tempo de recuperar ainda, tapinha no ombro, suquinho de morango e bora pra próxima.

Round 3 – Bant (Luiz Lemos)

Eu já tinha visto outro jogo dele e já sabia que ele estava de Bant.

Teoricamente é um match bom pra mim, o deck não ataca a minha mão (não tem descartes), não é combo (não vai ganhar de uma hora pra outra), tem muitos counters mas eu também, e eu tenho o Boseiju.

Mas quem joga MESMO esse jogo sabe muito bem que Magic vai muito além de teorias e probabilidades, portanto por mais que o match seja teoricamente bom pra você, NUNCA relaxe.

Eu ganho no dado e keepo a mão de 7. Ele também. Logo no começo eu abro de Delta e estouro, ele dá Stifle e eu FoW, resolve, busco minha ilha e a partir daí, como de praxe, vou fazendo o meu, mana-vai, mana-cantrip, mana-vai. Ele dá umas cantrips, resolve uma Hierarca, eu acho 2 Boseijus, desço um, ele dá Waste e resolve uma Gagga, pega Batterskull, eu faço outro Boseiju, outra Waste não vem, ele faz um Jace e olha meu topo e joga pra baixo, mas já era irrelevante, o combo já tava todo na minha mão, só esperando proteção. Ativo o Boseiju, Snt que não pode ser anulado, Onisciência e ele não coloca nada, casto Enter the Infinite, ele dá FoW e eu deixo anular (eu tinha outro na mão e um Pacto caso ele tentasse anular esse), jogo o outro Enter the Infinite, ele fala "resolve" mas não recolhe, então eu deixo 1 Emrakul no topo e mato ele de Release the Ants.

Boseiju, SEU LINDOOOOOOOOO :P

Na boa, essa carta é do caralho demais, pqp :P

Side In: +3 Defense Grid
Side Out: -1 Enter the Infinite, -1 Omniscience, -1 Dream Halls


Game 2 ele escolhe começar por ter perdido o g1, eu keepo e ele keepa, sem muligans. Eu faço 2 Defense Grids e ele uma Vendilion, nisso o juiz chega na nossa mesa com a decklist do meu oponente e manda parar o jogo assim que terminasse de resolver a última spell que tava na pilha (um Ponder dele). O juiz avisa que o meu op só listou 54 cartas, e que a punição era game loss. Como já tava 1x0 pra mim, 2x0.

3 – 0

Esse é o tipo de problema que pode ser evitado simplesmente não deixando pra fazer a decklist na hora do torneio, às pressas.

Da mesma maneira que você precisa estudar pra uma prova com antecedência (caso não queira se ferrar), qual a dificuldade em chegar no torneio com a decklist já preenchida? Eu sempre falo isso.

Essa é a maior causa de atrasos pro início dos torneios, e a maioria dos jogadores faz isso simplesmente por pura indisciplina.

Pois é, só que a falta de disciplina, mais dia ou menos dia, pune.

Round 4 – Elfos (Bruno Lorenzato)

Um amigo e colega de time. Estávamos ambos 3x0, o Rodrigo estava 2x1, e na penúltima rodada não havia o que fazer, não dava pra dar ID. Não gosto de jogar contra amigos em rel competitivo, não até que ambos tenham chances, mas esse é um risco inerente ao jogo que jogamos, faz parte. Portanto aperto de mão e bora pra guerra :P

Eu não estava muito confortável quanto a esse match, primeiro pelo deck em si que agride muito rápido e é um combo ao mesmo tempo, segundo pelo piloto. Eu conheço o Bruno de longa data, e o filho da mãe joga absurdos com esse deck. Todo torneio que ele vai ele desce o cacete em todo mundo kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk, dia que ele vai mal ele faz top 4.

De todos os pilotos de elfo que já vi, nunca vi ninguém fazer com o deck o que ele faz. E foi o único que ganhava do meu Reanimator com esse deck. Nunca perdi de nenhum outro deck de elfo.

Eu ganho no dado. Abro uma mão bacana, até. Tinha Ponder, BS pro caso dele vir de descarte, 1 Tumba, 1 Ilha e 1 Snt, 1 FoW e a outra não lembro. Ele também não muliga. Faço ilha-Ponder, enquanto eu vou cantripando e montando a mão ele vai construindo a mesa dele, dryad arbor, shaman, sentinela e etc, até que ele tenta um Zenith pra 6. Só podia ser pro Ruric Tar, sou obrigado a anular, na volta ele me bate com um monte de elfos e tenta outro Zenith pra 6, sou obrigado a dar a Intuition que tinha na mão (que eu tinha pego do side com Wish anteriormente e que ia pra Snt) pra buscar as 3 FoWs remanescentes do deck e anular de novo, isso fode meus planos e me atrasa o combo (mas era fazer isso ou perder ali mesmo e não ia ter turno de volta). Eu consigo achar uma das Intuitions do main deck num Ponder, turno dele ele me bate de novo e me coloca na red zone (morrendo na volta), uso a Intuition na passagem dele, pego os Snt, casto, resolve, coloco Onisciência e eu tinha um Enter the Infinite na mão, pra ganhar ali, mas ele coloca no Snt aquele elfo novo de M15 que quando entra em jogo destrói artefato ou encantamento. Eu sem Wish, não podia pegar o Trickbind =/





Caraio :P

Side In: +4 Leyline of Sanctity
Side Out: -1 Enter the Infinite, -1 Omniscience, -1 Dream Halls, -1 Brainstorm


Abri de Leyline, ele faz cara de poucos amigos, ri e canta que "vai ter que mudar o plano de jogo". Depois de algumas cantrips minhas e alguns elfos do lado dele, ele tenta um Glimpse, anulado, aí ele joga Extração na minha FoW, minha mão era um C Wish, um Emrakul e mais uma carta que não lembro o que era, daí ele joga outro Glimpse (no mesmo turno, ele tinha 2 Glimpses na mão, amaldiçoei todos os deuses nessa hora :P), e antes que eu pudesse sonhar em dar o Wish na passagem pra pegar a Intuition e combar ele caga o deck na minha cara e faz o Behemot :P

Filho da mãe :P

3 – 1

Bom, pelo menos perdi pra um amigo e companheiro de time. E eu estava muito bem no torneio ainda. Apesar do corte ser pra top 4, nós 3 ainda tínhamos plenas chances de conseguir entrar.

Nesse momento fui conferir os standings e na verdade os 3 primeiros colocados éramos justamente nós do VR Team, seguidos do Marcão em 4°, com o qual eu já tinha jogado na 2° rodada. O Bruno com 12 pontos, eu, Rodrigo e Marcão com 9, sendo que o 5° colocado tinha 6, podendo atingir no máximo 9. Ou seja, era só empatarmos que ficaríamos com 10 e estaríamos todos garantidos no corte. Bom demais.

Eu ia jogar contra o Rodrigo na rodada 5, e ele é um dos meus melhores amigos, além de sermos do mesmo time, portanto é óbvio que se pudéssemos ajudar um ao outro e entrarmos juntos no corte sem precisarmos nos matar e passar só um, dentro das vias legais que a regra permite e que é o ID, não tinha nem o que discutir.

Sinto muito pelo 5° colocado pra baixo, mas nós fizemos nossa parte lá atrás: ganhamos.

Round 5 – ID

3 – 1 – 1 e passei em 2° pro top 4, o Bruno passou em 1°

O Bruno já tinha vaga, aliás ele já tem bye 1 pro Nacional caso o sistema já seja aplicado esse ano, do meu match com o Rodrigo quem ganhasse também já teria vaga e quem perdesse praticamente, pois faltariam poucos pontos pra inteirar 100 (um 9° lugar no próximo já garante).

Eu fico meses sem ver esses caras que, como eu já disse, estão entre os meus melhores amigos, e depois de tanto tempo sem vê-los, fazer uma final de torneio só entre a gente, todo mundo com vaga praticamente, isso não tem preço.

O melhor do Magic realmente são as amizades. Eu os conheci nesse jogo, há 15 anos atrás, e quem imaginava naquela época que 15 anos depois, cada um com suas vidas pra cuidar, estaríamos mais firmes e fortes no jogo do que nunca, e ainda mais, juntos :)

Top 4 – Dark Maverick (Rodrigo Pereira)





O perigo desse match é a vadia da Maria do Bairro (Thalia). Eu começo pois passei em 2° e ele em 3°, abro de Tampo e vou montando o combo aos poucos, ele faz 2 Madres e tenta Thalia, eu anulo, ele faz outra, essa resolve, eu levo Waste numa Sol Land, ele consegue resolver uma Gagga pra Fogo e Gelo e eu não consigo recuperar lands suficientes pra combar por cima dela.

Side In: +4 Leyline of Sanctity
Side Out: -1 Enter the Infinite, -1 Omniscience, -1 Dream Halls, -1 Brainstorm


G2 eu não abro de Leyline, mas os descartes dele também não vem. Abro de ilha e Tampo, mas fiquei só com essa ilha por um bom tempo, enquanto ele fez 2 shamans e 2 madres. Quando consegui fazer o 2° land, levei Waste e ele resolveu uma Canonista pra fechar o caixão. 0x2

Na outra mesa o Bruno ganhou do Marcão e foi o campeão do torneio :D

O Rodrigo foi o 2° e eu o 3°.

Fiquei muito feliz. Curti pra carai o deck, meu time no topo da tabela e com vaga. Não tem como ficar triste :P

Props:

- Pro deck que é muito bom.
- Pro Boseiju que é uma puta duma carta.
- Pro VilaRica Team que é o time mais top das Américas e sempre regaça nos campeonatos. Sempre estamos em 2 ou 3 e sempre tem pelo menos 1 de nós no corte. Nesse de hoje éramos 3 e os 3 primeiros lugares foram nossos. A Starcity é o limite :P
- Pra você que aguentou ler até aqui :P

Slops:

- Pra Thalia que é uma vadia.

E pra você que leu até aqui, muito obrigado, bons jogos e até a próxima!









Leia também

Artes customizadas de magic 0 comentários / 669 visitas
Top 10 cartas mais trolls do legacy 32 comentários / 9,428 visitas
God of war 3 very hard 3 comentários / 1,465 visitas
Como deixar seus cards à prova de bala 3 comentários / 2,326 visitas
Report lq2 - lavras 29/09/13 25 comentários / 4,033 visitas

Comentários

Ops! Você precisa estar logado para postar comentários.
(Quote)
- 01/09/2014 11:57
assim sim, já tava ficando estranhando se era descuido por parte do oponente, e se fosse seria uma grande mancada por parte dele
(Quote)
- 01/09/2014 11:36
Na verdade depois eu lembrei de eu falando "trigger" assim que o Emrakul entrou em campo. Então o Snt foi pra Onisciência antes, errei nessa parte :P
(Quote)
- 01/09/2014 10:55

Também pensei nisso... =/

(Quote)
- 01/09/2014 10:05
Gostei do reporte, mas pintou uma duvida e por favor me corrige se eu estiver errado, mas pelo uq eu entendi desse trecho do reporte:"Quando eu tinha 12 de vida eu baixo o Boseiju e passo, a Waste não vem, ele me bate e me leva a 6 e na volta eu ativo o Boseiju, indo a 4 de vida, Show and Tell que não pode ser anulado direto pro Emrakul, ele coloca TNN, com exatos 15 de vida, +3 lands e 2 Goyfs. GG, ele ainda pensou um tempo até se dar conta que já era e recolhe. 2x0". Vc tinha resolvido um SaT pro emrakul indo a 4 de vida, pq simplismente o cara n te atacou na volta se vc n ia jogar turno extra nem nada?
(Quote)
- 01/09/2014 09:00
me lembrei da música: " com mucha honra... maria del bairro soy..." huehuehue :P
(Quote)
- 01/09/2014 08:05
Aew Silinhas! Fiquei feliz demais com o seu Top4!
(Quote)
- 01/09/2014 04:21
Só agora que vi que é o Lezard, o cara do Grisel/tokens haha o/

Esse deck só vence com SnT no Emrakul? Caso não venha essas cartas, gg?

Ps. Gratz pelo top4!