Report Top 8 Nacional Legacy - Death and Taxes

       

Por: ITI em 01/12/15 09:34 | 2 comentários / 977 visitas

Fala Povo!

Sou conhecido no Magic como ITI e me chamo Antonio Lucas Longo, membro do Pau-Mandados Team (PMT). Moro em São José dos Campos, interior de São Paulo. Jogo Magic desde Quarta Edição, 1995, e desde lá parei e voltei muitas vezes, voltando a última vez em 2012.

Jogo com o Death and Taxes desde 2012, já testei muitas versões com Aven Mindsensor, Mangara, recentemente testei o Imperial Taxes, que tem umas free win, mas sofre muito pra Wasteland e zica. Mas a versão que sempre joguei mais e treinei  foi a aggro. E o Mirran Crusader é a minha criatura preferida. Após esse torneio acho que ele perdeu um pouco o posto pro Serra Avenger. Mas todos bateram muito.

Minha lista que joguei o Nacional foi esta:

4 Flickerwisp
3 Mirran Crusader
4 Mother of Runes
3 Phyrexian Revoker
3 Serra Avenger
4 Stoneforge Mystic
4 Thalia, Guardian of Thraben
1 Brimaz, King of Oreskos

Creatures [26]
4 Aether Vial
1 Batterskull
1 Sword of Fire and Ice
4 Swords to Plowshares
1 Umezawa's Jitte
Spells [11]
1 Cavern of Souls
1 Horizon Canopy
1 Flagstones of Trokair
3 Karakas
9 Plains
4 Rishadan Port
4 Wasteland
Lands [23]
Deck Total [60]


1 Graffdigger´s Cage
2 Cataclysm
2 Containment Priest
1 Council's Judgment
2 Ethersworn Canonist
1 Pithing Needle
1 Swords of Light and Shadow
2 Rest in Peace
1 Path to Exile
2 Wilt-Leaf Liege

 

Nós do Paus-Mandados Team fomos em 2 carros para São Paulo, 4 tinham Bye2, eu Bye 1 e o resto Bye na raça! Vamos aos matchs.

Rodada 2 x Igor – Shardless Bug

G1 – Fiz tudo que um Dnt precisa para ganhar de bug, Madre, Stoneforge pra Espada de Fogo e Gelo, Serra Avenger. Minha vida ficou em 20, e a dele caiu rapidamente com os fly batendo.

G2 – Agora ao contrário. Fiz mana Vial, ele fez Null Rod, Shaman, Liliana. Não consegui jogar.

G3 – Muito disputado e muita troca de recursos, madre, stoneforge, serra avenger, espada de fogo e gelo do meu lado, shaman, abrupt decay, disfigure pra ele. Chegou a um momento onde estávamos com 0 cartas (ou ele com 1, não lembro) na mão, e a mesa minha com Vial no 3 e ele sem nada. Compro WIlt Lief e desço. Ele compra Liliana e a partida começa a ir embora do controle. -2 na Liliana, Wilt Leaf no grave. Finalmente vem 1 dos meus 3 Mirran Crusader, que baixo rapidamente com Vial equipando na espada de fogo e gelo. 2 turnos depois e a partida estava finalizada.

2x1 

2-0

Rodada 3 x Gustavo Magno (da mesma equipe PMT) – Patriot

G1 – Acho que foi a maior virada da minha vida, não lembro muito dos detalhes. Eu só tinha Jitte na mesa, Batterskull e Brimaz, Flickerwisp na mão. Ele já tinha Stoneforge, Delver Flipado e Jitte.  Quando chegou a 31 de vida, eu a 6, a  minha mesa tinha 1 Jitte, a dele Delver, Batterskull e Jitte com 4 marcadores, eu quase recolhi. Mas como diria meu amigo PMT Nóia: Seu deck está levando um sacode e vira do nada. E foi mais ou menos assim: Comprei Swords to Plowshares (StP), Flicker na Jitte, perdi o Flicker em resposta. Matei o Batterskull dele equipado na Jitte, desci Brimaz, ele devolveu pra mão o baterskull descendo de novo com Stoneforge. Enquanto isso Delver batendo. Troquei Brimaz pelo token dele novamente e colocando counter nas nossas jittes. Desci Thalia e Batterskull turnos depois e equipei nela. Comprei outra Stp e fui virando o jogo até não ter mais volta pra ele. Ele cometeu alguns erros durante a partida e também só por isso eu ganhei.

G2 – Controlei bem no início, Madre, Serra equipado na Espada de Fogo e Gelo,  sem volta pro UWR.

2x0

3-0

Rodada 4 x Gilmour – Tritão

G1 – Frasco, Stoneforge pra Espada de Fogo e Gelo, e começou a race contra os 2 TNN. Terminei com 8 de vida ganhando a race.

G2 – 2 TNN pra ele na Jitte e não tem muito o que fazer.

G3 – Ele anulou tudo que eu fiz, ou seja, 2 storneforge com 2 fow e ainda teve gás pra fazer TNN + Phantasmal no TNN. Se eu encaixasse 1 Stoneforge pra Espada de Fogo e Gelo, certamente ganharia a corrida.

1x2

3-1

Rodada 5 x Bruno Ramalho – Mirror

G1 – Não teve. Mulligamos, não veio land pra ele e concedeu rápido.

G2 – Ele foi mais efetivo em travar tudo meu, Revoker, Seal of Cleasing (ganhou os 2 matchs), Needle. Serra dele equipado na Jitte e Espada de Fogo e Gelo. Nada a fazer.

G3 – Ele respondeu tudo que fiz. Revoker, Needle, Seal travando meus equips e Madre. Ele desceu 2 Wilt Leaf, e mais um monte de bixo. Trocamos quase todos depois de 2 STP nos 2 Wilt Lief. Ele chegou a 47 de vida com o Batterskull dele. E fim de papo.

1 x 2

3-2

Rodada 6 x Bug Delver (desculpa, não anotei o nome)

G1 – Wasteland, Porto, Madre, Stoneforge, Serra equipado, e ele não viu a cor da partida.

G2 – Bem parecido. Ele não veio com nenhum Shaman, Liliana, e fui batendo e travando.

2 x 0

4-2

Rodada 7 x Eder – Shardless Bug

G1 – Minha vez de ser espancado pelo Bug, ele tinha resposta a tudo Shaman, Liliana, Abrupt Decay e Deluge para finalizar.

G2 – Bem parecido. Tentei bater rápido nele, mas veio outro Deluge e não voltei mais pro jogo.

0 x 2

4-3

Nessa hora o desânimo bateu pois pensava que só X-2 passava para o Dia 2.

Rodada 8 x Mauro -Grixis

G1 – Rapidamente encaixei a stoneforge com Batterskull, e ele Delver flipado e Young Pyromancer. Ficou uma situação o jogo que eu não perdia mais. Batia com o Batter, ele dava block com 1 token, voltava batendo com Delver. Ficaram uns 5 turnos assim até ele falar que não dava mais.

 

G2 – Foi rápido, Madre, 2 stoneforge, Batterskull e Espada de Fogo e Gelo.

2 x 0

5-3

 

Rodada 9 x Guilherme – Goblins

G1: Ele começou com o Lackey, matei com StP e logo em seguida fiz Vial. Ele não desceu nada, e fui controlando o jogo até encaixar um Serra  Avenger na Fire/Ice. GG

G2: Jogo de início bem semelhante, ele com Vial, eu com 3 criaturas e tomei 1 Pyrokinisis. Fazia tempo que não jogava contra Goblins e doeu MUITO!! Não voltei mais pro jogo.

G3: Foi bem estranho. Todas criaturas que eu fazia ele matava. Pyrokinisis novamente! Ficou uma situação o jogo onde eu tinha 2 lands na mesa (depois de troca de wastelands) e 1 Espada de Fogo e Gelo, 0 cartas na mão. Ele tinha 4 lands, 2 Vial, nenhuma criatura em jogo e 1 carta na mão. Ambos com 20 de vida. Compro uma Madre e passo. Ele mata. Compro outra Madre e passo. Ela vive, equipo na Espada de Fogo e Gelo e ataco 4 vezes para ganhar.

2x1

6 -3

 

Estava  na esperança de fazer o Day2, e acabei passando em 31! No limite.

Eu, Luiz Fernando, e Guilherme Oliveira fomos para a casa do Bruno (único baiano loiro de olhos azuis que existe), passamos antes no Joakin´s (recomendo irem! A maionese é muito boa!) E no caminho muito MIMIMI por parte dele porque na penúltima rodada ele enfrentou o Luiz. Bruno de elfo com 5 cartas na mão. Luiz de RUG. Bruno faz Glimpse, naturalmente era normal o RUG anular para não perder o jogo. Luiz erradamente não anulou. Só que Bruno não tinha nenhuma criatura na mão e fez Glimpse para ser anulado. No fim tentou fazer Natural order que foi anulado. A jogada errada do Luiz acabou dando certo, e MIMIMI o resto da vida!

Guilherme passou 8-1 em primeiro com Omnitell.

Precisava de um 4-0 para ter chances de top 8.

Acordei tranquilo e confiante no deck! Uma coisa que sempre falo: Brainstorm para que? Confie no deck que ele vai te dar o que precisa! Deu certo!

Day 2:

Rodada 10 x Omar – Burn

G1- Ele começou o jogo com Monastery, Burn na cara, seguido de Sulfur Vortex. Acabou por aí porque ele floodou o resto do jogo. Matei a Monastery, Encaixei algumas criaturas, Flickerwisp no Vortex e fechei o jogo com 8 de vida.

 

G2 – Ele começou com Lava spike, Searing Blaze na Madre, mas comecei a pressionar ele com Brimaz que foi morta pelo Fireblast. Serra Avenger e Batterskull começaram a subir minha vida que chegou a 8 novamente. GG.

2x0

7-3

 

Rodada 11 x Diogo – Elfo

Pronto, tudo que eu não queria o torneio inteiro resolveu aparecer bem na reta final. Treino muito contra Elfo (contra o Bruno MIMIMI) e sei muito bem como jogar contra. Depois de tanto apanhar deles, uma hora tinha que ganhar!

G1: Ele começa com Nettle e Heritage, ambas mortas para 2 Stp e encaixo Vial. Desço Serra Avenger, travo land dele com Rishadan, desço Jitte. Atraso 1 turno dele com Flickerwisp na manutenção dele dando alvo na Dryad. Ele com Shaman, Quirion, Dryad Arbor, faz Natural Order, um turno depois pra Craterhoof. Bloqueio um bixo com Stoneforge ficando a 3 de vida. Jitte entra em ação e Mirran Crusader surpreende ele quando tentou finalizar o jogo na volta atacando com o Craterhoof 5/5. Viro o jogo com a Jitte, Equipo no Mirran e gg. O atraso de 1 turno com o Flicker foi decisivo na vitória.

 

G2: Ele começa pressionando, Canonista atrasa uns 3-4 turnos dele até ele achar a resposta. Eu com Vial acho Mirran Crusader (Jitte estava na mesa esperando alguma criatura para ela ganhar o jogo). Eu estava controlando bem o jogo com 2 rishadan, e ele sem Symbot e Heritage. Porém ele desce Craterhoof na mão com o Berço que desceu no turno e me finaliza na hora certa, iria ter que lhe dar com Jitte no Mirran a partir do próximo turno.

 

G3: Vim com uma mão com Jitte, 2 Wasteland, 1 Rishadan, 1 Vial 2 Bixos. Aí ele cometeu o erro que custou o jogo. Fiz mana vial, ele fez Dryad Arbor. Wasteland nela, e ele não tinha outro land. Keepou uma mão com 1 Dryad contra DnT. Achou um berço só, mas o Serra Avenger já estava equipado na jitte batendo, e concedeu.

2x1

8-3

 

Rodada 12 x Lucas – Reanimator

 

G1 –Keepo uma mão com Vial, Rishadan, Thalia, 2 Waste, Stoneforge, Serra Avenger. Ele começa fazendo Tropical Island, Badlands e Brainstorm. Destruo os lands dele com 2 Wasteland, ele zica, faço a Thalia. Não consigo identificar o deck dele, pois só fez Brainstorm. Ele concede  vamos para o G2.

G2 – Coloco ele em Grixis ou 4-color Delver, Entro com 2 Rest In Peace de side, mas não entro de Cage, e Priest. Jogo 2 começa muito semelhante ao G1, eu com 2 Wasteland, Porto travando land e ele fazendo Brainstorm apenas. Até ele resolver um Izzet Charm e descartar Exhume. Nesta altura estava com Madre e Revoker (nomeado Shaman) na mesa fazendo pressão. Levo um Massacre.  Após ver ele usar um Entomb no próprio turno para Grave Titan, tento castar um Serra Avenger que foi anulado pela FoW. No próximo turno dele, faz Exhume e Serra Avenger entra do meu lado, Grave Titan do outro. Ataco levando ele a 6. Ele ataca com o Titan e fichas, e resolvo não blockar para evitar outro Massacre. No meu turno bato levando ele a 3 de vida. Desço uma Stoneforge para servir de block para o Grave Titan. Fui a 2 de vida devido aos tokens e finalizei o jogo na volta com o Serra Avenger.

2x0

9-3

Rodada 13 x Eric – RUG Delver

G1: Teoricamente um good match para mim. Keepei uma mão novamente com 1 Rishadan, 1 Caverna das Almas, 2 Wasteland, 1 Thalia, 1 Vial após o Mulligan para 6. Faço Vial, destruo uma land dele, tento destruir a segunda que leva Stifle. Faço a Thalia que pune muito. Após ter uma mesa com Mirran, Madre, e levar Daze em algumas criaturas, Stifle na Stoneforge, no Rishadan. Consigo ganhar a race contra os Delver, Nimble dele. Fiquei a 5 de vida.

G2: Thalia pro meu lado atrasou muito a vida dele novamente. Consegui encaixar um Vial e quando ele estava com 2 Nimble e 1 Goyf na mesa, Rest In Peace veio e acabou com a felicidade. Depois de alguns turnos, ele conseguiu usar o Krosan Grip mas Mirran, Serra Avenger, Thalia , Madre, StP e Path to exile foi muito pro Rug aguentar.

Apesar de ter sido 2x0, foi um jogo muito complicado, Eric jogou o fino do RUG conseguindo me atrasar e incomodar muito.

2x0

10-3

 

Antes da última rodada, estava em 10º nos Stands, e com a vitória contra o RUG estava garantido no top 8!

Obviamente foi uma sensação de dever cumprido e felicidade. Principalmente porque durante a semana inteira eu tive febre, dor de garganta e muito trabalho. Acabou a rodada e parece que veio tudo a tona. O corpo relaxou e com isso a concentração pro top 8 diminuiu bastante.

 

Top 8 x Leandro Gurther 4-color Delver

G1 – Não tive nem chance no jogo. Ele veio com Deathrite Shaman, 2 Dark Confidant, Grim Lavamancer. Ele comprando 3 cartas por turno, e resolvi conceder.

G2 – Vim com uma mão lenta com Stp, Brimaz, Revoker, 4 lands (1 karakas, lembrem-se disso!). Comecei trocando recursos com ele, até o Brimaz entrar e começar a bater. Ele encontrou um Dread of Night que diminiu o poder do Brimaz. Até que ele levou um raio. E aí foi meu maior erro no torneio que durante o side do g2 para o g3, eu percebi. Eu raramente esqueço que Thalia e Brimaz são lendas. E dessa vez esqueci de devolver com a Karakas. Acontece...Nos próximos turnos comprei 1 WIlt Leaf, 4-5 lands e 2 Vial. Talvez a combinação Brimaz + Wilt Leaf fosse suficiente para ganhar o jogo.

G3 – Novamente não tive nehuma chance, 2 Deathrite Shaman, 1 Grim Lavamancer, Dark Confidant. Consegui usar 2 StP, Stoneforge  mas 4-5 lands seguidos, 2 Shaman e alguns Stifle depois  não pude fazer mais nada.

Errei no G2, o deck não colaborou nesse match, mas com certeza o mérito total foi do Leandro que jogou muito bem, e estava com uma lista muito bem posicionada. Mereceu ser campeão.

O deck se comportou muito bem durante o torneio inteiro. Versão aggro definitivamente é a que mais gosto. 3 Mirran ajudaram muito, Brimaz foi essencial em muitos matchs e Serra Avenger ganha jogo sozinho. Revoker não foi tão essencial. Madre desvirada o jogo inteiro e ganha muitos jogos por isso. Me surpreendeu a quantidade de vezes que Batterskull foi bom nesse campeonato. Geralmente nunca é minha primeira opção, mas dependendo de quem joga, e se madre está na mesa, o Batterskull fica imbatível. Flickerwisp, sendo Flickerwisp. Sempre bom, principalmente com Vial, jogar com menos de 4 acho que não dá. Não gosto de Aven, Mangara, Vryn, Spirit of Labirinth por que, além de aumentar suas criaturdas X/1, se você não controla o jogo, eles não são tão efetivos em matar rápido. Apesar da versão aggro não travar tanto o adversário, ela compensa batendo muito e rápido. 8 Criaturas custo 3 faz você subir mais constantemente o Vial para 3 e descer Flickerwisp em instant, mirran ou Brimaz no eot ganha o jogo.

Main Deck não mudaria nada.

Quando montei meu side foi pensando principalmente em Miracles, Lands, Efeitos de -1-1/-x-x,combo, Elfo, Elfo de novo, e mais uma vez Elfo hehehe. Ou seja, foquei nos matches onde tenho mais dificuldade. Os outros matchs eu estava confiante em jogar de White weenie e rushar o adversário.

 

2 Cataclysm: Pensando no Miracles e Lands, Shardless contra PW e mirror. Não enfrentei lands, nem Miracles, e no fim não castei nenhuma vez. Mas acho essencial ter no mínimo 1 no side.


2 Containment Priest: Pensando no Elfo, ótimo contra Reanimator também. Enfrentei 1 vez elfo, não veio nos 2 jogos pós side, mesmo assim ganhei.


1 Council's Judgment: Justo contra tudo e TNN, efetivo algumas vezes, acho que vale  1 slot.


2 Ethersworn Canonist: Novamente pensando em Elfo, ANT, OK contra Burn. Consegui encaixar no G2 contra o elfo, atrasou muito ele, e é muito útil. Não foi muito utilizado pelos matchs que enfrentei.


1 Pithing Needle: Bom contra tudo, talvez a segunda no side seria bom.


1 Swords of Light and Shadow: Coloquei pensando inicialmente no Miracles, mas também contra UWR. Pensei muito na War and Peace, mas sempre testei mais essa espada e preferi ela pelo histórico que a proteção contra o preto que já me ganhou algumas partidas.


2 Rest in Peace: BUG, RUG, Reanime.. obrigatório no mínimo 2.


1 Path to Exile: Sempre usei Sunlance, e o Guilherme Oliveira me falou para usar o Path. Depois de muita insistência, concordei e foi muito bom! Tirou Goyf, Angler, Delver tudo da frente sem dar land pro adversário.


2 Wilt-Leaf Liege: Gosto muito do Wilt Leaf em vários matchs, Bug, Shardless, RUG, UWR, Mirror. Se você espera ter muitos efeitos -1-1, jogue com 2 dele.

 

Esse foi meu primeiro Nacional Legacy, não tive oportunidade de jogar os outros, pois caia sempre no feriado do dia 15/11, justo no aniversário de namoro. E como um bom Pau Mandado, eu nunca tinha vontade de jogar o Nacional segundo minha mulher.

Termino o report agradecendo a Central Magic pela organização, jogadores de São José TNP, Kinoene, Battlefield , a todos adversários. E principalmente a todos do PMT, pelos treinos, risadas, pelos Invitationals nossos e pelos MIMIMIs eternos!

Pergunta aos PMTs: Top 8 no Nacional vale como Troféu do nosso Invitational??

Como um bom Pau Mandado, agradecer ao filho de 3 anos e a mulher também!

 

Abraços a todos!







Comentários

Ops! Você precisa estar logado para postar comentários.
(Quote)
- 01/12/2015 20:07
Parabéns pelo resultado! Tirou muito do deck pra chegar ao top8.

Gostei da lista aggro com vários Mirran e Serra.

Side também gostei, está bem voltado para nossos maiores problemas.

Ótimo report também.
(Quote)
- 01/12/2015 10:18
1) MORRA!

2) Parabéns pelo top8!