• até
  • até
  • até
  • P/R: /
  • Buscar

Busca avançada

Hogaak, Necrópole Erguida

Hogaak, Arisen Necropolis

R$ 24,75
R$ 45,78
R$ 159,99

Hogaak, Necrópole Erguida

Hogaak, Arisen Necropolis



Edição: Modern Horizons

Raridade: Rara

Artista: Vincent Proce

R$ 24,75
R$ 45,78
R$ 159,99

Exibir Detalhes

Alerta de Preço ?


Menor Preço
Maior Preço
R$ 24,75
R$ 159,99

Me avise quando preço chegar em

R$

Existem 8 alertas cadastrados para este card.

Alerta de Preço

Vendedores


Quantidade


Extras


Qualidade


Idioma

?


Edições

UGCardShop

Exibir Filtros

Cards of Paradise
Cards of Paradise
Lojas

Modern Horizons

R$
 
 
 
 
 
R$
 
 
 
 
 
NM
 
unids

Modern Horizons

R$
 
 
 
 
 
R$
 
 
 
 
 
M
 
unids

Modern Horizons

R$
 
 
 
 
 
R$
 
 
 
 
 
SP
 
unid

Modern Horizons

R$
 
 
 
 
 
R$
 
 
 
 
 
NM
 
unids

Modern Horizons

R$
 
 
 
 
 
R$
 
 
 
 
 
NM
 
unids

Modern Horizons

R$
 
 
 
 
 
R$
 
 
 
 
 
NM
 
unid

Modern Horizons

R$
 
 
 
 
 
R$
 
 
 
 
 
NM
 
unids

Modern Horizons

R$
 
 
 
 
 
R$
 
 
 
 
 
NM
 
unids

Modern Horizons

R$
 
 
 
 
 
R$
 
 
 
 
 
NM
 
 
unids

Modern Horizons

R$ 32,86
R$ 29,57
R$ 32,86
R$ 29,57
NM
 
unids

Modern Horizons

R$
 
 
 
 
 
R$
 
 
 
 
 
NM
 
unids

Modern Horizons

R$
 
 
 
 
 
R$
 
 
 
 
 
NM
 
unids

Modern Horizons

R$
 
 
 
 
 
R$
 
 
 
 
 
NM
 
 
unids

Modern Horizons

R$
 
 
 
 
 
R$
 
 
 
 
 
NM
 
unid

Modern Horizons

R$
 
 
 
 
 
R$
 
 
 
 
 
NM
 
unids

Modern Horizons

R$
 
 
 
 
 
R$
 
 
 
 
 
NM
 
unids
UGCardShop
Comentários

Gurgurgarau - 20/08/2019 22:47

Tem q banir logo. Ja deu.

Hollow - 20/08/2019 09:19

Eu estive pensando bastante sobre o recorrente problema dos decks de cemitério no Modern, pelo menos, e cheguei a uma conclusão.

O problema é a insistência da Wizards em criar cartas que são "jogadas de graça" do cemitério. Porque cartas que funcionam do grave já têm outras vantagens embutidas. Elas têm recursão, são mais difíceis de remover eficientemente, são mais fáceis de achar ao longo do jogo, por ser muito mais fácil tombar 5 cartas do seu deck do que comprar 5 cartas, etc.

Aí, além de todas essas vantagens, elas custam 0 manas. Aí fica complicado acompanhar. E eles continuam criando essas cartas, sendo que a maioria delas causou problemas. Só nas últimas edições tivemos Prized Amalgam, Creeping Chill, Arclight Phoenix e Hogaak. Todos eles geraram problemas.

Se colocassem um custinho módico no Prized Amalgam, ele provavelmente seria bem mais honesto. "Quando uma criatura entrar em campo do seu cemitério, você pode pagar B. Se o fizer, devolva Prized Amalgam do seu cemitério pro campo". Ele talvez pudesse ser até um pouquinho melhor. Voltar imediatamente e desvirado, talvez. Quem sabe ser 4/4?

Porque é difícil... o deck já "compra cartas" num ritmo absurdamente maior, tombando facilmente 5 ou mais cartas num turno. O bicho já é resiliente a remoções e recursivo. E como se não bastasse, custa 0 manas. É óbvio que vai dar problema. A mecânica Dredge não ajuda muito também.

Hollow - 20/08/2019 09:08

A política de restritas muda completamente o ambiente de jogo. Os tutores passam a valer mais. Cria mais variância. Enfim... não é muito bacana.

Eles usam no Vintage porque é a característica do formato. Ele tem esse apelo "anything goes". Tipo... posso jogar com uma Black Lotus? Tipo... jogar ela, sacrificar e gerar 3 manas? Pode. Joga Vintage! Mas nos demais formatos, restringir é bem ruim.

norrisboladao - 20/08/2019 08:51

Acho mais fácil banir outras cartas do que o próprio hoggak.

E a questão de restrito,não poderia restringir a 1 no deck?

Dagostini - 19/08/2019 23:11

Bane logo Vengevine, Gravecrawler e Bloodghast e tá tudo certo.

Hollow - 19/08/2019 10:04

Sem dúvidas não é ideal. Mas acho que eles não terão escolha. O bichão tá rulando geral. Eles tentaram não fazer isso banindo a Ponte, mas acho que não terão escolha.

MrSocrates - 19/08/2019 09:24

E já fizeram isso com as caixas de Kaladesh. Já era triste tentar esquivar banidas numa caixa de 450, imagina com uma que vale 1000?
A Wizards é uma empresa que visa lucro como qualquer outra; jamais vão repetir isso com uma caixa cara como a MH1.

Salgues - 17/08/2019 08:12

Realmente acho ela muito forte, mas se fosse para ter um ban seria no Vengevine, Hogaak acabou de sair é meio foda você abrir um booster de uma edição voltada para um formato especifico e tirar uma carta que já tem Ban naquele formato. Isso afasta um pouco as pessoas de abrirem booster.

dudujp82 - 12/08/2019 14:58

ok, aparentemente um tweet de um cara la da wizards já descartou um ban emergencial. acho isso um erro, infelizmente a wizards põe a parte financeira (vendas de MH1) à frente de ter um metagame saudavel/diversificado. enfim, nada muito surpreendente em se tratando da wizards.

Hollow - 12/08/2019 13:21

Depois da onça morta, até cachorro mija nela.