Load or Cast
Load or Cast
(Ajuda) Mono Black Control
 (Ajuda) Mono Black Control
Bugdom

Esquilo
2 Referências (100.00% positivas)
Posts: 28
Registro: 23/08/11

Postado em: 17/11/14 16:03
Amigos, tenho tido problemas com esse deck, principalmente contra decks rápidos no formato (Burn, goblins e infect) gostaria de ajuda para melhorar sua performance.

http://ligamagic.com/?view=decks/view&id=85332

Editada em: 17-11-14 16:04:11 por Bugdom.
 
gelcila

Esquilo
0 Referências
Posts: 2195
Registro: 28/10/07

Postado em: 17/11/14 17:33
Opa amigo, tudo tranquilo (tirando essa bronca contra esses Decks)?

Bem, eu tenho uma certa experiência com MBC, montei uma versão um pouco diferente e vi que funciona muito bem, o seu está um pouco diferente do que as listas usam no momento, mas vamos ao que você pode fazer contra cada um desses Decks que estão lhe tirando o sono.

Contra Burn: Missão (quase) Impossível
É sério, é talvez a pior bad match entre os Decks competitivos que podem vencer um torneio forte de Pauper, o que você pode fazer é esperar por um milagre pós side e contar com o azar do seu oponente, além de ter que vir tudo certo para você sobreviver até o quarto turno, onde teria chance de ficar vivo e conseguir vencer a partida.

As Cartas Que São Fortes
De main, cartas que salvam você contra a morte nessa partida são duas, Gavinhas da Corrupção (que você não usa) e Corromper, mas infelizmente se tudo ocorrer normalmente você não terá tempo de usar nenhuma das duas no primeiro game. O Espéctro de Liliana também ajuda um pouco e pode te dar mais um turno de vida, de toda forma você só vence aqui se o oponente tiver muito azar, falo isso sem exageros mesmo.
Hum... agora que vi o seu Deck direito, estou impressionado como ainda com Hymn to Tourach de main o MBC ainda perde para o Monored Burn... agora tenho mais certeza ainda do que eu disse, é a pior badmatch que existe no formato, sem dúvidas.
Hymn to Tourach é excelente, não teria descarte melhor contra um Monored Burn.
Já pós side, o que pode ser feito de mais eficaz é retirar algum mata bicho para colocar os 4 Duress pra dentro, o que no game 2 a partida fica até menos difícil por que você começa, e dando um ou dois descartes dá tempo de você chegar no quarto turno e começar a ganhar vida.
Caso vença, o game 3 parece ficar equilibrado, você tem essa impressão pela vitória que teve no game 2, mas como o oponente começa, e isso traz uma vantagem a ele absurda, as coisas se normalmente acontecerem caminham para a sua derrota.

Cards Ruins Nessa Partida
Qualquer remoção de Criatura que você tiver, claro que não vai dar pra tirar todas na hora de colocar o side, mas deixe as remoções que são instants pois pode pintar um Elemental de Centelhas ou um Saqueadores Keldonianos, torça então para ter block no momento que isso acontecer.

Os Cards Chave
Do seu lado como eu já disse são os descartes e o ganho de vida, mas sem dúvida a carta que vai mais fazer a diferença a seu favor é o Hymn to Tourach.
Do lado dele há uma carta do mal que você simplesmente não vai poder fazer nada se ele a conjurar, ela é a Maldição do Coração Perfurado.

Finalizando
Então além das minhas dicas, nessa partida o fator sorte conta muito, vai depender de como a sua sorte vai estar no dia, já que a derrota é quase certa.


Contra Goblins: Equilibrado (mas com vantagem a seu favor)
O Goblin apesar de ser outro Monored bastante rápido é fácil de parar com o seu Deck, já que ele depende das Criaturas e tem poucas mágicas de burn.
Bem, qualquer Criatura que você colocar em jogo já vai ser dano a menos que você vai levar, fora as várias remoções de Criaturas que você pode/deve ter.
Tanto no game 1 quanto no game 2 a vantagem (que não é tão estrondosa, mas ainda assim pende par ao seu lado) é sua, você só precisa fazer algumas alterações no Deck.

As Cartas Que São Fortes
Qualquer Criatura das que você usa (principalmente o Ratos da Cripta), por ser um block e todas as destruições mais populares do MBC, das quais você não usa todas elas. Além do Veredito de Geth há dois cards tão bons quanto para usar, o Édito de Chainer e o Édito Diabólico, recomendo testar.
Outro card interessante e que dá pra usar até um de Maindeck é a Pestilência.
Quase esqueço, tem um card que certamente lhe salvará nessa partida, chama-se Incursão da Cripta e poderá fazer um estrago monstruoso fazendo você vencer a partida com certa folga.
Outro card que você pode usar de side e pode fazer toda a diferença é o Murchar.

Cards Ruins Nessa Partida
Simplesmente nenhum, nessa sua lista ou na lista que está rodando no momento no MOL do MBC, não há nenhum card ruim que possa comprometer a sua partida.

Os Cards Chave
Do seu lado, sem dúvida nenhuma o card que faz mais estrago contra o oponente é o Ratos da Cripta, já que ele limpa a mesa com muita facilidade. Só tenha atenção de só conjurá-lo quando tiver mana suficiente para limpar a mesa do oponente.
Do lado do oponente o seu card mais forte é o Goblin Bushwhacker, então nada de especial aqui, conseguindo controlar a partida deixando sempre poucos Goblins na mesa e sempre tendo block, o Goblin Bushwhacker acaba não sendo tão eficaz assim contra você.

Finalizando
Alterando um pouco a estrutura do seu Deck dá pra tirar de letra essa partida, apesar de ter que contar um pouco com a sorte (e com o azar do oponente), mas muito menos do que na partida anterior, já que aqui você pode vencer.


Contra Infect: Chegou a Hora de Passear...
Aqui não tem muito o que fazer, caso você comece a partida a vantagem é toda sua, aproveitando que o Deck de Infectar tem poucas Criaturas e alterando um pouco o seu Deck para se tornar mais preparado inclusive contra outros Decks rápidos, você não deve ter mais nenhum problema com essa match.

As Cartas Que São Fortes
São muitos semelhantemente à partida contra Goblins.
Édito de Chainer, Édito Diabólico, Veredito de Geth, Vítima da Noite, Abdicação Forçada, Gavinhas da Corrupção e até o Corromper, que pode lhe dar uma sobrevida enquanto você se arma para a vitória.
Aqui a Incursão da Cripta não adianta muito, já que você não perde pontos de vida pelo ataque do oponente mesmo.
Já o Murchar faz mais estrago do que contra os Goblins, pois a grande maioria das Criaturas aqui certamente é 1/1.

Cards Ruins Nessa Partida
A mesma coisa da partida contra Goblins, aqui você não tem nenhum card que lhe dará desvantagem contra esse oponente.

Os Cards Chave
Qualquer remoção de Criatura aqui é fortíssima, mas as que são instantâneas e dão alvo são mais eficazes nessa partida, os cards que pode lhe salvar aqui de uma derrota são dois/três: Vítima da Noite caso o oponente tenha mais de uma Criatura, ou Veredito de Geth/Édito Diabólico, caso o oponente tenha apenas uma Criatura em campo.
Do lado do seu oponente o card mais forte provavelmente é a Vines of Vastwood, que além de proteger ainda dá +4/+4, aí pode complicar um pouco.

Finalizando
A quantidade de remoções que você tem X a quantidade de Criaturas que o oponente tem no Deck e torna determinante para que a vantagem caminhe ao seu favor desde o game 1.
Essa sem dúvida é a mais fácil das três partidas, apesar de ser um Deck rápido que pode matar até no segundo turno, então a sorte ou o azar também podem determinar a partida, mas mesmo assim eu a vejo bastante vantajosa a seu favor, até mais do que contra o Goblin.


Bem, é isso, espero que as dicas tenham sido úteis, conte-nos por favor o seu progresso, nos mantenha atualizados sobre os resultados a partir de agora contra esses Decks.

Valeu! \o/

Editada em: 17-11-14 17:43:56 por gelcila.
 
Bugdom

Esquilo
2 Referências (100.00% positivas)
Posts: 28
Registro: 23/08/11

Postado em: 17/11/14 17:58
Amigo, sua resposta foi de total ajuda, me concedeu muito conhecimento (alguns esquecidos).
Muito Obrigado mesmo, vou respondendo conforme evoluir...Nacional chegando, tenho de me preparar o/
 
gelcila

Esquilo
0 Referências
Posts: 2195
Registro: 28/10/07

Postado em: 17/11/14 18:31
De nada Bugdom, é sempre bom ajudar a quem precisa principalmente quando se trata de Magic. \o/

Agora, vamos avaliar o seu Deck, card por card.

Começando pelos Terrenos, recomendo usar entre 20 e 22 e retirar os Ritual Sombrio, pois não adianta você dar um turbo e largar na frente na partida e secar a sua mão com isso, fazendo a vantagem voltar para o lado do oponente rapidamente.
Ritual Sombrio pra mim, só em Deck de combo.

Cuombajj Witches não tem o que discutir, além de ser um block fortíssimo ela ainda te dá muita vantagem na partida contra um Infect e um Goblin, sem contar outros Decks também fortes no formato.

Não gosto muito de usar o Espectro de Liliana pela interação desvantajosa que ela tem com a Cuombajj Witches, mas como você só usa 2 e algumas listas na net fazem o mesmo, creio que não atrapalhe tanto.

O Mercador Cinzento de Asfodélos também não tem o que dizer, ele é a alma do MBC e tem que ser 4 mesmo.

Eu usaria sem nem pensar 4 Raivoso Phyrexianose fosse você. A vantagem que ele lhe dá é muito grande, uma Criatura que lhe dá um draw, serve como block e adianta o seu jogo.

O mesmo para o Ratos Chiadores, não tem por que não usar 4 em um Monoblack, se o outro lhe dá um draw fazendo você avançar mais do que o normal na partida, esse atrasa o oponente bastante, para que ele seja mais eficaz precisa ser usado logo no terceiro ou quarto turno de jogo, então para aumentar essa probabilidade eu usaria 4 sem medo.

O Ratos da Cripta está na quantidade certa, você poderia também até usar uma Pestilência de main para fazer dupla com ele.
Você pode usar dois cards muito bons para devolver o Ratos da Cripta (ou outra Criatura) para refazer o estrago dele, eles são: Desenterrar e Grim Harvest, estude cada um deles e veja qual o que entra melhor na sua estratégia, ter pelo menos um dos dois no MBC é quase que obrigatório.

já vi listas com o Vidente Visceral e sinceramente não gostei, além de ser desvantajoso tê-lo no mesmo Deck que a Cuombajj Witches, ele morre facilmente para qualquer coisa.
Entendo que o ponto vantajoso dele é o sacrifício de uma Criatura sua fazendo com que o oponente perca o alvo de alguma mágica que fosse destruí-la. Mas se for por esse motivo eu prefiro usar a Colheita do Altar no lugar dele.

Abdicação Forçada é uma remoção interessante, mas não coloque muita coisa que dê alvo em Criaturas, prefira os que mandam o jogador/oponente alvo sacrificar.
Veredito de Geth, Édito Diabólico e Édito de Chainer são melhores que ela.

Consumir o Espírito é lenta demais para um Deck que já não é tão rápido.
Para melhorar o ganho de vida use Gavinhas da Agonia que, ao lado do Corromper ajuda a segurar a barra. Uma outra alternativa para ganhar (muita) vida caso você coloque os éditos que eu citei, é a Incursão da Cripta, ela faz você voltar a uma partida que estava perdida facilmente, é impressionante.

Nossa, queria poder usar o Hymn to Tourach, mas a minha loja é pelas regras do MOL, mas no fim das contas pelas regras do MOL fica melhor pois o leque de cards e Decks aumenta um pouco, além de ser levemente mais equilibrado, creio que um LD com Sinkhole seja algo que está além do Pauper.

Leia os Ossos é lenta, prefira Assinar com Sangue, apesar da Vidência uma mana a menos faz uma diferença enorme na partida, eu já testei as duas (separadas, claro) e vi o quanto o Deck melhorou com o Assinar com Sangue.

O Ritual Sombrio é aquela coisa, você tem um turbo no início, só que em contrapartida a sua mão seca mais rápido, eu já tive esse problema em outros formatos além do Pauper. Vale mais começar o jogo Terreno por Terreno do que acelerar a secar a mão, dependendo do draw nos turnos seguintes.

A Vítima da Noite é a remoção mais usada depois dos Éditos e do Veredito de Geth, excelente e está em um número bom.
Outra remoção meio complicada de se conseguir, mas muito boa, é o Oubliette, já que ajuda na devoção e acaba fazendo diferença no fim das contas, o complicado é achar para vender, além do preço que ultrapassa as barreiras do Pauper.

Veredito de Geth é a carta, mas não deixe de pensar na possibilidade de usar o Édito Diabólico e o Édito de Chainer também.

No side eu manteria só as Areias Asfixiantes e o Duress, até por que o Raivoso Phyrexiano e o Ratos Chiadores devem ser usados de main (4 de cada mesmo), e a Vítima da Noite pode ceder espaço para algo diferente do que o seu Deck faz ou se proteger de ameaças.
O side só vendo o seu metagame mesmo, não tem como eu opinar muito.

Bem, deixo a minha lista para você avaliar, que deixou de ser Monoblack, mas ainda está muito forte, talvez seja de alguma ajuda para você.

Até mais e boa sorte com o Deck. \o/

[DECK 85679 NOT FOUND]
 
Argentinocris

Esquilo
13 Referências (100.00% positivas)
Posts: 192
Registro: 01/01/13

Postado em: 24/08/16 18:16
só pra constar... pelo q eu sei, "Édito de Chainer" não é válido no pauper IRL, não é???? só no mol...

ele saiu como "comum" em "vintage master", mas axo q não conta...

alguem pode confirmar por favor!
 
Gorefien

Esquilo
0 Referências
Posts: 324
Registro: 28/09/11

Postado em: 24/08/16 19:52
Aqui jogamos paper com regras do mol , burn pra mim não e problema nenhum: jogo com 4 retorcer a mente e 2 espectro de liliana de main deck e tenho 4 coergir e 2 ravens crime de side.
Uso 2 tendrils of corruption de main e mais 1 no side.
4 Asphodelos e 1 corrupt de main e 1 corrupt de side.

Da sua lista eu passaria os coergir pra side , tiraria os dark ritual, aumentaria 2 assinar , mais 1 unearth , 2 disfigure e 1 pestilência e tiraria uma cuombaj e botaria mais 1 pantano, ja tentei jogar com 20 lands e nao roda legal.

De side eu tiraria os ritual, subiria 2 shrivel e 2 echoing decay.

Abraço o/
 
Gabrielrmcorrea

Esquilo
0 Referências
Posts: 46
Registro: 02/06/16

Postado em: 09/09/16 11:00
Edito de chainer não é valido no irl
 
pworms

Monge
0 Referências
Posts: 176
Registro: 26/09/13

Postado em: 09/09/16 13:47
Ótimo tópico e respostas. O que tenho a dizer é que Dark Ritual não me parece bom nem no mol nem em irl. Se comprado no late game, pior ainda. Acho que poderia tentar sem eles. Agora, se precisar de muita vantagem contra um burn, é melhor ter mais descartes e vida, mas o match é sempre foda.