Home
 Home > Fórum > Discussão de Magic > [casual] Cards por deck baseados em "tier"
[casual] Cards por deck baseados em "tier"
 [casual] Cards por deck baseados em "tier"
Planemoyza

Esquilo
1 referências (100.00% positivas)
Posts: 12
Registro: 19/01/11
Formosa - GO

Postado em: 02/07/18 16:08
MtG originalmente queria regular o nível dos decks pela raridade, mas não funcionou e talvez o jeito de se fazer isso seria limitar a quantidade de cópias por raridade nos baralhos.

Em Capcom x SNK os personagens tem um valor de 1 a 4 pontos chamado "tier" que define quantos lutadores seu time terá, em um total de 4 pontos. Em pólo, existe o "handicap" que diz o quanto um cavaleiro "vale" para compôr uma equipe, que deve ter um certo número de handicap.

Supondo que cada raridade seja um "tier", digamos:

MR: tier 4 - uma cópia por deck
R: tier 3 - duas cópias por deck
U: tier 2 - três cópias por deck
C: tier 1 - quatro cópias por deck
(nenhuma mudança em relação a BL)

Além de mim, um conhecido chegou a um formato idêntico (mas ele partiu das "justas" de cavalaria para chegar à essa conclusão) mais ou menos na mesma época.

Dito isto, algumas perguntas:

1. Quem mais já chegou a uma conclusão semelhante? Já tentou efetivamente deckbuilding assim?
2. Isso poderia ser um "novo formato casual"?
3. Se a WotC mudasse o MtG (ela não vai) pra esse sistema, você acharia adequado ou ridículo?

Obrigado pela atenção e boa semana.
 
trodsen

Esquilo
0 referências
Posts: 2460
Registro: 06/12/14
Canoas - RS

Postado em: 02/07/18 18:14
esse tipo de sistema não funciona com mtg, pois ele limita muito as possibilidades de deckbuilding, qualquer deck com mais de uma cor ja começa a encontrar severos problemas com as cores e decks de 4 ou 5 cores são completamente inviaveis nesse tipo de formulação de formato. Além disso existem cards comuns e incomuns que tem um power level completamente incompativel com oque tu normalmente encontra nesta raridade, oq levaria a um formato em que a maior parte das pessoas jogaria com eles e usaria os outros cards como parte de estrategias baseadas neles, cards como brainstorm, raio, ethereal armor, gitaxian probe, delver, ponder, preordain, exhume, hymn to tourach, daze, force of will, gush(note que a maior parte da lista é azul, existe um bom motivo pra se dizer que azul é a melhor cor do magic, qualquer deck com uma shell dos melhores cantrips do jogo consegue funcionar e na maior parte do tempo funciona melhor que qualquer outro) Agora respondendo as perguntas:

1. Já existem outros cardgames que se utilizam de mecanicas parecidas(hearthstone por exemplo), e simplesmente aumentar a variancia dos cards fortes dos decks não resolve o real problema que é o design dos cards.

2. Sim com certeza, qualquer formato que consiga corta a barreira de entrada de custo seria um bom começo,(no entanto no caso desse formato eu só consigo ver decks recheados com as melhores bombas nas suas cores suportados por uma shell de cards comuns e incomuns que também já são caros pois são os melhores cards naquelas cores)

3. não tem muito oque dizer aqui porque é muito mais uma questão de opinião que de mecanica do jogo, poderia funcionar mas novamente não parece resolver os maiores problemas que se encontra jogando mtg que são:

1. Alto custo

2. Alta demanda de tempo

3. Essa depende mais de região e formato, mas a receptividade da comunidade com novos jogadores e o ambiente que eles encontram é um problema, incluindo jogadores mais experientes tirando ou tentando tirar vantagem em trocas.
 
skull_emperor_

Esquilo
0 referências
Posts: 81
Registro: 02/01/12
Mogi-Guaçu - SP

Postado em: 02/07/18 19:20
Aquele já "finado" jogo de computador Magic Duels implementa um sistema assim no deckbuilding.
Lá no jogo funciona bem e impede os decks de planeswalkers superamigos.
 
laern

Esquilo
2 referências (100.00% positivas)
Posts: 511
Registro: 29/04/12
Pouso Alegre - MG

Postado em: 03/07/18 16:39
mtg duels (disponivel na steam) usa esse sistema... na pratica o que eu via que acontecia é: 1) decks sinergicos baseados nas incomuns e comuns mais roubadas (que podem ser usadas x3 e x4) e jogos decididos na sorte de quem compra a unica mitica do deck (tipo um planeswalker que virava o jogo totalmente, sendo que as respostas contra pw normalmente sao raras (x2)
 
Planemoyza

Esquilo
1 referências (100.00% positivas)
Posts: 12
Registro: 19/01/11
Formosa - GO

Postado em: 03/07/18 17:33
Obrigado pelas respostas, foram muito esclarecedoras!
 
LeoKula

Esquilo
0 referências
Posts: 804
Registro: 15/10/09
São Paulo - SP

Postado em: 05/07/18 13:10
Se não houvesse comuns e incomuns altamente roubadas e muitas míticas inúteis, esse formato poderia ter alguma chance.

Eu nunca gostei muito de magic competitivo por que o deck building pra mim hoje em dia está em segundo plano... mesmo o pauper ou EDH que começaram como formatos pra você reutilizar cartas que não usava já tem duas staples e são caras. Depois de muito tempo, eu descobri o cubo que é onde tenho mais diversão jogando magic, e você sempre tem decks equilibrados entre si e está sempre criando decks. Isso pra mim abriu os horizontes pra coisas que eu realmente curtia no magic e que não da pra curtir jogando os formatos mais convencionais.
 









 
UG Card Shop
Ligamagic | Home
@ Copyrighted por Wizards of the Coast Inc.   |   Política de Privacidade   |   Aviso Legal   |   Condições de uso
Ligamagic | Youtube   Ligamagic | Facebook   Ligamagic | Twitter