Meren, A rainha do Graveyard
 Meren, A rainha do Graveyard
demetrius33

Esquilo
4 Referências (100.00% positivas)
Posts: 6
Registro: 19/11/14
Araxá - MG

Postado em: 17/08/19 09:32
Meren, Queen of Graveyard




Link do deck

Esse é um deck tool box, ou seja, usando tutores buscaremos soluções para nossos problemas. Como os tutores são peças chave no nosso deck, vou apresentá-los primeiro. Existem 3 tipos: os que colocam a carta no campo, na mão e no cemitério. De forma geral, o uso dos tutores depende da necessidade, sendo que cada um possui características próprias. A dica é pensar o quão distante você está da vitória e o que falta para alcançá-la; os tutores te darão a resposta.

Principais Tutores:

Protean Hulk: A carta mais importante desse deck. Aqui ele funciona como a caixa de ferramentas mais forte possível, já que consegue solucionar praticamente qualquer problema quando morre. Ele é um bicho que precisa entrar e sair do campo o máximo de vezes possíveis, para isso usaremos diversos reanimates e algum sac enabler eficiente.

Grave Tutors: São essenciais no deck, pois precisamos alimentar o cemitério, e tutores desse tipo colocam as peças principais nele, facilitando nossa vida. Normalmente buscaremos Protean Hulk ou os bichos do combo para reanimar.

Contemplar o Além: Encher o cemitério e conseguir cartas chave para a vitória são 2 necessidades desse deck, que Contemplar o Além supre com tranqüilidade. Normalmente buscamos 2 peças de combo e uma forma de se proteger.

Plano de Batalha:

Meren possui uma característica de controle/combo. Seu plano de batalha é dividido em 3 etapas: Sobrevivência, Desenvolvimento e Condição de vitória. Para alcançar cada etapa, abusaremos do sacrifício de nossas criaturas, e nos beneficiaremos disso.

Sobrevivência: Infelizmente o early desse deck é lento, para amenizar tal problema utilizamos de alguns recursos para nos manter vivos.
Remoções: Dividas entre remoções pontuais e globais, priorizamos criaturas nesse slot, mas na falta de criaturas eficientes utilizamos também algumas magias diferentes. Nessa categoria abusamos de sacrifícios gerais, já que para nosso deck é vantagem matar nossos próprios bichos.

Hates: Para problemas pontuais, como artefatos, encantamentos, um planeswalker incomodando, um cemitério que não devia estar cheio... utilizamos uma criatura de custo 6 ou menos para cada uma dessas situações, que entra ou sai do campo e soluciona tal problema.

Ganho de vida: Um slot extremamente necessário, que garante que você não vai morrer por dano de combate, tendo como opções: forrageadores kraul, kokusho, Thragtusk, Mercador Cinzento de Asfodélos ou algo do tipo.

Prevenção de dano de combate: Rã dos esporos é um monstro nesse deck. Com a Meren é um fog de graça 1 vez por turno, o bastante para te deixar vivo até alcançar o combo.

Desenvolvimento: Nesse momento queremos mana, cartas chave na mão ou formas de alcançá-las. Para tal usamos as seguintes cartas:

Ramps: Queremos o máximo de mana o mais rápido possível, além de filtrar o deck, por isso usamos diversos ramps, sejam feitiços ou criaturas com efeito de buscar terrenos ou ainda encantamentos que geram mana.

Draws: Compras de carta, junto com os tutores, te mantém com a mão cheia de recursos, além de alcançar cartas chave.

Reanimate: Tendo como representante a própria comandante, é um recurso importantíssimo desse deck, e graças a eles temos recursos quase infinitos, além de permitir jogadas absurdas como colocar um protean hulk no turno 2.

Sacs Enable: Diversas permanentes se aproveitam da morte dos seus bichos, então os sacs estão aqui para matar seus bichos e tirar mais vantagem disso.

Recuperação de recursos: eternal witness é importantíssima porque é a única forma de devolver não-criaturas do cemitério para a mão. Além dela pode-se usar Guardião da flora de murasa. Nessa versão não usamos por conta do cmc alto.

Condição de vitória: Esse deck possui 2 formas de vencer: combando ou dando uma fireball gigantesca.

Combos: esse deck possui 2 combos otk, ambos dependentes do cemitério.

Triskelion+Mikaeus= Graças ao imortal do mikaeus, você consegue dar dano infinito com o triskelion

Senhor da extinção+jarad= No fim do game, muitos recursos foram gastos, então teremos diversas cartas nos cemitérios, provavelmente +40 somando todas. Nesse momento faremos lord+jarad, ativaremos a habilidade da jarad e mataremos todos os inimigos.

Fireball: Bola de fogo é uma carta lançada em alfa que paga x manas e da x de dano no alvo; tal qual ela temos dessangrar, furacão e torment of hailfire, cartas que você vai gerar muita mana e dar tudo isso em dano nos oponentes, provavelmente matando-os. Caso contrário volte com eternal witness e repita no próximo turno.

História do deck:
Com o lançamento de Commander 2015 conheci a dona do meu coração, unindo 3 características que sempre amei no Magic: capacidade de gerar muita mana, fazer bichos gigantes e remover qualquer ameaça com facilidade.
No começo era só um deck que gerava muito valor com a comandante e ganhava batendo, mas ainda assim era um deck que sofria muito para destruições em massa. Nessa época utilizava dorks, que assim como as outras criaturas, sofria para destruições.
A primeira mudança foi retirar todos os dorks e substituir por ramps que não sofram para removal, como sakura ou awakening zone.
Quando foquei em me aproveitar da morte e ressurreição dos meus bichos, o deck ficou mais consistente, mas ainda sim dependia demais dos ataques que fazia. Fora que tirar 120 de vida sem morrer no caminho é um pouco complicado.
Nesse momento caiu a ficha e eu tirei tudo o que dependia de atacar, e comecei a ganhar usando apenas mikaeus e triskelion. Nesse momento todos os decks da cidade começaram a usar grave hate, que usavam para exilar o triskelion e me anular.
Aí adicionei mais uma forma de ganhar com lord+jarad, só pelo efeito surpresa de eu não desistir após o exilio do triskelion. Mas ainda sim estava muito dependente do cemitério.
Foi quando percebi que mercado negro gerava mana demais, e eu não estava usando pra nada. O torment of hailfire olhou para mim e sorriu.
Comentários sobre o deck:
Minha versão é peculiar, consequência de todas as dificuldades que percebi jogando com o deck. Aos poucos fui otimizando-o. Com certeza existem versões mais fortes do deck, mas essa é a que me deixa mais confortável para jogar multiplayer. Mudanças válidas seriam a adição de mana dorks, como deathrite shaman ou birds. Fora isso talvez seja interessante cogitar em ganhar atacando, apesar de eu não gostar tanto. Propositalmente essa versão do deck não se aproveita de nada vindo do oponente, com exceção de Ascenção dos reinos sombrios. O deck está focado em combar, mas é válido o uso de cartas como Grave Betrayal ou garras do pretor.

Fraquezas do deck: Como dito no início, esse deck tem um early game horrível, então se 2 pessoas te focarem no começo, você só aceita a morte. Porém, caso façam, eles também não ganham, porque você acaba atrapalhando o jogo dessas pessoas, enquanto isso a outra pessoa que não está te focando está guardando recursos e provavelmente vai levar esse game. Além do foco inicial, outro motivo de derrota desse deck é grave hates pontuais, isto é, caso retirem recursos essenciais do deck no momento correto, fica muito difícil de voltar. Então sempre tomar cuidado com o que vai para o cemitério e contra quem você está jogando. Apesar de parecer, anula não impede esse deck de jogar, porque mesmo que as cartas anuladas sejam recursos importantes para controlar a mesa, o cara só vai te atrasar, porque depois vai vir outro reanimate que vai devolver seu recurso. Enquanto ele anula seu bicho, ele deixa de anular a carta que realmente vai mudar o jogo, vindo de outro jogador. Uma forma de se defender desse foco do cemitério seria utilizar Elixir da imortalidade ou artefatos que te oferecem hexproof/shroud.

Considerações Finais: Meren é um ótimo investimento: deck divertido, forte, gostoso de pilotar e bem flexível. Obrigado a todos que leram o artigo completo. Agradecimentos especiais ao Leandro por ter revisto o texto e ao Joãozão por me ajudar no craft do deck.

Deck: Meren, Deusa do Grave   Criador: demetrius33

Deck (99 Cards) Sideboard (6 Cards)
 1 Zona do Despertar
 1 Vitimar
 1 Vida // Morte
 1 Viagem Longinqua
 1 Tumba Abandonada
 1 Triscele
 1 Torre do Relicario
 1 Torre de Comando
 1 Tormento de Granizo Flamejante
 1 Testemunha Eterna
 1 Templo do Falso Deus
 1 Suplicar a Rainha
 1 Soul Exchange
 1 Sidisi, Vizir Morta-viva
 1 Sepultar
 1 Senhor da Extincao
 1 Segredos do Mausoleu
 1 Sanatorio da Cordilheira de Geier
 1 Reviver Cadaver
 1 Retorno Aterrorizante
 1 Regioes Agrestes de Llanowar
 1 Razaketh do Sangue Hediondo
 1 Ra dos Esporos
 1 Projeto Guardiao
 1 Pinca Craniana
 1 Peao de Ulamog
 1 Passos de Goryo
 1 Pantano de Bojuka
 10 Pantano
 1 Ordens de Jarad
 1 Necromancia
 1 Morte Viva
 1 Mikaeus, o Maldito
 1 Mercador Cinzento de Asfodelos
 1 Mercado Negro
 1 Mata Sinistra
 1 Lich do Reino Subterraneo
 1 Legado da Vida
 1 Lagarta Caustica
 1 Jarad, Senhor Lich dos Golgari
 1 Intento Diabolico
 1 Garota-massacre
 1 Furacao
 1 Floresta Contaminada
 10 Floresta
 1 Executor Impiedoso
 1 Evolucao Arcana
 1 Estorrar
 1 Escavador Phyrexiano
 1 Enterrado Vivo
 1 Empesteiro
 1 Do Alem
 1 Discipulo de Nicol Bolas
 1 Dessangrar
 1 Decreto de Erebo
 1 Debilitar
 1 Danca dos Mortos
 1 Cultivar
 1 Cripta de Agadeem
 1 Crescimento Primordial
 1 Costurar
 1 Contemplar o Alem
 1 Connoisseur de Cadaveres
 1 Charco Florescente
 1 Cerne do Destino
 1 Cemiterio da Floresta
 1 Ceifador da Meia-noite
 1 Casulo de Nascimento
 1 Brutamontes Multiforme
 1 Bocarra Ululante
 1 Bem Maior
 1 Bane of Progress
 1 Augure Cadaver
 1 Atrito
 1 Ascensao dos Reinos Sombrios
 1 Aruspice Sinistra
 1 Anel Solar
 1 Anciao de Yavimaya
 1 Anciao da Tribo Sakura
 1 Altar de Ashnod
 1 Alcance do Kodama
 1 Zelote Viridiano
 1 Thief of Blood
 1 Terastodon
 1 Sabio da Reivindicacao
 1 Estalo do Eter
 1 Agente de Erebo




Editada em: 17-08-19 09:38:08 por demetrius33.