[Vintage] Gatecrash no vintage...vale?
 [Vintage] Gatecrash no vintage...vale?
HORDE_TROOPER

Besta
8 Referências (100.00% positivas)
Posts: 1343
Registro: 24/03/08
São Paulo - SP

Postado em: 29/01/13 09:40
Ola a todos.

Gatecrash no vintage, vale algum centavo?

Na minha opinião? Dificil...

Baseado no que o Demars postou na star city, quando você lê o que ele postou por lá, fica dificil de botar fé em suas palavras.

Shattering Blow é interessante. Mas jamais entrará no lugar de um ancient grudge. Ok, ele exila o Blightsteel, essa que é a parte interessante da carta. Mas em um Mud, por exemplo, eu queria mil vezes ter nas mãos um ancient grudge que o blow.

Enter the infinite seria a unica carta de desejo para o jogador de vintage de gatecrash para colocar em um deck de combo que começou agora e que ainda esta "em fase de testes". Sim, o deck é bem divertido, não posso negar, mas ele "nasceu" numa hora ruim, pois, na minha opinião, o burning oath, ou também conhecido como griseloath veio com tudo.

Illness in the ranks é uma carta bacana de side. Principalmente com o crescimento do gush empty ou para o próprio burning oath. Esta carta, eu acredito que verá jogo e vale a pena ter 4 delas.

Eu ainda não comprarei hellkite tyrant, pelo fato deste ser utilizado em oath e, novamente, burning oath esta ai e eu prefiro o diabão que este dragão.

Por fim, whispering madness. Acho que o custo desta carta, além do fato ser misto, é caro.
E eu jamais tiraria um JMS do deck para colocar isso. Talvez exista a possibilidade de ver jogo em um desses BUG fish, ou em decks como o Demars postou:


Creatures (10)

1 Myr Battlesphere
2 Basking Rootwalla
3 Cloud of Faeries
4 Goblin Welder

Lands (9)

4 City of Brass
4 Gemstone Mine
1 Tolarian Academy

Spells (41)

1 Black Lotus
2 Chrome Mox
2 Lightning Greaves
1 Lion's Eye Diamond
1 Lotus Petal
1 Mana Crypt
1 Mana Vault
1 Memory Jar
1 Mox Emerald
1 Mox Jet
1 Mox Pearl
1 Mox Ruby
1 Mox Sapphire
1 Skullclamp
1 Sol Ring
1 Time Vault
1 Voltaic Key
1 Ancestral Recall
1 Brainstorm
1 Crop Rotation
4 Force of Will
2 Hurkyl's Recall
1 Vampiric Tutor
2 Mox Opal
1 Demonic Tutor
1 Ponder
1 Time Walk
1 Tinker
1 Wheel of Fortune
3 Whispering Madness
1 Windfall
1 Yawgmoth's Will

Tirem as suas conclusões...

Um grande abs a todos
paz
 
maurobad2k4

Cavaleiro
10 Referências (100.00% positivas)
Posts: 1792
Registro: 10/09/05
São Paulo - SP

Postado em: 29/01/13 13:56
Meus palpites sobre Gatecrash :

Shattering Blow : eu só vejo isso sendo interessante em decks vermelhos pq é uma forma fácil de remover o Blighsteel Colossus, já que essa cor já tem removes mais eficientes quando a questão é "artefatos normais". Isso poderia ser útil por exemplo nos decks RG Beatz, que geralmente tem mais dificuldade de lidar com um Tinker resolvido. Mesmo tendo dito isso, não sei se verá jogo. Como hate de artefato seria facilmente o menos vantajoso do bando e no caso do Tinker ainda existem opções como as REBs e Metamorphs, que são bem mais versáteis. Não sei se verá jogo, mas ao menos é uma consideração.

Enter the Infinite : obviamente somente p/ decks combos baseado em SnT. Eu ainda não confio muito na força e/ou consistência desse deck atualmente e sinceramente acho que o Burning Oath é um deck mais rápido e completo. Mas quem sabe esse deck realmente seja bom....mas duvido, por enquanto.

Illness in the Ranks : eu já acho essa carta bem ineficiente. Primeiro, vc só poderá usar essa carta em decks com 0 criaturas. Segundo, o problema não é o ETW, e sim bater a estratégia desse deck. Se fosse esse o caso, Echoing Truth seria uma carta bem melhor, pois ainda consegue dar bounces em coisas maiores como Blighsteel, etc. O efeito dessa carta não é totalmente ruim, mas é praticamente inútil no Vintage.

Hellkite Tyrant : só cai praticamente via Oath e já existem criaturas que ganham no mesmo turno que entra. Jamais será.

Whispering Madness - O custo realmente é horrível. Se Windfall mal vê jogo e ainda assim é meio inconstante pq não garante um draw-7 oq falar dessa então ? Duvido muito que verá jogo.

E é isso. No geral a ediçào foi bem fraca p/ os formatos Eternal ao meu ver.

 
Chamelet

Lenda
20 Referências (100.00% positivas)
Posts: 2275
Registro: 16/01/03
Niterói - RJ

Postado em: 29/01/13 14:29
Mauro, discordo de algumas coisas:

Shattering Blow é FACILMENTE colocado em qualquer deck. Dar splash pra vermelho é muito comum em muitos decks, tanto pra REB quanto pra remoções de artefato. Então acho que a carta pode jogar sim, e não apenas em decks vermelhos. Não que eu ache ela boa, pois só é melhor pra remover Blightsteel e Time Vault, mas já vale um lugar possível no SB.

Illness in the Ranks é bom pra responder EtW pq vc pode colocar no primeiro turno. Normalmente o cara manda um EtW quando já tem superioridade no jogo. Hoje em dia remover encantamentos não é lá prioridade, e pouca gente joga com algum bounce no deck. Então botar essa carta em jogo ANTES do EtW é melhor do que esperar o cara ganhar superioridade de cartas, mantar o EtW e ter mais chance de counterar teu Echoing Truth. Contra Oath não acho que funcione tanto, talvez sirva pra atrasar. Mas uma carta que responde 2 kills do ambiente não pode ser descartada de cara.

Hellkite Tyrant: eu também acho que outras criaturas de Oath são melhores, mas isso é legal. Claro que é bom contra MUD, mas pode ser útil contra Time Vault também. E, principalmente, é uma boa resposta pra Blighsteel do oponente, ainda mais se você jogar com Dragon Breath. Então sei não, isso pode ser legal.

Editada em: 29-01-13 14:30:57 por Chamelet.
 
maurobad2k4

Cavaleiro
10 Referências (100.00% positivas)
Posts: 1792
Registro: 10/09/05
São Paulo - SP

Postado em: 29/01/13 15:20

OK, sem problemas em discordar. Mas se atente nesses fatos :

Shattering Blow : ele é melhor em decks vermelhos doq brancos pelo simples fato que os decks brancos tem mais meios de se lidar com o Blighsteel (vide Stp, Path ou Leonin Relic-Warder). Ambas as cores já tem diversos meios, inclusive superiores, de se lidar com artefatos (e no caso do branco, com encantamentos ao mesmo tempo). Pequena lista disso : Stony Silence, Disenchant, Seal of Cleansing, Devout Witness, Smelt, Anciant Grudge, Shattering Spree, Viashino Heretic, etc. Portanto a característica que faria o Shattering Blow ver mais jogo ao meu ver seria basicamente o de remover o Blighsteel e ser ao mesmo tempo uma resposta a artefatos, mesmo que não a mais eficiente. Entre as duas cores seria o vermelho a ter mais dificuldade com isso. Por isso em decks como o RG Beatz poderia se testar isso, mesmo não sendo o melhor hate de artefato possível, já que esse deck é o mais sofre p/ um Colossão do mal.

Illness in the Ranks : sabe qual carta responde antes os tokens do ETW e muito mais coisa ? Engineered Explosives. Então a primeira opção caso esse seja o problema com certeza seriam os E.E, que além disso é infinitamente mais útil em outras situações. O problema do Ilness é que ele é muito narrow. Nem consegue anular de vez os tokens do Dredge que é algo que um E.E conseguiria fazer melhor (mesmo não sendo a melhor resposta nesse match).

Hellkite Tyrant : legal é, o que não significa que seja bom. Com Dragon Breath Emrakul ou Blighsteel ganham praticamente numa patada só. Fora isso Griselbrand basicamente ganha o jogo no turno que entra. Tidespout Tyrant pode lockar o cara com os bounces, etc. A questão é, não basta ser legal, tem que ser o melhor possível. E o Hellkite esta bem abaixo dessas opções..

Abs !

 
Chamelet

Lenda
20 Referências (100.00% positivas)
Posts: 2275
Registro: 16/01/03
Niterói - RJ

Postado em: 29/01/13 19:29
O E. Explosives tem custo de ativação, que pode cair pra muita coisa hoje em dia, inclusive falta de mana. Não acho Illness melhor, nem de longe, mas vale levar isso em consideração.

Quanto ao Blow, a única coisa que achei estranho na sua fala foi você falar de "decks brancos" vs "decks vermelhos". E eu disse que a carta não precisa se encaixar em deck mono-color, mas que é bem fácil de fazer splash pra ela em qualquer deck. E mais, Blow é bom contra Colossus e contra Time Vault (mais contra Vault do que contra Colossus) . Contra o resto é claramente pior do que muita coisa por aí.

E o Tyrant é, também acho pior do que muita coisa, mas vale a pena ficar na lista de criaturas possíveis, pro futuro.

O lance é que não dá pra analisar coleção nova comparando com cartas já reconhecidas pelo formato. Mas entender que as cartas novas podem ter um espaço, mesmo que pequeno, mesmo que situacional. É disso que tô falando, principalmente em relação ao Shattering Blow e ao Illness
 
Chamelet

Lenda
20 Referências (100.00% positivas)
Posts: 2275
Registro: 16/01/03
Niterói - RJ

Postado em: 29/01/13 19:30

Quanto ao deck, sei lá... de repente vale jogar pra ver como roda. Mas Windfall já é meio ruim, ter vários dele não anima muito. É claro que com Cipher dá pra fazer isso todo turno, mas mesmo assim, sei não.
o grande lance do Whispering Madness é que dá pra fazer 2 em 1 turno. Aí isso pode virar card advantage real. A questão é que como o deck precisa de criaturas pra bater pro Cipher, não tem muito como combar e aproveitar a parada.

Agora, como disse, vale jogar com o deck. Pelo que entendo da lista, ele é mais voltado pra mandar "turbo vault" do que parece.

Editada em: 29-01-13 19:33:51 por Chamelet.

 
maurobad2k4

Cavaleiro
10 Referências (100.00% positivas)
Posts: 1792
Registro: 10/09/05
São Paulo - SP

Postado em: 29/01/13 23:06

Quando eu disse "decks brancos vs vermelhos" não quis dizer decks mono-color. Quis dizer decks que tenham a cor vermelha, mas não branca, como o RG Beatz do meu exemplo, que é um deck que tem facilidade de enfrentar Workshops e decks não-combo azuis mas se um Tinker resolve p/ Blighsteel as chances de ganhar são remotas. Já um deck como o GW, por exemplo, tem mais ferramentas de lidar com um Blighsteel.
Então no final das contas o Shattering Blow é uma carta mais importante para a cor vermelha doq a branca, pois adiciona um efeito meio que inédito a essa cor, mesmo que a carta não seja a mais eficiente em outras situações.

 
HORDE_TROOPER

Besta
8 Referências (100.00% positivas)
Posts: 1343
Registro: 24/03/08
São Paulo - SP

Postado em: 30/01/13 09:36

Maurão, quanto ao shattering blow ouso ir além: Seu RG beats pode muito bem ter uma merdinha melhor que esta: Phyrexian Metamorph. Anos luz melhor que isso.
Sério. A unica eficiência do blow sendo melhor que as demais, é para o blightsteel sendo feito no primeiro turno, coisa que se contarmos nos dedos quando ocorre, precisaremos de muitas mãos. Fora o fato que vira e mexe você encontra no lugar, por exemplo um Inkwell leviathan, o que fode tudo de vez, logo o metamorfo, ao meu ver é bem melhor.

concordo plenamente sobre o enter the infinity.

Enter the illness é boa, como disse, mas jamais será excelente. Por exemplo, em um remora tendrils, que não vai criatura, é uma boa opção de side. Mata muita coisinha como welder, os BoB, snapcasters, revokers e entre outras merdinhas. Como vc citou, no dredge, esse já tem muitos hates que evitam dos tokens de zumbi cairem na mesa, que alias, se os tokens de zumbi cairem na mesa, é bem provavel que o cara já perdeu o game. E sim, contra um deck que tenha ETW, se isso tiver na mesa, por 1 maninha preta, azeda.

Hellkite tyrant concordo também 100%. No oath, a boa é estar usando o encantamento no segundo turno, sendo assim, que artefatos vc dominará no 2º turno?

whispering madness, no vintage, é crap.

Estava vendo, com mais calma a coleção e venho com mais cartinhas a serem discutidas:

Ruptura de mágica, no fish pode ser interessante, não acham?

lealista da legião, em decks de goblins, é bom.

Espectro do véu da noite, em um monoblack, desbanca o hypnotic specter?

O que acham?

 
maurobad2k4

Cavaleiro
10 Referências (100.00% positivas)
Posts: 1792
Registro: 10/09/05
São Paulo - SP

Postado em: 30/01/13 14:13
@Horde :

- Phyrexian Metamorph : sim, eu coloquei ele no meu exemplo no meu primeiro post e já usava ele tb por responder Inkwell e clonar Crisol por exemplo ;

- Enter the Ilness : vc leu a carta errado. Somente TOKENS ganham -1/-1. Se fosse todos os bichos a carta seria insana e facilmente muito melhor. Mas como o efeito é restrito a tokens isso limita demais o uso dela ;

Ruptura de Magica : horrível. Fish não quer ficar com 2 manas abertas p/ dar counter (se lembra quando vc testou Mana Leak ?) então se é p/ fazer isso que uso um counter menos condicional como o próprio Leak ou mesmo Negate. Mas a regra é a mesma, Fish não quer ficar segurando counter de 2 manas. Ou são free ou custam 1 mana, pq o deck é baseados em bichos e disrupts em formas de permanentes ;

Goblin Legião : não acho que é um Goblin ruim, mas o efeito dele é mínimo, principalmente no Vintage. Goblins já era o deck mais violento então se ele não jogava ou pouco joga não é por causa de mais um bicho que precisa que vc tenha mais bichos ainda na mesa p/ ter um efeito de combate com impacto mínimo na mesa. Talvez no Legacy onde tem mais combate ele possa fazer alguma coisa, mas no Vintage não ;

Nightveil Specter : o problema dele é o mesmo que o espectro. Nenhum vê jogo pq o efeito dele já não é bom p/ os padrões atuais. Além disso, o efeito de disrupt p/ um 3-drop sempre será melhor com o espectro, já que o Nightveil não interfere com a mão por exemplo. Então na prática fará a mesma coisa que o Hipnótico vem fazendo hoje, que é nada. Se o bicho custa 3 manas ele tem que ter um efeito imediato ou extremamente forte e isso não é caso dele;



 
HORDE_TROOPER

Besta
8 Referências (100.00% positivas)
Posts: 1343
Registro: 24/03/08
São Paulo - SP

Postado em: 30/01/13 15:53

Verdade para os 2!
Tinha me esquecido do mana drain no fish...catastrofe.

 
Datier

Esquilo
0 Referências
Posts: 27
Registro: 02/03/13
Ibitinga - SP

Postado em: 02/03/13 21:53
Creio que Undercity Informer e Balustrade Spy tenham algum impacto também, já que se usados certos podem virar seu deck no cemitério no primeiro turno.
 
HORDE_TROOPER

Besta
8 Referências (100.00% positivas)
Posts: 1343
Registro: 24/03/08
São Paulo - SP

Postado em: 05/03/13 09:29

Acho muito dificil no vintage estas criaturas ganharem espaço. Uma devido a seu custo. Outra que esta habilidade de tombar cartas no grave, para o vintage, não é "uma grande ameaça". Nos big blues, ele provavelmente nem entraria em jogo, tomaria um counter, ou morreria para um lightning bolt ou qualquer removal.

Nos fish´s nem se fala.
No mud complicaria ainda mais, devido ao custo dele.

E por fim, em decks com bazaar...ele seria uma mão na roda.

Sendo assim acredito que seja pouco viável ver estas criaturas funcionando no vintage.
gde abs

 
maurobad2k4

Cavaleiro
10 Referências (100.00% positivas)
Posts: 1792
Registro: 10/09/05
São Paulo - SP

Postado em: 05/03/13 10:04

Na realidade foi criado um deck assim pelo Menendian, o artigo esta la no EternalCentral. O deck consegue combar no primeiro turno, mas também tem problemas graves com hates de grave, pois ele simplesmente perde ou não tem como ganhar se for encaixado um. Como Vintage é o formato que mais usa hate de grave entre todos e o deck ainda pode ser suscetível a um counter, eu tenho dúvidas se esse deck vingará.

Pra quem nào sabe o deck funciona assim :

- usar vários de aceleração de mana (mox, lotus, rituais, etc) para descer ou descer e ativar qualquer um dos bichos no primeiro turno ;
- vc será o alvo da habilidade, mas o deck não terá lands, com isso todo o seu deck irá parar no seu cemitério ;
- o deck terá therapy, narcomoeba e um dread return. As moebas ficarão em jogo para vc dar therapys no oponente ou em vc mesmo, igual no dredge. O deck tb usa algumas bridge from below ;
- Com o Dread Return vc reanimará o Angel of Glory`s Rise, que irá retornar para o jogo todos os seus humanos no seu cemitério, entre eles Azami Lady os Scrolls e Laboratory Maniac ;
- Como vc nào terá mais cartas no seu deck basta ativar a Azami p/ vc comprar uma carta e devido Laboratory Maniac vc acaba ganhando o jogo ;

O problema desse deck é que existem muitos meios de pará-lo, sendo que o hate de grave é o mais fácil deles e é onipresente no Vintage.

 
HORDE_TROOPER

Besta
8 Referências (100.00% positivas)
Posts: 1343
Registro: 24/03/08
São Paulo - SP

Postado em: 05/03/13 13:30

Com certeza. Dificilmente não haverá algum hate que seja, ainda mais sabendo da mecânicado deck. Um rest in peace doi demais nesse deck.

 
Chamelet

Lenda
20 Referências (100.00% positivas)
Posts: 2275
Registro: 16/01/03
Niterói - RJ

Postado em: 05/03/13 16:15
Vale ler o artigo do Menendian. Ele fala que o deck ainda tá em construção e que é o goldfish mais rápido e consistente que ele já viu. Então sei lá, eu não dispensaria tão rápido...