Home Cards of Paradise
 Home > Lojas > Cobertura de Torneios > PTQ Khans of Tarkir Jambô
PTQ Khans of Tarkir Jambô
Por: Nerdz
Iniciando o PTQ Khans of Tarkir aqui em Porto Alegre!!

Cola aí pra maiores informações

https://lojajambo.com.br/evento/ptq-huey-em-honolulu/

Formado o Top8 aqui!!

Pedro Pereira x Mateus dos Anjos
Rodrigo Leal x Luiz Cecatto
Pedro Manzoni x Tulio Jaudy
Thiago Saporito x Paulo Vitor da Rosa




Sétima Rodada

Walter Perez (Junk) x Artur Costa (Ursos que Odeiam)








Chegamos na sétima rodada do PTQ Khans of Tarkir, ambos jogadores estão 5-1!

Artur abre com planície e Walter com pântano e Inquisition of Kozylek, que revela Gavony Township, Horizon Canopy, Temple Garden, Flickerwisp, Aven Mindscensor e Blade Splicer, este último alvo do descarte. Artur faz mais um "Land Go" e Walter retorna de Thoughtseize, o anjo Linvala, Keeper of Silence é a novidade, desta vez o alvo do descarte é o Aven Mindscensor, descendo um Treetop Village Walter termina o turno. Artur desce um Flickerwisp e Walter um Tarmogoyf mas sem atingir o terceiro terreno,
após uma longa pausa Artur resolve por fazer Thalia, Guardian of Thraben e ataca com o Flickerwisplevando o oponente a 15 de vida. O Dismember de Walter na Thalia não resolve todos os problemas, pois uma segunda desce no próximo turno e o Flickerwisp leva ele a apenas 8 pontos de vida. Enquanto Walter passa dois turnos fazendo apenas terreno e mantendo o Tarmogoyf desvirado, tentando se defender com Abrupt Decay no Flickerwisp atacante, mas um segundo Flickerwisp atinge a mesa e dessa vez recebe um
Maelstrom Pulse, mas um Aven Mindscensor seguido por um Restoration Angel colocam Walter em situação sem volta e ele se vê obrigado a conceder.

Walter Perez 0 x 1 Artur Costa

Walter começa a partida desta vez, mantém a mão enquanto Artur reclama um sonoro "Ai meu Deus do céu, será que eu vou keepar?!" e "mulliga", "Aaahh meu Deus" outra vez e mantém a mão mesmo após a recorrente reclamação. A primeira mágica do jogo é o Dark Confidant de Walter no segundo turno, enviado para o cemitério com o Sunlace de Artur, Walter resolve um Scavenging Ooze na sequência enquanto Artur resolve uma Thalia, Guardian of Thraben, engolida pelo Dismember de Walter em seu próprio turno,
com a frente livre o Ooze remove Thalia e o Dark Confidant dos cemitérios e ataca, equilibrando os dois jogadores em 16 pontos de vida. A resposta de Artur é um Flickerwisp retornando o Scavenging Ooze a um mero 2/2. Walter não se intimida e no turno seguinte ataca com o Ooze deixando Artur com 14 pontos de vida, resolve um Pack Rat e passa para o oponente que resolve uma Thalia, Guardian of Thraben, ataca com o Flickerwisp e leva Walter a 13 pontos de vida, este ainda cria uma ficha de Pack Rat no final do turno.
Walter desvira, confere os cemitérios e encara as possibilidades, agride o adversário com 2 Pack Rats e o Ooze, descartando mais uma carta e removendo um Obstinate Baloth para abrir vantagem (Walter 14 e Artur 9). Na sequência Artur tenta se defender com um Leonin Arbiter após atacar com Flickerwisp, mas o Abrupt Decay de Walter livra o
caminho da Thalia e Artur concede com o ataque do oponente.

Walter Perez 1 x 1 Artur

Artur é quem começa a partida desta vez, coça a testa enquanto Walter funga, seriam algumas "Tells"?! Nem tanto!
Ambos mantém a mão e Artur abre com Horizon Canopy e Aether Vial, só quando não consegue fazer seu segundo terreno é que se percebe o motivo da cara feia com a mão inicial, mas o Aether Vial é que garante o equilíbrio da partida, Dark Confidant de um lado e Noble Hierarch do outro, na habilidade do "Bob" a carta revelada é o Pack Rat, anunciando que teríamos um grande "race", ambos em 18 pontos de vida, Walter resolve um Tarmogoyf, desce uma Marsh Flats e quando artur tenta ativar o Aether Vial
responde buscando o terreno, contando com a possibilidade de ser o Leonin Arbiter, mas ao invés disso quem desce é o Scavenging Ooze. No próximo turno Artur ataca com a Thalia e o Ooze, prontamente Walter troca a Ooze (ainda sem alvos nos cemitérios para crescer) pelo "Bob" indo a 15 de vida, em seu turno Walter faz uma Marsh Flats, resolve um Lingering Souls e agora tem duas fichas de Espírito, Artur coloca o Blade Splicer com seu companheiro Golem 3/3 pela habilidade do Aether Vial, ambos passam os turnos seguintes sem conseguir atingir os pontos de vida, Walter desce finalmente o Pack Rat e um Aven Mindscensor exaltado de Artur é trocado pelas fichas de Espírito que ainda estavam em campo. Walter recapitula o Lingering Souls e resolve um Dark Confidant e quando tenta ativar a habilidade do Pack Rat Artur responde colocando uma Linvala, Keeper of Silence em campo, Artur tem nesse ponto dois Aether Vial, um deles vai a um marcador enquanto Artur resolve um Engineered Explosives pra 0 e usa imediatamente, eliminando as fichas do campo, o que não resolve a ficha de Pack Rat de Walter, mesmo assim ataca com a
Linvala e as vidas estão em W11/A17, Walter lança um ataque no turno seguinte com um "Goyf" e dois Pack Rats, um Leonin Arbiter bloqueia o Tarmogoyf e as vidas se equilibram em W11/A13. É anunciado que o tempo acabou e os turnos começam a contar, mesmo numa corrida desenfreada em busca dos pontos de vida adversários, ambos terminam empatados, mesmo após Artur resolver um Engineered Explosives pra dois e limpar o campo de Walter, sua decisão de atacar a Liliana do Véu recém utilizada acaba por lhe
custar a partida, pois a última carta comprada seria o Noble Hierarch, que fecharia exatamente a conta dos pontos de vida de Walter Caso tivesse atacado diretamente os
pontos de vida!

Walter Perez 1 x 1 Artur


Sexta Rodada



Eduardo "Shooter" Borges 4-1 ( POD ) x Matheus Vizos 4-1 (RUG Scapeshift)








Shooter ganha no dado e escolhe começar, partida entre amigos, clima descontraído, ambos mantém a mão. Eduardo começa com floresta Noble Hierach, do outro lado Misty Rainforest busca Stomping Grounds e joga Lightning Bolt no 0/1. Novamente Noble do lado do POD que não dropa terreno, o que facilita a próxima decisão de Matheus, Izzet Charm nele e passa. O Match complica para Eduardo quando ele não compra terreno e passa, do outro lado é terreno go !!! mais um turno sem terreno pra "Shooter"

Matheus segue fazendo terrenos e passando, mais um turno sem terreno pra seu oponente que descarta Abrupt Decay, no turno seguinte terreno, Sakura Tribe-elder e passa. Finalmente Eduardo encontra o segundo terreno, Marsh flats que busca Godles Shrine e tenta Voice of Ressurgence, mas Remand anula e atrasa um pouco mais o POD, no final do turno Misty busca Breeding Pool levando Matheus a 15, sem perder "Land Drops" ele segue batendo com Sakura, joga Search for Tomorrow, atrás de uma ilha, contabilizando agora 7 terrenos.

Eduardo segue com Razorverge e tenta uma Eternal Witness, mas um Snapcaster entra na frente e recapitula Remand, pra atrasar só mais um pouquinho, no turno seguinte Floresta, ataque pra 3, deixando "Shooter" com 13, outro Search and GO !! Mais uma vez Eternal tenta entrar em jogo, dessa vez com sucesso, devolve Marsh Flats para tentar recuperar o tempo perdido, na passagem Izzet Charm mata a 2/1, Snap e Sakuraba continuam batendo, agora reduzindo a vida de Eduardo a 10, no passe Marsh leva mais um de vida para encontra Godless Shrine, no turno seguinte Voice tenta entrar em jogo, mas um Cryptic Command anula/compra, mas ela não estava sozinha, sua irmã consegue entrar pra dar uma luz no fim do match, a mesma bloqueia Sakura no turno seguinte, a mesma é sacrificada em busca Montanha, agora a vida de "Shooter" chega a 7 e os terrenos de Matheus são 9 no total, ele apenas passa.

Kitchen Finks entra recuperando preciosos 2 de vida, Voice ataca levando Matheus a 13 e é seguida por Birds of Paradise, mas quando Eduardo se reerguia uma Anger of the Gods limpa sua mesa, ainda assim ele volta com Qasali Pridemage e Melira, Sylvok Outcast e passa.

Mas outra Anger o aguardava, no turno seguinte ele tenta Finks que leva Remand, no turno seguinte Matheus compra Scapeshift e revela para "Shooter" que apenas recolhe as cartas.

Eduardo "Shooter" Borges 0-1 Matheus Vizos



Eduardo escolhe começar, ambos compram 7 cartas iniciais, Vizos "mulliga" a 6, torce o nariz, e resolve pelo mulligan 5, dessa vez mantém a mão. Eduardo começa com Verdant Catacombs e passa, do outro lado Steam Vents virada, na passagem o terreno de Eduardo busca Godless Shrine, no seu turno Misty e passa, do outro Misty que busca Breeding Pool e baixa Sakura em seguida. No seu turno, já com uma Overgrown Tomb que havia buscado e uma Floresta que entraria no turno, Birthing Pod deixa as vidas17 -16 para Matheus, o mesmo ataca com sua cobra 1/1 levando mais um de vida, depois Telling Time e Misty e passa.

Eduardo segue com Nobles, e depois de forçar o block de sakura, joga Melira e Sin Collector que tira Scapeshift, mas na passagem Peer busca outro Scape, nesse momento Matheus calcula se deve ou não sacrificar sua outra Sakura e resolve por não fazer, Eduardo acaba usando Pod no Collector pra buscar Entomb Exarch que retira outro Scapeshift, em seguida outro Pod aparece para dar mais gás ao jogo de "Shooter" que segue com Ranger of Eos enquanto seu oponente apenas passa, o mesmo busca Viscera Seer e Noble e já é sacrificado para trazer um Reveillark e finalmente Eduardo passa, na manutenção ele sacrifica o elemental que devolve Exarch e Sin Collector, seu oponente em resposta usa Comando para virar as criaturas do oponente em seu turno? E bounce no Noble ?!?! Matheus apenas olha a carta do topo e concede.

Eduardo "Shooter" Borges 1×1 Matheus Vizos

Matheus começa com sete cartas enquanto Eduardo mulliga a 6 cartas, Scry Land U/G manda a carta do topo pro fundo, do outro lado mana Birds, Vizos baixa montanha, Bolt na Birds. Eduardo segue com Verdant, Swamp, melira e passa. No turno seguinte Eletrolise mata a 2/2, no turno seguinte apenas uma Verdante do lado do Pod and GO.

O jogo segue com Valakut e Sakura, no final do turno a fetchland busca Godless Shrine e no seu turno "Shooter" joga Entomb Exarch que revela, Ancient Grudge, Obstinated Baloth, Combust e Steam Vents, Combust é dinamitado, no passe sakura busca uma ilha, o turno segue com Breeding Pool desvirada e Baloth, do outro lado Exarch bate e não é bloqueado, na segunda principal Loxodon entra para deixar Eduardo com 21 de vida, Matheus joga outro Valakut e passa, ele é atacado dessa vez pelo 4/4 e o 2/2 e opta bloquear o 4/4, o jogo continua com Reveillark, Matheus compra Command e apenas passa, Eduardo tenta um scavenging Ooze em seu turno que resolve e passa, na manutenção de Matheus, Eduardo força com Chord of Calling pra 1, o mesmo recebe Cryptic pra anular/comprar, é neste momento que Matheus tenta usar Izzet Charm pra matar o Ooze de seu oponente, o mesmo lembra que ele não possui Ilhas desviradas, então ele apenas passa

No turno seguinte, Reveillark ataca deixando Matheus com 8, Eduardo sabendo que se oponente tinha um Izzet Charm na mão, joga Finks vai a 23 e possui manas/criaturas para jogar Chord pra 1 ou 2 e finalizar o game, mas por algum motivo opta for fazer na manutenção do oponente, que obviamente usa o Charm, usa Telling Time, busca o mana que faltava e joga Scapeshift buscando 6 Montanhas, com dois Valakuts na mesa.
Eduardo "Shooter" Borges 1×2 Matheus Vizos


Quinta Rodada

Juliano Dutra 4-0 (Affinity) x Rodrigo Leal (UWR Geist)











Juliano ganha no dado e decide começar a partida, abre com Blinkmoth Nexus enquanto Rodrigo faz Arid Mesa. No segundo turno Juliano resolve um Steel Overseer que é prontamente enviado para o cemitério por um Lightning Bolt de Rodrigo. Enquanto o "UWR" segue fazendo "Land Go", Juliano segue tentando impor o ritmo na partida, faz Ornithopter, Arcbound Ravager e passa. Rodrigo segue baixando terrenos e passando, porém na próxima manutenção de Juliano é ele quem lança uma Vendilion Clique, revelando uma mão com Steel Overseer, Cranial Plating, Galvanic Blast, Thoughtcast e Memnite, quem vai pro fundo é o Cranial Plating. Juliano segue com Memnite e Steel Overseer antes de passar o turno. Rodrigo faz ilha e ataca com a Vendilion, segunda fase principal é Snapcaster Mage para recapitular o Bolt no Steel Overseer, que é sacrificado para alimentar o Ravager. Juliano volta de Signal Pest, ataca com o Memnite e o Ravager, que é parado no Snapcaster, sacrifício do Memnite para manter o Ravager em campo, agora 3/3. Rodrigo volta Tectonic Edge e um ataque com a Vendilion, descendo Juliano a 14 pontos de vida e passando. Juliano ainda sem o terceiro terreno, tenta resolver um Springleaf Drums, ainda na pilha Rodrigo lança um Lightning Helix no Ravager, sacrificado pra ele mesmo, transferindo os 3 marcadores +1/+1 para o Signal Pest. Com o Springleaf na mesa ele faz Ornithopter, ativa o Blinkmoth e ataca com Signal e passa. Vendillion segue a race, deixando Juliano com 11 de vida, após a fase de ataque Ajani Vengeant entra em jogo e impede Signal de desvirar, no final do turno galvanic deixa rodrigo com 9 de vida. Juliano compra champeamento que equipa Topther e bate para 8 deixando seu oponente com apenas 1 ponto de vida e passa, no turno seguinte a fada segue atacando, mas dessa vez Rodrigo usa a segunda habilidade de seu Planeswalker para tentar inverter a race ele passa com todos os manas desvirados, na declaração de ataque de seu oponente ele vira todas as criaturas e devolve Blinkmoth para a mão, mas seu planes ainda é atacado por um Inkmoth nexus, impossibilitando que a segunda habilidade pudesse ser utilizada no próximo turno ele segue com Blinkmoth e passa. O jogo dura mais alguns turnos, um Restoration Angel ganha algum tempo para rodrigo, mas sem seu Planeswalker que impedia Signal Pest de desvirar ele sucumbe ao deck de artefatos.

Juliano Dutra 1-0 Rodrigo Leal



Rodrigo começa com Collonade, do outro lado o ritmo é bem lento também, apenas Inkmoth nexus e Ornitopther, no segundo turno uma montanha entra em jogo do "UWR" que passa, ao tentar atacar com o terreno, uma Lightning helix atrasa de vez o jogo do deck de artefatos que apenas faz outro do mesmo, Vault Skirge e passa, rodrigo segue com Steam vents virada e passa. Novamente Juliano tenta atacar com o terreno, agora acompanhado do 1/1 voar vínculo com a vida, dessa vez Bolt da conta do terreno, após a fase de ataque não se vê ação e voltamos para control, Rodrigo joga Supreme Verdict, seu oponente TENTA anular com Spell Pierce e acaba perdendo mais uma carta no erro, junto com Skirge e Topther, mas o deck não se cansa e volta com Inkmoth Nexus e outra skirge, seu oponente apenas passa. Pela terceira vez um terreno de Juliano é dinamitado, dessa vez outro Bolt, ele alcança apenas 1 de dano com Skirge e não consegue estabelecer pressão sobre seu oponente, o mesmo segue jogando terrenos e passando, no turno seguinte Snapcaster entra em jogo visando Helix que dá alvo em uma Skirge que tentava atacar, mas dessa vez Juliano consegue anular com seu Spell Pierce, em seguida ele passa o turno. Rodrigo volta de Ajani e impossibilita que Skirge possa desvirar, agora bate com Mage e passa, mas antes Galvanic blast dá conta do Planes. Do outro lado, é draw, terreno vai… Agora com a vantagem de cartas geradas por Snapcasters e Vereditos, Rodrigo come,a a partir pra cima, ele bate levando seu oponente a 14 de vida, segue com Geist e quatro manas abertos, que servem para usar Cryptic Command que anula Cranial Plating e compram mais uma carta, no turno seguinte ataque de Geist, anjo 4/4 e Snap, juliano tenta um segundo Cranial plating, mas novamente Cryptic anula/compra, no turno seguinte rodrigo ataca para vitória.





Juliano 1-1 Rodrigo

O terceiro game começa com 3 minutos no relógio, após um começo pouco agressivo por parte do Afinnity, que encontra dificuldade contra dois Bolts nos primeiros turnos que matam Ravager e Skige, o jogo vai para turnos e acaba empatado.

Juliano 1-1 Rodrigo



Quarta Rodada

Pedro "Pela" Manzoni 3-0 (RUG Twin) x Mateus "Torto" dos Anjos 3-0 (Living End)













No quarto round do PTQ Khans of Tarkir, Mateus dos Anjos encontra o amigo Pedro, carinhosamente chamado de "Pelúcia" ou "Pela", o jogo começa tranquilo, apesar de ter muito em jogo para ambos os jogadores.

Como ganha no dado, Mateus escolhe começar e abre o jogo com CopperlineGorge e passa, do outro lado uma Gitaxian Probe revela a mão de seu oponente que contém 2 Monstruous Carabid, Deadshot Minotaur, Fulminator Mage, Beast Within, Twisted Abomination, Pedro baixa Steam Vents virada e passa, na passagem Mateus recicla Carabid, baixa Overgrown Tomb desvirada e passa.

Pedro apenas baixa uma Ilha e manda seguir, no passe uma Twisted Abomination é reciclada, Mateus tenta resolver um Fulminator no terceiro turno que é devidamente anulado por um Remand. O turno seguinte é de Floresta vai, mas na manutenção ele tenta Deceiver Exarch que vira Copperline Gorge, Mateus sacrifica uma Verdant Catacombs, remove Simian Spirit Guide e resolve Fulminator Mage que destrói Steam Vents.

Na volta ele segue com Steam Vents virada e passa e ataca com Exarch, deixando "Torto" com 16 de vida e passa, no passe Carabid é reciclado, no seu turno apenas baixa Blackcleave e passa. Pedro volta de Hinterland Harbor e ataca pra 15, joga um Snapcaster na segunda fase e recapitula Gitaxian Probe que revela 2 Deadshot Minotaur, 2 Beast Within, um Carabid. Na passagem seu oponente tenta usar Beast Within na steam Vents, em resposta Lightning Bolt levando o oponente a 12.

A estratégia de Mateus está cada vez mais complicada, ele tenta comprar duas cartas com cascata para poder forçar o oponente virar os terrenos, no seu turno ele recicla outro Deadshot e o último Carabid, ele baixa Copperline e passa. O turno seguinte segue com hinterland, e ataque de Exarch, Snapcaster e ficha 3/3 deixando seu oponente com seis de vida, na passagem ele recilca Pale Recluse que busca Godless Shrine, baixa o terreno virado e passa. No turno seguinte Pedro ataca com dano letal, Mateus tenta usar Beast Within para se manter vivo, mas o mesmo leva Remand selando a vitória de Pedro.

Pedro "Pela" Manzoni 1-0 Mateus "Torto" dos Anjos

Torto começa pensativo na hora de decidir se "keepa" a mão, ambos resolvem continuar, Torto sai com Verdant Catacombs e Pedro Scalding Tarn em seus respectivos turnos. No segundo turno nosso "Hero" remove um Simian Spirit Guide para acelerar um Fulminator Mage, "Pela" responde à altura, buscando uma montanha e em seu turno faz um Lightning Bolt na criatura de Mateus, deixando sem alvo para destruir, desce uma Misty Rainforest e termina o turno. Mais dois turnos se passam em que Mateus recicla um Monstrous Carabid e uma Twisted Abomination buscando uma Blood Crypt e Pedro resolve um Lightning Bolt no oponente.

Matheus segue reciclando mais um Monstrous Carabid e uma Twisted Abomination, enquanto "Pela" resolve um Tarmogoyf e "Torto" complemente seu cemitério com Deadshot Minotaur. Mateus então começa a agir, desce ao cemitério uma Street Wraith, indo a 14 pontos de vida, mais uma Pale Recluse para o cemitério e faz a Godless Shrine recém buscada, conjura um Simian Spirit Guide e termina o turno. Pedro ataca com o Tarmogoyf descendo a vida de Mateus a 11, faz outro Tarmogoyf e passa com três terrenos em aberto. "Torto" compra a carta do turno e faz uma longa pausa, pensativo, recicla uma Street Wraith descendo a 9, outro Monstrous Carabid e passa o turno com 4 cartas na mão, 5 terrenos desvirados e muitas possibilidades.
"Pela" declara ataque com os dois Tarmogoyfs, quando "Torto" tenta resolver um Living End pela cascata do Violent Outburst, a mágica preta recebe o Remand e volta pra mão de Mateus, que bloqueia um dos Goyfs com o Simian Spirit Guide, descendo a apenas 5 pontos de vida, mais um "cycling" no final do turno de Pedro. Mateus então resolve um Fulminator Mage e passa, no fatídico turno em que "Pelúcia" compra e resolve um Deceiver Exarch, virando o Mago solitário de Mateus, que prontamente estende
a mão concedendo a vitória ao oponente!

Pedro "Pela" Manzoni 2-0 Mateus "Torto" dos Anjos

Terceira Rodada









Bernardo Reis 2-0 (UR Combo) x Pedro Giusti 2-0(Monoblue TRON)



Bernardo vence no dado e escolhe começar, ele abre com Urza’s Tower e passa. Já do outro lado Misty Rainforest busca Ilha e joga Serum Vision, que mantém as duas cartas no topo, na volta Urza’s Mine, Talisman of Dominance e Mapa da Expedição.

Bernardo segue com Gitaxian Probe, pagando 2 pontos de vida. São revelados um Sundering Titan,Mindslaver, Talisman of Dominance e Oblivion Stone, ele baixa Montanha e Pyromancer Ascencion. Pedro usa o mapa em seu turno para buscar a terceira parte do "TRON" uma Urza’s Power Plant, baixa outro Talisman e passa. Bernardo agora começa a usar mágicas para atingir os contadores da Pyromancer, primeiro Slate of Hand, baixa Ilha e tenta um Pyretic Ritual que é anulado por um Remand, ele passa.

Pedro joga Titan que destrói uma Ilha e uma Montanha de seu oponente, deixando apenas UMA Ilhazinha !!! Mas mesmo isso não foi capaz de conter a enxurrada de mágicas do turno seguinte, seu oponente começa com Gitaxian Probe, constatando que não haveria mais anulações, ele usa Pyretic Ritual, depois outro, mais um, Manamorphose, Serum Visions é quando Pedro diz: "Só me mostrar a Past in Flames quando comprar" – "Mas eu já tenho ela – responde Bernardo" é o fim do primeiro game sem sequer chegarmos ao final da rajada!

Bernardo Reis 1×0 Pedro Giusti

O match up não é muito fácil para Pedro que joga de UrzaTron, ele demora longamente observando as cartas do sideboard, como se procurasse alguma grande resposta para deter as rajadas de Bernardo.

Ambos compram a mão inicial e Pedro, o jogador que inicia, prontamente diz "Complicado contra Storm sem ilhas!" e opta pelo mulligan enquanto Bernardo mantém a mão inicial. Pedro desce uma Ilha e passa. Já Bernardo resolve uma Serum Visions mantendo o topo. É no segundo turno do "Tron" que percebemos a dificuldade quando o piloto apenas diz "Vai!" sem fazer o segundo terreno.

Bernardo não pensa duas vezes e faz uma Gitaxian Probe pagando 2 pontos de vida para descobrir a mão do oponente, este revela Mindslaver, Platinum Angel, Thirst for Knowledge, Condescend e dois Remands. Sem pensar duas vezes resolve a Pyromancer Ascension.

Pedro encontra uma Ancient Ruins e agora tem acesso a suas anulações, é o que acontece nos dois próximos turnos quando Bernardo tenta resolver um Goblin Electromancer e outro no turno seguinte, ambos jogadores em duas lands até este ponto da partida, quando mais duas tentativas são anuladas, desta vez dois Pyretic Ritual nos turnos de Bernardo. Pedro encontra uma Urza’s Power Plant e resolve Expedition Map, parecia um novo começo, mas quando no turno de Bernardo entram dois Pyretic Ritual, ativando a Pyromancer Ascension o destino da partida já está selado, o contador de rajadas rapidamente dispara e a Grapeshot pra 5 mostra que o fim se aproxima, com 14 manas entre vermelhas e azuis e 5 mágicas já jogadas Bernardo resolve um Past in Flames enquanto Pedro apenas observa. Alguns segundos após entender que era realmente o fim, Pedro concede!

Bernardo Reis 2×0 Pedro Giusti



Segunda Rodada

Paulo Vitor Damo da Rosa (POD) x Guilherme "Índio" Barcellos (UWR Control)












Guilherme ganha no dado e decide começar, ambos os jogadores optam pelo mulligan, o clima de jogo é bem descontraído, Guilherme começa com Glacial Fortress virada, "PV" abre com Razorverge Thicket, Birds of Paradise, no turno seguinte Scalding tarn busca Steam Vents e Lightning Bolt mata Birds e passa, no turno seguinte Verdant Catacombs busca floresta e Melira, Sylvok Outcast.

Do outro lado, Plains e passa. Pv volta com Qasali Pridemage mas na declaração de atacantes Snapcaster Mage entra em jogo e recapitula Bolt na Melira, ao bate no turno seguinte é bloqueado por Qasali, Guilherme perde o "land drop" e passa, seu oponente retoma com Kitchen Finks que é anulado por Remand . "Índio" continua sem o quarto terreno e apenas passa, Finks resolve mas leva Path to Exile no final de turno, "PV" busca Pântano e passa. No turno seguinte Tectonic Edge.

Paulo novamente passa, seu oponente perde o "Land Drop", mas na passagem de seu próprio turno, ele anula Restoration Angel, jogando Snapcaster e recapitulando Remand, na volta Birthing Pod resolve e começa o pesadelo do Controle. Com apenas quatro terrenos e um Mago, Guilherme ataca "PV" para 17 e destrói Razorverge com Tectonic. Em seguida Murderous Redcap entra em jogo e mata o mago, seu oponente apenas joga Celestial Collonade e passa, na manutenção Path exila Murderous, floresta entra em jogo virada, outro Finks aparece, e é sacrificado para buscar Ranger of Eos, o mesmo busca Viscera Seer e Noble Hierach, em resposta ao Seer, "Índio" usa Lightning Helix e mata Ranger.

Guilherme apenas baixa Arid Mesa e passa, é seguido Misty Rainforest e na ataca com Seer e Finks, deixando o oponente com 17, na segunda fase principal joga Noble e usa Pod, buscando Voice of Resurgence e passa. Na passagem a "fecthland" busca Steam Vents virada, novamente o controle apenas compra e passa. Ao ser atacado por Voice, Seer e Finks, um Restoration entra em jogo colocando ficha de elemental e bloqueando Voice, na segunda fase um Restoration "blinka" o Kitchen Finks e é sacrificado para buscar Reveillark, no turno seguinte "PV" forca seu oponente se virar usando Cryptic Command, ele sacrifica então seu Reveillark devolvendo Voice e Melira, usa a habilidade do Seer uma vez, como seu oponente não responde ele parte para o "combo" de vida infinita.

Paulo 1-0 "Índio"

Agora "Índio" começa jogando, ambos os jogadores ficam com a mão inicial abrindo de Celestial Collonade, "PV" abre com Misty Rainforest, busca Overgrown Tomb e joga Thoughtseize que revela Ajani Vengeant, Snapcaster Mage e quatro terrenos, o mago é mandado embora, o jogo segue com Arid Mesa vai, Paulo joga outro Seize, agora encontra Wear/Tear e o Planeswalker, que é o escolhido da vez, ele segue com Birds of Paradise e passa.

O UWR continua devagar na batalha, e novamente baixa terreno e passa, uma Eternal Witness devolve o Seize para a mão, ele joga outra Birds of Paradise e passa, na passagem Helix mata Witness, novamente, terreno vai !!!
Paulo usa o descarte pela TERCEIRA vez e tira Wear/Tear, em seguida resolve Archangel of Thune e passa, do outro lado, TERRENO, vai =/
O anjo consegue causar dano e agora as pequenas Aves estão crescendo, no turno seguinte Guilherme joga Thundermaw Hellkite que toma Dismember, na volta Anjo e Birds atacam pra sete e ficam 2/3, no turno seguinte Collonade bloqueia Birds, mas "Índio " já se encontra muito atrás na partida e concede.

Paulo 2-0 "Índio"


---------------------------------------------------------------------------



Primeira Rodada

Pedro Pereira "JOTA" Júnior (UR Twin) x Diego Gonçalves Coelho (POD)











E assim começa o PTQ Khans of Tarkir, duelo de gigantes ambos jogadores venceram PTQ M15, Pedro em Porto alegre e Diego em São Paulo, boa sorte e vamos ao jogo !!

Diego vence no dado e decide começar, rapidamente anuncia que vai tentar outra mão, já Pedro resolve ir com a mão inicial. Já com seis cartas a situação não melhora e novamente é hora de tentar mais uma vez, na tentativa seguinte Diego mantém a mão.

O jogo começa com Verdant Catacombs e passa. Jota segue com Scalding Tarn e também passa, no final do turno seu oponente sacrifica o terreno em busca de uma Overgrown Tomb virada, o jogo segue o mesmo, outra Verdant e passa, do outro lado a fetchland busca Steam Vents virada, Dreadship Reef e devolve a ação para Diego que agora busca Godless Shrine virada para conjurar Birthing Pod, revelando seu deck, na passagem Jota coloca marcador no terreno e apenas desce Sulfur Falls na volta, o turno de seu oponente segue com Phyrexian Metamorph copiando Birthing pod, abertura que é fatal, na passagem Pedro acaba com o mistério de seu deck, Deceiver Exarch que desvira terreno e Splinter Twin finaliza a partida no quarto turno.

Pedro 1 x 0 Diego

Diego começa a partida, agora torcendo para que possa desenvolver seu jogo, ao contrário da partida anterior, agora é Jota que pede mulligan, mas mantém a mão de seis cartas, Diego abre com Razorverge e Aves do Paraíso, seu oponente segue com Scalding Tarn, que busca Ilha e conjura Serum Visions, na vidência põe uma no topo e outra no fundo.

Seu oponente segue com Spellskite e Mysty Rainforest, Jota experiente deixou imagem distorcida no topo e escolhe a Birds como alvo, Steam Vents virada e passa no final do turno Diego busca Overgrown Tomb, ele joga Thoughtseize em seu turno que mostra, Ancient Grudge, Snapcaster Mage, Pestermite, Deceiver Exarch, Keranos, god of Storms e Desolated Lighthouse, o mago é descartado, segue com Gavony Township e passa, seu oponente joga o terreno visto no turno anterior e passa, Diego mantém ritmo com Eternal Witness que devolve seize, Overgrown Tomb desvirada e seize é conjurado novamente mas em resposta Pestermite entra em jogo e vira o 2/1, agora são revelados Exarch, Grudge, Scalding e Keranos, Godo f Storms, que é devidamente mandado para o cemitério, Jota segue atacando com Pestermite deixando seu oponente com 13 de vida, a mão de Diego é Orzhov Pontiff e Dismember, seu oponente desce Tarn e passa.

Na volta Diego joga Pontiff que dá -1/-1 para as criatura de seu oponente, matando Pestermite, na passagem Jota conjura Exarch que vira dá alvo no único terreno desvirado de Diego que responde com Dismember ainda na passagem Tarn é sacrificado em busca de Stomping Grounds virada. No seu turno Snapcaster Mage dá alvo em Serum Visions, na vidência encontra o segundo Keranos e Remand, ambos ficam no topo.

Diego tem na mão Noble Hierach, compra Voice of Resurgence, ambos são conjurados e Pontiff ataca é bloqueado por Snapcaster e "haunteia" Spellskite, no turno seguinte anger of the Gods deixa apenas o 0/4 na mesa, que leva Ancient grudgeainda no mesmo turno, Diego sem cartas na mão ainda compra Thrun, the Last Troll que leva seu oponente a 11, depois 7, mas o Deus que já habitava o campo de batalha, ajuda a finalizar junto com Vendillion Clique e Exarca que vira uma Birds of Paradise na passagem.

Pedro "JOTA" Pereira 2 – 0 Diego Gonçalves Coelho


















Eventos do Torneio
Sobre

Comentários


 
UG Card Shop
Ligamagic | Home
@ Copyrighted por Wizards of the Coast Inc.   |   Política de Privacidade   |   Aviso Legal   |   Condições de uso
Ligamagic | Youtube   Ligamagic | Facebook   Ligamagic | Twitter